Informativo CNSP nº 5 - Ano 2 - Abril 2012

  • 651 views
Uploaded on

Informativo da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP) …

Informativo da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP)

Edição nº 5 - Ano 2 - Abril 2012

Jornalista Responsável: Maristella Ajalla
Presidente: Antonio Tuccilio
Diretor de Imprensa e Divulgação: Sylvio Micelli

More in: News & Politics
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
651
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Ano 2 - Nº 05 - Abril/2 12 Confederação Nacional dos Servidores Públicos - Fundada em 16 de Setembro de 1993 w. g. w w w. c n s p . o r g . b r A farsa da previdência social no Brasil “Em artigo publicado no jornal O Estado de S. Paulo, de 1º de abri l de 2012- data significativa da mentira - é apontado o enorme deficit da Previdência Socialno Brasil. MENTIRA! Em recente artigo o Senador Paulo Paim, - notem bem ele é do PT/RS -, contestae diz que o Governo ao divulgar o déficit da Previdência só considera ascontribuições sobre a Folha de Pagamento, excluindo outras fontes previstas em lei(CLSS,COFINS,LOTERIAS, PIS e outros). Somente no 1º semestre de 2009, o superávitda seguridade foi de mais de 20 bilhões bilhões. No ano passado, o superávit da Seguridade ultrapassou os 50 bilhõesbilhões. Hoje, estamos levantando dados do próprio Governo e garantimos que olucro é maior que 60 bilhões. Isso não é de agora, vem de anos e anos. Esse bilhões Antonio Tucciliosaldo é repassado para outros órgãos do governo federal, como ministérios,autarquias e outros. Presidente da Confederação Nacional O Governo também manipula valores aprovando no Congresso a chamada dos Servidores Públicos (CNSP)desvinculação para tirar dinheiro da Seguridade e passar para o que onde elesbem entenderem. Esse assunto envolve milhões de brasileiros que, infelizmente,não conseguem acompanhar o que vem acontecendo. Só existe uma saída: é a participação popular - o povo tem obrigação de :ir às ruas, pois somente com pressão os nossos políticos acordam (Como foi com A previdênciaa FICHA LIMPA ). LIMPA V AMOS A LUTA !!! LUT UTA social é A Confederaçao Nacional dos Servidores Públicos com o apoio daFRENTE NACIONAL SÃO PAULO PELA PREVIDÊNCIA divulga números NACIONAL PAULOreais, que demonstram a farsa da previdência social brasileira”. superavitária!Programação - 16/04/2012, local Centro do Professorado Paulista (São Paulo) Professorado Paulista Paulo) 8h30 às 9h30min: café da manhã 9h30 às 10h30min: homenagens aos Deputados Federais e Senadores pela PEC 270/ Federais 06 (atual Emenda Constitucional 70) 10h30 às 11h15min: “Panorama atual da Previdência Social”, com Antônio Augusto de Queiroz (Toninho do Diap), Assessor Parlamentar do DIAP 11h15 às 12h: “A farsa da Previdência Social no Brasil”, com Vanderley José Maçaneiro Maçaneiro, Assessor Econômico da ANFIP 12h às 13h: Debate das lideranças para elaboração de propostas de trabalho agenda trabalho, de ações pela PEC 555/2006 em 2012, sob Coordenação da Mesa Diretora. Anfip revela: sobram milhões na previdência social do Brasil Floriano José Martins vice-presidente executivo da Associação Nacio- Martins, nal dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) falou no Semi- nário sobre a Previdência Pública, em 22 de março, sobre o tema "A men- tira governamental sobre o déficit da Previdência". Sua apresentação de- monstrou dados históricos, estatísticos e numéricos sobre a falaciosa afir- mação de que a previdência pública é deficitária. Martins fez pormenoriza- da explicação sobre como se forma a caixa da previdência no Brasil. Confira no verso, os números que revelam a verdade sobre a previdência social no Brasil: 1
  • 2. Receitas e Despesas da Seguridade Social 2008 a 2010 (em bilhões) Receitas Realizadas 2008 2009 2010 Receitas de contribuições sociais (contribuições sociais do RGPS, 359.840 375.887 441.266 Cofins, CSLL etc) Receitas de entidades da Seguridade Social (MPS, MDS, MS) 15.191 14.923 14.224 Contrapartida do Orçamento Fiscal para EPU 2.048 2.015 2.136 Total Receita Total 377.079 392.826 458.626 Despesas liquidadas 2008 2009 2010 Benefícios previdenciários (urbanos, rurais e compensação) 199.562 255.096 254.859 Benefícios assistenciais (Loas e RMV) 15.641 18.712 22.234 Bolsa Família e outras transferências de renda 10.526 11.851 13.493 EPU (Benefício de Legislação Especial) 2.048 2.015 2.136 Saúde: Despesa do MS (inclusive Pessoal) 50.265 58.261 61.096 Assitência Social: Despesa do MPS (inclusive Pessoal) 2.678 2.771 3.099 Previdência Social: Despesa do MPS (inclusive Pessoal) 4.752 6.262 6.478 Outras ações da Seguridade Social 3.894 7.174 7.510 Benefício do Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT) 20.690 27.077 29.195 Outras ações do FAT 0.724 0.666 0.417 Total Despesa Total 310.779 359.886 400.517 SALDO da SEGURIDADE SOCIAL 66.300 32.940 58.109 Fontes: MPS e STN-MF Organização: Anfip e Fundação Anfip . Receitas de contribuiÁões sociais selecionadas e os efeitos da desvinculaÁ„o promovidos pela DRU 2008 2009 2010 Receitas de Contribuições Sociais: Cofins, CSLL, PIS/Pasep 196.484 193.879 229.298 Valores desvinculados 39.255 38.776 45.860 Fonte: STN. Organização: Anfip e Fundação Anfip ContribuiÁões dos Aposentados e Pensionistas x Renúncias Previdenci rias - 2004 a 2010 (R$ bi) 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 MÈdia Mensal MÈdia Anual Renúncias 11,08 12,79 14,05 14,93 15,24 17,13 18,18 1,05 14,77 Inativos (a) 0,33 0,77 0,93 1,06 1,21 1,35 1,54 0,08 1,02 Pensionista (b) 0,02 0,22 0,31 0,36 0,42 0,46 0,51 0,02 0,32 Total de contribuições (a + b) 0,35 0,99 1,24 1,42 1,63 1,81 2,05 0,10 1,35 Fontes: Receitas Previdenciárias: SPS/MPS; renúncias: STN e RFB. Organização: Anfip e Fundação Anfip Frente mobiliza: lideranças debatem a previdência Em 22 de março, na Câmara Municipal de São Paulo, como pela recuperação dos direitos adquiridos dos servi- parlamentares e líderes das entidades que integram a Frente dores públicos. A PEC 555/ 2006, originalmente de auto- Nacional São Paulo e MOSAP pela PEC 555/2006 debate- ria do ex- deputado Carlos Mota, revoga o artigo 4º da ram questões sobre a previdência social brasileira dos seto- Emenda Constitucional 41/203, extinguindo res público e privado. gradativamente a cobrança previdenciária dos aposenta- A Frente luta pela aprovação da PEC 555/2006, bem dos e pensionistas que recebem acima do teto do INSS. José Gozze, João Dado e Wagner Dalla Costa (CNSP), Laura M. Lucas, Luiz Fuchs Edison Arnaldo Faria de Sá Carlos Giannazi Paulo Lino Gonçalves e Adherbal Silva Pompeo. Guilherme Haubert Fonte: http://frente-sp-555.blogspot.com.br Fotos: Sylvio Micelli/Fespesp2 Edição: CNSP (resumo de textos do Blog da Frente)