APRESENTAÇÃO     Este relatório tem como objetivo explanar em todos os contextos agronômicos aViagem de Campo ao Assentame...
INTRODUÇÃO AOS ASSENTAMENTOS RURAIS E A REALIDADE DO            ASSENTAMENTO TIJUCA BOA VISTA       Assentamentos são, de ...
do Desenvolvimento Agrário, Ministério do Turismo e principalmente o GovernoFederal.       No assentamento, fomos recebido...
1. Localização      O assentamento Tijuca Boa Vista está localizado no município de Quixadá-CE e   fica aproximadamente a ...
um bônus fornecido pelo banco que abate cerca 45% do valor da dívida, ou seja, em miúdos os assentados só pagam 55% dos em...
sabido da crise ambiental que planeta vem enfrentando durante esses últimos anos emvirtude da ação desenfreada do homem qu...
anos os animais estão sendo expostos em feiras e exposições agropecuárias a fim dereceber prêmios e até mesmo propostas de...
Com uma experiência inovadora a ideia vinda pelos próprios assentados, à comunidade Tijuca Boa Vista inaugura em territóri...
ausência de professores, pois como o assentamento é um pouco distante da cidade, osprofessores achavam inviável o deslocam...
O que foi apresentado aqui diz respeito a algumas reflexões feitas sobre oAssentamento Rural Tijuca Boa Vista durante a vi...
BERGAMASCO, S.M; NORDER, L.A.C. O que são assentamentos rurais?São Paulo:Brasiliense, 1996.KRONEMBERGER, D. Desenvolviment...
Fonte: google imagens. Figura 1: Localização do Assentamento Tijuca Boa Vista no município de Quixadá – CE.Fonte: Folder i...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Relatorio tijuca boa vista

339 views
275 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
339
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Relatorio tijuca boa vista

  1. 1. APRESENTAÇÃO Este relatório tem como objetivo explanar em todos os contextos agronômicos aViagem de Campo ao Assentamento Tijuca Boa Vista, localizado em Quixadá-CEvisando fomentar uma discursão social, política e econômica do mesmo, a fim deformar opiniões conscientes e coerentes para a formação acadêmica e profissional defuturos engenheiros agrônomos. 1
  2. 2. INTRODUÇÃO AOS ASSENTAMENTOS RURAIS E A REALIDADE DO ASSENTAMENTO TIJUCA BOA VISTA Assentamentos são, de forma generalizada, conceituados como: “criação denovas unidades de produção, por meios de políticas governamentais que visam oreordenamento do uso das terras, em benefício de trabalhadores rurais sem terra oucom pouca terra.” (Bergamasco, 1996). No entanto, conceitos generalistas não sãocapazes de abordar a questão agrária densamente e todo o contexto que a envolve. O homem do campo em busca de seus direitos e de uma distribuição maisigualitária das terras uniu-se e organizou-se. Os movimentos sociais do campoganharam forças na década de 50 com o surgimento das Ligas Camponesas e nadécada de 70 ganhando cenário nacional com o Movimento dos Trabalhadores RuraisSem Terra (MST). Também na década de 70 a Comissão Pastoral da Terra (CPT),abraçou a causa do trabalhador rural, sobretudo na região amazônica. O Assentamento Tijuca Boa Vista está localizado no município de Quixadá,Sertão Central Cearense. Fundado em 28 de outubro de 1999, possui 1.369 hectaresonde vivem 30 famílias assentadas das quais apenas 26 são cadastradas no INCRA,ambas asfamílias trabalham no sistema de produção coletiva e individual. A prática agrícola local se diferencia da maioria dos assentamentos rurais porpriorizar integralmente a produção agroecológica, ou seja, sem utilizar defensivosagrícolas e por desenvolver práticas sustentáveis ecologicamente, como as de hortasorgânicas, a substituição de gás butano por gás metano e o turismo de basecomunitária, por exemplo. Além disso, é referência no manejo integrado da caatinga ena preservação de importante área deste bioma. Considerado como assentamento modelo, a Tijuca Boa Vista conta hoje comparcerias de apoio a projetos não governamentais como a Fundação Dom Helder, oCentro Ecológico Aroeira, o Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria aoTrabalhador (CETRA), dentre outros. Apesar da pouca assiduidade este assentamentotambém conta com ajuda governamental como a Prefeitura do município, o Ministério 2
  3. 3. do Desenvolvimento Agrário, Ministério do Turismo e principalmente o GovernoFederal. No assentamento, fomos recebidos por uma pequena comissão assentada quedeu inicio a aula de campo nos levando para conhecer as diversas as áreasexperimentais do assentamentocompartilhandoa experiência vivida de seus anos comoassentados e usuários da terra como fruto de vida e sobrevivência. Em um segundomomento, foi nos dadaà oportunidade de conhecer todos os âmbitos do assentamentodesde a sua formação até a sua consolidação atual. Iniciada a partir de uma ocupaçãopacifica e hoje conta com a presença de uma pousada voltada para o turismo rural. Enfim, abordaremos o assentamento de forma precisa e concisa tentandoaproximar ao máximo a realidade vivida pelos assentados à descrição relatorial. ASSENTAMENTO TIJUCA BOA VISTA 3
  4. 4. 1. Localização O assentamento Tijuca Boa Vista está localizado no município de Quixadá-CE e fica aproximadamente a 200 km da capital Fortaleza.2. Histórico A ocupação foi dada pacificamente, pois era uma fazenda de um latifundiário que já havia negociado a transferência de posse (venda) com o INCRA e as famílias foram sendo convidadas gradativamente a morar no assentamento através de um homem de confiança desse latifundiário o qual o assentamento denomina esse homem de O Gerente, pois ele efetuou todos os trâmites para trazer as famílias até o assentamento. Inclusive este gerente hoje em dia é também um assentado e foi o primeiro líder do assentamento.3. Infraestrutura Com uma infraestrutura privilegiada, em seus 1.369 hectares o assentamento conta com açudes que fornece água para todas as comunidades vizinhas da região inclusive fora do assentamento, entre as principais atividades produtivas destacamos a caprinocultura, a ovinocultura, a piscicultura, a horticultura, o turismo rural comunitário que inclusive possui uma pousada aberta ao público em geral, a fabricação de artesanatos que auxiliam na renda dos assentados,as atividades de manejo sustentável da caatinga, a presença de um biodigestor que atua tanto na sustentabilidade ecológica quanto na economia financeirado assentamento.4. Projetos de Desenvolvimento No início do assentamento foi implantado um projeto governamental que forneceu crédito aos assentados com a finalidade de dá início a produção no assentamento. O assentamento paga o projeto há aproximadamente três anos e está em dia com sua dívida. Por ser um projetocoletivo, porém com empréstimos também individuais se um dos assentados não tiver como pagar, perde algumas regalias como 4
  5. 5. um bônus fornecido pelo banco que abate cerca 45% do valor da dívida, ou seja, em miúdos os assentados só pagam 55% dos empréstimos realizados. A parcela atual varia o valor para cada assentado, porém a parcela coletiva é fixa no valor de R$ 1.000,00 ao mês. Os principais projetos que abrangem o assentamento são: as produções agropecuárias comocriação de bovinos, caprinos e ovinos que permite uma produção razoável de leite e alguns laticínios em pequena escala; horticultura;fruticultura;turismo rural e produção artesanal esta são atividadesessenciais para manutenção do assentamento. Vale ressaltar a importância da presença de projetos realizados por Organizações Não-Governamentais para construção social, politica e econômica do assentamento. Pois essas ONG’s oferecem cursos de capacitação e disponibiliza recursos que permitem o andamento e consequentemente o êxito de inúmeras atividades do assentamento. Uma das principais benfeitorias dessas ONG’s foi conscientização e a capacitação acerca da importância do uso de técnicas agroecológicas para a agricultura e para a vida dos assentados que permitiu um melhor aproveitamento e rendimento agrícola para o assentamento em geral. Além de inúmeras outras atividades que essas ONG’s promovem podemos citar minicursos sobre diversos temas rurais; intercâmbios de convivência e aprendizado do assentamento Tijuca Boa Vista com outros assentamentos do estado; cursos destinados à produção animal, dentre outros. O Governo Federal também tem disponibilizado projetos que auxiliam a manutenção da vida socioeconômica doassentamento como os créditos concedidos as famílias a fim de facilitar a produção; instrumentos de análise laboratorial animal; bolsa família; bolsa jovem,recursos ligados à educação como laboratório de informática, dentre outros.5. Transição Agroecológica Entre os pontos mais marcantes da viagem e importantes para aformaçãodeprofissionais conscientes e qualificados compartilhar o processo de transiçãoagroecológica do assentamento Tijuca Boa Vista foi uma experiência singular, pois é 5
  6. 6. sabido da crise ambiental que planeta vem enfrentando durante esses últimos anos emvirtude da ação desenfreada do homem que vem destruindo a natureza drasticamente ecotidianamente e então vivenciar esta experiência trouxe-nos bases para podermos agirtambém da mesma forma em nossa vida e nosso trabalho. Inicialmente, é necessário destacar que ao contrário do que muitos pensam aAGROECOLOGIA é realmente um PROCESSO, pois agricultor nenhum seja eleassentado ou não, que é adepto a agricultura tradicional torna-se instantaneamente umagricultor que faz uso de técnicas agroecológicas e com o assentamento Tijuca BoaVista não foi diferente tudo foi se dando paulatinamente até assentamento em toda suatotalidade fazer uso de técnicas agroecológicas. O pontapé inicial da agroecologia no assentamento foi através das ONG’se detécnicos e estudantes que visitavam o assentamento e sempre traziam esta ideia de umaagricultura sadia, sustentável e economicamente viável. Essa ideia foi criando raízes apartir de um curso de agroecologia ministrado no assentamento e que alguns integrantesdo assentamento participaram e difundiram aos poucos para todo o assentamento. Nestecurso eles puderam perceber a importância da agroecologia para saúde dos assentados epara a renda do assentamento já que não há gastos com fertilizantes e defensivosagrícolas. E então foram gradativamente se adequando ás praticas agroecológicas comoeles já produziam ou possuíam praticamente tudo que é necessário para se fazer umaagricultura agroecológica como a utilização de adubação orgânica, defensivos naturais,rotação de culturas, dentre outras,foi conveniente e racional e sendo da vontade dosassentados transformar esta agricultura numa agricultura agroecológica para todo oassentamento. Hoje acomunidade tem muito orgulho de ser referência na agroecologia esegundo uma moradora assentada: “A comida é mais gostosa, pois tem o sabor naturalda terra e é saudável já que não tem veneno”.6. Destaques naProdução Agropecuária Dentre as inúmeras atividades produtivas realizadas no assentamento já citadasanteriormente destacamos na produção animal a criação caprina da raça Saanen que temtido um crescimento formidável no assentamento.Pelo êxito da produção nestes últimos 6
  7. 7. anos os animais estão sendo expostos em feiras e exposições agropecuárias a fim dereceber prêmios e até mesmo propostas de venda, pois os animais tem porte e sãosaudáveis além de produzirem uma quantidade razoável de leite que inclusive estaprodução de leite caprino é destinada ao programa governamental Fome Zero que efetuaa compra deste para alimentar pessoas carentes gerando assim lucro e emprego paraassentamento. Na produção vegetala grande notoriedade é o setor deHorticultura, pois possuiêxito na produção de hortaliças, haja vista são todas as espécies são cultivadas demaneiras agroecológica, ou seja, sem uso de fertilizantes e defensivos agrícolas.Oplantio é realizado manualmente pelos assentados que possuem todo cuidado desde oinicio da plantação até colheita. A produção atende todo o assentamento e somente oexcedente é vendido. Como as hortaliças são de ótima qualidade e o cultivo é extensoeles revendem a alguns mercadinhos de Quixadá e outros locais próximos à comunidadeinclusive alguns clientes já são fixos vindo buscar as hortaliças no assentamento pararevendê-las posteriormente.7. Pousada Boa Vista Pelo depoimento de uma das assentadas a construção da PousadaBoa Vista foirealmente um sonho realizado, pois desde da ocupação do assentamento quando a terracomeçou a ser dividida para cada família assentada, os assentados em uma dinâmicafeita entre eles colocavam em desenhos de papel seus sonhos e a partir de inúmerosdesenhos feitos independente, mas com o mesmo sonho de transformar a casa sede daantiga fazenda Tijuca Boa Vista em um paraíso em forma de pousada nasceu ooficialmente o projeto e hoje a antiga casa tornou-se um bela pousada. Dotada de uma infraestrutura singular a pousada possui sete amplas suítes eoferece uma irresistível culinária regional feita com produtos locais sem utilizar nenhumagrotóxico. As opções de lazer incluem banho de açude, passeios de canoas, charrete ecarroça, cavalgadas, visita ás unidades produtivas, trilhas ecológicas por muitos hectaresde áreas de preservação permanentes, festas regionaisao som de forrós e “contação” dehistórias pelos assentados. A pousada também recebe grupos para realização deencontros, retiros e seminários de maneira simples e acolhedora. 8. Turismo Rural 7
  8. 8. Com uma experiência inovadora a ideia vinda pelos próprios assentados, à comunidade Tijuca Boa Vista inaugura em território cearense a primeira experiência de turismo rural no estado. Denominado pelos moradores da comunidade de Turismo Rural de Base Comunitária que tem por objetivo permitir aos visitantes um contato direto e autêntico com a vida do campo, em especial com o semiárido e com as pessoas que convivem com a caatinga de maneira sustentável através da agricultura familiar e da valorização das tradições locais. A experiência tem sido de ótima aceitação pelo público que frequenta a pousada e traz benefícios econômicos e sociais para o assentamento. As próprias famílias assentadas são responsáveis pelo planejamento, gestão eoferta de todos os serviços que envolvem o turismo. Essa nova atividade se insere efortalece as demais atividades desenvolvidas localmente, permitindo a ampliação dosserviços locais e dando mais uma opção para os jovens e mulheres permanecerem emsuas terras, reconhecendo a si mesmo enquanto sujeitos importantes na melhoria de vidalocal. 9. Organização das Atividades As atividades no assentamento podem ser individuais e coletivas. A manutenção do assentamento (por exemplo, colocação de cercas, limpeza das áreas de plantio e o manejo de animais) é coletiva e as áreas para alguns plantios também são coletivas. Embora a maior parte da produção (animal e vegetal) seja individual. A frente do assentamento existe uma diretoria composta por: um presidente, uma secretária e uma tesoureira. Que é escolhida por votação entre os assentados a cada ano. Todas as atividades são divididas entre os próprios assentados, como a pousada existe uma comissão organizadora que coordena todos os serviços desta. As áreas de produção coletiva também é dividida entre os assentados, o que facilita a manutenção das tarefas e a organização. 10. Educação A educação dos filhos dos assentados e dos assentados era realizada no próprio assentamento, pois existia uma escola no assentamento ativa e a disposição dos assentados, porém ela atualmente está desativada e a principal causa disto foi à 8
  9. 9. ausência de professores, pois como o assentamento é um pouco distante da cidade, osprofessores achavam inviável o deslocamento até o assentamento para dar as aulas aosassentados, já que a prefeitura não disponibilizava nenhum recurso a mais do que elesrecebiam dando aulas na capital que não tinha nenhum gasto com deslocamento,alimentação e inclusive o cansaço físico demasiado. O que levou a desativação daescola já que não tinha mais como ser mantida sem professores. Por isso, os filhos dos assentados dispõem de escolas que ficam próximas aoassentamento, ou seja, em Quixadá.Onde oferecem o ensino fundamental I, II e ensinomédio. O transporte escolar da prefeitura tem acesso ao assentamento a fim de facilitaro deslocamento das crianças e dos jovens.11. Saúde O assentamento é assistido pelo Programa Saúde da Família (PSF) e conta compostos de saúde e ambulância do município. CONSIDERAÇÕES FINAIS 9
  10. 10. O que foi apresentado aqui diz respeito a algumas reflexões feitas sobre oAssentamento Rural Tijuca Boa Vista durante a viagem de campo. Óbvio que arealidade rural doassentamento visitado é mais complexa do que como foi apresentadoneste relatório, e para entenderé preciso estudá-lo de forma mais abrangente. Porém, taisreflexões apresentadas já nos ajudam a ter uma compreensão geral dessa realidade doassentamento. Poder aplicar as teorias vistas em sala de aula, relacionando-as com a realidadeempírica é uma atividade rica para compreender as relações sóciorurais. E a viagem decampo permite esse exercício. No que diz respeito ao assentamento, não resta dúvida deque sua compreensão perpassa não apenas o campo teórico, mas a atividade empíricatambém. Como nos colocou a professoraMaria Lúcia Moreira a viagem de campo nospermite vivenciar a realidade do assentamento ecomo entendê-la da forma mais realpossível. Foi esse exercício que se procurou fazer. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 10
  11. 11. BERGAMASCO, S.M; NORDER, L.A.C. O que são assentamentos rurais?São Paulo:Brasiliense, 1996.KRONEMBERGER, D. Desenvolvimento local sustentável: uma abordagem prática.São Paulo: Senac, 2011.INTERNET. Fonte de pesquisas diversas. ANEXOS 11
  12. 12. Fonte: google imagens. Figura 1: Localização do Assentamento Tijuca Boa Vista no município de Quixadá – CE.Fonte: Folder ilustrativo – Pousada Boa Vista.Figura II: Um pouco das atividades realizadas no assentamento. 12

×