Your SlideShare is downloading. ×
0
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ORGANIZADORES:
PROFº ALONSO LUIZ PEREIRA
Prof.ª EVELIZE MARA DE SOUZA GOMES ...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Por conflitos entenda como
FENÔMENOS DE TODAS
NATUREZAS, que dizem a você
e ...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Está presente em todas as esferas
de nossa vida, TANTO NA PESSOAL
COMO NA PR...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
PESSOAS E GRUPOS são interdependentes nas organizações, onde
TRÊS PROCESSOS ...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Pessoas e Grupos são interdependentes nas organizações, onde
TRÊS PROCESSOS ...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Pessoas e Grupos são interdependentes nas organizações, onde
TRÊS PROCESSOS ...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Pessoas e Grupos são interdependentes nas organizações, onde
TRÊS PROCESSOS ...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
As Diferenças Individuais podem
surgir, a partir de valores,
considerações m...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Os conflitos interpessoais são cíclicos e dinâmicos e envolvem
4 ELEMENTOS B...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
CONCEITO
Segundo Baron (1994),” refere-se a
instâncias nas quais unidades ou...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
CONCEITO
Walton(1972), diz que,
“conflitos representam antagonismos pessoais...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
CONCEITO
Bowditch(1992), fala que
“conflito intergrupal representa divergênc...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
Segundo Nascimento (2002, p.47), os conflitos exi...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
VISÃO POSITIVA DO CONFLITO
De acordo com Nascimen...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
VISÃO POSITIVA DO CONFLITO
Em alguns momentos, e ...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
A ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS CONSISTE
EXATAMENTE ...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
PARA A VISÃO POSITIVA DE CONFLITO
Conceituamos aq...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
PARA A VISÃO POSITIVA DE CONFLITO
Assim, o confli...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
POSSÍVEIS CAUSAS DO CONFLITO
- EXPERIÊNCIA DE FRU...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
POSSÍVEIS CAUSAS DO CONFLITO
- DIFERENÇAS DE PERS...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
POSSÍVEIS CAUSAS DO CONFLITO
- METAS DIFERENTES:
...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS
POSSÍVEIS CAUSAS DO CONFLITO
- DIFERENÇAS EM TERM...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Um conflito, como já se viu,
freqüentemente pode surgir de uma
pequena difer...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Nível 1 - DISCUSSÃO: é o
estágio inicial do conflito;
caracteriza-se normalm...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Nível 2 - DEBATE: neste estágio,
as pessoas fazem generalizações
e buscam de...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Nível 3 - FAÇANHAS: as partes
envolvidas no conflito começam
a mostrar grand...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Nível 4 - IMAGENS FIXAS: são
estabelecidas imagens preconcebidas
com relação...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Nível 5 - LOSS OF FACE (ficar com a
cara no chão): trata-se da postura
de co...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Nível 6 - ESTRATÉGIAS: neste nível
começam a surgir ameaças e as
punições fi...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Nível 7 - FALTA DE HUMANIDADE:
no nível anterior evidenciam-se as
ameaças e ...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Nível 8 - ATAQUE DE NERVOS:
nesta fase, a necessidade de se
auto preservar e...
Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
Nível 9 - ATAQUES
GENERALIZADOS: neste nível
chega-se às vias de fato e não
...
Gestão de Conflitos aula 1
Gestão de Conflitos aula 1
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Gestão de Conflitos aula 1

689

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
689
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
51
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Gestão de Conflitos aula 1"

  1. 1. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ORGANIZADORES: PROFº ALONSO LUIZ PEREIRA Prof.ª EVELIZE MARA DE SOUZA GOMES MARTINS ACADÊMICOS: ANDERSON RAMOS DOS SANTOS FRANCELI PIRES LUCIANO FREDERICO DE SOUZA RODRIGO ASCIMENTO TITULO GESTÃO DE MUDANÇAS Apresentação Baseada no Trabalho dos autores:
  2. 2. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Por conflitos entenda como FENÔMENOS DE TODAS NATUREZAS, que dizem a você e á tudo que esta relacionado a você e que deve DESENCADEAR SEMPRE UMA NEGOCIAÇÃO. CONFLITOS
  3. 3. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Está presente em todas as esferas de nossa vida, TANTO NA PESSOAL COMO NA PROFISSIONAL e assim determinam como fim a necessidade de negociação, além dos elementos que contribuem de uma forma positiva para a administração de conflitos. CONFLITOS
  4. 4. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. PESSOAS E GRUPOS são interdependentes nas organizações, onde TRÊS PROCESSOS determinam a coordenação:  COMPORTAMENTO PRÓ-SOCIAL (AJUDA)  COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE INDIVÍDUOS E GRUPOS  GRUPOS E CONFLITOS* *ou seja, ações de indivíduos ou grupos com efeitos percebidos como negativos. PESSOAS E GRUPOS
  5. 5. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Pessoas e Grupos são interdependentes nas organizações, onde TRÊS PROCESSOS determinam a coordenação:  COMPORTAMENTO PRÓ-SOCIAL (AJUDA)  COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE INDIVÍDUOS E GRUPOS  GRUPOS E CONFLITOS* *ou seja, ações de indivíduos ou grupos com efeitos percebidos como negativos. PESSOAS E GRUPOS
  6. 6. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Pessoas e Grupos são interdependentes nas organizações, onde TRÊS PROCESSOS determinam a coordenação:  COMPORTAMENTO PRÓ-SOCIAL (AJUDA)  COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE INDIVÍDUOS E GRUPOS  GRUPOS E CONFLITOS* *ou seja, ações de indivíduos ou grupos com efeitos percebidos como negativos. PESSOAS E GRUPOS
  7. 7. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Pessoas e Grupos são interdependentes nas organizações, onde TRÊS PROCESSOS determinam a coordenação:  COMPORTAMENTO PRÓ-SOCIAL (AJUDA)  COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE INDIVÍDUOS E GRUPOS  GRUPOS E CONFLITOS* *ou seja, ações de indivíduos ou grupos com efeitos percebidos como negativos. PESSOAS E GRUPOS
  8. 8. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. As Diferenças Individuais podem surgir, a partir de valores, considerações morais quanto ao EXERCÍCIO DO PODER E CONCEPÇÃO SOBRE JUSTIÇA, EQUIDADE E JULGAMENTOS ÉTICOS e afetam consideravelmente uma seleção de objetivos e métodos. DIFERENÇAS INDIVIDUAIS
  9. 9. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Os conflitos interpessoais são cíclicos e dinâmicos e envolvem 4 ELEMENTOS BÁSICOS: 1. PROBLEMAS 2. EVENTOS 3. ATITUDES DE INTENSIFICAÇÃO OU PACIFICAÇÃO 4. CONSEQUÊNCIAS. 4 ELEMENTOS BÁSICOS
  10. 10. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. CONCEITO Segundo Baron (1994),” refere-se a instâncias nas quais unidades ou indivíduos na organização trabalham contra, no entanto com os outros”.
  11. 11. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. CONCEITO Walton(1972), diz que, “conflitos representam antagonismos pessoais, diferenças de caráter marcadamente pessoal e emocional, decorrentes das relações de interdependência dos indivíduos no trabalho”. Esses antagonismos tendem a se agravar em um ambiente corporativo, onde pessoas com valores diferentes interagem.
  12. 12. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. CONCEITO Bowditch(1992), fala que “conflito intergrupal representa divergências ou discordâncias entre grupos quanto à autoridade, metas, territórios ou recursos e em certos sentidos, são inevitáveis nas organizações”.
  13. 13. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS Segundo Nascimento (2002, p.47), os conflitos existem desde o início da humanidade, fazem parte do processo de evolução dos seres humanos e são necessários para o desenvolvimento e o crescimento de qualquer sistema familiar, social, político e organizacional.
  14. 14. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS VISÃO POSITIVA DO CONFLITO De acordo com Nascimento (2002, p. 47), o conflito é fonte de ideias novas, podendo levar a discussões abertas sobre determinados assuntos, o que se revela positivo, pois permite a expressão e exploração de diferentes pontos de vista, interesses e valores.
  15. 15. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS VISÃO POSITIVA DO CONFLITO Em alguns momentos, e em determinados níveis, o conflito pode ser considerado necessário se não se quiser entrar num processo de estagnação. Assim, os conflitos não são necessariamente negativos; a maneira como lidamos com eles é que pode gerar algumas reações.
  16. 16. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS A ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS CONSISTE EXATAMENTE NA ESCOLHA E IMPLEMENTAÇÃO DAS ESTRATÉGIAS MAIS ADEQUADAS PARA SE LIDAR COM CADA TIPO DE SITUAÇÃO.
  17. 17. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS PARA A VISÃO POSITIVA DE CONFLITO Conceituamos aqui Como um Processo onde uma das partes envolvidas percebe que a outra parte frustrou ou irá frustrar os seus interesses.
  18. 18. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS PARA A VISÃO POSITIVA DE CONFLITO Assim, o conflito não deve ser visto apenas como impulsionador de agressões, disputas ou ataques físicos, mas como um processo que começa na nossa percepção e termina com a adoção de uma ação adequada e positiva.
  19. 19. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS POSSÍVEIS CAUSAS DO CONFLITO - EXPERIÊNCIA DE FRUSTRAÇÃO DE UMA OU AMBAS AS PARTES: incapacidade de atingir uma ou mais metas e/ou de realizar e satisfazer os seus desejos, por algum tipo de interferência ou limitação pessoal, técnica ou comportamental;
  20. 20. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS POSSÍVEIS CAUSAS DO CONFLITO - DIFERENÇAS DE PERSONALIDADE: São invocadas como explicação para as desavenças tanto no ambiente familiar como no ambiente de trabalho, e reveladas no relacionamento diário através de algumas características indesejáveis na outra parte envolvida;
  21. 21. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS POSSÍVEIS CAUSAS DO CONFLITO - METAS DIFERENTES: É muito comum estabelecermos e/ou recebermos metas/objetivos a serem atingidos e que podem ser diferentes dos de outras pessoas e de outros departamentos, o que nos leva à geração de tensões em busca de seu alcance;
  22. 22. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS POSSÍVEIS CAUSAS DO CONFLITO - DIFERENÇAS EM TERMOS DE INFORMAÇÕES E PERCEPÇÕES: Costumeiramente tendemos a obter informações e analisá-las à luz dos nossos conhecimentos e referenciais, sem levar em conta que isto ocorre também como outro lado com quem temos de conversar e/ou apresentar nossas idéias, e que este outro lado pode ter uma forma diferente de ver as coisas.
  23. 23. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr.
  24. 24. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Um conflito, como já se viu, freqüentemente pode surgir de uma pequena diferença de opiniões, podendo se agravar e atingir um nível de hostilidade que chamamos de conflito destrutivo. É possível acompanhar A EVOLUÇÃO DOS CONFLITOS E SUAS CARACTERÍSTICAS: NÍVEIS DE CONFLITO
  25. 25. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Nível 1 - DISCUSSÃO: é o estágio inicial do conflito; caracteriza-se normalmente por ser racional, aberta e objetiva; NÍVEIS DE CONFLITO
  26. 26. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Nível 2 - DEBATE: neste estágio, as pessoas fazem generalizações e buscam demonstrar alguns padrões de comportamento. O grau de objetividade existente no nível 1 começa a diminuir. NÍVEIS DE CONFLITO
  27. 27. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Nível 3 - FAÇANHAS: as partes envolvidas no conflito começam a mostrar grande falta de confiança no caminho ou alternativa escolhidos pela outra parte envolvida; NÍVEIS DE CONFLITO
  28. 28. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Nível 4 - IMAGENS FIXAS: são estabelecidas imagens preconcebidas com relação à outra parte, fruto de experiências anteriores ou de preconceitos que trazemos, fazendo com que as pessoas assumam posições fixas e rígidas; NÍVEIS DE CONFLITO
  29. 29. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Nível 5 - LOSS OF FACE (ficar com a cara no chão): trata-se da postura de continuo neste conflito custe o que custar e lutarei até o fim, o que acaba por gerar dificuldades para que uma das partes envolvidas se retire; NÍVEIS DE CONFLITO
  30. 30. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Nível 6 - ESTRATÉGIAS: neste nível começam a surgir ameaças e as punições ficam mais evidentes. O processo de comunicação, uma das peças fundamentais para a solução de conflitos, fica cada vez mais restrito; NÍVEIS DE CONFLITO
  31. 31. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Nível 7 - FALTA DE HUMANIDADE: no nível anterior evidenciam-se as ameaças e punições. Neste, aparecem com muita frequência os primeiros comportamentos destrutivos e as pessoas passam a se sentir cada vez mais desprovidas de sentimentos; NÍVEIS DE CONFLITO
  32. 32. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Nível 8 - ATAQUE DE NERVOS: nesta fase, a necessidade de se auto preservar e se proteger passa a ser a única preocupação. A principal motivação é a preparação para atacar e ser atacado; NÍVEIS DE CONFLITO
  33. 33. Professor Especialista Ricardo J. J. Laub Jr. Nível 9 - ATAQUES GENERALIZADOS: neste nível chega-se às vias de fato e não há alternativa a não ser a retirada de um dos dois lados envolvidos ou a derrota de um deles. NÍVEIS DE CONFLITO
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×