Your SlideShare is downloading. ×
Seminario de-geografia Assis- Sp. dro D'arcádia Neto
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Seminario de-geografia Assis- Sp. dro D'arcádia Neto

228

Published on

Stefanie. …

Stefanie.

Etec Pedro D'arcádia Neto

Assis - Sp

Published in: Automotive
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
228
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A ORIGEM DAS COISAS Você conhece a história das coisas que você usa? Origem do AUTOMÓVEL, PAPEL E VIDEO GAME. Stefanie Fernandes Pedro Silva Lucas Santana Rafael Rodrigo 1º C – ―ETEc Pedro D’arcádia Neto‖ Assis/SP
  • 2. INVENÇÃO E EVOLUÇÃO DO AUTOMÓVEL A história do automóvel, desde o modelo pioneiro. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 3. INVENÇÃO DO AUTOMÓVEL  COMO FOI INVENTADO O AUTOMÓVEL?  QUEM INVENTOU O PRIMEIRO CARRO DO MUNDO?  QUANDO E ONDE O PRIMEIRO AUTOMÓVEL FOI INVENTADO? Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 4. COMO FOI INVENTADO O AUTOMÓVEL?  Como tantas outras máquinas complexas, ele foi resultado de uma longa e lenta evolução. Ainda durante a Renascença, no século XV, o pintor e inventor italiano Leonardo da Vinci projetou um triciclo movido a corda, como um relógio. A idéia, porém, nunca saiu do papel e o automóvel só começou a ganhar vida três séculos depois, a partir do aperfeiçoamento da máquina a vapor. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 5. QUANDO E ONDE SE MODERNIZOU?  O automóvel como o conhecemos exigia um novo salto tecnológico, que seria dado com a invenção do motor a explosão e a descoberta de que se podia usar petróleo como combustível, o que ocorreu a partir de 1850. Ainda no final do século XIX, dois engenheiros alemães, Karl Benz e Gottlieb Daimler, montaram duas fábricas concorrentes de automóveis movidos a gasolina e, por isso, são considerados os pioneiros do carro moderno. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 6. QUANDO E ONDE SE MODERNIZOU?  Daimler e Benz iriam, aliás, se unir em 1926, criando a Daimler-Benz, cujos carros, com o nome Mercedes-Benz, são vendidos ainda hoje. Todos os primeiros quilômetros da evolução da máquina foram percorridos na Europa. Os Estados Unidos, que até o início do século XX só copiavam os avanços tecnológicos, mudaram essa história em 1908, quando o industrial Henry Ford passou a produzir carros padronizados em massa. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 7. EVOLUÇÃO DO AUTOMÓVEL  De um brinquedo para ricos, o veículo se tornou um bem acessível: "o cavalo da família", como dizia Ford. Essa popularização levou à construção de estradas e ruas asfaltadas, influenciando a evolução das cidades e da vida moderna. Não à toa, o século XX foi diversas vezes chamado de "o século do automóvel". Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 8. EVOLUÇÃO DO AUTOMÓVEL  1769 – MODELO PIONEIRO Foi o engenheiro francês Nicolas-Joseph Cugnot quem construiu o primeiro carro movido a vapor. A máquina, planejada originalmente para transportar peças de artilharia do exército francês, podia levar até quatro pessoas - mas não ultrapassava os 3 km/h Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 9. MODELO PIONEIRO - 1769 Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 10. EVOLUÇÃO DO AUTOMÓVEL  1850 – NOVIDADE EXPLOSIVA O inventor belga Étienne Lenoir criou um motor a explosão que usava gás como combustível. Essa inovação, aperfeiçoada pelo engenheiro alemão Nikolaus Otto, substituiria o motor a vapor e seria fundamental para a evolução do automóvel Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 11. NOVIDADE EXPLOSIVA Nikolaus OttoÉtienne Lenoir Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 12. EVOLUÇÃO DO AUTOMÓVEL  1886 – TRÊS OU QUATRO RODAS? Considerado um dos pais da versão moderna do automóvel, o engenheiro alemão Karl Benz foi quem patenteou o primeiro carro com motor de explosão, movido a gás ou petróleo. Mas o triciclo era difícil de dirigir e Benz sofria para controlá-lo nas demonstrações públicas Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 13. INVENÇÃO DE BENZ Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 14. EVOLUÇÃO DO AUTOMÓVEL  1893 - A VEZ DO BRASIL Tudo indica que um automóvel como esse - um Peugeot modelo Tipo 3 - foi o primeiro carro a rodar em nosso país. Ele teria sido importado da França pela família Dumont, cujo membro mais ilustre, Alberto Santos Dumont, inventaria o avião alguns anos depois Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 15. PEUGEOT MODELO TIPO 3 Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 16. EVOLUÇÃO DO AUTOMÓVEL  1906 – AINDA A VAPOR No início do século XX, os carros a gasolina ainda conviviam com os modelos a vapor. Em uma corrida nos Estados Unidos, um veículo a vapor fabricado pelos irmãos Stanley, dois construtores americanos, estabeleceu um novo recorde mundial de velocidade: 204 km/h Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 17. INVENÇÃO DOS IRMÃOS STANLEY Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 18. EVOLUÇÃO DO AUTOMÓVEL  1908 – REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Foi o americano Henry Ford quem criou a linha de montagem, barateando os veículos ao padronizar sua produção. "O Ford T pode ser adquirido em qualquer cor, desde que seja preto", dizia ele. Em 1920, metade dos carros do mundo seria do modelo Ford T Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 19. MODELO FORD T Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 20. INVENÇÃO DO PAPEL Você sabe quando o papel foi inventado? Ou quem teve essa genial ideia? Como ele é feito? Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 21. PAPEL  O papel é um material constituído por elementos fibrosos de origem vegetal, geralmente distribuído sob a forma de folhas ou rolos. Tal material é feito a partir de uma espécie de pasta desses elementos fibrosos, secada sob a forma de folhas, que por sua vez são frequentemente utilizadas para escrever, desenhar, imprimir, embalar etc. Do ponto de vista químico, o papel se constitui basicamente de ligações de hidrogênio. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 22. INVENÇÃO DO PAPEL  Antes da invenção do papel, o homem se utilizava de diversas formas para se expressar através da escrita. Com suas variáveis regiões, cada região tinha seu artefato que substituía o papel. As matérias mais usados próximas ao papel foram o papiro e o pergaminho. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 23. PAPIRO  O papiro é uma planta aquática, cujo talo era cortado na parte interior onde se encontravam as fibras muito resistentes e flexíveis e que unidas em lâminas, serviam de superfície própria para escrever. Esta planta era encontrada às margens do rio Nilo, no Egito, e representou para os egípcios o suporte da escrita hieroglífica, veículo de transmissão do conhecimento e da sensibilidade do homem da época. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 24. PAPIRO Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 25. PERGAMINHO  O pergaminho era muito mais resistente do que o papiro, pois era produzido a partir de peles tratadas de animais, geralmente de ovelha, cabra ou vaca e tinham um custo muito elevado. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 26. PERGAMINHO Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 27. A IMPORTÂNCIA DESSES INTRUMENTOS  Graças a estes suportes, a história dos povos pôde ser conservada, estudada, pesquisada, resgatada e difundida no mundo inteiro. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 28. INVENÇÃO DO PAPEL  A invenção do papel feito de fibras vegetais é atribuído aos chineses. A invenção teria sido obra do ministro chinês da agricultura Tsai-Lun, no ano de 123 antes de Cristo. A folha de papel fabricada na época seria feita pela fibra da Morus papyrifer ou Broussonetia papurifera, Kodzu e da erva chinesa "Boehmeria", além do bambu. Por volta do ano 610 D.C., os monges coreanos Doncho e Hojo, enviados à China pelo rei da Coréia disseminaram o invento pela Coréia e também pelo Japão. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 29. RESUMO DO PROCESSO PRODUTIVO  Floresta - local onde são plantadas espécies mais apropriadas para a o tipo de celulose ou papel a ser produzido - a maioria das empresas usa áreas reflorestadas e tem seu próprio viveiro onde faz melhorias na espécie cultivada, clonando as plantas com as melhores características;  Captação da madeira — A árvore é cortada e descascada, transportada, lavada e picada em cavacos de tamanhos pré-determinados;  Cozimento: no digestor os cavacos são misturados ao licor branco e cozidos à temperatura de 160 C; - Nessa etapa tem-se a pasta marrom que pode ser usada para fabricar papéis não branqueados. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 30. RESUMO DO PROCESSO PRODUTIVO  Branqueamento - a pasta marrom passa por reações com peróxido, dióxido de sódio, dióxido de cloro, ozônio e ácido e é lavada a cada etapa, transformando-se em polpa branqueada;  Secagem: a polpa branqueada é seca e enfardada para transporte caso a fábrica não possua máquina de papel;  Máquina de papel - a celulose é seca e prensada até atingir a gramatura desejada para o papel a ser produzido.  Tratamento da lixívia e rejeitos da água — o licor negro resultante do cozimento é tratado e os químicos são recuperados para serem usado como licor branco. Esse tratamento ameniza os impactos ambientais causados pela fabrica de papel;  Produção de energia — A produção de energia vem de Turbo geradores que são movidos por vapor proveniente da caldeira. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 31. RESUMO DO PROCESSO PRODUTIVO  As folhas de papel comercialmente vendidas são cortadas em tamanhos predefinidos. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 32. O PAPEL NO BRASIL  A primeira fábrica de papel no Brasil surge com a vinda da família real portuguesa. Localizada no Andaraí Pequeno (RJ), foi fundada entre 1808 e 1810 por Henrique Nunes Cardoso e Joaquim José da Silva. Em 1837 surge a indústria de André Gaillar e, em 1841, a de Zeferino Ferrez Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 33. MUDANÇA NA PAISAGEM  Com a efetuação da utilização do papel, o mesmo é retirado das arvores, tal que o seu mal uso gera uma demanda maior de arvores abatidas, assim prejudicial ao mundo. Sua queima é muito poluente para o ar . Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 34. INVENÇÃO DO VIDEO GAME História do vídeo game, e sua evolução. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 35. INVENÇÃO DO VIDEO GAME  QUEM INVENTOU O VIDEO GAME?  Para muitos, o primeiro jogo eletrônico da história foi desenvolvido em 1962 por Slug Russel, Wayne Witanen e Martin Graetz, colegas do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), EUA. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 36. INVENÇÃO DO VIDEO GAME  POR QUE INVENTARAM ESSES JOGOS?  Com o fim de criar algo útil para as horas vagas, os estudantes idealizaram um jogo de batalha espacial capaz de rodar nos arcaicos computadores DEC PDP-1: o SpaceWar!. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 37. INVENÇÃO DO VIDEO GAME  No entanto, alguns historiadores dizem que o tataravô dos jogos fora desenvolvido quatro anos antes, em 1958, pelo físico Willy Higinbotham, mais conhecido por ter sido um dos criadores da bomba atômica. Tratava-se de um joguinho de tênis mostrado em um osciloscópio e processado por um computador analógico, uma espécie de atrativo aos visitantes de seu laboratório. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 38. INVENÇÃO DO VIDEO GAME  Em 1968 temos um importante capítulo da história dos games, por meio da figura do alemão erradicado nos Estados Unidos, Ralph Baer. Após ter se formado em engenharia eletrônica e trabalhado em diversas empresas de rádio e TV, Baer teve a brilhante ideia de criar um aparelho capaz de rodar jogos eletrônicos por meio da televisão. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 39. INVENÇÃO DO VIDEO GAME  Tal fato foi de grande importância para o futuro dos games pelo fato de que, até aquele momento, os jogos só rodavam nos computadores e o acesso aos mesmos era restrito a pequenos grupos de estudantes universitários. O alemão desenvolveu e patenteou um aparelho chamado "Brown Box", capaz de rodar diferentes tipos de jogos, fato que tornou Ralph Baer o ―pai‖ do videogame. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 40. EVOLUÇÃO DOS JOGOS ELETRÔNICOS  O primeiro console comercializado da história foi o Odissey, elaborado pela empresa Magnavox, em 1972, nos Estados Unidos. O aparelho foi vendido no Brasil mais tarde, no final da década de 70. Fabricado pela Philco e Ford, o console ficou conhecido como Telejogo, o qual basicamente consistia em traços que subiam e desciam para rebater um quadrado. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 41. ODISSEY Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 42. EVOLUÇÃO DOS JOGOS ELETRÔNICOS  Um pouco depois do lançamento do Odissey, surge o fenômeno que todos normalmente associam com a história do videogame: o Atari 2600. Projetado por Nolan Bushnell e lançado em 1978 nos Estados Unidos e em 1983 no Brasil, o console é considerado um símbolo cultural dos anos 80, um fenômeno de vendas. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 43. ATARI 2600 Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 44. EVOLUÇÃO DOS JOGOS ELETRÔNICOS  Mesmo com todo esse sucesso, a Atari passou por sérios problemas financeiros durante a década, ao mesmo tempo em que a Nintendo começava a erguer seu império. Seu primeiro sucesso de vendas foi o console Famicom, de 8 bits, o qual foi rebatizado de NES (Nintendo Entertainment System). Sob esta plataforma foram feitos jogos famosíssimos, como Mario e Donkey Kong, por exemplo. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 45. EVOLUÇÃO DOS JOGOS ELETRÔNICOS  Enquanto a Nintendo crescia e se consolidava como a maior no mundo dos consoles, a SEGA, outra empresa japonesa, também se desenvolvia. Para concorrer com o NES, a empresa lançou o conhecido Master System. Porém, sabendo que não iria ultrapassar a Nintendo na guerra dos 8 bits, se viu obrigada a direcionar seus esforços na criação de um novo console, de 16 bits: o Mega Drive. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 46. EVOLUÇÃO DOS JOGOS ELETRÔNICOS  A líder, Nintendo, obviamente entrou na disputa e lançou um dos maiores sucessos de toda a história do videogame: o Super NES. Este é um dos clássicos episódios da batalha dos consoles. Enquanto o aparelho da SEGA tinha mais jogos, o da Nintendo era mais avançado e possuía melhores gráficos. Afinal, quem nunca ouviu falar da disputa entre Mario e Sonic, Nintendo e Sega, respectivamente? Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 47. SUPER NEES Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 48. EVOLUÇÃO DOS JOGOS ELETRÔNICOS  Após esta longa competição, entrou uma nova e forte concorrente no mundo dos games: a Sony, abrindo caminho para o surgimento de uma nova geração de consoles. Neste momento, a SEGA lançou sem muito sucesso seu 32 bits, Saturn. A Nintendo surpreendeu todo o mundo anunciando o N64, com gráficos de 64 bits. Outro importantíssimo fato foi o lançamento do Playstation, da Sony, que por possuir uma grande biblioteca de jogos, se tornou líder de vendas e bateu a marca de 100 milhões de consoles vendidos. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 49. EVOLUÇÃO DOS JOGOS ELETRÔNICOS  Por ser recente, a penúltima geração dos videogames é conhecida até mesmo pelas crianças: o bem-sucedido Playstation 2, da Sony, lançado no ano 2000, o qual continuou a história de sucesso do Playstation e passou a ter mídias em formato DVD, o GameCube, da Nintendo, sucessor natural do N64, e a novidade Xbox, da gigante dos softwares Microsoft Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 50. EVOLUÇÃO DOS JOGOS ELETRÔNICOS  A mais recente geração de consoles se resume a três lançamentos das mesmas fabricantes da geração passada: Playstation 3, da Sony, Wii, da Nintendo, e Xbox 360, da Microsoft. De fato, o mercado dos games só cresce a cada dia. Uma prova disto é fato de que, de 1999 a 2004, o mesmo faturou 21 bilhões de dólares, mais que duas vezes o faturamento de todos os filmes de Hollywood no mesmo período. Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 51. EVOLUÇÃO DOS JOGOS ELETRÔNICOS Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖ PS3 XBOX 360 WII
  • 52. REFERÊNCIAS  http://pt.wikipedia.org/wiki/Papel  http://catarinameireles.no.sapo.pt/Papiro_e_ Pergaminho.htm  http://www.miniweb.com.br/historia/Artigos/i _antiga/invencao_papel.html  http://www.historiadetudo.com/videogame. html  http://aidobonsai.com/2010/07/05/a-historia- dos-video-games-2/  http://www.jalopnik.com.br/quem-inventou- o-primeiro-carro-do-mundo/ Stefanie, Pedro, Lucas e Rafel. ―Etec Pedro D’arcádia Neto‖
  • 53. GRUPO – 1º ANO C  STEFANIE FERNANDES  PEDRO SILVA  LUCAS SANTANA  RAFAEL RODRIGO

×