> 6.000 OLHARES SOBRE A DEFESA AGROPECUÁRIA
Resumo da apresentação• Projeto InovaDefesa• Ameaças Fitossanitárias• Workshop Análise de Risco Aplicada à Defesa  Agropec...
InovaDefesa•   CT-Agro•   CNPq•   UFV•   Parcerias: decisivas•   Início: Junho de 2008•   Fase 1: até Maio de 2011•   Fase...
Eixos de Ação•   Capacitação•   Indução de inovação tecnológica•   Agregação de massa crítica•   Estímulo à visão estratég...
Resultados: Capacitação•   Mestrado Profissional UFRB•   Mestrado Profissional UFV•   Mestrado Profissional UFRA•   + 3 em...
Resultados: Inovação• 10 Encontros de Inovação• Indução de projeto estruturados no IMA
Resultados: Agregação de massa crítica• Rede de Inovação Tecnológica para Defesa  Agropecuária www.inovadefesa.ning.com• C...
De onde veem os acessos?                                    146 países               Google Analytics: Abril 2009 a Agosto...
Wagner Meira (ICEX/UFMG)
Wagner Meira (ICEX/UFMG
Wagner Meira (ICEX/UFMG)
Certificação de membros
Resultados: Visão estratégica• 1 pesquisa Delphi• Análise agendas estratégicas MAPA• 4 workshops  –   Ameaças Fitossanitár...
Ameaças Fitosssanitárias• Entender o passado para prever o futuro
Eventos recentes de invasão                            1995                                 20111. Carambola fruit fly; 2....
José Henrique Sadok (2010)
Pragas quarentenárias• > 140 espécies de pragas quarentenárias para  o Brasil já foram relatadas na América do Sul
10               26     11          31                  8   720     39               23                          4        ...
Número de espécies                        vírus                 procarionteplanta infestante ou parasita                  ...
ExemplosStriga gesnerioides   Moniliophthora   Bactrocera                Sternochetus                      roreri         ...
Risco = probabilidade x perigo• Hipótese: aumento do trânsito de pessoas e  mercadorias aumentará a probabilidade de ingre...
Risco = chance que ocorra o perigo
O que é risco?•   Prejuízo    • Probabilidade•   Perda       • Possibilidade•   Perigo      • Chance•   Dano•   Impacto
Variável: Tempo (Iterações*)Qual o risco de um motoqueiro se acidentar?• Se ele faz 1 viagem por mês?• Se ele faz 30 viage...
Variável: Tempo (Iterações)Qual o risco de uma praga entrar no Brasil em  bagagem de passageiros?• Entrando 1 passageiro p...
Variável: Tempo (Iterações)Qual o risco da monília  entrar em RO?• Em uma semana?• Em um mês?• Em um ano?• Em 10 anos?
Workshop ‘Análise de RiscoAplciada á Defesa Agropecuária’
ANÁLISE DE RISCOAvaliação de               Gerenciamento   Riscos                    de RiscosProcesso científico         ...
Visão da Secretaria de Defesa             Agropecuária• Análise de Risco é um novo paradigma para a  Defesa Agropecuária
Serviços• Departamento de Sanidade Vegetal: Análise de Risco de  Pragas• Coordenação Geral de Agrotóxicos e Afins: Avaliaç...
Análise de Risco de Pragas• Segue norma internacional• Avaliação: Centros Colaboradores• Gerenciamento: Departamento de Sa...
Avaliação e manejo de risco de             agrotóxicos• Avaliação: CGAA• Gerenciamento: CGAA• Comunicação:
Avaliação de risco para importação de               pescado• Avaliação: Centros Colaboradores• Gerenciamento: Coordenação ...
Considerações finais• Análise de Risco é um tema estratégico para a  Defesa Agropecuária• Necessidade de envolver mais a a...
Obrigada!Evaldo Vilela (evaldovilela@gmail.com)Regina Sugayama  (regina.sugayama@gmail.com)
Regina  embrapa milho e sorgo regina
Regina  embrapa milho e sorgo regina
Regina  embrapa milho e sorgo regina
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Regina embrapa milho e sorgo regina

379
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
379
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Regina embrapa milho e sorgo regina

  1. 1. > 6.000 OLHARES SOBRE A DEFESA AGROPECUÁRIA
  2. 2. Resumo da apresentação• Projeto InovaDefesa• Ameaças Fitossanitárias• Workshop Análise de Risco Aplicada à Defesa Agropecuária
  3. 3. InovaDefesa• CT-Agro• CNPq• UFV• Parcerias: decisivas• Início: Junho de 2008• Fase 1: até Maio de 2011• Fase 2: até Maio de 2012 (sem suplementação de recursos)• Fase 3: até Maio 2013 (com suplementação de recursos)
  4. 4. Eixos de Ação• Capacitação• Indução de inovação tecnológica• Agregação de massa crítica• Estímulo à visão estratégica
  5. 5. Resultados: Capacitação• Mestrado Profissional UFRB• Mestrado Profissional UFV• Mestrado Profissional UFRA• + 3 em implantação• > 300 horas de cursos de curta duração
  6. 6. Resultados: Inovação• 10 Encontros de Inovação• Indução de projeto estruturados no IMA
  7. 7. Resultados: Agregação de massa crítica• Rede de Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária www.inovadefesa.ning.com• Conferências Nacionais sobre Defesa Agropecuária• Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária e Revista Brasileira de Defesa Agropecuária
  8. 8. De onde veem os acessos? 146 países Google Analytics: Abril 2009 a Agosto 2012)
  9. 9. Wagner Meira (ICEX/UFMG)
  10. 10. Wagner Meira (ICEX/UFMG
  11. 11. Wagner Meira (ICEX/UFMG)
  12. 12. Certificação de membros
  13. 13. Resultados: Visão estratégica• 1 pesquisa Delphi• Análise agendas estratégicas MAPA• 4 workshops – Ameaças Fitossanitárias – Ameaças Sanitárias para setores produtores de carne – Ameaças à Sanidade Apícola – Análise de Risco Aplicada à Defesa Agropecuária
  14. 14. Ameaças Fitosssanitárias• Entender o passado para prever o futuro
  15. 15. Eventos recentes de invasão 1995 20111. Carambola fruit fly; 2. Codling moth; 3. Citrus leaf miner, 4. Cochineal, 5. Zaprionus indianus, 6.Soybean rust; 7. Blackfly, 7. Red palm mite, 8. Orange rust of sugarcane, 9. citrus hindu mite; 10. pinkmealybug
  16. 16. José Henrique Sadok (2010)
  17. 17. Pragas quarentenárias• > 140 espécies de pragas quarentenárias para o Brasil já foram relatadas na América do Sul
  18. 18. 10 26 11 31 8 720 39 23 4 36 30 12
  19. 19. Número de espécies vírus procarionteplanta infestante ou parasita nematoide inseto fungo ácaro 0 10 20 30 40 50
  20. 20. ExemplosStriga gesnerioides Moniliophthora Bactrocera Sternochetus roreri carambolae mangiferae (present only in Amapá)
  21. 21. Risco = probabilidade x perigo• Hipótese: aumento do trânsito de pessoas e mercadorias aumentará a probabilidade de ingresso de pragas quarentenárias
  22. 22. Risco = chance que ocorra o perigo
  23. 23. O que é risco?• Prejuízo • Probabilidade• Perda • Possibilidade• Perigo • Chance• Dano• Impacto
  24. 24. Variável: Tempo (Iterações*)Qual o risco de um motoqueiro se acidentar?• Se ele faz 1 viagem por mês?• Se ele faz 30 viagens por mês?• Se ele faz 300 viagens por mês? *Repetições
  25. 25. Variável: Tempo (Iterações)Qual o risco de uma praga entrar no Brasil em bagagem de passageiros?• Entrando 1 passageiro por dia?• Entrando 100 passageiros por dia?• Entrando 1.000 passageiros por dia?
  26. 26. Variável: Tempo (Iterações)Qual o risco da monília entrar em RO?• Em uma semana?• Em um mês?• Em um ano?• Em 10 anos?
  27. 27. Workshop ‘Análise de RiscoAplciada á Defesa Agropecuária’
  28. 28. ANÁLISE DE RISCOAvaliação de Gerenciamento Riscos de RiscosProcesso científico Controle e prevenção independente de perigos Comunicação de Riscos Integração de informações
  29. 29. Visão da Secretaria de Defesa Agropecuária• Análise de Risco é um novo paradigma para a Defesa Agropecuária
  30. 30. Serviços• Departamento de Sanidade Vegetal: Análise de Risco de Pragas• Coordenação Geral de Agrotóxicos e Afins: Avaliação e manejo de risco de agrotóxicos• Coordenação Geral de Sanidade Pesqueira: Avaliação de risco para importação de pescado e demais commodities de animais aquáticos• (Departamento de Saúde Animal)• (ANVISA)
  31. 31. Análise de Risco de Pragas• Segue norma internacional• Avaliação: Centros Colaboradores• Gerenciamento: Departamento de Sanidade Vegetal/ MAPA• Comunicação:
  32. 32. Avaliação e manejo de risco de agrotóxicos• Avaliação: CGAA• Gerenciamento: CGAA• Comunicação:
  33. 33. Avaliação de risco para importação de pescado• Avaliação: Centros Colaboradores• Gerenciamento: Coordenação Geral de Sanidade Pesqueira• Comunicação
  34. 34. Considerações finais• Análise de Risco é um tema estratégico para a Defesa Agropecuária• Necessidade de envolver mais a academia e pesquisa na fase de avaliação• Necessidade de uma estrutura supraministerial para realizar estudos de avaliação de risco
  35. 35. Obrigada!Evaldo Vilela (evaldovilela@gmail.com)Regina Sugayama (regina.sugayama@gmail.com)
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×