Your SlideShare is downloading. ×
Janine Schirmer
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Janine Schirmer

776

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
776
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Gestão e Enfermagem Baseada em Evidência VIII Encontro Nacional de Gerenciamento em Enfermagem Salvador, 27 a 29 de Junho de 2011 Drª Janine Schirmer Profª Titular da Escola Paulista de Enfermagem Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Universidade Federal de São Paulo, Unifesp
  • 2. A palavra evidência nos faz pensar em algo que não deixa dúvida
  • 3. Fatores que influenciam as decisões clínicasPrática baseada em evidência Prática baseada em providênciaUso das melhores evidências Deixa-se nas mãos de DeusPrática baseada em eminência Prática baseada em nervosismoA experiência supera a evidência Medo de processoPrática baseada em veemência Prática baseada em confiançaVolume e estridência superam a evidência Bravata (Modificado de Fletcher& Fletcher, 2006)Prática baseada em eloqüênciaElegância e eloqüência verbal
  • 4. Nightingale e Origens EBEColeta sistemática de dados, experiência Guerra Criméia, 1856Criação do Departamento Estatistica no reino UnidoInternational Statistical Congress, Londres, 1860: unificação dados estatísticos hospitalaresClassificação das doenças e procedimentos cirúrgicos, 1863 - CIDQuestões condições de saúde no CensoTreinamento de Enfermeiras – Impacto na saúdeEstudo sobre Mortalidade Materna Puerperal
  • 5. Nightingale e Prática Baseada Evidência “Com a pesquisa podemos descobrir a esfera bio-física e social”, Liderança baseada no conhecimento X Evidências para tomada decisão política. Collected Works of Florence Nightingale, Wilfred Laurier, 2001
  • 6. Prioridades em Políticas em Ciências da Saúde e Pesquisa em Saúde
  • 7. Desafios GlobaisSociedade do ConhecimentoMudança dos eixos político e econômicoAmbiente: mudanças climáticas, energia, biodiversidade, águaPopulação: crescimento e mobilidadeVelocidade das mudanças tecnológicasAgricultura e produção de alimentos
  • 8. … Desafios metodológicos na articulação com o cuidado de enfermagem e saúdeO uso da prática baseada em evidências para a prestação de cuidadoseguro e de qualidade.Desempenho profissional fundamentado no compromisso ético-social.Mudanças na formação de recursos humanos em enfermagem dagraduação a pós-graduação .Educação continuada X Educação permanente
  • 9. Enfermagem e/ou Prática Baseada-Evidências EBE tomada de decisão sobre o paciente e/ou população, baseando cada decisão na melhor evidência avaliada (Gray, 1997). PBE inclui: Guias de Conduta; Preferências e valores dos pacientes ; Julgamento clínico do profissional; Avaliação da eficácia do cuidado e efetividade do processo.
  • 10. Problemas Baseados em Evidências da Práticas Segurança / risco diz respeito à gestão Resultados insatisfatórios do paciente Grandes variações na prática Preocupações financeiras – custos Diferenças entre o hospital e prática da comunidade Questão da prática clínica como preocupação Perda de tempo nos procedimentos ou processos A prática clínica não tem base científica
  • 11. Formulação de uma questão na PBE1. Que evidência é a base para este tratamento?2. Existe base científica para este tratamento?3. Qual foi a razão para tomar essa decisão?4. Quais são as implicações clínicas dessa prática?5. Por que estamos fazendo isso, e porque dessa maneira?6. Existe maneira de fazer melhor, mais eficiente e mais rentável?7. Esta atividades envolve desperdício de tempo?8. Estes são os melhores resultados possíveis?
  • 12. Prática Baseada em EvidênciasAvaliação crítica da literatura e síntese das informaçõesPara cada pergunta clínica X tipo de estudo primário
  • 13. Delineamentos de pesquisa e níveis de evidência
  • 14. Classificação dos Métodos Epidemiológicos Unidade de Papel do Direção Propósito doobservação e investigador Temporal das Estudo análise Observações Passivo SerialIndividuado (Observação) (Estudos Descritivo prospectivos e retrospectivos) Ativo Instantâneos Agregado (intervenção ou (Estudos Analítico experimentação) transversais)
  • 15. Observacional X Experimental Estudo Experimental SIM Aplica a intervenção e observa o efeito no resultado finalEstudo modificaos resultados? Estudo Observacional NÃO O investigador observa os eventos sem interferir
  • 16. Estudos randomizados PráticaBaseada em Evidências Revisões sistemáticas Conhecimento Preferência do clínico Paciente Evidência Científica Decisão clínica Desfechos Relevantes Morbi-mortalidade
  • 17. Pergunta Clínica e Tipo de EstudoQuais os microorganismos que causam pneumonia  Coorte; Caso- Etiologia controle adquirida na comunidade? Quais as questões que devem compor um screening - alcoolismo entre indivíduos adultos? Diagnóstico  AcuráciaO uso do colchão de ar é melhor do que o colchão Prevenção;  Ensaio Clínicocasca-de-ovo na prevenção de úlceras de pressão? Tratamento RandomizadoQual a probabilidade de indivíduos de ≥ 70 anos, Prognóstico Coorte caírem durante uma internação hospitalar? PrognósticoUma decisão governamental: é melhor financiar Custo-benefício, efetividade, programa de Tx cardíaco ou reabilitação de utilidade e custo pacientes pós-AVC?
  • 18. Processo da Pratica Baseada em Evidências Requer disponibilidade de tempo, recursos, apoio institucional, habilidades e liderança Escolha perguntas que têm retorno em qualidade e custo-efetividade, melhoram os resultados clínicos, os processos de cuidado da unidade, ou do paciente ou satisfação enfermeira.
  • 19. Quatro elementos de uma pergunta clínica
  • 20. 1. Patiente e problema População de pacientes ou problema , pergunte “atributos: idade, sexo, perfil e sinais/ sintomas” . Por exemplo: pacientes adultos internados em unidade cirúrgica entre 20 e 50 anos de idade com um cateter intravenoso periférico (PIC)
  • 21. 2. Intervenção - A intervenção pode ser um tratamento clímico educacional ou intervenção administrativa.Por exemplo: a intervenção pode incluir processo de cuidado, tratamento de enfermagem, estratégias para a educação, ou abordagens de avaliação. Intervenção terapêutica de enfermagem como o uso de solução salina para manutenção PIC
  • 22. 3 ComparaçãoIdentificar se existe um grupo de comparação.A intervenção ser comparada a uma outra intervenção? Nem todas as questões têm comparações, ou comparações podem não ser facilmente perceptível.Por exemplo: comparação pode ser o uso de heparina X solução salina na manutenção PIC.
  • 23. 4. Desfecho de Interesse ou Resultado Podem incluir: qualidade de vida, melhora dos resultados do tratamento, diminuição da taxa de eventos adversos, melhoria segurança do paciente, diminuição de custos, ou a satisfação do paciente.Por exemplo: melhora na permeabilidade do PIC ao longo de um tempo especificado ou uma diminuição na incidência de flebite.
  • 24. Elementos Pergunta Clínica – PICOP – Paciente e problemaI – Intervenção (tratamento, teste, prognóstico, etiologia)C – ComparaçãoO – Outcome (desfecho ou resultado)
  • 25. Situação-ProblemaManutenção da permeabilidade e diminuição de flebitePergunta:Adultos internados unidade cirúrgica entre as idades de 20 e 50com cateter intravenoso periférico, fazem uso de soro fisiológicomanter a permeabilidade e diminuir flebite por mais de 48 horas,quando comparado à heparina?
  • 26. Pergunta ClínicaP- Adultos internados unidade cirúrgica entre as idades de 20 e 50I- Cateter intravenoso periférico (PIC)C- Tratamento padrão X heparinaO- Manter a permeabilidade e diminuir flebite período -48 h Busca bibliográfica na BVS
  • 27. Busca bibliográfica na BVS1. Selecionar palavras-chave​​, sinônimos e termos relacionados a partir do pergunta responde2. Identificar as melhores fontes para encontrar informações e escolha de ferramentas de busca apropriada3. Desenvolvimento de estratégias de busca e usando vocabulários controlados, limites e operadores booleanos4. Avaliar o conjunto de resultados (validade)5. Relatar pesquisa e resultados da busca
  • 28. Vocabulários ControladosPubMed (MEDLINE) = MeSH (Medical Subject Headings) CINAHL = CINAHL Subject HeadingsPsycINFO = Thesaurus of Psychological Index TermsDeCs = Descritores em saúdeCochrane Library Nursing Interventions Classification (NIC)Nursing Outcomes Classification (NOC)Enfermagem (NANDA, CIPE e CINAHL)
  • 29. Acesso evidências efetivamente relevantesMinistério da Saúdehttp://www.saude.orgWestern Australian Centre for Evidence-Based Nursing and Midwifery -http://www.curtin.edu.au/curtin/dept/planstats/wacebnm/Instituto JoannabriggsRevisões sistemáticashttp://www.joannabriggs.edu.au/sysmenu.htmlHealth Sciences Libraryhttp://www-hsl.mcmaster.ca/tomflem/all.htmlEvidence Based Practicehttp://www.ahcpr.gov/clinic/epchttp://www.nursing-standard.co.uk/http://www.evidencebasednursing.com
  • 30. Revisão Sistemática da Literatura1. Elaboração do Protocolo Pergunta Clínica P Participantes I Intervenção C Comparações O Outcomes … 32
  • 31. Revisão Sistemática da Literatura 2. Localização e selecção dos estudos • Bases de dados • Pesquisa Manual • Literatura Cinzenta• Estudos em desenvolvimento • Critérios de Inclusão • Descritores Disponível em: http://www.bmj.com/cgi/content/full 33
  • 32. Revisão Sistemática da Literatura 3.Avaliação dos estudos 4.Coleta de dados 5.Análise e apresentação ou Metanálise síntese dos dados Metasíntese6.Interpretação dos resultados 7.Apresentação e divulgação … 34
  • 33. Estudo SecundárioRevisão Sistemática e Metanálise
  • 34. Interpretação de um gráfico de metanáliseestimativa 95% IC resultado da metanálise Símbolo da Colaboração Cochrane: Metanálise publicada em 1991 sobre o uso de corticosteróides no parto pré-termo
  • 35. PSEFINU- SID-DEL - aicnâtsiD a onisnE ed oirótarobaL - sodavreser sotierid so sodoT 1002 thgirypoC ©
  • 36. Hierarquia da Evidência Revisões Sistemáticas ECR Coorte Caso-controleVALIDADE CONFIANÇA Estudo de casos Opinião de especialista Pesquisa animal In vitro
  • 37. Níveis de Evidência e Grau de Recomendação Níveis de Evidência Grau de Recomendação1 Revisão Sistemática A Resultado recomenda2 Ensaio Clínico Randomizado intervenção3 Coorte B Resultado não é conclusivo – não é4 Caso-controle suficiente para confirmar5 Série de casos a hipótese6 Opinião de especilistas C Resultado contra-indica a7 Estudos experimentais intervenção
  • 38. Apoio Organizacional para EBE Garantir o apoio dos tomadores de decisão Alocação de recursos humanos e materiais. Orçamento estimado e plano de implementação Implementar e avaliar os resultados Transferir para a prática (pesquisa translacional) Criar guia de conduta ou adptar Wood, M., & Ross-Kerr, J. (2004). Basic steps in planning nursing research: From question to proposal (6th ed.). Sudbury, MA: Jones and Bartlett
  • 39. Barreiras para o sucesso da PBE Cultura organizacional Falta de prioridade Falta de preparo do staff para pesquisa Usar pesquisa requer habilidade, recursos e tempo A diferença entre a disponibilidade de melhores práticas e uso de evidências que pode ser atribuída a níveis de compreensão das lideranças de enfermagem Organizações de saúde são complexas, dinâmicas e as política interna variáveis
  • 40. Desafios das gestoras de enfermagem A responsabilidade das enfermeiras executivas é a prestação de cuidados de uma forma criativa e de baixo custo para os consumidores da instituição de saúde “O mercado contemporaneo de saúde exige enfermeiras executivas, líderes hábeis em implantar estratégias de mudanças e melhorar os resultados e competêntes para lidar com a ansiedade ou sensação de ameaça que a equipe pode demonstrar” Buonocore D (2004). American Nurses Credentialing Center (ANCC) desenvolveu em 2007, Magnet® Model , objetivo de dar suporte, conduzir e aplicar pesquisa clínica na prática administrativa Conselho de pesquisa e prática baseada em evidência American Nurses Credentialing Center (ANCC). (2008). The Magnet model components and sources of evidence. Magnet Recognition Program®.
  • 41. ICN desenvolvimento de programas de liderança- Planejamento em saúde e desenvolvimento de políticas- Liderança e gestão em serviços de enfermagem e saúde- Desenvolver serviços de qualidade e custo-benefício- Preparação de futuros gestores e líderes, enfermeiros e não enfermeiros- Sustentando o desenvolvimento- Contribuir dentro do mais amplo de saúde e equipes de gestão- Influenciar mudanças curriculares-Rede nacional, regional e internacional
  • 42. Muito Obrigada! schirmer.janine@unifesp.br Preparando enfermeiras líderes para a excelência hoje e no futuro.Preparación de los líderes de enfermeria para la excelencia de hoy y de la mañana. Preparing nurse leaders for excellence today and the future.

×