4 de junho de 2013ISO 26000:2010 e a NBR16001:2012
O nosso estado de mundoü  Mais de 1 bilhão de pessoas nãotêm água para beberü  Os atuais 7 bilhões de habitantespoderão ...
Há luz no final do túnel?Reflexão: O que pode serfeito no nível:Dos EstadosDas OrganizaçõesPessoal
Das 100 maiores economias do mundo, 29 sãoempresas(em valor adicionado)1 Estados Unidos 9810 65 Siemens 322 Japão 4765 68 ...
Fonte: Pesquisa IPEA/DISOC – Ação Social das Empresas DEZ/2004Por que as empresas fazem ação social ?
Filantropia e ResponsabilidadeSocialFilantropia Tradicional Responsabilidade socialNão é aplicada gestão Requer gestãoBase...
Uma empresa pode perder sendo socialmenteirresponsável?Empresas como Nike, The Gap e outras tiveramgrandes perdas quando p...
Uma empresa pode lucrar sendosocialmente responsável?Fonte: www.ipea.gov.br
SocialAmbiental EconômicoDesenvolvimento sustentável
Interesse pela ISO26K?
Estrutura da ISO 26000Introdução1.  Escopo2.  Termos e definições3.  Compreensão da responsabilidade social4.  Princípios ...
Duas	  prá)cas	  fundamentais	  da	  responsabilidade	  social	  Reconhecimento	  da	  responsabilidade	  social	  Iden3fic...
Relação entre a organização, suas partes interessadas e a sociedade
Os sete temas centrais
Apresentação da ABNTNBR 16001:2012
Breve histórico2003 – Decisão de desenvolver uma Norma nacionalcertificável.2004 – Lançamento da ABNT NBR 160012005 – Lanç...
Certificados SA8000:2008 (junho/2011)0 100 200 300 400 500 600 700 800 900ItalyIndiaChinaRomaniaPakistanOtherBrazilVietnam...
Certificados no Brasil (junho/2011)0204060801001201996 1998 2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012NBR16001SA8000
Grandes mudanças desde 2004
3.6 Medição,análise emelhoria3.3Planejamento3.4Implementaçãoe operação3.5 RequisitosdedocumentaçãoAnexos: Bibliografia, Id...
Ressalvas importantes da NBR 16001“O atendimento aos requisitos da Norma não significa que aorganização é socialmente resp...
Organizações com desempenho diferentespodem ser certificadasTempoMelhoriadaresponsabilidadesocial
NBR 16001:2012 X ISO 26000:2010NBR 16001:2012 ISO 26000:2010Certificação Sim NãoModelo de gestão PDCA NenhumIntegração com...
Muito ObrigadoJosé Salvador da Silva Filhojose.salvador@saiglobal.comFone: 11-98117-4948
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

ISO 26000:2010 e a NBR 16001:2012

2,515

Published on

ABNT NBR 16001, a Norma Brasileira de Responsabilidade Social, aplicação, comparação, complementariedade com a ABNT NBR ISO 26000.
Palestrante: José Salvador - Coordenador da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social da ABNT.
Apresentação realizada durante o Fórum Normas de Responsabilidade Social

Published in: Business
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,515
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "ISO 26000:2010 e a NBR 16001:2012"

  1. 1. 4 de junho de 2013ISO 26000:2010 e a NBR16001:2012
  2. 2. O nosso estado de mundoü  Mais de 1 bilhão de pessoas nãotêm água para beberü  Os atuais 7 bilhões de habitantespoderão chegar a 9 bilhões em2050ü  2 bilhões de pessoas vivem com1 ou 2 dólares por dia.ü  A renda per capita tem caídomuito nos ultimos 30 anos namaioria dos países pobres.ü  O abismo social entre ricos epobres tem se ampliado.ü  Doenças infecciosas são a causade 30% das mortes no mundoü  O crime transnacional é aindústria que mais cresce nomundo (500 bilhões de dólares)ü  O consumo da energia no mundoirá crescer mais do que 50% nospróximos 20 anos.Fonte: Projeto Millenium
  3. 3. Há luz no final do túnel?Reflexão: O que pode serfeito no nível:Dos EstadosDas OrganizaçõesPessoal
  4. 4. Das 100 maiores economias do mundo, 29 sãoempresas(em valor adicionado)1 Estados Unidos 9810 65 Siemens 322 Japão 4765 68 BP 303 Alemanha 1866 69 Wal-Mart Stores 304 Reino Unido 1427 70 IBM 275 França 1294 71 Volkswagen 246 China 1080 72 Cuba 247 Itália 1074 73 Hitachi 248 Canadá 701 74 Total Fina Elf 239 Brasil 595 76 Matsushita Electric Industrial 2210 México 575 77 Mitsui & Company 2045 ExxonMobil 63 80 Sony 2046 Paquistão 62 81 Mitsubishi 2047 General Motors 56 85 Philip Morris 1955 Ford Motor 44 90 SBC Communications 1956 Daimler Chrysler 42 91 Itochu 1857 Nigéria 41 94 Honda Motor 1858 General Electric 39 95 Eni 1859 Toyota Motor 38 96 Nissan Motor 1860 Kuwait 38 97 Toshiba 1761 Romênia 37 98 Síria 1762 Royal Dutch/Shell 36 99 Glaxosmithkline 1763 Marrocos 33 100 BT 17Fonte: Agencia Estado – 12/08/2002Estudo publicado pela Conferênciada ONUpara Comércio e Desenvolvimento(Unctad)Valores em US$ bilhõesPIB X Valor adicioando
  5. 5. Fonte: Pesquisa IPEA/DISOC – Ação Social das Empresas DEZ/2004Por que as empresas fazem ação social ?
  6. 6. Filantropia e ResponsabilidadeSocialFilantropia Tradicional Responsabilidade socialNão é aplicada gestão Requer gestãoBase assistencialista Base estratégicaFraco compromisso com resultados Forte compromisso com resultadosBaixa preocupação comindependênciaGrande preocupação comindependênciaAção unilateral Engajamento com partes interessadas
  7. 7. Uma empresa pode perder sendo socialmenteirresponsável?Empresas como Nike, The Gap e outras tiveramgrandes perdas quando provado seus envolvimentoscom trabalho infantil, trabalho escravo e condiçõesde trabalho inadequadas
  8. 8. Uma empresa pode lucrar sendosocialmente responsável?Fonte: www.ipea.gov.br
  9. 9. SocialAmbiental EconômicoDesenvolvimento sustentável
  10. 10. Interesse pela ISO26K?
  11. 11. Estrutura da ISO 26000Introdução1.  Escopo2.  Termos e definições3.  Compreensão da responsabilidade social4.  Princípios da Responsabilidade Social5.  Reconhecimento da responsabilidade social e engajamentodas partes interessadas6.  Orientações sobre temas centrais da responsabilidade social7.  Orientações sobre a integração da responsabilidade socialem toda a organização§  Anexo A (Informativo) Exemplos de iniciativas e ferramentas voluntáriasrelacionadas à responsabilidade social§  Anexo B (informativo) Abreviaturas§  Bibliografia
  12. 12. Duas  prá)cas  fundamentais  da  responsabilidade  social  Reconhecimento  da  responsabilidade  social  Iden3ficação  e  engajamento  das  partes  interessadas  Maximização  da  contribuição  da  organização  para  o  Desenvolvimento  sustentável  Temas  centrais  da    RS  Bibliografia:  Fontes  com  reconhecida  autoridade  e  orientação  adicional  Anexo:  Exemplos  de  inicia3vas  voluntárias    de  responsabilidade  social  Integração  da  RS    em  toda  a    organização  Direitos  humanos  Prá3cas  de  trabalho    Meio  ambiente  Prá3cas  leais  de  operação  Questões  rela3vas  ao  consumidor  Envolv.  E  desenvolv.da  comunidade  Prá3cas  para  integrar  a  RS  em  toda  a  organização  Inicia3vas  voluntárias  de  RS  Comunicação  sobre  RS  Fortalecimento  da    credibilidade  em  relação    à  RS  Análise  e  aprimoramento  das  ações  e  prá3cas  da  organização  rela3vas  à  RS  Relação  das  caracterís3cas  da  organização  com  a  RS  Compreensão  da  RS  da  organização  Seção  5  Ações  e  expecta3vas  relacionadas  Seção  6  Governança  organizacional  Seção  7  Seção 1Orientação paraorganizações de todoo tipo, independementedo seu tamanho oulocalização  Seção 3Seção 4Seção 2Escopo  Termos  e  definições  Definição determos -chaveCompreensão  da  RS  História  e  caracterís3cas;  Relacionamento  entre  RS  e  desenvolvimento    sustentável  Princípios  da    responsabilidade  social  Accountability  Comportamento  é3co  Transparência  Respeito  pelo  interesse  das  partes  interessadas  Respeito  pelo    estado  de  direito  Respeito  pelas    normas  Internacionais  de    comportamento  Respeito  pelos    direitos  humanos  Visão Geral da ISO 26000:2010 (retirado da ISO 26000:2010)
  13. 13. Relação entre a organização, suas partes interessadas e a sociedade
  14. 14. Os sete temas centrais
  15. 15. Apresentação da ABNTNBR 16001:2012
  16. 16. Breve histórico2003 – Decisão de desenvolver uma Norma nacionalcertificável.2004 – Lançamento da ABNT NBR 160012005 – Lançamento da ABNT NBR 16002 (qualificação deauditores)2006 - Desenvolvimento dos critérios de certificação eacreditação de organismos e realização da primeiracertificação2009 – Lançamento da ABNT NBR 16003 (realização deauditorias)2010 – Decisão de revisar a ABNT NBR 160012012 – Publicada a nova versão em 2 de agosto de 2012
  17. 17. Certificados SA8000:2008 (junho/2011)0 100 200 300 400 500 600 700 800 900ItalyIndiaChinaRomaniaPakistanOtherBrazilVietnamPortugalSpainCzech RepublicLithuaniaHong KongTaiwanGreeceSri LankaThailandBulgariaUnited KingdomIsrael2680 certificados mundialmente79 certificados no BrasilCerca de 3% do total
  18. 18. Certificados no Brasil (junho/2011)0204060801001201996 1998 2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012NBR16001SA8000
  19. 19. Grandes mudanças desde 2004
  20. 20. 3.6 Medição,análise emelhoria3.3Planejamento3.4Implementaçãoe operação3.5 RequisitosdedocumentaçãoAnexos: Bibliografia, Identificação das partes interessadas, Engajamento das partes interessadas,Comunicação, Questões da RS, Oportunidades de melhoria e inovação, Monitoramento e medição1.Objetivo2.DefiniçõesA nova ABNT NBR 160013.2 Política da responsabilidade social•  Identificação das partesinteressadas•  Temas e questões da RS•  Due diligence•  Oportunidades e inovação•  Requisitos legais e outros•  Objetivos, metas e programas•  Recursos, funções,responsabilidades•  Monitoramento e medição•  Avaliação do atendimento àrequisitos legais e outros•  Não conformidade e açãocorretiva e preventiva•  Auditoria interna•  Análise pela Alta Direção•  Treinamento e conscientização•  Engajamento das partes interessadas•  Comunicação•  Tratamento de conflitos e desavenças•  Controle operacional•  Manual do SGRS•  Controle de documentos•  Controle de registros
  21. 21. Ressalvas importantes da NBR 16001“O atendimento aos requisitos da Norma não significa que aorganização é socialmente responsável, mas que possui umsistema da gestão da responsabilidade social. Ascomunicações da organização, tanto internas quantoexternas, deverão respeitar este preceito.”“A conformidade com esta Norma não implica, por si só, naconformidade com as diretrizes da ISO 26000. Quaisquerdeclarações de que um certificado de conformidade comesta Norma seria uma evidência do atendimento asdiretrizes da ISO 26000 são incompatíveis com os objetivosdesta Norma. No entanto, a adoção desta Norma podeauxiliar a organização em seu processo de implementaçãode algumas das diretrizes da ISO 26000."
  22. 22. Organizações com desempenho diferentespodem ser certificadasTempoMelhoriadaresponsabilidadesocial
  23. 23. NBR 16001:2012 X ISO 26000:2010NBR 16001:2012 ISO 26000:2010Certificação Sim NãoModelo de gestão PDCA NenhumIntegração com outrasNormas e iniciativasSim SimProcesso multi-stakeholder ONG, IND, GOV, SSPOONG, IND, GOV,TRAB, CONS, SSPOAbrangência mais provável América do Sul InternacionalDestaquesAlinhamento com asdiretrizes maisimportantes da ISO26000, sendocertificávelRiqueza das diretrizes
  24. 24. Muito ObrigadoJosé Salvador da Silva Filhojose.salvador@saiglobal.comFone: 11-98117-4948

×