• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Resolução Normativa ANEEL 414-2010
 

Resolução Normativa ANEEL 414-2010

on

  • 11,276 views

Resolução Normativa ANEEL 414-2010.

Resolução Normativa ANEEL 414-2010.
Principais alterações.

Statistics

Views

Total Views
11,276
Views on SlideShare
11,276
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
110
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Resolução Normativa ANEEL 414-2010 Resolução Normativa ANEEL 414-2010 Presentation Transcript

    •  
    • Superintendência Regional Oeste
      • Resolução Normativa ANEEL nº 414/2010, de 09 de setembro de 2010
      • Principais Alterações
    • Objetivo
      • Estabelece as Condições Gerais de Fornecimento de Energia Elétrica de forma atualizada e consolidada.
    • Correspondência enviada aos clientes
      • DRCSDO C- 3880/2010
      • ALTERAÇÕES RESOLUÇÃO NORMATIVA ANEEL 414/2010 - IDENTIFICAÇÃO «CLIENTE»
      • Prezado Cliente,
      • Informamos que, em virtude da atualização das Condições Gerais de Fornecimento de Energia Elétrica, constantes da Resolução Normativa n° 414 de 2010, da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), houveram alterações quanto:
      • ULTRAPASSAGEM DE DEMANDA
      • a nova regra para cobrança da ultrapassagem da demanda contratada será aplicada nos faturamentos processados a partir de 01/04/2011 , da seguinte forma: Quando os montantes de demanda de potência ativa medidos excederem em mais de 5% (cinco por cento) os valores contratados, será aplicada a cobrança da ultrapassagem conforme disposto nos artigos 93 e 134, §4, da Resolução 414/2010.
      • Os pedidos de acréscimo dos montantes de demanda contratados deverão ser formalizados pelo cliente e serão analisados e respondidos pela Copel em até 30 (trinta) dias.
      • DEMANDA ÚNICA DE POTÊNCIA ATIVA
      • para os clientes com contrato de demanda escalonada a partir do vencimento do Contrato de Fornecimento atual, deverá definir um valor de demanda único e, quando cabível, por posto horário (ponta e fora de ponta), para a nova vigência do contrato. Não se incluem nesta regra os clientes da Classe Rural e os Sazonais.
      • A solicitação poderá ser realizada por uma das seguintes alternativas:
      • - Por FAX – 45 3220 2301;
      • - Pelo e-mail [email_address]
      • - Pelos Correios remetendo para o endereço: Rua Vitória, 105, CEP 85802-020, Cascavel PR.
      • Somente será considerado efetivado o pedido de aumento de demanda após o envio da confirmação do recebimento da solicitação por esta concessionária.
      • Demais disposições relativas à Resolução n°414 poderão ser consultadas no site da ANEEL - www.aneel.gov.br ou no site da COPEL - www.copel.com
      • Colocamo-nos à disposição através do telefone 0800 643 7575 ou e-mail comercial.cascavel@copel.com.
      • Copel às ordens.
    • Condições Gerais de Fornecimento
      • Definições
      • Tarifa Convencional: modalidade caracterizada pela aplicação de tarifas de consumo de energia elétrica e demanda de potência, independentemente das horas de utilização do dia e dos períodos do ano;
    • Condições Gerais de Fornecimento
      • Tarifa Horossazonal : modalidade caracterizada pela aplicação de tarifas diferenciadas de consumo de energia elétrica e de demanda de potência, de acordo com os postos horários, horas de utilização do dia, e os períodos do ano.
    • Condições Gerais de Fornecimento
      • Horário de Ponta: período composto por 3 ( três ) horas diárias, exceto aos sábados, domingos e feriados nacionais.
      • No horário normal : das 18:00 às 21:00
      • Durante o horário de verão: das 19:00 às 22:00
      • Horário Fora de Ponta: período composto pelo restante das horas diárias consecutivas e complementares àquelas definidas no horário de ponta;
    • Condições Gerais de Fornecimento
      • Período Úmido: período de 5 ( cinco ) ciclos de faturamento consecutivos, referente aos meses de dezembro de um ano a abril do ano seguinte;
      • Tarifa Vigente:
      • Horossazonal Verde Ponta: 0,98913
      • Horossazonal Verde Fora Ponta: 0,13166
      • Período Seco: período de 7 ( sete ) ciclos de faturamentos consecutivos, referente aos meses de maio a novembro;
      • Tarifa vigente:
      • Horossazonal Verde Ponta: 1,00917
      • Horossazonal Verde Fora Ponta: 0,14329
    • Condições Gerais de Fornecimento
      • Tarifa Azul : modalidade caracterizada pela aplicação de tarifas diferenciadas de consumo de energia elétrica, de acordo com as horas de utilização do dia e os períodos do ano, assim como de tarifas diferenciadas de demanda de potência, de acordo com as horas de utilização do dia;
      • Tarifa Verde: modalidade caracterizada pela aplicação de tarifas diferenciadas de consumo de energia elétrica, de acordo com as horas de utilização do dia e os períodos do ano e uma única tarifa de demanda de potência.
    • Condições Gerais de Fornecimento
      • Sazonalidade
      • Artigo 10
      • A sazonalidade deve ser reconhecida pela distribuidora, para fins de faturamento, mediante solicitação do consumidor.
      • Principal Requisito:
      • I – Energia elétrica destinada à atividade que utilize matéria-prima advinda diretamente da agricultura, pecuária, ou, ainda, para fins de extração de sal ou de calcário, este destinado à agricultura...
    • Condições Gerais de Fornecimento
      • Demanda Complementar
      • Artigo 105
      • A cada 12 ciclos de faturamento, contados da celebração do Contrato de Fornecimento, a distribuidora deve:
      • I – Verificar se as unidades consumidoras da classe rural e as reconhecidas como sazonal, registraram, no período referido no caput, o mínimo de 3 valores de demanda iguais o superiores aos contratados, excetuando-se aqueles ocorridos durante o período de testes; e
      • II – Faturar, considerando o período referido no caput, os maiores valores obtidos pela diferença entre as demandas contratadas e os montantes medidos correspondentes, pelo número de ciclos em que não tenha sido verificado o mínimo referido do inciso I.
    • Condições Gerais de Fornecimento Assunto Alterações Contrato de Fornecimento (art. 63)
      • Forma de contratação única da demanda de potência, por posto horário e para o período de vigência do contrato, exceto consumidores com sazonalidade reconhecida e consumidores rurais;
      • Somente uma redução no período de 12 (doze) meses com comunicação prévia de 180 (cento e oitenta) dias;
    • ACRÉSCIMOS DE DEMANDA CONTRATADA
      • Acréscimos demanda contratada com até 30 (trinta) dias de antecedência à data prevista para o eventual aumento, entrando em vigor, após este prazo, no primeiro dia do próximo ciclo de faturamento, desde que aprovado pela DISTRIBUIDORA .
    • Condições Gerais de Fornecimento Assunto Alterações Contrato de Fornecimento (art. 63)
      • Contratos com vigência de 12 (doze) meses com prorrogações automáticas e sucessivas, desde que o consumidor não se manifeste em contrário com antecedência mínima de 180 ( cento e oitenta ) dias em relação ao término de cada vigência;
      • O encerramento antecipado implica no pagamento das demandas contratadas subsequentes, limitado a 6 (seis) meses e faturamento de 30 kW para períodos superiores.
    • Condições Gerais de Fornecimento Assunto Alterações Ultrapassagem de demanda (art. 93) Quando a demanda medida exceder em mais de 5% ( cinco por cento ) os valores contratados, deve ser adicionado ao faturamento regular a cobrança pela ultrapassagem. Exemplo: Res. 456/2000 Res. 414/2010 Contrato: 100 kW Contrato: 100 kW Medido: 106 kW Medido: 106 kW Faturado: 100 kW c/ tarifa normal Faturado: 106 kW c/ tarifa normal 6 kW c/ tarifa de ultrapassagem ( 3 x tarifa normal ) 6 kW c/ tarifa de ultrapassagem ( 2 x tarifa normal)
    • Condições Gerais de Fornecimento
      • Opção de Faturamento
      • Artigo 100. Em unidade consumidora ligada em tensão primária, o consumidor pode optar por faturamento com aplicação da tarifa do grupo B, correspondente à respectiva classe, se atendido pelo menos um dos seguintes critérios:
      • I – A potência nominal total dos transformadores for igual ou inferior a 112,5 kVA;
      • III – A unidade consumidora se localizar em área de veraneio ou turismo cuja atividade seja a exploração de serviços de hotelaria ou pousada, independentemente da potência nominal total dos transformadores;...
      • Parágrafo único. Considera-se área de veraneio ou turismo aquela oficialmente reconhecia como estância balneária, hidromineral ou turística.
    • Simulação de Faturamento
    • Atendimento aos clientes
      • Telefone : 0800 643 75 75
      • Fax: 45 3220-2301
      • E-mail: comercial.cascavel@copel.com
      • Endereço: Rua Vitória, 105 – CEP 85802-020
      • Cascavel – PR
      • Departamento de Relacionamento com Clientes e Medição Oeste
    • Obrigado
      • ANTONIO ANZOLIN NETO
      • ROBERTO BARCELOS FERNANDES
      • RAMÃO ANTONIO KRUGER