URI-UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS
MISSÕES
PRÓ-REITORIA DE ENSINO
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGIC...
CARACATERIZA-SE
POR:
FORÇA DE ATUAÇÃO
CONSCIENTE
MEMBROS EXERCEM
INFLUÊNCIA
DETERMINAÇÃO DE
DINÂMICA,
CULTURA E
RESULTADOS...
“A participação de todos, nos
diferentes níveis de decisão e
nas suas sucessivas fases de
atividades, é essencial para
ass...
Processo
dinâmico e
interativo
Que vai além da
tomada de
decisão
Caracterizado
pelo INTERAPOIO
no cotidiano da
gestão
educ...
Toda pessoa tem um poder de influência
sobre o contexto que faz parte;
Independentemente de sua
consciência;
Falta de cons...
•Faltas
•Omissões
•Descuido e Incompetência
Exercem o poder negativo, responsável
por fracassos e involuções.
Efetivação
dos
objetivos
institucionais
Mobilização
efetiva dos
esforços
individuais
Superação de
atitudes de:
Acomodação,...
Em toda e qualquer
atividade ainda que limitado
o alcance sempre haverá a
participação do ser humano
Assumir
Responsabilid...
Na escola, a participação tem sido um pouco
evocada em algumas circunstâncias, como a
realização de atividades extracurric...
“Na minha escola,
todos os anos temos
um espaço garantido
de participação: é a
realização de festas
juninas, uma tradição....
Essas circunstâncias
não caracterizam
participação
Os professores se
sentem usados - no 1º
caso como mão de obra
e no 2º c...
a) Por destruir qualquer possibilidade de
colaboração benéfica;
b) Por promover o descrédito nas ações
de direção e nas pe...
Participação
Efetiva na
Escola
Pressupõe
que
Professores
organizados
discutam e
analisem a
problemática
pedagógica
A parti...
Problemas e
situações
apontados pelo
próprio GRUPO
Gerando um
sentimento de
autoria e de
responsabilidade
de TODOS
Gerando...
Observação,
Análise e
Compreensão
Dos processos e
das formas de
participação
São condições para
aprimorar o processo
de PA...
Formas de participação
• Manifestação individual;
• Expressões efetivas de compromisso social e
organizacional.
•Atuações ...
Formas de participação
• Participação como presença;
• Participação como expressão verbal e
discussão;
• Participação como...
Participação como presença
• Participante é quem permanece em um grupo
ou organização, independente de sua atuação
nele.
•...
Pessoas fazem parte, mas não são participantes ativos,
pois não atuam conscientemente para construir a
realidade de que fa...
Participação como expressão verbal e
discussão de ideias
• Expressão de opiniões, fala, debates, discussões
sobre pontos d...
Participação como Representação
A representação é uma forma de participação:
nossas ideias, expectativas valores e direito...
Nas escolas precisa-se de pessoas que
representem a maioria nos conselhos escolares,
associações de pais e mestres, grêmio...
Porém...
Essa forma de participação delegando alguém
para falar por todos, desresponsabilizando-se
pelo apoio, e acompanha...
“ Um grupo de professores reuniu-se para discutir
a organização de sua escola, seus problemas e
perspectivas para sua supe...
Participação e tomada de decisão
Participar implica:
Compartilhar poder
Compartilhar responsabilidades
Enfrentamento dos d...
Quando uma equipe não é unida, e não há
questionamentos, o compromisso com o
encaminhamento de ações transformadoras, a
to...
Verifica-se nessa prática de reunir
todos, discutir e decidir questões de
menor significado e muitas vezes sem
as informaç...
• O gasto do tempo precioso de todos e da energia
coletiva para discutir questões secundárias e
operacionais.
• Enfraqueci...
Participação como engajamento
• Implica envolver-se dinamicamente nos processos sociais e assumir
responsabilidades por ag...
Saber dar opinião, ter centralização, saber
controlar.
Participação
Escola
Decisão X Ação Pensar X Fazer
Fragmentação Resultados negativos
A SEGUIR UM
VÍDEO QUE
VEM AO
ENCONTRO DO
QUE FOI VISTO!
SENTIDO E FORMAS DE  PARTICIPAÇÃO EM PROCESSOS  DE GESTÃO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

SENTIDO E FORMAS DE PARTICIPAÇÃO EM PROCESSOS DE GESTÃO

360

Published on

Gestão e avaliação da educação

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
360
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

SENTIDO E FORMAS DE PARTICIPAÇÃO EM PROCESSOS DE GESTÃO

  1. 1. URI-UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CÂMPUS DE FREDERICO WESTPHALEN CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS SENTIDO E FORMAS DE PARTICIPAÇÃO EM PROCESSOS DE GESTÃO SHEILA CASSENOTE FERREIRA THAÍ S CIBELE ANDRÉ LÍGIA PORTELA
  2. 2. CARACATERIZA-SE POR: FORÇA DE ATUAÇÃO CONSCIENTE MEMBROS EXERCEM INFLUÊNCIA DETERMINAÇÃO DE DINÂMICA, CULTURA E RESULTADOS PODER RESULTANTE DE COMPETÊNCIA E VONTADE DE COMPREENDER E AGIR ASSUME SENTIDO DE AUTORIDADE
  3. 3. “A participação de todos, nos diferentes níveis de decisão e nas suas sucessivas fases de atividades, é essencial para assegurar o eficiente desempenho da organização”. Marques (1967: 69)
  4. 4. Processo dinâmico e interativo Que vai além da tomada de decisão Caracterizado pelo INTERAPOIO no cotidiano da gestão educacional
  5. 5. Toda pessoa tem um poder de influência sobre o contexto que faz parte; Independentemente de sua consciência; Falta de consciência do poder que se tem, pode causar resultados negativos!!!
  6. 6. •Faltas •Omissões •Descuido e Incompetência Exercem o poder negativo, responsável por fracassos e involuções.
  7. 7. Efetivação dos objetivos institucionais Mobilização efetiva dos esforços individuais Superação de atitudes de: Acomodação, Alienação e Marginalidade Eliminação de comportamentos individualistas Construção de Espírito de Equipe
  8. 8. Em toda e qualquer atividade ainda que limitado o alcance sempre haverá a participação do ser humano Assumir Responsabilidades Simplesmente presença física
  9. 9. Na escola, a participação tem sido um pouco evocada em algumas circunstâncias, como a realização de atividades extracurriculares...
  10. 10. “Na minha escola, todos os anos temos um espaço garantido de participação: é a realização de festas juninas, uma tradição. Todo mundo se dedica, a festa é de todos, a gente se sente unido”. “Em nossa escola, os momentos de participação são para resolver problemas que a diretora ou a Secretaria da Educação deseja resolver. Em geral sabem o que querem, mas fazem reunião para convencer a gente ou para identificar resistências. Mais ouvimos que falamos e no fim todo mundo tem a impressão de que a decisão foi coletiva Depoimentos de duas professoras ao serem questionadas sobre oportunidades de participação em suas escolas
  11. 11. Essas circunstâncias não caracterizam participação Os professores se sentem usados - no 1º caso como mão de obra e no 2º como avalistas de decisões prévias Produzindo resultados altamente negativos Deteriorando a cultura organizacional da escola Por várias razões, dentre elas:
  12. 12. a) Por destruir qualquer possibilidade de colaboração benéfica; b) Por promover o descrédito nas ações de direção e nas pessoas que detêm autoridade; c) Por gerar desconfiança, insegurança e por destruir as sementes e motivações de participação efetiva existentes nas pessoas (sentem-se usadas);
  13. 13. Participação Efetiva na Escola Pressupõe que Professores organizados discutam e analisem a problemática pedagógica A partir dessa análise, determinem caminhos para superar as dificuldades Assumindo um compromisso com a promoção de transformação nas práticas escolares
  14. 14. Problemas e situações apontados pelo próprio GRUPO Gerando um sentimento de autoria e de responsabilidade de TODOS Gerando Espírito democrático e AUTONOMIA Avaliação por participação em sala de aula: Cultura de teatro de participação: Alunos falam o que os professores querem ouvir.
  15. 15. Observação, Análise e Compreensão Dos processos e das formas de participação São condições para aprimorar o processo de PARTICIPAÇÃO na escola Que demanda dos participantes e principalmente seus líderes: Habilidades específicas e atitudes especiais
  16. 16. Formas de participação • Manifestação individual; • Expressões efetivas de compromisso social e organizacional. •Atuações concretas; •Objetivas; •Resultado.
  17. 17. Formas de participação • Participação como presença; • Participação como expressão verbal e discussão; • Participação como representação política; • Participação como tomada de decisão; • Participação como engajamento.
  18. 18. Participação como presença • Participante é quem permanece em um grupo ou organização, independente de sua atuação nele. •Associação de pais e mestres •Membro da escola •Aluno•Professores
  19. 19. Pessoas fazem parte, mas não são participantes ativos, pois não atuam conscientemente para construir a realidade de que fazem parte. •Comodismo e a passividade; •Sem superação de limites. • Resultam comumente como negativos
  20. 20. Participação como expressão verbal e discussão de ideias • Expressão de opiniões, fala, debates, discussões sobre pontos de vistas – uso da liberdade de expressão – , é considerada como espaço democrático de participação e, portanto, a grande evidência de participação.
  21. 21. Participação como Representação A representação é uma forma de participação: nossas ideias, expectativas valores e direitos são transmitidos por alguém capaz de expor nossos anseios.
  22. 22. Nas escolas precisa-se de pessoas que representem a maioria nos conselhos escolares, associações de pais e mestres, grêmios estudantis ou similares escolhidos mediante voto. Essa situação democrática definido no artigo 14, inciso II, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9.394/96
  23. 23. Porém... Essa forma de participação delegando alguém para falar por todos, desresponsabilizando-se pelo apoio, e acompanhamento do representante. Isto não é participar! Participar é: trabalhar em equipe para definir as propostas, e cada um assumir sua parte de responsabilidade pelos resultados desejados.
  24. 24. “ Um grupo de professores reuniu-se para discutir a organização de sua escola, seus problemas e perspectivas para sua superação. A partir dessa discussão, decidiram que iriam influenciar na eleição da nova direção da escola. Concluíram que uma delas deveria candidatar-se, o que veio a ocorrer. Todo o grupo empenhou-se em realizar a divulgação da proposta de gestão que construíram em conjunto. Finalmente, a diretora, foi eleita, com a maioria dos votos. Iniciada sua gestão, pretendeu colocar em prática a proposta definida, mas passou a sofrer resistências até mesmo de colegas mais próximos”.
  25. 25. Participação e tomada de decisão Participar implica: Compartilhar poder Compartilhar responsabilidades Enfrentamento dos desafios junto a equipe Reunir-se frequentemente para discutir as atribuições de cada um, até mesmo para organizar algum evento escolar.
  26. 26. Quando uma equipe não é unida, e não há questionamentos, o compromisso com o encaminhamento de ações transformadoras, a tomada de decisões fica limitada apenas a questões operacionais, ao que fazer, e não ao significado das questões em si. Tal situação demandaria atitudes de transparência, abertura e flexibilidade, fundamentais à gestão democrática.
  27. 27. Verifica-se nessa prática de reunir todos, discutir e decidir questões de menor significado e muitas vezes sem as informações básicas necessárias, uma série de aspectos negativos, interligados:
  28. 28. • O gasto do tempo precioso de todos e da energia coletiva para discutir questões secundárias e operacionais. • Enfraquecimento do poder e da responsabilidade de discernimento na tomada de decisão. • A delonga na tomada de decisão colegiada que torna-se inoperante e enfraquecida, quando as questões a ela relacionadas são urgentes. • A delonga na hesitação em assumir decisões mais fundamentais da problemática educacional • A criação de um clima fictício de participação e desgaste desse processo
  29. 29. Participação como engajamento • Implica envolver-se dinamicamente nos processos sociais e assumir responsabilidades por agir com empenho, competência e dedicação visando promover resultados propostos e desejados. Nível mais pleno de participação Estar presente Oferecer ideias e opiniões Análise Envolvimento Consciência
  30. 30. Saber dar opinião, ter centralização, saber controlar. Participação
  31. 31. Escola Decisão X Ação Pensar X Fazer Fragmentação Resultados negativos
  32. 32. A SEGUIR UM VÍDEO QUE VEM AO ENCONTRO DO QUE FOI VISTO!
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×