Your SlideShare is downloading. ×

Ferramentas de SIG

2,983

Published on

Published in: Education
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • gostaria de ter esse slide 'ferramenta do sig'
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,983
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
53
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Nossa capacidade de extrair conhecimento de uma base de dados bruta é limitada. Não conseguimos tratar muitas variáveis simultaneamente para identificar as suas possíveis relações.
  • Inexiste uma única técnica de mineração adequada a todos os problemas. Tanto a técnica como os algoritmos precisam ser escolhidos com critério. Algoritmos são operações lógicas e matemáticas organizadas linearmente com o objetivo de apresentar um resultado para o processamento de uma determinada função.
  • Transcript

    • 1. Ferramentas do SIG Prof. Sergio Mendonça “ Os computadores são incrivelmente rápidos, precisos e burros; os homens são incrivelmente lentos, imprecisos e brilhantes; juntos, seu poder ultrapassa os limites da Imaginação” Albert Einstein (1879 /1955) Como regra geral, o homem mais bem sucedido é aquele que dispõe das melhores informações. Benjamim Disraeli
    • 2. SIG - Funcionamento ERP CRM BI KM MERC GOV Jornal Informativo e Mural Intranet, Internet e Extranet ADM BANCO DE DADOS MKT FIN COM RH PRO PLJ TI FORN EDI SCM CLIE FORN CLIE
    • 3. ERP - Enterprise Resource Planning
      • ERP - Planejamento de Recursos Empresariais) são sistemas de informações transacionais cuja função é armazenar, processar e organizar as informações geradas nos processos organizacionais agregando e estabelecendo relações de informação entre todas as áreas de uma companhia.
    • 4. INTEGRAÇÕES DO ERP
    • 5. VANTAGENS DO ERP
      • Eliminar o uso de interfaces manuais.
      • Redução de custos.
      • Otimizar o fluxo da informação e a qualidade da mesma dentro da organização (eficiência).
      • Otimizar o processo de tomada de decisão.
      • Elimiar a redundância de atividades.
      • Reduzir os lead times e tempos de resposta ao mercado.
    • 6. EXEMPLOS DE ERP
      • SAP
      • www.sap.com/brazil/index . epx
      • RM
      • www.rm.com.br/
      • MICROSIGA
      • www.microsiga.com.br/default.asp
    • 7. Supply Chain Management (SCM )
      • SCM - Supply Chain Management “O gerenciamento da cadeia de suprimentos”
        • A dministrar o sistema de logística integrada a empresa,
        • Uso de tecnologias avançadas,
        • Gerenciamento de informações
        • Pesquisa operacional
        • Planejar e controlar uma complexa rede de fatores
        • Produzir e distribuir produtos e serviços para satisfazer o cliente.
    • 8. Supply Chain Management (SCM )
      • Acompanhamento do fluxo de mercadorias do fornecedor, através da fabricação e distribuição até o usuário final.
      • Voltado para otimização de fluxos
      • Integração interna.
      • Possibilita o “Just in Time”
      • Revisões Periódicas
    • 9. Supply Chain Management (SCM )
      • Resulta na melhoria de produtividade através da distribuição de informações, integrando:
        • gestores,
        • funcionários,
        • clientes,
        • fornecedores
        • setores da empresa envolvidos com seu abastecimento, como: (Informações para os usuários; (compras; almoxarifado; Informações para inventário).
    • 10. Conceitos: Gestão de Suprimentos
      • “ É a integração dos processos de negócios que produzem produtos, serviços e informações através de uma cadeia de suprimento que agrega valor para os clientes e as demais partes interessadas e envolvidas (stakeholders)”
      • Lambert e Cooper (2000)
      • “ Integração holística dos processos de negócios ( bussines process) por intermédio da cadeia produtiva, com o objetivo de atender ao consumidor final mas efetivamente, isto é, sendo eficiente e eficaz simultaneamente.”
      • Pires et al., 2001
    • 11. As oportunidades oferecidas pelo SCM 1 - Redução dos custos operacionais. 2 - Redução dos tempos de ciclo. 3 - Redução de custos de estoques. 4 - Redução do transporte e armazenagem. 5 - Melhoria dos serviços em termos de entrega. 6 - Melhoria da produtividade dos ativos. 7 - Crescimento da receita. 8 - Integração e Compartilhamento de informações entre clientes e fornecedores.
    • 12. O que é CRM? CRM = Customer Relationship Management Gestão de Relacionamento com Clientes
    • 13. CRM - CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT
      • O CRM oferece infra-estrutura neste processo de coleta de dados do cliente, através de
      • Integração entre Marketing e Tecnologia de Informação.
      • possibilidade de aumentar a rentabilidade do cliente.
      • base de dados inteligíveis, atualizados com dados relevantes sobre os clientes atuais e potenciais.
    • 14. CRM - CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT
      • Os benefícios do CRM podem ser demonstrados em geral em uma ou mais das seguintes áreas:
        • Melhor retenção e fidelidade do cliente
        • Maior lucratividade do cliente e da empresa,
        • Custo reduzido de vendas, pois o cliente existente, em geral, é mais barato
    • 15. Tipos de CRM
      • CRM Operacional:
      • CRM Colaborativo:
      • CRM Analítico :
    • 16. Tipos de CRM
      • CRM Operacional:
      • trata da automação dos processos de relacionamento .
      • Envolve o back office como o gerenciamento de pedidos, produção, gerência de cadeia de fornecimento
    • 17. Tipos de CRM
      • CRM Colaborativo:
      • É toda a interação com o cliente
      • através de contato por voz,
      • conferências e conferências via web,
      • e-mail, gerenciamento de respostas,
      • fax, cartas e interação direta (lojas físicas, quiosques, distribuidores, lojas virtuais).
    • 18. Tipos de CRM
      • CRM Analítico :
      • É o estratégico do CRM ,
      • contempla as funções de análise do desempenho e da inteligência dos negócios.
    • 19. Os 4 Passos do Relacionamento Identificar Cada cliente Individualmente Diferenciar Por valor e depois por necessidades Personalizar E lembrar-se do que o cliente disse Clientes de Maior Valor Interagir Produtos, serviços e comunicação
    • 20. Benefícios CRM
      • MELHORES RESULTADOS DE VENDAS
      • ALTO PADRÃO DE SERVIÇOS DE ATENDIMENTO A CLIENTES
      • DECISÕES MAIS ÁGEIS E BEM INFORMADAS
      • TROCA DE INFORMAÇÕES
      • FACILIDADE DE USO
      • PERSONALIZAÇÃO ATRLELADO A ESCALABILIDADE
      • INTEGRAÇÃO COM OUTRAS APLICAÇÕES
    • 21. Data Mining (Mineração de Dados)
      • Há imensas massas de dados improdutivas nas organizações;
      • Os recursos de análise tradicionais não são adequados ao tratamento desses dados;
      • Há um “tesouro” escondido na maioria delas
      • Chamamos esse “tesouro” de conhecimento Implícito
    • 22. Data Mining
      • Temos limitações para tratar grandes massas de dados;
      • Falta de aparelhamento para identificar as relações entre variáveis;
      • A tecnologia tem sido a extensão de nossas funções para superarmos esse obstáculo;
      • Há valor a ser extraído dos repositórios de dados;
    • 23. Mineração de Dados
      • Algoritmos que extraem, de grandes bancos de dados, e sem prévia formulação de hipóteses, tendências, padrões e correlações que devem ser úteis à tomada de decisão;
      • Extração não trivial do implícito – Informação
    • 24. BI - Business Intelligence
      • A inteligência Empresarial, ou Business Intelligence,
        • Termo do Gartner Group.
        • Surgiu nos anos 80
        • Descreve as habilidades das corporações para acessar dados e explorar as informações normalmente contidas em um Data Warehouse , analisando-as e desenvolvendo percepções e entendimentos a seu respeito
    • 25. Características do BI
      • Acesso aos dados e análise das informações;
      • Busca dos dados de várias fontes, sendo possível o co-relacionamento dos mesmos; são eles:
          • Empresa
          • Concorrentes
          • Clientes
          • Fornecedores
          • Possibilidades de aquisições, alianças e expansões de negócios
          • Fatores sociais, políticos e econômicos que podem influenciar no negocio.
      • Apresentação dos dados já agregados, trabalhados, contextualizados permitindo, assim, um melhor entendimento do negócio e um melhor planejamento das ações.
    • 26. Benefícios de um sistema de B I
      • Possibilitam a busca e interpretação de informações armazenadas na corporação,
      • Maior precisão nas tomadas de decisão.
      • Permite à Gerência do Conhecimento
      • estabelecer uma aproximação integrada e colaborativa entre os setores
      • Antecipação às mudanças bruscas no mercado;
      • Antecipação às ações sobre os competidores;
      • Conhecimento sobre o negócio;
      • Aprendizado através do sucesso e falhas dos concorrentes;
      • Visão clara sobre novos negócios;
      • Auxílio na implementação de novas ferramentas gerenciais;
      • Conhecimento sobre novas tecnologias, produtos ou serviços que possam afetar direta e indiretamente o seu negócio.
    • 27. BI - Business Intelligence
    • 28. KM - GESTAO DO CONHECIMENTO
      • GESTÃO DO CONHECIMENTO (KM, do inglês Knowledge Management ) é um processo sistemático e intencional, apoiado na geração, codificação, disseminação e apropriação de conhecimentos, com o propósito de atingir a excelência organizacional.
      • Todo o conhecimento existente na empresa pertence também à organização. Em contrapartida, todos os colaboradores que contribuem para esse sistema podem usufruir todo o conhecimento presente na organização.
    • 29.
      • Cuidar daquilo que se tem;
      • Organizar o conhecimento interno;
        • Disseminação;
        • Recuperação;
        • Aplicação;
      • Não contempla atividades de aquisição de conhecimento do ambiente externo;
      GESTÃO DO CONHECIMENTO
    • 30. Aquisição de Conhecimento
      • Ocorre por diversas portas de interação da organização com o ambiente;
      • É resultado dos processos internos de tratamento da informação, melhoria da qualidade operacional e gerencial e inovação;
      • Pode ocorrer de forma sistematizada ou não;
      • A IC é uma forma metodológica e sistematizada de aquisição de conhecimento
    • 31. O Conhecimento nas Organizações
      • Conhecimento Tácito
        • Adquirido na sua história (experiência);
        • De extremo valor;
        • Difícil de ser transmitido;
      • Conhecimento Explícito
        • Sistematizado;
        • Organizado para ser utilizado por outros;
        • Fácil de ser transmitido;
        • Surgimento da Inteligencia Competiva
    • 32. Os Três Pilares do KM
      • Consultar ,
      • Compartilhar
      • Colaborar .
    • 33.
      • ter uma perspectiva estratégica do negócio para compreender o que é conhecimento de valor objetivo para a empresa
      • explicitar e coletar as informações necessárias no dia-a-dia da empresa nos níveis operacional, tático e estratégico
      • valorizar a inovação, a experimentação e aqueles que compartilham a sua informação e conhecimento.
      • apoiar e estimular seus colaboradores nessa tarefa de organizar as melhores práticas.
      KM - GESTAO DO CONHECIMENTO
    • 34. Fatores de sucesso do KM
      • Patrocínio da alta gestão;
      • Treinamento e aculturamento;
      • Visão homogênea dos envolvidos a respeito da gestão do conhecimento;
      • Adoção de premiação/incentivos para participação dos colaboradores;
      • Clareza na comunicação dos objetivos a serem atingidos .
    • 35. KM do Brasil Revista HSM Management 42 janeiro-fevereiro 2004
    • 36. KM - GESTAO DO CONHECIMENTO Revista HSM Management 42 janeiro-fevereiro 2004
    • 37. KM - GESTAO DO CONHECIMENTO Revista HSM Management 42 janeiro-fevereiro 2004
    • 38. KM - GESTAO DO CONHECIMENTO Revista HSM Management 42 janeiro-fevereiro 2004
    • 39. KM - GESTAO DO CONHECIMENTO Revista HSM Management 42 janeiro-fevereiro 2004
    • 40. WMS - Warehouse Management System
      • WMS - Warehouse Management System
      • Sistema de Gerenciamento de Depósitos ou Armazéns ,
      • Parte importante da cadeia de suprimentos (ou supply chain )
      • Fornece a rotação dirigida de estoques,
      • Diretivas inteligentes de picking ,
      • C onsolidação automática
      • C ross-docking para maximizar o uso do valioso espaço dos armazéns.
    • 41. WMS operacional
      • Um WMS operacional significa que a empresa depende menos da experiência das pessoas, uma vez que o sistema tem inteligência para operar o sistema.
      • Os sistemas WMS utilizam tecnologias de Auto ID Data Capture, como código de barras, dispositivos móveis, redes locais sem fio e possivelmente RFID para monitorar eficientemente o fluxo de produtos
    • 42. Operação do Sistema - WMS
      • Esquema de plataforma e interfaces que o WMS possui com outros sistemas.
      • Plataforma
      • • Hardware (Intel)
      • • Software:
      •    - Unix, Linux, Windows NT/2000 Server
      •    - Oracle Database
      •    - Linguagens: PL/SQL, Java
      • Interfaces
      • • SAP (WM, MM) certificada
      • • Sistemas Legados e outros ERP's
      • • Hardware (TCP/IP e Profibus, entre outras)
      • Interfaces com Usuário
      • • Coletores de dados com código de barra e RF
      • • WEB (e-Logistics)
      Soluções Inovadoras no Gerenciamento do seu Depósito Um conceito moderno em integração de recurso
    • 43. Representação Gráfica da Operação do Sistema - WMS
    • 44. Vantagens do WMS
      • elevada confiabilidade
      • minimizar o risco
      • Eliminação de reclamações por parte dos clientes ;
      • Otimização do espaço para armazenagem ;
      • Melhoria da produtividade ;
      • Vantagem competitiva.
    • 45. Principais funcionalidades de um software WMS
      • Rastreabilidade das operações;
      • Inventários físicos rotativos e gerais;
      • Planejamento e controle de capacidades ;
      • Definição de características de uso de cada local de armazenagem;
      • Sistema de classificação dos itens;
      • Controle de lotes, datas de liberação de quarentenas e situações de controle de qualidade;
      • Separação de pedidos – picking;
      • Interfaceamento com clientes e fornecedores;
      • Cálculo de embalagens de despacho e listas de conteúdo;
      • Controle de rotas e carregamento de veículos;
    • 46. Telas do SAP ECC 6.0
    • 47. Telas do SAP ECC 6.0

    ×