Alexandre Crivellaro

770
-1

Published on

Apresentação de Alexandre Crivellaro, do IBOPE Media, no painel "Métricas e Monetização".

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
770
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
24
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Um cookie nunca é igual ao outro
  • Site 2- ecommerce
  • Internet móvel entre pessoas que tem comp??
  • There has been a growth of 167% in the usage of Mobile Internet in Brazil from 2006 until 2007. (Predicta)
  • Média – AS entre os usuários de cada mídia
  • Média – AS entre os usuários de cada mídia
  • TV in the Home includes those viewing at least one minute within the measurement period. This includes Live viewing plus any playback within 7 day; Timeshifted TV is playback primarily on a DVR but including playback on services like Start Over as well as playback from a DVD recorder. Measurement period is based on a 3 month quarter. * TV in the Home includes Live viewing plus any playback viewing within 7 days. Timeshifted TV is playback primarily on a DVR but including playback services like Start Over as well as playback from a DVD recorder. Measurement period is based on a 3 month quarter. ** Internet figures are from home and work. Hours:minutes for Internet and video use are based on the universe of persons who used the Internet/watched online video. All Internet figures are monthly averages over the course of the quarter. Online Video duration metrics are not comparable to previous measurement periods as a result of methodology change ^ The average monthly unique users of mobile phones and mobile video in 4Q 2008 and 3Q 2008, based on Nielsen Mobile surveys and CTIA projection of U.S. wireless subscriptions. Video user projection, time spent and composition data based on survey analysis of past 30 day use during the period. The mobile video audience figures in this report for 4Q 2008 and 3Q 2008 now include mobile phone users who access mobile video through any means (including mobile Web), and are no longer limited to subscription-based mobile video. Projection of all subscribers is based on persons 2+. Projection of mobile video viewers, and all other mobile video estimates, based on subscribers 13+. ^^ Nielsen Mobile’s survey reports mobile video usage for those users 13 and older. Thus, 12-17 is T13-17 for all mobile data. °° A65+ base size too small to report mobile video hours:minutes
  • TV in the Home includes those viewing at least one minute within the measurement period. This includes Live viewing plus any playback within 7 day; Timeshifted TV is playback primarily on a DVR but including playback on services like Start Over as well as playback from a DVD recorder. Measurement period is based on a 3 month quarter. * TV in the Home includes Live viewing plus any playback viewing within 7 days. Timeshifted TV is playback primarily on a DVR but including playback services like Start Over as well as playback from a DVD recorder. Measurement period is based on a 3 month quarter. ** Internet figures are from home and work. Hours:minutes for Internet and video use are based on the universe of persons who used the Internet/watched online video. All Internet figures are monthly averages over the course of the quarter. Online Video duration metrics are not comparable to previous measurement periods as a result of methodology change ^ The average monthly unique users of mobile phones and mobile video in 4Q 2008 and 3Q 2008, based on Nielsen Mobile surveys and CTIA projection of U.S. wireless subscriptions. Video user projection, time spent and composition data based on survey analysis of past 30 day use during the period. The mobile video audience figures in this report for 4Q 2008 and 3Q 2008 now include mobile phone users who access mobile video through any means (including mobile Web), and are no longer limited to subscription-based mobile video. Projection of all subscribers is based on persons 2+. Projection of mobile video viewers, and all other mobile video estimates, based on subscribers 13+. ^^ Nielsen Mobile’s survey reports mobile video usage for those users 13 and older. Thus, 12-17 is T13-17 for all mobile data. °° A65+ base size too small to report mobile video hours:minutes
  • Alexandre Crivellaro

    1. 1. Métricas na WEB Alexandre Crivellaro 11 de novembro de 2009
    2. 2. Medição de uso de Internet <ul><li>Exste uma possibilidade muito grande de metricas para internet considerando a grande variedade de produtos que ela oferece. </li></ul><ul><li>As medições de audiência podem ser: </li></ul><ul><ul><li>Centradas no usuário – Instalação de aplicativo no computador pessoal, no celular, pesquisa face a face, … </li></ul></ul><ul><ul><li>Centradas nos serviços – Tags instalados nos servidores web, medição do fluxo entre computadores, instalados em serviços específicos, … </li></ul></ul>
    3. 3. Medição centrada no usuário <ul><li>Problema: Estabelecer o tamanho do Universo . </li></ul><ul><li>O universo a ser estimado considera a população com acesso à internet nos ambientes: </li></ul><ul><ul><li>Domiciliar, </li></ul></ul><ul><ul><li>Trabalho e </li></ul></ul><ul><ul><li>Locais públicos. </li></ul></ul><ul><li>No IBOPE NOL, estimar o universo e suas características consiste numa projeção que utiliza três fontes de dados: </li></ul><ul><ul><li>PNAD, GNETT e INTERNET POP </li></ul></ul>
    4. 4. PESQUISAS <ul><li>PNAD – Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios é realizada pelo IBGE . Os resultados são referentes às características da população, migração, educação, trabalho, famílias, domicílios e rendimento. </li></ul><ul><li>GNETT – Global Internet Trends é uma pesquisa trimestral realizada por telefone , RDD </li></ul><ul><li>POP – Pesquisas conhecidas como estudos carona, pois são realizadas juntamente com as pesquisas de audiência de Rádio e leitura de Jornal. </li></ul>
    5. 5. Medição centrada no serviço <ul><li>É conhecida como Censo . </li></ul><ul><li>Considera todos os pontos de acesso a um determinado serviço (quase todos). </li></ul><ul><li>Estimar o universo ainda é um problema! </li></ul><ul><li>Para tal, utiliza em geral duas tecnologias: </li></ul><ul><ul><li>Cookies .(*) </li></ul></ul><ul><ul><li>Serviços fechados – através de Usuário e senha </li></ul></ul>Leis anti-cooking
    6. 6. Cookies – made easy <ul><li>Tecnologia aplicada a um Browser . </li></ul><ul><li>Se você acessa um determinado site, um cookie é colocado em seu computador com um código único. </li></ul><ul><li>Se você voltar a esse mesmo site, o cookie é lido e você é reconhecido. </li></ul><ul><li>Mas... </li></ul><ul><ul><li>Quantos browsers você utiliza para acessar a Web? </li></ul></ul><ul><ul><li>De quantos computadores? </li></ul></ul><ul><ul><li>Existe algum método de deleção de cookie ativo? </li></ul></ul><ul><li>As audiências podem estar superestimadas . </li></ul>
    7. 7. Exemplo das diferentes Métricas
    8. 8. Censo (Pros ) x Painel (Pros) <ul><li>Atualização Diária </li></ul><ul><li>Todos os Locais e Equipamentos </li></ul><ul><li>Granularidade </li></ul><ul><li>Tráfego </li></ul><ul><li>Volume </li></ul><ul><li>Dados demográficos </li></ul><ul><li>Visão do mercado </li></ul><ul><li>Consistência com o universo medido </li></ul><ul><li>Análise do comportamento individual. </li></ul><ul><li>Análise de Duplicação </li></ul>
    9. 9. Mundo Ideal
    10. 11. Australia, Alemanha, Japão e US, têm a maior penetração e alcance Source : * JPMorgan ’07 Global Internet Snapshot ** Nielsen Online, Combined home & work data, Month of August 2008, (Home only for AU, BR, CH, AL, JP), Including Internet Applications. China: cnnic 22nd survey report June 2008 Country Online Penetration* Online Search Unique     Reach** Audience (000)** Australia 91% 84% 12,3 Brasil 29% 89% 36,4 China 10% 69% 175,1 França 54% 88% 34,8 Alemanha 91% 84% 45,2 Itália 56% 88% 22,6 Japão 90% 87% 60,8 Espanha 59% 91% 23,9 Suíça 82% 83% 3,8 U.K. 76% 91% 37,8 U.S. 87% 85% 194,8
    11. 12. Perfil Demográfico dos Usuários no Mundo November 18, 2009 Source : Nielsen Online NetView Active Universe Composition - August 2008, Home+Work data (* Home only for AU, BR, DE, CH, JP), Including Internet Applications. China: cnnic 22nd survey report June 2008 Country Gender Age Children % Male Female 2-17 18-34 35-49 50+ Yes No Australia 50 50 20 24 27 29 48 52 Japan 58 42 5 31 31 26 n/a n/a US 47 53 16 23 29 32 51 49 Switzerland 51 49 14 25 32 28 41 59 UK 51 49 13 28 29 30 41 59 Germany 53 47 8 30 33 29 37 63 Italy 55 45 12 32 34 23 43 57 Spain 54 46 12 40 33 18 39 61 France 50 50 13 27 32 27 50 50 Brazil 54 46 20 42 26 13 58 42 China 54 46 na 60 16 4 n/a n/a
    12. 13. Search e e-mail mantêm a preferência dos internautas mas video e social media (member communities) tiveram ganhos significativos de audiência. Source: Netview US, Combined Home and Work, Excluding Applications Crescimento por Segmento Audiência por Subcategoria Novembro 2007: Primeiro mês que a audiência de vídeo ultrapassou e-mail (US) Segmento 2/03 e 2/09 2/08 e 2/09 Video 339% 8% Member Communities 87% 11% Search 50% 4% E-mail 76% 3%
    13. 14. Analisando apenas o ambiente domiciliar, brasileiros e alemães são os mais engajados 18 de Novembro de 2009 Source : Nielsen Online Home Usage data, Including Internet Applications, Month of August 2008. Currently no measured data available for China US 38:36 FR 37:22 UK 35:46 DE 38:44 IT 29:58 JP 44:17 CH 32:27 ES 36:16 BR 41:13 AU 36:17 Bubble Size = horas & minutos por Person 20 25 30 35 40 45 1,100 1,300 1,500 1,700 1,900 Páginas vistas por pessoa Sessões vistas por pessoa
    14. 15. Somando o uso em ambiente profissional, os internautas americanos ainda são os que mais usam a internet… Source : Nielsen Online Combined Home & Work data, Including Internet Applications , Month of August 2008. China: cnnic 22 nd survey report June 2008 Bubble Size = hours & minutes per Person US 67:22 FR 50:39 UK 50:23 AU 44:13 ES 39:23 IT 32:31 36:08 23:01 28:09 34:19 32:19 35:28 China 81:26 Average of 19 hours per week: music, news, IM, Video, Search Engine, email, online game, Blog, BBS & E-commerce
    15. 16. … porém o mercado brasileiro online se supera a cada dia … (*) Fonte: GNETT Hybrid , Q2,2009 <ul><ul><li># Usuários (*) </li></ul></ul><ul><ul><li>64.8 milhões de brasileiros tem acesso à internet de qualquer local </li></ul></ul><ul><ul><li>44.5 milhões de casa ou trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>40.2 milhões via um home PC </li></ul></ul>
    16. 17. O Brasil lidera em índice de internautas que ficam conectados mais de 3 horas por dia Fonte: TGI LATINA 2008 Onda II + 2009 Wave I (Y9w2_10w1) v.08.11.2009 E mantêm a liderança em time spent na America Latina
    17. 18. Penetração Internet América Latina <ul><li>Crescimento em todos os países; </li></ul><ul><li>Na AL, a penetração cresceu 51% entre 2003 e 2008; </li></ul><ul><li>Equador e Colombia apresentaram maior crescimento; </li></ul><ul><li>As linhas telefônicas fixas alcançava 63% nos domicílios em 2000/2001, em 2008 chegou a 67% </li></ul><ul><li>Entretanto, com base nesse mesmo ano, somente 27% dos domicílios com acesso à internet usava a linha telefônica para conectar-se à internet. </li></ul>Target Group Index LATINA – 2003/2008 Penetración Internet – 30 dias
    18. 19. Entre os locais de acesso, Brasil só não lidera no ambiente de estudo e Cyber Cafés/Lan Houses Target Group Index LATINA – 2008 Acceso a Internet – 30 días Local de acceso Cyber cafés/ Lan House No lugar de estudo No trabalho Na casa de um amigo/ familia En casa AR BR CH CO EC MX PE VE
    19. 20. Nas residências brasileiras, o acesso à internet mantém ritmo de crescimento Na maioria dos países, houve forte aumento do uso em residências nos últimos anos Fonte: TGI LATINA 2008 Onda II + 2009 Wave I (Y9w2_10w1) v.08.11.2009
    20. 21. Queda do acesso público menos no Equador – “late adopter” <ul><li>Por causa do forte crescimento em residências, a proporção de usuários de locais públicos cai inclusive no Peru. </li></ul><ul><li>O único crescimento até agora registra-se no Equador. </li></ul><ul><li>No Brasil, após crescimento forte até 2008, estabilizou-se no último ano </li></ul>Fonte: TGI LATINA 2008 Onda II + 2009 Wave I (Y9w2_10w1) v.08.11.2009
    21. 22. Por que caiu o acesso público ? Aquisição de computadores Queda nos impostos de importação Aumento na Renda Acesso ao crédito Queda nos custos da produção de tecnologia Popularização da internet de alta velocidade Redução do Preço Ampliação da rede
    22. 23. 5% Sem computador 1 milhão de pessoas Por outro lado, aumenta a audiência dos usuários “mobile only” 5% dos internautas já navegam por um dispositivo móvel Target Group Index LATINA – 2008 Acceso a Internet – 30 días 61% 13% Própria casa Lan houses Casa de amigos 25% 24% Trabalho Acesso com computador 7% Escolas
    23. 24. Sources: 19 th Internet Pop (IBOPE Mídia Brasil, 2008) What kind of website do you access from your Mobile, Smartphone or PDA? Que fazem uso diversificado e intenso do aparelho Engagement é total !
    24. 25. Temos também uma mudança na participação das classes sociais O público AB já é minoria entre usuários de internet É preciso agora entender os interesses dos novos usuários de internet… e como se relacionar com eles Acesso à Internet
    25. 26. Pessoas com mais banda larga passam mais tempo conectadas Dos 27,5 milhões de internautas residenciais mensais, 39% conectam-se com velocidade entre 512 k e 2 M , com tempo médio de cada usuário em mais de 43 horas no mês. Fonte: IBOPE Nielsen Online, Analytics
    26. 27. No Brasil, entre usuários domiciliares, mais de 60% de quem tem conexões a partir de 512 K navegam mensalmente no YouTube. O tempo médio por pessoa é em torno de 1 hora ao mês Em conexões mais velozes, maior consumo de vídeos
    27. 28. … e também maior afinidade com site de notícias De todos os internautas residenciais que têm banda larga com mais de 8 megabits por segundo, 62% entram em sites de notícias pelo uma vez por mês Fonte: IBOPE Nielsen Online, julho de 2009, residências
    28. 29. REDES SOCIAIS BUSCADORES E-MAIL PORTAIS homepages 57% 59% 55% 49% No Brasil, 49% dos usuários de redes sociais têm 25 anos ou mais de idade Público mais velho - adultos e idosos - Público jovem - Crianças e Adolescentes - Pessoas diferentes tem comportamentos Diferentes na vida e na Internet
    29. 30. PORTAIS homepages Comércio eletrônico Blogs profissionais Público adulto: maior renda e escolaridade parcela jovem Portais são a referência em notícias atualizadas e opiniões especializadas = Prestígio Esportes Notícias Bate-papo Economia Celebridades Jogos Download Música Parcela Adulta
    30. 31. BUSCADORES Comércio eletrônico Blogs amadores Wikipédia Yahoo! Respostas Governo Mapas Downloads P2P Fotologs Portais Downloads Jogos Celebridades Música Bancos Sites menos conhecidos são acessados principalmente através de buscadores Sites de tradução Mais fácil digitar o nome no buscador do que o endereço no browser.
    31. 32. Mais de 22 milhões visitam sites de notícias 62% das pessoas que navegam de casa ou do trabalho entram pelo menos uma vez por mês em sites de notícias Fonte: IBOPE Nielsen Online, julho de 2009, residências e trabalho
    32. 33. Púbico adulto representa mais da metade dos leitores <ul><li>57% dos visitantes de sites de notícias têm entre 25 e 49 anos de idade </li></ul>Fonte: IBOPE Nielsen Online, julho de 2009, residências e trabalho
    33. 34. Quem lê notícias na internet tem mais escolaridade <ul><li>75% dos internautas com curso superior navegam mensalmente em sites de notícias </li></ul><ul><li>72% de todos os internautas de 25 a 34 anos consomem mensalmente notícias on-line </li></ul>Fonte: IBOPE Nielsen Online, julho de 2009, residências e trabalho
    34. 35. Adolescentes buscam informações em blogs e na Wikipédia <ul><li>22% da audiência do site Terra Jogos é formada por adolescentes de 12 a 17 anos </li></ul><ul><li>14% da audiência do WordPress é composta por adolescentes </li></ul><ul><li>Menos de 12% da audiência dos sites de notícias é formada por adolescentes </li></ul>Fonte: IBOPE Nielsen Online, julho de 2009, residências
    35. 36. Consulta dos resultados das eleições atrai usuários por mais tempo Número de visitantes de sites de notícias cresce mês a mês Alguns picos de tempo de consumo destacaram-se nos últimos anos mensalão – ago/05 resultados eleitorais – out/06 resultados eleitorais – out/08 Big Brother Voo AF447 Fonte: IBOPE Nielsen Online, julho de 2009, residências
    36. 37. Consumo de mídia x horários * Fonte : Target Group Index, Years 9 and 10, Brazil
    37. 38. Consumo de Internet * Fonte : Target Group Index, Years 9 and 10, Brazil
    38. 39. Share de investimento ainda é pequeno no Brasil
    39. 40. Comparação entre consumo e investimento US Daily Time Spent by Major Media Type Total Ad Spend By Major Media Type During 2008 Sources: Online spending estimates are from AdRelevance; Offline spending estimates are from Nielsen Monitor-Plus Source: TVB Media Comparisons Study 2008, Adults 18+
    40. 41. Resumo I <ul><li>Existem muitas possibilidades de medição na Internet, devido ao grande número de aplicações e tecnologias envolvidas. </li></ul><ul><li>Devido a web 2.0 e tecnologias como AJAX, contabilizar o tempo na página passa a ser uma métrica muito mais importante que a impressão (page-view) </li></ul><ul><li>A Internet não tem prime-time ! </li></ul><ul><li>A possibilidade de uso residencial + trabalho cria uma oportunidade diferenteciada para a Internet. </li></ul><ul><li>O aumento da penetração de smartphones e tecnologia 3G vai aumentar o uso de internet eu períodos ociosos – “idle”. </li></ul>
    41. 42. Resumo II <ul><li>Quanto as pesquisas, elas podem ser centradas no indivíduo ou centradas na tecnologia , e muitas pesquisas de Internet são realizadas de forma off-line. </li></ul><ul><li>O mundo ideal é representado pela junção de diferentes metodologias , ou seja, devemos observar o comportamento do indivíduo em todos os ambientes </li></ul><ul><li>Assim podemos entender , a migração de meios , os habitos, atitudes, o tempo em cada tarefa ou meio, a decisão de compra, etc. </li></ul><ul><li>As pesquisas devem ser complementares, e podem ser agregadas através de técnicas estatísticas de junção de base de dados – quase single source. </li></ul>
    42. 43. Obrigado [email_address]
    1. A particular slide catching your eye?

      Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

    ×