Your SlideShare is downloading. ×
Adm. Marketing I - Conceitos centrais de marketing
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Adm. Marketing I - Conceitos centrais de marketing

12,838
views

Published on

Aula introdutór

Aula introdutór

Published in: Business, News & Politics

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
12,838
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
239
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Administração de Marketing I Conteúdos: Orientações de Marketing Conceitos Centrais de Marketing Prof. SeiZo Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 2.  Olá! Bem-vindo!  Objetivos dessa aula:  Apresentar breve histórico da evolução do marketing  Apresentar os Conceitos Centrais de Marketing. Bibliografia utilizada  KOTLER, Philip. Princípios de Marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 9ª edição São Paulo: Prentice Hal, 2003 (Cap. 1) Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 3. Evolução histórica do marketing  A Revolução industrial e a produção em massa de bens de consumo inaugurou o moderno conceito de mercado.  As populações crescentes fizeram surgir novas demandas que seriam atendidas pelas empresas e a dinâmica de produção e concorrência evoluiria ao longo das décadas.  As chamadas “Filosofias de Marketing” ou Conceitos, refletem a visão de diferentes épocas sobre como alcançar o sucesso empresarial. Elas regem as ações dos empresários e transformam-se ao longo do tempo rompendo paradigmas. Inicialmente, o foco era única e exclusivamente fazer mais e mais barato. Logo esta filosofia não mais daria conta dos desafios do mercado. E assim, novas filosofias surgiriam...  Vejamos agora a evolução dos Conceitos em marketing. Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 4. Conceito de Produção  Uma das filosofias mais antigas;  Pressupõe que as pessoas preferem produtos acessíveis e baratos;  Produção em massa que surge na revolução industrial  He nry Fo rd Linha de produção de H. Ford Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 5. Era da produtividade - Ford Ford descobriu que havia compradores para automóveis que custassem barato. Para atingir seu objetivo de vender muitos carros a muitas pessoas, criou o conceito de Linha de Montagem que favoreceu a produtividade na indústria e marcou o início da indústria automobilística. A Filosofia de Ford era a ênfase na PRODUÇÃO, ou seja, melhorar a produção para fabricar mais e mais barato, sem importar-se com o resto. Uma frase interessante é atribuida ao empresário: “Você pode ter o Ford T da cor que desejar, desde que seja preta.” Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 6. Conceito de Produto  Pressupões que os consumidores querem produtos de mais qualidade  Investe no esforço para melhorar constantemente os produtos • Perigo! Pode levar a Mio pia e m m arke ting Carros cada vez melhores Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 7. GM e a melhoria do Produto O crescimento da concorrência trouxe a tona outras necessidades dos consumidores – além do preço baixo. Agora as pessoas queriam escolher a cor de seu automóvel, por exemplo. Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 8. Conceito de Venda  Acredita que os produtos só são vendidos quando há um grande esforço para vendê-los  Vender para baixar estoques • Pe rig o ! Ve nda x Re lacio nam e nto s O Vendedor Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 9. Marketing é venda?  “O objetivo do marketing é tornar a venda supérflua... ...É conhecer o cliente tão bem que o produto ou serviço sirva e venda por si próprio.” Pe te r Drucke r Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 10. Conceito de marketing  É preciso determinar as necessidades e desejos das pessoas e satisfazê- las obtendo lucro  Consumidor no centro das ações  É pre ciso g e rar valo r para o clie nte e co nstruir re lacio nam e nto s durado uro s O foco é no cliente Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 11. O que é marketing?  Algumas definições sobre marketing:  “Criar valore satisfação para o cliente é o ponto central do pensamento e da prática do marketing moderno.”  “O processo social e administrativo pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e o que desejam, através da criação e troca de produtos e valor com outras pessoas.” Philip Kotler Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 12. O que é marketing para você?  “A ciência social (em construção) que tem como objeto de estudo a "troca".” Shelby Hunt  “É atender as necessidades dos clientes com lucro.” Philip Kotler  “É a interação e integração de todos os fatores operacionais da empresa e de todas as suas atividades funcionais, orientados para a satisfação do consumidor de seus produtos, idéias e serviços, com objetivos de tornar ótimos os seus lucros a longo prazo e prover condições de sobrevivência e expansão para a empresa.” Dualibi & Simonsen Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 13. Conceitos Centrais de Marketing  Para compreender melhor o Marketing precisamos conhecer seus prinicipais elementos conceituais. São os Conceitos Centrais de Marketing, elementos que integrados, constituem a base para o entendimento de qualquer mercado, dos mais cotidianos, como por exemplo o mercado de alimentação, aos mais sofisticados como o mercado de serviços de consultoria empresarial.  No slide a seguir, observe e procure compreender como os conceitos apresentados se relacionam entre si.  Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 14. Conceitos Centrais de Marketing Necessidade Desejo Demanda Mercados Troca, Transação, Relacionamento Valor Satisfação Qualidade Produto ou Serviço Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 15. Necessidade, Desejo, Demanda  Necessidades humanas: físicas, sociais, individuais.  Desejos: são as necessidades moldadas pelas culturas. São objetos que satisfazem as necessidades.  Demandas: quando os desejos podem ser comprados. Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 16. O m arke ting cria Ne ce ssidade s?  Segundo Kotler, o Marketing não cria Necessidades  O marketing moderno as identifica e procura satisfazê-las obtendo lucro.  O marketing cria Demandas! Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 17. Desejos  Se as Ne ce ssidade s são comuns a todos os Homens (todos temos fome, todos precisamos de segurança, todos precisamos nos relacionar com outras pessoas...), os De se jo s são constituidos pela cultura de cada lugar (Alguém com fome em Pequim, sente desejo de comer algo diferente de alguém faminto no Rio de Janeiro) Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 18. Produtos e serviços  Produto = solução de um problema, satisfação de uma Necessiade, recurso, oferta.  Um produto físico é apenas uma ferramenta para se resolver um problema  “O fabricante de furade iras po de im ag inar q ue se u clie nte pre cisa de um a bro ca q uando na ve rdade e le pre cisa de um furo ”  Os Produtos se diferenciam dos Serviços de várias maneiras. Você poderia dizer algumas delas? Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 19. Valor, Satisfação, Qualidade  São 3 conceitos que se relacionam e estão intrinsecamente ligados.  Só há Satisfação se o cliente percebe o Valo r do pro duto devido às Qualidade s que ele apresenta. Estas Qualidades se referem às características do produto e o quanto elas satisfazem a expectativa original. Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 20. Valor, Satisfação, Qualidade  Valor  É a diferença entre o be ne fício alcançado e seu custo .  É um componente subjetivo, pois as pessoas não percebem o Valor com exatidão, e sim têm percepções subjetivas a seu respeito (status, moda...)  Quanto vale e sta o bra de arte ?  As Trocas geram Valor Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 21. Valor, Satisfação, Qualidade  Satisfação  Tem a ver com o desempenho do produto.  Equilibrar expectativas e desempenho real do Produto evita decepções.  É uma boa estratégia, sempre fazer “algo a mais” que o esperado para encantar o cliente. Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 22. Valor, Satisfação, Qualidade  Qualidade  A Qualidade é relativa pois depende do que se espera daquele produto e o quanto este responde a esta expectativa.  Qualidade de processos – desde o de sig n da marca e identidade visuais, até a atenção pós- venda.  A Qualidade “Faz algo pelo cliente” Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 23. Troca, Transação e Relacionamento  A Troca!  É a maneira moderna de se conseguir o que precisa.  Pode caçar, pescar, colher, roubar, pedir esmolas... a Troca tem vantagens pois o indivíduo pode especializar-se na produção de algo, e então, trocá-lo pelos outros bens necessários. Qualé a sua e spe cialidade ? Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 24. A Troca! conceito central de marketing  A troca cria valor desde que certas condições sejam atendidas: 1 . As parte s de ve m che g ar a um aco rdo ; 2. Am bas po de m ne g ar a tro ca 3. Am bas de ve m se ntir-se be ne ficiadas, o u ao m e no s não pre judicadas. Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 25. Troca, Transação e Relacionamento  Transação  É a unidade de medida das Trocas.  Transação consiste em uma troca de valores entre duas partes:  Transação monetária clássica: R$ 500,00 por uma TV. “OMarketingsão ações comafinalidadedeobterum respostadesejadadeumpúblico alvo sobrealgum produto, idéiaououtroobjeto qualquer” ex.: políticos desejam uma resposta chamada “voto”; igrejas desejam “fiéis”, empresas, “lucro”. Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 26. Troca, Transação e Relacionamento  Relacionamentos  Além de Transações de curto prazo, o Marketing deve construir Relacionamentos de longo prazo estabelecendo vínculos sociais e econômicos, prometendo e cumprindo seu papel. “Co nstruindo bo ns re lacio nam e nto s, have rá transaçõ e s lucrativas” Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 27. Mercado  O conceito de Troca leva ao de mercado:  Grupo de compradores e vendedores fazendo trocas.  Outros conceitos:  O mercado para Economistas: vendedores e compradores  O mercado para as empresas: grupos de clientes  Mercado Livre Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração
  • 28. Marketing = “mercadear”  Podemos concluir com uma definição de Marketing utilizando alguns dos Conceitos Centrais:  “Adm inistrar Me rcado s co m a finalidade de se re aliz ar Tro cas co m o pro pó sito de satisfaz e r as Ne ce ssidade s e De se jo s do Ho m e m , visando co nstruir re lacio nam e nto s de lo ng o praz o . ” Prof. Seizo Soares. PUC-Campinas - Centro de Economia e Administração