Plano geral do estágio supervisionado

1,456 views
1,254 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,456
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Plano geral do estágio supervisionado

  1. 1. Diretoria de Ensino e Pesquisa/ CETProgramas Especiais de Formação Pedagógica de Docentes para as Disciplinasdo Currículo do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação Profissional emNível Médio - Licenciatura Plena.Disciplina: Estágio SupervisionadoProfessor(a): Zélia Cunegundese-mail: zeliacunegundes@yahoo.com.brPLANO GERAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO O Estágio é um momento de aprendizado, sedimentando na prática osconhecimentos adquiridos durante o curso. Atendendo ao princípio da relação teoria-prática, o Estágio Supervisionado terá sob a sua responsabilidade a prática docente,visando fundamentalmente trabalhar a concepção de estágio englobando desde aobservação do espaço educativo até a construção de momentos de intervençãodocente. É a oportunidade de familiarizar-se com o futuro ambiente onde se irá trabalhar,contribuindo com a formação profissional. Sendo assim, propicia a complementação doensino e da aprendizagem, tornando-se elemento de integração, em termos detreinamento prático, de aperfeiçoamento técnico, cultural e científico. Como eixo do curso, a disciplina Estágio Supervisionado concentra expressivacarga horária, pretensões complexas, grande exigência de concatenação de conteúdose inter-relação entre teoria e prática, constituindo momento indispensável paradesenvolver posturas ético-profissionais embasadas no movimento de construção ereconstrução dos conhecimentos e nos desdobramentos didático-pedagógicos queacompanhem a dinâmica escolar e social.As atividades de estágio serão realizadas e distribuídas da seguinte forma:Carga Horária: 170 horas, sendo 40 horas ministradas na sala de aula:Seminários: - Discussões baseadas em leituras que fundamentam teoricamente o estudo da escola enquanto instituição, do cotidiano escolar e da prática pedagógica do professor. - Discussão sobre o desenvolvimento do trabalho de campo que está se realizando na escola objeto de estágio. - Socialização das situações docentes experienciadas e analisadas.130 horas realizadas fora da sala de aula, distribuídos conforme quadro a seguir: 1
  2. 2. Carga horária Atividades Observação àParte I - 30 horas Política e Gestão da Escola Observação da sala de aulaParte II – 40 horasParte III – 60 horas Docência e IntervençãoParte I – POLÍTICA E GESTÃO DA ESCOLA1 - A escola, a política educacional, a comunidade escolar:  Fundamentação legal: lei de criação ou ato de autorização ou reconhecimento da escola (consultar os arquivos da secretaria escolar);  Corpo discente: níveis, modalidades etapas da Ed. Básica oferecidos pela escola. Número de matricula por turno, por ano, por etapa ( Consultar os boletins estatístico preparados para o MEC, e arquivados na escola. Fazer quadro com os registros dos dados);  Comunidade atendida pela escola: nº. de alunos pertencentes ao Programa de Bolsas (governo federal e governo municipal) Principais ocupações dos pais. (consultar os arquivos da secretaria da escola, fichas de matrícula, registros de bolsistas);  Corpo docente: Nº. de profissionais que trabalham na escola, habilitação, setores em que se divide a organização escolar, divisão do trabalho, jornadas de trabalho em relação ao horário de funcionamento da escola.2 - Organização e funcionamento escolar:  Regimento escolar: consultar o regimento e verificar se contém artigos sobre todos os serviços oferecidos, a organização escolar, formas de avaliação, normas e regulamentos. Se está aprovado pelo Colegiado e Inspeção Escolar.  Calendário Escolar e Plano Curricular: verificar se contém o total de dias letivos e a carga horária anual exigida na legislação. Se estão aprovados pelo Colegiado e pela Inspeção Escolar.  Escrituração Escolar: Organização e arquivo dos documentos dos alunos e funcionários da escola, atualizações dos dados, diários de classe e demais documentos;  Biblioteca escolar: a escola possui biblioteca que os alunos freqüentam, qual é o acervo, há profissional especializado para atendimento aos alunos.3 - Administração Financeira:  Caixa escolar e prestações de conta aos órgãos gestores : verificar e se informar com a direção da escola como os recursos financeiros chegam e como são utilizados, aplicados e administrados. Verificar como é feita a distribuição e qual o papel dos Colegiados Escolares, em relação aos recursos financeiros; 2
  3. 3.  Merenda escolar: visitar a cantina e o depósito de alimentos, acompanhar a distribuição de merenda;4 - Gestão Escolar:  Projeto Pedagógico da Escola: Consultar o PPE e verificar se foi elaborado pelo coletivo da escola. Quais os seus componentes. Como é feito o acompanhamento e avaliação. Verificar se está aprovado pelo Colegiado Escolar.  Colegiado Escolar: Consultar sobre a sua composição, seu funcionamento, registro em atas das suas decisões. Se possível, observar uma reunião;  Serviços pedagógicos existentes: Quais são e como funcionam. Visitar as instalações e se possível observar uma reunião;  Forma de escolha da direção escolar: Foi indicação ou eleição direta? Quantos vice-diretores e qual a função exercida e os horários de trabalho;  Utilização dos resultados das avaliações externas: verificar como são realizados, se são realizados reuniões para estudo e interpretação dos dados, que medidas são tomadas a partir dos resultados obtidos pela escola;  Comunicação aos pais: Os pais comparecem à escola, com freqüência, com qual finalidade, como são feitos os contatos com as famílias dos alunos;  Parcerias: Observar se a escola mantém parcerias com entidades, empresas ou instituições e qual a finalidade.5 - Gestão e Desenvolvimento de Pessoal:  Formação continuada: Os professores fazem cursos, participam de treinamentos, fora ou na própria instituição escolar;  Avaliação de desempenho individual: como é feita a ADI. Há comissão instituída, os funcionários estão satisfeitos com o sistema de ADI, como são registrados os resultados e para que servem;  Sistema de Comunicação: as informações são compartilhadas, como são comunicadas as decisões, são feitas reuniões com os professores, com que freqüência e finalidade. Ocorre participações nas decisões da escola pelos professores e demais funcionários;  Os professores são todos habilitados: como é a sua situação funcional, (efetivos e designados), participam do Plano de Carreira, como é o relacionamento interpessoal e institucional entre a direção e os professores da escola;  Cultura e clima escolar: como é o ambiente escolar. Quais suas impressões sobre o clima e cultura escolar, são favoráveis ou desfavoráveis à aprendizagem e acolhimento dos alunos e desenvolvimento profissional dos funcionários e professores;  Administração de conflitos: como são administrados os conflitos no ambiente escolar, há diálogo, conversas, procura de soluções, ou são abafados, e os interesses dos profissionais da educação não são considerados. Foi possível observar situações de reconhecimento e valorização profissional. Descreva a situação.  Comprometimento profissional: foi possível observar situações positivas em que os professores demonstraram interesse e comprometimento com o trabalho e aprendizagem dos alunos. Em caso negativo ou positivo, descreva as situações. 6 - Confecção do relatório da Parte I a ser entregue no dia ____/____/____ 3
  4. 4. PARTE II- OBSERVAÇÃO DA SALA DE AULA:1- Perfil do docente:1.1- Identificação: Tempo de serviço, titulação, situação funcional1.2 Atividade docente: buscar elementos que identifiquem o professor (relaçõesinterpessoais com os alunos e na instituição, atividades pedagógicas desenvolvidas,recursos metodológicos utilizados (audiovisuais e material didático), relaçãoconteúdo-aprendizagem (plano de aula, projetos de trabalho, atividades extra-classe e fora do espaço escolar, processos de avaliação)2- Perfil do discente2.1- Identificação: nível sócio-econômico, faixa etária2.2- Atividade discente: buscar elementos que identifiquem o aluno (relaçõesinterpessoais com os professores, colegas e instituição, relação estabelecidaatravés do processo ensino-aprendizagem identificando o empenho, pontualidade,assiduidade, autonomia, interesse, participação, dificuldades, resultados alcançadose concepção da avaliação escolar)PARTE III – DOCÊNCIA E INTERVENÇÃO:1- Elaborar o projeto de intervenção. Lembre-se que um plano de intervenção deveter alguns elementos essenciais: ordem seqüencial; clareza; coerência;objetividade e flexibilidade.2- Para tanto converse com o (a) professor (a) da turma, questione a viabilidade deaplicação de suas idéias e ainda se a mesma tem alguma sugestão paraenriquecimento de seu trabalho, procure sempre criar um clima de solidariedadecom o profissional.3- Durante a elaboração dos planos de aula, faça utilização de recursos variados,sempre objetivando um ambiente de aprendizagem4- Logo após a aplicação do plano, reflita como foi a aula, as suas impressõesatuando como professor; os objetivos estabelecidos se foram alcançados ou não;faça uma auto avaliação de sua atuação, o que foi importante e o que poderia sermudado...5- Socialização do processo docente vivenciado durante o estágio, numSeminário Temático e entrega do Relatório Final. No dia ___/___/___ 4
  5. 5. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:SEE/MG - Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar – 2000.BIANCHI,Anna Cecília. Manual de Orientação:estágio supervisionado.SãoPaulo:Pioneira Thompson,2; ThompsonFREIRE, M. Observação, Registro, Reflexão. Instrumentos Metodológicos I.2.ed. São Paulo: Espaço Pedagógico, 1996.PICONEZ, Stela. A prática e ensino e o estágio supervisionado. Campinas,Papirus, 1991Complementar:FREIRE, PAULO, Pedagogia da Autonomia: Saberes Necessários à PráticaEducativa, Editora Paz e Terra, 2000.PCN Ensino Fundamental - publicações MEC.CBC – Conteúdos Básicos Comuns – publicações Secretaria de Educação de MGPIMENTA, Selma Garrido. O estágio supervisionado na formação deprofessores. São Paulo:Cortez,2002; Cortez 5

×