Your SlideShare is downloading. ×
Casa de Ferreiro, Espeto de Pau - Erros de SEO do Google
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Casa de Ferreiro, Espeto de Pau - Erros de SEO do Google

2,110
views

Published on

Casa de Ferreiro, Espeto de Pau - Erros de SEO do Google por Ariel Lambrecht do Google

Casa de Ferreiro, Espeto de Pau - Erros de SEO do Google por Ariel Lambrecht do Google

Published in: Technology

0 Comments
9 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,110
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
116
Comments
0
Likes
9
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Casa de Ferreiro, Espeto de Pau Erros de SEO do Google Ariel Lambrecht Search Quality Analyst Search Labs 2010, São Paulo, 28 e 29 de Julho
  • 2. O Google não odeia SEO! Guia de SEO Fórum de Ajuda para webmasters Videos, Blogs Artigos de Ajuda
  • 3. Mas o Google não faz SEO? Como assim? foto: Dan Foy
  • 4. SEO no dominio Google.com 100 produtos do Google analisados nos seguintes critérios de SEO: Apresentação nos mecanismos de pesquisa URL e redirecionamento Otimização de página
  • 5. 1º critério: Apresentação nos mecanismos de pesquisa
  • 6. Apresentação nos mecanismos de pesquisa estender com informação relevante sobre o produto utilizar meta tag de descrição com 2 linhas de texto
  • 7. Conteúdo da tag <title> 90% dos títulos em Google.com poderiam ser melhorados!
  • 8. Exemplos de títulos inapropriados - Aproveite o espaço proporcionado - Alguns usuários só olham para o título - De dicas para os usuários e mecanismos de pesquisa - Seja seletivo com as suas palavras - Pense no que os usuários vão pesquisar - Utilize o poder da sua marca a seu favor - Não confunda seus usuários - Cuidado com templates / reutilização de código
  • 9. Bons exemplos de títulos Excelente! Estes títulos: Aproveitam todo o espaço proporcionado Descrevem a página e o produto para usuários e mecanismos de pesquisa Incluem palavras que os usuários estão procurando para encontrar o produto
  • 10. Utilização da tag de descrição 70% dos nossos produtos não utilizam meta tag de descrição
  • 11. Exemplos de meta tag de descrição inapropriadas - Controle a descrição que aparece nos mecanismos de pesquisa - Evite que o Google escolha o menu de navegação ou o rodapé como descrição. - Utilize uma descrição interessante, que desperte curiosidade e seja relevante - Aproveite o espaço disponível - Atenção para resultados sem descrição: a causa pode ser meta tag "nosnippet" ou "Disallow: /" no robots.txt - Não confunda seus usuários - Cuidado com templates / reutilização de código
  • 12. Bons exemplos de tag de descrição Excelente! Estas descrições: Aproveitam todo o espaço proporcionado; Foram extraídas do texto especificado na meta tag de descrição; Descrevem a página e o produto para usuários e mecanismos de pesquisa; Incluem palavras que os usuários estão procurando para encontrar o produto; Despertam a curiosidade do usuário.
  • 13. Presença de "Links do site" Mostrar "Links do site" é decisão do algoritmo, mas você pode aumentar suas chances: estruture hierarquicamente seu site utilize texto âncora descritivo nos links internos evite "enterrar" seu conteúdo em muitos subdiretórios Metade dos produtos do Google possuem "Links do site", mas 68% deles não eram atraentes!
  • 14. Exemplos de "Links do site" não desejados - Bloqueie "Links do site" que não sejam atraentes ou tão úteis - Utilize a Ferramenta para webmasters - Bloqueie "Links do site" que apontam para conteúdo indesejado ou inapropriado
  • 15. Bons exemplos de "Links do site" Excelente! Estas descrições: São relevantes para o produto Ajudam os usuários a encontrar o conteúdo que estão procurando Ocupam mais espaço na página de resultado de pesquisa
  • 16. 2º critério: URL e redirecionamento
  • 17. URL e redirecionamentos Os produtos do Google não utilizam uma estrutura consistente de URL.
  • 18. URL e redirecionamentos - A reputação é diluída quando o mesmo conteúdo é acessível através de múltiplas URLs - Consolide as versões não canônicas utilizando redirecionamento 301 para recapturar a reputação e prevenir conteúdo duplicado Evite usuários frustrados e diluição da reputação da página: Escolha a URL canônica mais fácil de memorizar Utilize essa forma canônica de maneira consistente Redirecione (301) as variações mais comuns utilizadas pelos usuários para sua URL canônica, ou rel="canonical" se necessário
  • 19. Exemplos de tratamento de URL inapropriados - Evite erros 404 desnecessários - Evite servir o mesmo conteúdo com URLs diferentes - Não utilize redirecionamento 302 se o correto for 301 - Evite redirecionamentos para URLs não canonicas
  • 20. Exemplos de tratamento de URL inapropriados Conteúdo Duplicado! - Evite duplicação de conteúdo - A reputação é diluída quando o mesmo conteúdo é acessível através de múltiplas URLs - Escolha uma das URLs e redirecione as outras com 301 ou utilize rel="canonical"
  • 21. 3º critério: Otimização de página
  • 22. Otimização de página Existem muitas oportunidades para otimizar uma página! link de destino texto alternativo tag de cabeçalho conteúdo e palavras-chave nome da imagem texto âncora
  • 23. Utilização da tag de cabeçalho <H1,2,3...> Tags de cabeçalho informam usuários e mecanismos de pesquisa sobre a estrutura da sua página Utilize hierarquicamente as tags H1, H2, H3 etc Tenha cuidado ao selecionar suas palavras Sempre utilize a tag H1 33% dos produtos não utilizam tags H1,2,3! 60% dos produtos não utilizam a tag H1
  • 24. Utilização de texto âncora não descritivos - Evite texto âncora genérico que não diz o que o usuário encontrará no destino do link - Não utilize: "saiba mais", "clique aqui" ou palavras genéricas como "vídeo" ou "link" 33% dos nossos produtos utilizam texto âncora genérico
  • 25. Exemplos de texto âncora descritivo Excelente! O texto âncora destes links: Descrevem exatamente o conteúdo da página de destino São mais úteis aos usuários e mecanismos de pesquisa do que palavras genéricas como "clique aqui" e "saiba mais"
  • 26. Cuidado com o destino do link no logo - O usuário que clicar neste logo cairá em uma página de erro 404 - O logo deve apontar sempre para página principal utilizando a URL canônica - Ao clicar no logo, este usuário será redirecionada para outro produto. - Não confunda seus usuários nem os mecanismos de pesquisa 60% dos nossos logos não apontam para a URL canônica
  • 27. Maus exemplos de têxto alternativo no logo - Evite texto alternativo não descritivo - Nunca deixe o texto alternativo vazio - Cuidado com variáveis/templates - Não utilize texto alternativo não relacionado com o produto
  • 28. Têxto alternativo no logo Excelente! O texto alternativo deste logo inclui o nome do produto Se o logo possuir um link para a página principal, o texto alternativo é tratado como texto âncora pelos mecanismos de pesquisa
  • 29. Conclusão?
  • 30. Obrigado! esperamos você em google.com.br/webmasters
  • 31. SEO Report Card: http://googlewebmastercentral.blogspot.com/ Guia básico de SEO: http://www.google.com.br/support/webmasters/ Ferramentas para webmasters: http://www.google.com.br/webmasters/ Forum para webmasters: http://www.google.com.br/support/forum/p/webmasters?hl=pt_br Diretrizes para webmasters: http://www.google.com.br/support/webmasters/bin/answer.py?answer=35769