Métodos de Conservação de Alimentos: Irradiação de Alimentos Professora Samira Mantilla 2008
Introdução <ul><li>Quando irradiamos os alimentos, na verdade, estamos submetendo-os a doses minuciosamente controladas de...
Introdução <ul><li>A irradiação de alimentos não causa prejuízos ao alimento no que tange a formação de novos compostos qu...
Introdução <ul><li>As pesquisas são necessárias, então, para determinarmos a dose de irradiação, que deve ser aplicada a c...
Introdução <ul><li>pode ser aplicado para inibir brotamento, retardar a maturação de frutas e legumes, redução de carga mi...
Introdução <ul><li>O alimento quando irradiado não entra em contato direto com a fonte de radiação.  </li></ul><ul><li>Ale...
Irradiação de alimentos <ul><li>Processo físico que consiste em submeter os alimentos a uma quantidade controlada de radia...
Irradiação de alimentos <ul><li>Vantagens: </li></ul><ul><li>inativa microrganismos sem aumento considerável da temperatur...
Irradiação de alimentos <ul><li>aumento na vida útil de frutas frescas, vegetais e carnes, o que facilita o processo de di...
Irradiação de alimentos <ul><li>Alimentos em embalagens termossensíveis podem ser tratados;  </li></ul><ul><li>Ocorre a di...
Uso da radiação em Produtos de Origem Animal <ul><li>Principais objetivos: </li></ul><ul><li>Melhorar a qualidade higiênic...
Aplicação em produtos de origem vegetal <ul><li>Para inibir a germinação de bulbos e tubérculos pp batatas, cebolas e alho...
Aplicação em produtos de origem vegetal http://www.cena.usp.br/index.htm
Aplicação em produtos de origem vegetal
Irradiação de Alimentos <ul><li>Desvantagens : </li></ul><ul><li>alto custo e tamanho do equipamento necessário ao tratame...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Patente : 1929 </li></ul><ul><li>Depois da segunda guerra mundial...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>O tipo de irradiação de interesse na conservação de alimentos é a...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>As radiações ionizantes são as consideradas mais importantes em a...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Os raios X e gama são bastante penetrantes e, dependendo de sua e...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>A radiação eletromagnética é a energia na forma de ondas eletroma...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Radiações de alta energia incluem raios gama, raios X e luz ultra...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>As radiações ionizantes: </li></ul><ul><li>Podem causar ionização...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Raios alfa </li></ul><ul><li>Átomos de He sem 2 elétrons na camad...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Nêutrons </li></ul><ul><li>Grande poder de penetração; elementos ...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Das radiações ionizantes, somente os raios gama e as partículas b...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Eficiência das radiações depende: </li></ul><ul><li>Penetrabilida...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Quando as radiações passam através dos alimentos: </li></ul><ul><...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Radiação  provoca ionização  das moléculas de água dos alimentos....
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>UNIDADE DE RADIAÇÃO </li></ul><ul><li>A radiação é uma forma de e...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>PROCESSOS DE IRRADIAÇÃO </li></ul><ul><li>Podemos reunir  em três...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Radurização  </li></ul><ul><li>Usa doses  baixas ( < 1kGy) com a ...
Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Radicidação ou radiopasteurização  </li></ul><ul><li>Usa doses in...
Equipamentos Utilizados para Irradiação  <ul><li>Atualmente, os equipamentos mais utilizados são os  irradiadores de cobal...
Modelo de Irradiador com Fonte de Cobalto 60 Fonte: MDS Nordion, Canadá - empresa fabricante de irradiadores
Irradiador com fonte de Césio 137
INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Tamanho do DNA </li></ul><ul><li>Grupo do microrganismo </li></ul...
INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Regra geral: quanto < e rudimentar o Mo, > é a dose de irradiação...
INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Est á gio de desenvolvimento do mo </li></ul>Maior Resistência Se...
INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Resistência a irradiação </li></ul><ul><li>Príon: não têm DNA </l...
INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>O efeito da radiação ionizante e a eficiência da dose de radiação...
INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Medida de sensibilidade : D 10  (90% da população bacteriana) </l...
INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Mos mais resistentes:  </li></ul><ul><li>formadores de esporo </l...
INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE AS ENZIMAS <ul><li>Enzs são mais resistentes às radiações que os esporos de  C. botulinum <...
EFEITO DAS RADIAÇÕES NO VALOR NUTRITIVO DOS ALIMENTOS <ul><li>Em geral, o processo acarreta  mínimas alterações químicas  ...
EFEITO DAS RADIAÇÕES NO VALOR NUTRITIVO DOS ALIMENTOS <ul><li>As substs nutritivas serão afetadas variavelmente de acordo ...
EFEITO DAS RADIAÇÕES NO VALOR NUTRITIVO DOS ALIMENTOS <ul><li>Provoca perdas nos componentes lipossolúveis e ács graxos es...
LEGISLAÇÃO BRASILEIRA   (Ministério da Saúde- ANVISA) <ul><li>Decreto nº 72718, de 29 de agosto de 1973   </li></ul><ul><l...
LEGISLAÇÃO BRASILEIRA   (Ministério da Saúde- ANVISA)  <ul><li>Qualquer alimento poderá ser tratado por radiação desde que...
LEGISLAÇÃO BRASILEIRA   (Ministério da Saúde- ANVISA)  <ul><li>As fontes de radiação autorizadas pela Comissão Nacional de...
LEGISLAÇÃO BRASILEIRA   (Ministério da Saúde- ANVISA) <ul><li>ROTULAGEM ALIMENTOS IRRADIADOS </li></ul><ul><li>&quot; ALIM...
LEGISLAÇÃO BRASILEIRA   (Ministério da Saúde- ANVISA) <ul><li>Ingredientes: Batata, óleo vegetal, condimento preparado sab...
OBRIGADA PELA ATENÇÃO! <ul><li>Viu como você já comeu  </li></ul><ul><li>alimento irradiado?  </li></ul><ul><li>E nem recl...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Metodos Conservacao Alim Aula 2

17,013

Published on

Published in: Technology, Business
4 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
17,013
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
814
Comments
4
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Metodos Conservacao Alim Aula 2

  1. 1. Métodos de Conservação de Alimentos: Irradiação de Alimentos Professora Samira Mantilla 2008
  2. 2. Introdução <ul><li>Quando irradiamos os alimentos, na verdade, estamos submetendo-os a doses minuciosamente controladas de uma radiação particular, a radiação ionizante </li></ul><ul><li>O objetivo é aumentar a vida útil ( shelf life ) de produtos alimentícios para auxiliar em processos de distribuição e comercialização. </li></ul>
  3. 3. Introdução <ul><li>A irradiação de alimentos não causa prejuízos ao alimento no que tange a formação de novos compostos químicos que poderiam transmitir doenças ao ser humano quando da sua ingestão. </li></ul><ul><li>Porém, como em todo processo de conservação, existem perdas no alimento de ordem nutricional e sensorial. </li></ul>
  4. 4. Introdução <ul><li>As pesquisas são necessárias, então, para determinarmos a dose de irradiação, que deve ser aplicada a cada tipo de alimento que maximize o seu tempo de conservação e, ao mesmo tempo, minimize as perdas de ordem nutricional e sensorial. </li></ul>
  5. 5. Introdução <ul><li>pode ser aplicado para inibir brotamento, retardar a maturação de frutas e legumes, redução de carga microbiológica,  eliminação de parasitas e pragas e esterilização. </li></ul>http://www.cena.usp.br/index.htm
  6. 6. Introdução <ul><li>O alimento quando irradiado não entra em contato direto com a fonte de radiação. </li></ul><ul><li>Alem disso, as radiações utilizadas, a saber, Raios Gama, Raios X e Elétrons, não possuem energia suficiente para provocar uma reação nuclear no alimento, e assim não deixam nenhum resíduo radioativo após sua irradiação. </li></ul>
  7. 7. Irradiação de alimentos <ul><li>Processo físico que consiste em submeter os alimentos a uma quantidade controlada de radiação ionizante, por um tempo prefixado e com objetivos bem determinados com finalidades sanitária, fitossanitária e ou tecnológica. </li></ul><ul><li>O processo não aumenta o nível de radioatividade normal dos alimentos. </li></ul>
  8. 8. Irradiação de alimentos <ul><li>Vantagens: </li></ul><ul><li>inativa microrganismos sem aumento considerável da temperatura do alimento (esterilização a frio);  </li></ul><ul><li>Os raios gama tem alto poder de penetração, o que faz com que se possa tratar grande quantidade e variedade de alimentos, sem nenhuma manipulação durante o processo; </li></ul>
  9. 9. Irradiação de alimentos <ul><li>aumento na vida útil de frutas frescas, vegetais e carnes, o que facilita o processo de distribuição desses produtos; </li></ul><ul><li>Pode ser utilizado como substituto de tratamentos químicos; </li></ul><ul><li>é um tratamento efetivo para eliminar as bactérias patogênicas que causam ETA;   </li></ul>
  10. 10. Irradiação de alimentos <ul><li>Alimentos em embalagens termossensíveis podem ser tratados;  </li></ul><ul><li>Ocorre a diminuição do tempo de cozimento de alguns alimentos, principalmente os desidratados;  </li></ul><ul><li>Ovos e larvas de insetos são atingidos pela irradiação, sem prejuízo para os alimentos. </li></ul>
  11. 11. Uso da radiação em Produtos de Origem Animal <ul><li>Principais objetivos: </li></ul><ul><li>Melhorar a qualidade higiênica, como por exemplo a eliminação de salmonelas nas aves ou a destruição de parasitos como o Trichinella spiralis em carne de suíno; </li></ul><ul><li>Aumentar sua vida útil mediante a redução da flora deteriorante. </li></ul>
  12. 12. Aplicação em produtos de origem vegetal <ul><li>Para inibir a germinação de bulbos e tubérculos pp batatas, cebolas e alho com doses bem pequenas (0,1 a 0,1 kGy); </li></ul><ul><li>Para a destruição de insetos e parasitos em cereais, farinhas, frutos secos (0,5 a 3 kGy); </li></ul><ul><li>Para aumentar o período de conservação: tratamentos ionizantes de 1 a 3 kGy permitirão reduzir a flora superficial em algumas frutas e legumes, retardar sua maturação.; </li></ul>
  13. 13. Aplicação em produtos de origem vegetal http://www.cena.usp.br/index.htm
  14. 14. Aplicação em produtos de origem vegetal
  15. 15. Irradiação de Alimentos <ul><li>Desvantagens : </li></ul><ul><li>alto custo e tamanho do equipamento necessário ao tratamento, </li></ul><ul><li>certa resistência do consumidor ao uso de alimentos irradiados. </li></ul><ul><li>Além disso, não é recomendado irradiar produtos com alto teor de gordura devido à probabilidade de rancificação e nem alimentos contendo grande quantidade de água. </li></ul>
  16. 16. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Patente : 1929 </li></ul><ul><li>Depois da segunda guerra mundial que esta tecnologia recebeu atenção como método para conservação de alimentos. </li></ul><ul><li>Dentro dos produtos pesquisados, hoje já se pode afirmar a eficiência do processo em diversos alimentos, alguns exemplos são : Especiarias e Condimentos, Ervas e Chás, Carnes , Frangos, Peixes , Frutas secas e uma vasta variedade de Frutas e Vegetais . </li></ul>
  17. 17. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>O tipo de irradiação de interesse na conservação de alimentos é a eletromagnética. </li></ul><ul><li>O espectro eletromagnético de interesse na conservação de alimentos pode ser dividido da seguinte forma: microondas, radiação ultravioleta, raios X e radiação gama. </li></ul>
  18. 18. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>As radiações ionizantes são as consideradas mais importantes em alimentos: partículas alfa, raios beta, raios gama, raios X e raios cósmicos. </li></ul><ul><li>Fontes radioativas emissoras das partículas alfa e beta não são normalmente empregadas para irradiação de alimentos, devido à baixa capacidade de penetração na matéria. </li></ul><ul><li>Nêutrons não podem ser utilizados pois sua interação com a maior parte dos elementos transforma-o em elementos radioativos. </li></ul>
  19. 19. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Os raios X e gama são bastante penetrantes e, dependendo de sua energia, atravessam com facilidade paredes, corpos e chapas metálicas. </li></ul>
  20. 20. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>A radiação eletromagnética é a energia na forma de ondas eletromagnéticas transmitida através do espaço ou através de um material. Estas radiações são classificadas de acordo com seus comprimentos de onda. </li></ul><ul><li>A quantidade de energia de uma radiação é inversamente proporcional ao comprimento de onda: a de menor comprimento de onda tem o maior conteúdo energético. </li></ul>
  21. 21. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Radiações de alta energia incluem raios gama, raios X e luz ultravioleta. Esta radiações podem eliminar as células, inclusive microrganismos em alimentos. Algumas formas de radiações eletromagnéticas ionizam as moléculas, enquanto outras não o fazem. </li></ul>
  22. 22. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>As radiações ionizantes: </li></ul><ul><li>Podem causar ionização da matéria </li></ul><ul><li>Ionização – um ou mais elétrons são removidos do átomo </li></ul><ul><li>Classificação </li></ul><ul><li>partículas (alfa, beta e nêutrons) </li></ul><ul><li>ondas eletromagnéticas (raios gama e raios X) </li></ul>
  23. 23. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Raios alfa </li></ul><ul><li>Átomos de He sem 2 elétrons na camada externa. Não penetram numa folha de papel </li></ul><ul><li>Raios beta ou elétrons </li></ul><ul><li>Mais penetrantes, mas não ultrapassam folha de Al </li></ul><ul><li>Raios gama </li></ul><ul><li>Altamente penetrantes; bloco de chumbo </li></ul>
  24. 24. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Nêutrons </li></ul><ul><li>Grande poder de penetração; elementos radioativos </li></ul><ul><li>Raios X </li></ul><ul><li>Relativamente penetrantes; inconveniente: bx rendimento </li></ul>
  25. 25. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Das radiações ionizantes, somente os raios gama e as partículas beta apresentam um interesse maior em irradiação de alimentos </li></ul><ul><li>Raios gama são obtidos pp a partir do Co 60 e Ce 137 </li></ul><ul><li>Partículas beta obtidas através de aceleradores de elétrons </li></ul>
  26. 26. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Eficiência das radiações depende: </li></ul><ul><li>Penetrabilidade </li></ul><ul><li>Habilidade em remover elétrons do substrato </li></ul><ul><li>Raios beta X raios gama </li></ul><ul><li>Ionizam com + facilidade > penetrab. </li></ul>
  27. 27. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Quando as radiações passam através dos alimentos: </li></ul><ul><li>Colisões entre as radiações e as partículas do alimento formação de íons e radicais livres (RL) </li></ul><ul><li>Produtos resultantes da ionização: neutros (RL) ou eletricamente carregados (íons) </li></ul><ul><li>Alteram os Mos, enzs e constituintes do alimento </li></ul>
  28. 28. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Radiação provoca ionização das moléculas de água dos alimentos. Os elétrons expulsos rompem as ligações químicas e geram RL. Estes provocam a destruição dos Mos. </li></ul><ul><li>Os íons radioativos mudam a estrutura da membrana celular e afetam atividades enzimáticas e metabólicas dos Mos; alteram as moléculas de DNA e RNA </li></ul>
  29. 29. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>UNIDADE DE RADIAÇÃO </li></ul><ul><li>A radiação é uma forma de energia e, como tal, é expressa em ergs ou Joules. </li></ul><ul><li>A unidade de energia absorvida é o Gray (Gy), que equivale a 1 Joule por quilograma (ou 10.000erg/g) de alimento. Seu múltiplo mais usado é o  kGy (kiloGray). </li></ul>
  30. 30. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>PROCESSOS DE IRRADIAÇÃO </li></ul><ul><li>Podemos reunir  em três grupos os principais processos de irradiação de alimentos: </li></ul><ul><li>Radurização, Radicidação e Radapertização.  </li></ul>
  31. 31. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Radurização  </li></ul><ul><li>Usa doses baixas ( < 1kGy) com a finalidade de inibir brotamentos ; retardar o período de maturação e de deterioração fúngica de frutas e hortaliças e controle de infestação por insetos e ácaros </li></ul><ul><li>Extensão da vida útil do alimento, devida à redução de contagem microbiana </li></ul>http://www.cena.usp.br/index.htm
  32. 32. Radiação como método de conservação de alimentos <ul><li>Radicidação ou radiopasteurização  </li></ul><ul><li>Usa doses intermediárias (de 1 a 10 kGy) com o fim de pasteurizar sucos, retardar a deterioração de carnes frescas, controle de Salmonella em produtos avícolas, etc. </li></ul><ul><li>Eliminação de patógenos microbianos. </li></ul><ul><li>Radapertização ou esterilização comercial  </li></ul><ul><li>Usa doses elevadas (10 a 70 kGy) na esterilização de carnes, dietas e outros produtos processados.    Destruição de deteriorantes e patógenos, incluindo formadores de esporos, tais como Clostridium botulinum </li></ul>
  33. 33. Equipamentos Utilizados para Irradiação  <ul><li>Atualmente, os equipamentos mais utilizados são os irradiadores de cobalto 60 . </li></ul>
  34. 34. Modelo de Irradiador com Fonte de Cobalto 60 Fonte: MDS Nordion, Canadá - empresa fabricante de irradiadores
  35. 35. Irradiador com fonte de Césio 137
  36. 36. INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Tamanho do DNA </li></ul><ul><li>Grupo do microrganismo </li></ul><ul><li>Quantidade de microrganismo </li></ul><ul><li>Ausência de oxigênio </li></ul><ul><li>Composi ç ão do alimento </li></ul><ul><li>Est á gio de desenvolvimento do mo </li></ul>
  37. 37. INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Regra geral: quanto < e rudimentar o Mo, > é a dose de irradiação </li></ul><ul><li>A radioresistência varia conforme o tipo bacteriano </li></ul><ul><li>Quanto maior o númro de mos maior a dose de radiação utilizada </li></ul><ul><li>Ausência de oxigênio </li></ul><ul><li>Meios protéicos </li></ul><ul><li>Meios congelados </li></ul><ul><li>Meios desidratados </li></ul>
  38. 38. INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Est á gio de desenvolvimento do mo </li></ul>Maior Resistência Sensíveis na fase log
  39. 39. INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Resistência a irradiação </li></ul><ul><li>Príon: não têm DNA </li></ul><ul><li>Vírus > esporos > células vegetativas </li></ul><ul><li>Gram+ são mais resistentes do que Gram - </li></ul><ul><li>insetos, parasitos: facilmente destruídos </li></ul><ul><li>leveduras > mofos </li></ul>
  40. 40. INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>O efeito da radiação ionizante e a eficiência da dose de radiação sobre os mos depende: </li></ul><ul><li>Do dano direto produzido na célula </li></ul><ul><li>Do número e da natureza e longevidade dos radicais formados pela radiação </li></ul><ul><li>Habilidade da célula de reparo celular </li></ul>
  41. 41. INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Medida de sensibilidade : D 10 (90% da população bacteriana) </li></ul><ul><li>C. botulinum – mais resistente dos patógenos importantes em alimentos </li></ul>
  42. 42. INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE OS MICRORGANISMOS <ul><li>Mos mais resistentes: </li></ul><ul><li>formadores de esporo </li></ul><ul><li>capazes de reparar rapidamente os danos no DNA : Deinococcus radiodurans </li></ul><ul><li>Não formadores: Deinococcus, Deinobacter, Rubrobacter, Acinetobacter </li></ul><ul><li>Enterococcus faecium , micrococos, lactobacilos </li></ul><ul><li>Pseudomonas, Flavobactérias </li></ul>
  43. 43. INFLUÊNCIA DAS RADIAÇÕES SOBRE AS ENZIMAS <ul><li>Enzs são mais resistentes às radiações que os esporos de C. botulinum </li></ul><ul><li>Para a destruição quase total das enzs, necessita-se de doses muito elevadas (alimentos radioativos) </li></ul>
  44. 44. EFEITO DAS RADIAÇÕES NO VALOR NUTRITIVO DOS ALIMENTOS <ul><li>Em geral, o processo acarreta mínimas alterações químicas nos alimentos. Nenhumas das alterações conhecidas são nocivas ou perigosas, motivo pelo qual a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a aplicação e o uso da irradiação de alimentos. </li></ul>
  45. 45. EFEITO DAS RADIAÇÕES NO VALOR NUTRITIVO DOS ALIMENTOS <ul><li>As substs nutritivas serão afetadas variavelmente de acordo com a dosagem. </li></ul><ul><li>Ptns podem ser desnaturadas </li></ul><ul><li>Vits alterações semelhantes proc térmico </li></ul><ul><li>Gord. aumento do ranço (destruição de antioxidantes) </li></ul><ul><li>CHO facilmente alterados </li></ul>
  46. 46. EFEITO DAS RADIAÇÕES NO VALOR NUTRITIVO DOS ALIMENTOS <ul><li>Provoca perdas nos componentes lipossolúveis e ács graxos essenciais </li></ul><ul><li>Logo, alguns alimentos gordurosos (lácteos) não são adequados (aromas-ranço) </li></ul><ul><li>Presença de O2 acentua este defeito </li></ul><ul><li>Então, carnes irradiadas ----embaladas a vácuo </li></ul>
  47. 47. LEGISLAÇÃO BRASILEIRA (Ministério da Saúde- ANVISA) <ul><li>Decreto nº 72718, de 29 de agosto de 1973 </li></ul><ul><li>Estabelece normas gerais sobre irradiação de alimentos. </li></ul><ul><li>Resolução RDC nº 21, de 26 de janeiro de 2001 </li></ul><ul><li>Aprova o Regulamento Técnico para Irradiação de Alimentos, constante do Anexo desta Resolução. </li></ul>
  48. 48. LEGISLAÇÃO BRASILEIRA (Ministério da Saúde- ANVISA) <ul><li>Qualquer alimento poderá ser tratado por radiação desde que :   </li></ul><ul><li>a) A dose mínima absorvida deve ser suficiente para alcançar a finalidade pretendida;   </li></ul><ul><li>b) A dose máxima absorvida deve ser inferior àquela que comprometeria as propriedades funcionais e ou os atributos sensoriais do alimento </li></ul>
  49. 49. LEGISLAÇÃO BRASILEIRA (Ministério da Saúde- ANVISA) <ul><li>As fontes de radiação autorizadas pela Comissão Nacional de Energia Nuclear </li></ul><ul><li>a) Isótopos radioativos emissores de radiação gama: Cobalto 60 e Césio - 137;   </li></ul><ul><li>b) Raios X;   </li></ul><ul><li>c) Elétrons </li></ul>
  50. 50. LEGISLAÇÃO BRASILEIRA (Ministério da Saúde- ANVISA) <ul><li>ROTULAGEM ALIMENTOS IRRADIADOS </li></ul><ul><li>&quot; ALIMENTO TRATADO POR PROCESSO DE IRRADIAÇÃO&quot;, com as letras de tamanho não inferior a um terço (1/3) do da letra de maior tamanho nos dizeres de rotulagem.   </li></ul><ul><li>Quando um produto irradiado é utilizado como ingrediente em outro alimento  </li></ul>
  51. 51. LEGISLAÇÃO BRASILEIRA (Ministério da Saúde- ANVISA) <ul><li>Ingredientes: Batata, óleo vegetal, condimento preparado sabor de cebola e salsa (queijo, sal, amido modificado, maltodextrina, gordura vegetal, especiarias [ cebola, salsa, alho, pimenta branca (alimentos tratados por processo de irradiação)], realçador de sabor glutamato monossódico, aromatizante e corante caramelo). </li></ul>
  52. 52. OBRIGADA PELA ATENÇÃO! <ul><li>Viu como você já comeu </li></ul><ul><li>alimento irradiado? </li></ul><ul><li>E nem reclamou! </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×