Atividades Do MéDico VeterináRio No ServiçO De InspeçãO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Atividades Do MéDico VeterináRio No ServiçO De InspeçãO

on

  • 17,320 views

 

Statistics

Views

Total Views
17,320
Views on SlideShare
14,370
Embed Views
2,950

Actions

Likes
1
Downloads
277
Comments
0

12 Embeds 2,950

http://microdealimentos.blogspot.com.br 2381
http://microdealimentos.blogspot.com 477
http://microdealimentos.blogspot.pt 46
http://www.microdealimentos.blogspot.com.br 21
http://www.slideshare.net 18
http://microdealimentos.blogspot.jp 1
http://microdealimentos.blogspot.co.uk 1
http://www.google.com.br 1
http://microdealimentos.blogspot.dk 1
http://www.google.com 1
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://microdealimentos.blogspot.mx 1
More...

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Atividades Do MéDico VeterináRio No ServiçO De InspeçãO Atividades Do MéDico VeterináRio No ServiçO De InspeçãO Presentation Transcript

  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS Professora Samira Pirola Santos Mantilla
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • INSPEÇÃO “ANTE MORTEM”
    • Atribuição exclusiva do médico veterinário
    • É realizada assim que os animais chegam e 30 min antes do abate
    • Exame dos animais em movimento e em repouso
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Objetivos:
    • Exigir os certificados de sanidades animal
    • Examinar o estado sanitário
    • Auxiliar a inspeção “post mortem”
    • Surpreender doenças que não apresentam substrato anatomopatológico marcante.
    • Refugar vacas recém paridas ou em estado avançado gestação
    • Certificar-se das condições higiênico-sanitárias dos currais
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Exame mais apurado
    • - O veterinário envia os animais suspeitos para o curral de observação (abatidos em separado-matança de emergência)
    • - N° de identificação/papeleta-----DIF
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Matança de emergência:
    • Imediata (animais que não conseguem se locomover)
    • Mediata (animais do curral de observação)
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Necropsia
    • Atribuição do veterinário. (animais que chegam mortos ou que venham a morrer e aqueles sacrificados devido doença infecto contagiosa.
    • Destinações: graxaria ou forno crematório.
    • Doença infecto-contagiosa-------notificação ao Serviço de Defesa Sanitária
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • INSPEÇÃO “POST MORTEM”
    • Efetuada nos animais abatidos, através do exame macroscópico das seguintes partes e órgãos:
    • Conjunto cabeça e língua
    • Superfícies externa e interna da carcaça
    • Vísceras torácicas, abdominais e pélvicas
    • Nodos linfáticos das cadeias mais facilmente atingíveis
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Esses exames são realizados nas “linhas de inspeção”
    • BOVINOS:
    • LINHA A: pés (estabelecimentos exportadores)
    • LINHA B: conjunto cabeça-lingua
    • LINHA C: cronologia dentária (facultativa)
    • LINHA D: TGI, baço, pâncreas, bexiga e útero
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • LINHA E: fígado
    • LINHA F: pulmões e coração
    • LINHA G: rins
    • LINHA H: lados externo e interno da parte CD da carcaça e nodos correspondentes
    • LINHA I: lados externo e interno da parte CR da carcaça e nodos pré-escapulares
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
      • Esses exames são de responsabilidade da IF, sendo executados pelos agentes de inspeção e supervisionados pelo veterinário inspetor.
    • Este também é responsável pelo DIF e pelo cumprimento das medidas de ordem higiênico-sanitárias
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Linfonodos
    • Linfonodos incisados de rotina:
    • Alguns exemplos: sulinguais, subescapulares, retrofaringianos, pré-crural, poplíteos, retromamários, supra-esternal...
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Marcação sistemática – objetivos:
    • Identificação do lote a que pertence qualquer animal.
    • Identificação do nº do animal, nº do lote e a data de abate.
    • Correlação entre cabeça e carcaça de um mesmo animal.
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
      • Marcação eventual – objetivos:
    • Identificar carcaça com as peças remetidas (linhas).
    • Identificar o local da lesão.
    • Identificar carcaças (patas com lesão de aftosa).
    • Identificar animais destinado Matança de Emergência.
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • DIF
    • Recebe carcaças, orgãos e vísceras das linhas de inspeção para exame minucioso.
    • Realizado pelo Médico Veterinário.
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Destinação das carne
    • Realizada pelo vet após inspeção das carnes.
    • Possíveis destinos:
    • Liberação pra consumo “in natura”
    • Aproveitamento condicional (salga, salsicharia ou conserva)
    • Rejeição parcial (afecções benignas circunscritas)
    • Rejeição total (condenação)
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Carimbagem das carcaças reinspecionadas pelo DIF:
    • Carcaças não apreendidas:
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Carcaças destinadas a salga:
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Carcaças destinadas à conserva
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Carcaças destinadas à salsicharia - idêntico os cortes (locais), substituir a forma do corte para S.
    • Carcaças condenadas- desfigurar a carcaça produzindo cortes em forma de X
  • ATIVIDADES DO MÉDICO VETERINÁRIO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E ORGÃOS E VÍSCERAS RELACIONADOS
    • Animais de matança de emergência
    • O veterinário destinará estas carnes para o aproveitamento condicional ou condenação (nunca consumo direto)
    • Controle das carcaças destinadas ao aproveitamento condicional pela IF – “câmara de seqüestro”
  • OBRIGADA!