26ª Edição                         DEZEMBRO DE 2011                                           “Trazemos os votos de boas f...
Aldeia Infantil SOS Assomada participa                                                   PRIMEIRA MÃE SOS no Natal da UNIC...
Natal SOS: Grupo Coral actua na rua pedonalNo âmbito da celebração da época festiva do Natal, o Grupo Coral da Aldeias Inf...
Hospital Central e a Câmara Municipal. O primeiro passo é saber quantos menores vivem nas ruas deMindelo.A Sra. Graça Gome...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Jornal Interno Dezembro 2011

535 views
437 views

Published on

Jornal Interno Dezembro 2011

Published in: Design
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
535
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jornal Interno Dezembro 2011

  1. 1. 26ª Edição DEZEMBRO DE 2011 “Trazemos os votos de boas festas, mas sobretudo mostrar o reconhecimento do governo de Cabo Verde a este grande trabalho que a Aldeias Infantis SOS Cabo Verde está a fazer”–José Maria Neves José Maria Neves visita Aldeia Infantil SOS São DomingosEnquadrado no programa das festividades do Natal para as crianças da Aldeia Infantil SOS SãoDomingos, o primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Nevesvisitou, na manhã do dia 23 de Dezembro, a Aldeia Infantil SOS SãoDomingos, localizada em Ribeirão Chiqueiro, com o propósito de Fotografia: Danilson Semedoconhecer a estrutura e inteirar-se do modus operandi da Aldeia emreferência, e ao mesmo tempo aproveitar a ocasião do período daquadra festiva para fazer entrega dos presentes às crianças e aosadolescentes da Aldeia Infantil SOS São Domingos.Eram por volta das 10h20 quando este chefe máximo do governo deCabo Verde e a comitiva que o acompanhava foram recebidos naAldeia Infantil SOS São Domingos pelo Director Nacional da AldeiasInfantis SOS Cabo Verde, Dionísio Simões Pereira e pelo Director daAldeia Infantil São Domingos, Fernando Pinto. José Maria Neves foirecebido, na presença dos colaboradores administrativos e pedagógicos, pelo grupo coral com votos deboas-vindas e seguidamente cumprimentou os colaboradores presentes no acto solene da cerimónia.No seu discurso inicial JMN disse: “viemos aqui para trazer uma mensagem de alegria e fraternidade nesta quadra festiva. Nesta altura temos constatado que em Cabo Verde há uma grande ajuda em termos de solidariedade, vimos em todos os bairros,Fotografia: Ângela Pereira pelas ilhas, organizações de solidariedade levam um abraço carinhoso, prendas sobretudo para as pessoas mais desfavorecidas”. Neves acrescentou ainda que: “a Aldeias Infantis SOS é uma referência e lançou sementes há muitos anos em Cabo Verde, no domínio da solidariedade de apoio às crianças que têm mais dificuldades e problemas familiares para garantirem a sua formação e integração na sociedade”. Neves concluiu dizendo que: “vamos trabalhar para que haja um convénio para permitir uma parceria forte entre o Estado e a Aldeias SOS”.Para oDirector da Aldeia Infantil SOS São Domingos, Fernando Pinto, “esta visita significa uma honra esobretudo um acto de reconhecimento para nós, e tudo isso eleva-nos a auto-estima” concluiu Pinto.Salienta-se que cada criança e jovem da Aldeia Infantil SOS São Domingos recebeu um kit oferecido pelogabinete do primeiro-ministro, José Maria Neves. ALGUNS MOMENTOS DA VISITA DO PRIMEIRO-MINISTROwww.soscapvert.org www.soscapvert.blogspot.com Um lar de amor para cada criança
  2. 2. Aldeia Infantil SOS Assomada participa PRIMEIRA MÃE SOS no Natal da UNICV MORRE AOS 92 ANOS As crianças da Aldeia Infantil SOS Assomada estiveram presentes no dia 22 de Dezembro, pelas 17 horas, na Maria Weber morreu no dia 30 de Universidade Pública de Cabo Verde (UNICV) para Novembro aos 92 anos. Nascida a celebrar juntamente com os docentes e colaboradores as 30 de Maio de 1919 na Áustria, filha de agricultores teve que deixar o festas de Natal. As crianças tiveram a oportunidade de vilarejo onde ela vivia com os pais fazer actuações com três canções na presença de para se instalar em Viena, onde docentes e discentes e celebrarem antecipadamente o completou três anos de formação Natal com os colaboradores da UNICV. para ser Irmã de Caridade. No dia 23 de Dezembro pela manhã as crianças da Aldeia Infantil SOSFotografia: Carlos Semedo Assomada saíram às ruas da cidade de Assomada para agradecer os parceiros da Aldeia Infantil Lamentámos profundamente a SOS Assomada. morte de um dos nossos primeiros pioneiros. Há 60 anos Maria Weber Centro Social SOS Mindelo concede 14 tornou-se na primeira Mãe SOS na Micro-Créditos às famílias primeira Aldeia Infantis SOS no Mundo em Imst, Áustria. Um O Centro Social SOS Mindelo procedeu à entrega de 14 trabalho que ela fez durante toda a micro-créditos às famílias beneficiárias do programa sua vida e repete: “eu faria tudo de nos dias 28 e 30 de Dezembro, totalizando 42 os novo”. números de créditos concedidos durante o ano de 2011. “Cada dia representava um desafio: A concessão de micro-créditos está enquadrada no cozinhar, lavar roupa, limpar e programa de reforço da estrutura familiar e prevenção engomar roupas para nove crianças. Levava as crianças aos ao abandono infantil e um dos grandes objectivos é médicos, supervisionava os estudos ajudarem as famílias a debelarem o flagelo da pobreza e em casa e oferecia consolo sempre ter ao mesmo tempo o seu próprio auto-sustento. que elas estavam doentes” recorda a Sra. Weber numa das entrevistas. Neste sentido, o Centro Social SOS Mindelo realizou durante o ano 2011 três formações em Gestão de Trabalhou por 20 anos antes de se Pequenos Negócios reformar em 1977 e continuou a Fotografia: Nuno Monteiro como forma de morar na casa das Mães SOS reformadas até a data da sua morte. melhor capacitar as famílias Vitalidade e humildade, humor e beneficiárias a uma profunda fé foram as gerirem os seus características que levaram a Sra. Weber a ter sob os seus cuidados, próprios negócios. enquanto Mãe SOS, mais de 20 crianças, com as quais ela manteve Ficha Técnica uma forte ligação até o momento da Editor: Nilton Cabral (Edição e Concepção). sua morte. Correspondentes: Ana Tavares e Ângela Pereira (GEMOR), Ana Barros (CIC Rincão), Carlos Semedo (Aldeia Infantil SOS Assomada), Danilson Semedo (Aldeia Infantil SOS São Domingos), Licínio Lopes (CIC Brasil) e Nuno Monteiro (Centro Social Mindelo).www.soscapvert.org www.soscapvert.blogspot.com 2
  3. 3. Natal SOS: Grupo Coral actua na rua pedonalNo âmbito da celebração da época festiva do Natal, o Grupo Coral da Aldeias Infantis SOS Cabo Verdeem parceria com as crianças do Instituto Cabo-verdiano da Criança e Adolescente (ICCA) realizaram no dia 17 de Dezembro o cântico natalício, na rua pedonal da cidade da Praia. Eram por volta das 18h45, um grupo de 60 crianças reuniu-se naFotografia: Nilton Cabral rua pedonal para interpretarem canções alusivas ao Natal. Interpretaram pela ordem as seguintes canções: o pinheirinho de Natal, astros brilham nas alturas, glória e noite feliz. Tomaram parte do grupo coral as crianças dos Centros de Intervenções Comunitárias do bairro do Brasil e Rincão, do ICCA, incluindo as crianças das Aldeias Infantis SOS Assomada e São Domingos. A dataescolhida pela Aldeias Infantis SOS foi ao encontro da data escolhida pela Câmara Municipal da Praiapara celebrar o 1.º ano da “Noite Branca” na rua pedonal.Para um dos organizadores do ensaio do grupo coral, Mauro Brito Pereira, este evento “permitiu ointercâmbio não só entre as crianças das Aldeias de Assomada e São Domingos, mas também aconvivência com as crianças dos Programas de Reforço da Estrutura Familiar e Prevenção ao AbandonoInfantil (FSP) e ao mesmo tempo partilhar momentos de alegria com as crianças do ICCA. Tambémdemonstramos aos praienses o trabalho que temos vindo a desenvolver”.Marilena Baessa disse que “o ICCA como a principal instituição Fotografia: Nilton Cabralgovernamental, ou seja, como uma instituição do governo chapéuresponsável pela política da defesa dos direitos das crianças, está sempreaberta às parcerias. Em quase 29 anos é isto que temos demonstrado,concluiu a presidente do ICCA”.Dezenas de pessoas presenciaram a actuação do grupo coral e para umadas crianças de 16 anos que participou no grupo coral, João Michel,considerou ser uma grande oportunidade “porque aprendi muitas músicas e ao mesmo tempo aprendemosque cantar é uma arte que exige muito de nós”.Centro Social SOS Mindelo realiza testes de despitagem do VIH/Sida Os testes para a despistagem de VIH/Sida em meninos em situação de rua no Mindelo foram aplicados no início de Fotografia: Nuno Monteiro Dezembro. Cerca de quinze menores que deambulam pelo centro da cidade do Mindelo aceitaram fazer o teste de VIH/Sida proposto pelo Centro Social SOS Mindelo. Os resultados foram 100% negativos. A Directora do Centro Social SOS Mindelo, Sra. Graça Gomes, disse que “estamos satisfeitos porque não temos nenhum caso de VIH/Sida nas despistagens que fizemos.Isso é muito bom e isso quer dizer que apreenderam os conhecimentos transmitidos e que apesar deestarem numa situação vulnerável de rua estão a precaver a sua saúde e a própria pessoa”.A despistagem do VIH/Sida antecede o projecto do Centro Social SOS de São Vicente dirigido a menoresem situação de rua. A meta é retirá-los das ruas do Mindelo e apoia-los na reinserção social e profissional.O programa deve arrancar no início de 2012 com a parceria da Delegacia de Saúde de São Vicente, owww.soscapvert.org www.soscapvert.blogspot.com Um lar de amor para cada criança
  4. 4. Hospital Central e a Câmara Municipal. O primeiro passo é saber quantos menores vivem nas ruas deMindelo.A Sra. Graça Gomes afirma que “vamos fazer uma análise individual seja da criança, seja da sua famíliapara detectarmos o real problema e após isso faremos uma triagem com os técnicos sociais para fazermosum trabalho conjunto. As crianças que necessitarem de um internamento por um período determinadopara trabalharmos as crianças e a família faremos isso aqui no Centro. As que forem possível fazer aintegração de imediato na família faremos também”.O projecto de apoio aos meninos em situação de rua surgiu em 2007 no Centro de Acolhimento Nocturnona rua Renato Cardoso e o espaço era gerido conjuntamente pela Aldeias Infantis SOS e a CâmaraMunicipal de São Vicente.Embaixador da China em Cabo Verde visita Aldeia Infantis SOS São DomingosO Embaixador da República Popular da China acreditado em Cabo Verde, Li Chunhua, visitou a Aldeia Infantis SOS São Domingos acompanhado da esposa, cumprindo a tradição da época de Natal, visitou emFotografia: Danilson Semedo especial a casa China. Conversou com as crianças sobre o aproveitamento escolar e com o responsável da Aldeia por forma a inteirar-se dos trabalhos que estão a ser realizados. Como habitualmente o Embaixador levou vários donativos em géneros alimentícios e presentes para cada criança da casa familiar designada China, com especial destaque paraa oferta de um aparelho solar que permite esquentar água para que as crianças possam tomar banho comágua quente.Serviu-se de um lanche na companhia das crianças e após o pedido do Director da Aldeia, Sr. FernandoPinto, Li Chunhua fez a seguinte declaração: “em relação à adolescente Ângela que neste momento seencontra a estudar o 12.º ano de escolaridade vamos ver a forma de conseguir uma bolsa de estudo paraela, mesmo que tenhamos que apoiar com 50% dos seus estudos”.Para terminar a visita o embaixador ofereceu um cartão postal de boas festas a todas as crianças eadolescentes da Aldeia, neste caso em chinês.Embaixadora dos EUA visita Aldeia Infantis SOS São DomingosEnquadrado no âmbito da época natalícia que se avizinhava, a Embaixadora dos Estados Unidos daAmérica em Cabo Verde, Adrienne ONeal, visitou a Aldeia Infantil SOSSão Domingos no dia 23 de Dezembro para ter um primeiro contacto dos Fotografia: Danilson Semedotrabalhos que têm sido feito e do funcionamento da Aldeia em referência.A Sra. O’Neal esteve acompanhada de um grupo de estudantes dos EUAque se encontravam em Cabo Verde e visitaram em especial a casadenominada Estados Unidos.Os jovens estudantes ofereceram a cada criança da casa dos Estados Unidosna Aldeia Infantil SOS São Domingos um iPod e um livro de estudosingleses de diferentes temáticas.Para a Mãe SOS ofereceram um livro de culinária com pratos tradicionais dos EUA, ficando a promessade que viria um elemento do Corpo da Paz para preparar a receita de um dos pratos que consta no referidolivro.www.soscapvert.org www.soscapvert.blogspot.com 4

×