Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Captação de Recursos para o Turismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Captação de Recursos para o Turismo

  • 317 views
Published

Palestra do Prof. e Consultor Paulo França sobre "Captação de Recursos para o Turismo" na Feira das Américas (www.feiradasamericas.com.br) da Associação Brasileira das Agências de Viagem (ABAV) em 6 …

Palestra do Prof. e Consultor Paulo França sobre "Captação de Recursos para o Turismo" na Feira das Américas (www.feiradasamericas.com.br) da Associação Brasileira das Agências de Viagem (ABAV) em 6 de setembro de 2013, no Anhembi, em São Paulo, SP.

Published in Travel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
317
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
11
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Palestra sobre Captação de Recursos para o Turismo Palestrante: Prof. e Consultor Paulo França Data: 6 de setembro de 2013
  • 2. Agenda da Palestra 1) Experiência como consultor e palestrante; 2) Cenários para a Economia do Turismo; 3) Fontes de Recursos Financeiras Pública, Privada e Não-Reembolsável para Agências de Viagem e para Empresas dos mais de 50 Segmentos do Turismo; 4) Metodologia para Captação de Recursos e o Banco de Patrocínios;
  • 3. Paulo França é Autor do Livro “Captação de Recursos para Projetos e Empreendimentos” Livro considerado nota 10 por Professores da Universidade Mackenzie. A inovadora e prática Metodologia 3A para Captação de Recursos, criada pelo consultor econômico Paulo França, foi adotada pela Universidade de Barcelona e por mais de 3.000 organizações do Brasil e do Exterior.
  • 4. Consultorias para mais de 100 Clientes do Brasil e do Exterior
  • 5. Comunicação (Mídia, Assessoria de Comunicação e Media Training) Veículos Próprio e Parceiros, e Redes Sociais Anunciantes da Agência Soeconomia
  • 6. Paulo França ministrou 126 Palestras, Workshops e Cursos para mais de 2397 participantes Algumas das Organizações Clientes
  • 7. Conselho Consultivo PAULO FRANÇA: Presidente LÍGIA BRAZ: Conselheira de Assuntos Internacionais em Stuttgart (Alemanha). Jornalista, Escritora e Radialista. Consultora da Cáritas Internacional. FRANCISCO JARDIM: Conselheiro de Investimento e Empreendedorismo. Gestor em São Paulo do CRIATEC Fundo Capital Semente (funding do BNDES). IRINEU TOLEDO: Conselheiro de Comunicação e Educação Empresarial. Diretor Executivo da ÔNION Mìdia. Foi âncora do Primeiro Programa na Rede Transamérica de Comunicação. MARCO GALVÃO: Conselheiro de Marketing e Estratégia. CEO da Empresa Football Marketing e da Revista Football. Foi CEO das Empresas Hertz do Brasil, da Sothebys International Realty e da Carlson Wagonlit Travel. DENISE CORTONA: Conselheira de Assuntos Jurídicos. Formação pela São Francisco (USP) e mais de 20 anos de experiências profissionais como advogada. MAURICIO BERNIS: Conselheiro de Assuntos Institucionais. Engenheiro e astrólogo empresarial. Comentarista da Jovem Pan online. Palestrante da ExpoMoney. Presidente da AstroBrasil e autor de 6 livros.
  • 8. Equipe da PFC International, da Agência Soeconomia e do Banco de Patrocínios  Mariana Veltri  (Assessora de Imprensa, Jornalista e Produtora de Vídeo)  Carlos Augusto (Correspondente e Consultor parceiro em Brasília - DF)  Dr. Wellington Queiróz (WQueiroz Construtora e Queiróz Advogados – Brasília – DF)  Guido Scardua e José Mario – SRD Consultoria  (Consultores em Salvador)  Eng. Eletrônico Antonio De Lucca e Eng. de Computação Henrique Romeo (Marketing Digital, E-commerce, Webdesign e Construção Sites)  Rogéria Corrêa – Gestora e Fundadora do www.vembrasil.com (Consultora parceira no Rio de Janeiro – RJ)  Luiz Henrique Miranda – Diretor-Executivo da Agência AMIgo! (Assessoria de comunicação parceira) (
  • 9. PFC Internacional Branding – Responsabilidade Social - Sustentabilidade Marcas Registradas Ações de Responsabilidade Social e Sustentabilidade  Eduqvida Instituto Rio de Janeiro - RJ  Fundação Dorina Nowill para Cegos São Paulo - SP  Caminhada com Segurança Instituto Ortopedia & Saúde - Parque Trianon São Paulo – SP
  • 10. Economia do Turismo Fatores Favoráveis Setor de Turismo passou a ser estratégico para o Brasil segundo o ministro Gastão Vieira, o que traz mais recursos governamentais para essa atividade; Grandes eventos com repercussão intenacional, como Copa 2014 e Olimpíadas 2016, que ocorrerão no Brasil; Disputa pela ExpoMundial 2020 em São Paulo; Ainda há milhões de consumidores das classes D e E para se tornarem turistas. Fatores Desfavoráveis Elevação da taxa do dólar: favorece a vinda de turistas estrangeiros para o Brasil e prejudica o turismo emissivo para o exterior; Desvalorização do real provoca aumento nos custos de combustíveis e do leasing das companhias aéreas, o que leva essas empresas diminuirem frequências de voos para destinos turísticos; Tensão no Oriente Médio, com a previsão de ataque dos Estados Unidos, cria clima de insegurança internacional, o que pode diminuir temporariamente o fluxo de turistas entre países.
  • 11. Brasil perde investimento para outros emergentes – Folha 14/1/13 • Fundos estrangeiros trocam o Brasil por mercados como México, Rússia e Turquia, devido aos impostos mais altos e à maior interferência do governo na economia; • Essa tendência inclui fundos com grande patrimônio, como o americano BlackRock, e reduziu a capacidade de financiamento das empresas brasileiras, por meio da Bovespa, e do governo, via mercado de títulos públicos.
  • 12. Taxas de Juros de Referência em Alguns Países – ao ano • Europa - BCE: 0,75% (desde 5/7/2012); • Estados Unidos – FED: 0,25%; • Grã-Bretanha: 0,5%; • Canadá: 1,0%; • Japão: 0,1%; • China: 6%; • Brasil – taxa Selic: 9% (desde 9/08/2013); • Rússia: 8,25%; • África do Sul: 5%;
  • 13. Endividamento das Familias com os bancos • Notícia do Portal da Globo (G1) em 23/08/2013; • Endividamento das famílias vai a 44,8% em junho e bate recorde; • No primeiro semestre, endividamento avançou 1,4 ponto percentual; • Junho foi o sexto mês consecutivo de alta no endividamento das famílias. A elevação do endividamento das famílias está relacionada com o fraco crescimento da economia brasileira, que gera menos renda; com o aumento da inflação, que ao corroer o poder de compra da população impulsiona a busca por novos empréstimos; e, também, com a procura pelo crédito imobiliário.
  • 14. Comprometimento da Renda O comprometimento mensal da renda das famílias brasileiras com pagamento de empréstimos para instituições financeiras registrou pequena alta no mês de junho, para 21,52%, contra 21,50% em maio deste ano. Em 2005, este indicador estava em 15,61%, atingindo a barreira dos 20% em junho de 2011.
  • 15. Previsão para Indicadores da Economia do Brasil em 2013 PIB 2.5% Inflação – IPCA - IBGE 6% Desemprego 6,0% Taxa de Juros – Selic – média - % ao ano 8,5% Evolução do turismo no Brasil aumento de 7,3% - 4% do PIB Investimento Estrangeiro Direto US$ 60 bilhões Câmbio - média Entre R$ 2,30 e R$ 2,35
  • 16. Fontes de Recursos Financeiras  BNDES  Prodetur  Fungetur  Oportunidades para Maioria – BID  Orçamentos Federal, Estadual e Municipal; Emendas Parlamentares;  Investidores de Risco;  Sistema de Convênios do Governo Federal - SICONV;
  • 17. Programa BNDES de Turismo para Copa do Mundo • BNDES financia com R$ 87 milhões implantação de hotel no Riocentro - 06.05.13; • BNDES aprova R$ 417 milhões para dois novos hotéis no Rio de Janeiro - 12.12.2012; • Ampliado para R$ 2 bilhões o orçamento do BNDES ProCopa Turismo - 26.09.2012; • BNDES ProCopa Turismo aprova R$ 14 milhões para reforma de hotel na Bahia - 16.07.12; • BNDES ProCopa Turismo aprova R$ 32 milhões para ampliação e modernização de 3 hotéis em PE - 14.03.2012; • BNDES ProCopa Turismo aprova R$ 10 milhões para Hotel íbis em Natal (RN) - 22.11.2011.
  • 18. Programa do BNDES de Turismo expirado em 30 de junho de 2013  Eventual prorrogação está sendo analisada pelo BNDES;  Objetivo: Financiar a construção, reforma, ampliação e modernização de hotéis, de forma a aumentar a capacidade e qualidade de hospedagem em função da Copa do Mundo de 2014.  Empreendimentos apoiáveis: Investimentos em construção, reforma, ampliação e modernização; investimentos socioambientais.
  • 19. BNDES prevê desembolso de R$ 190 bilhões em 2013 • Folha de São Paulo - 14/08/2013; • Banco não descarta aporte do Tesouro; • Em 2012 foram desembolsados R$ 152 bilhões; • O banco registrou no primeiro semestre do ano o seu melhor resultado para um primeiro semestre, desembolsando empréstimos de R$ 88,3 bilhões.
  • 20. PRODETUR – Programas Regionais de Desenvolvimento do Turismo Os investimentos do Programa são operacionalizado pelo Ministério do Turismo (MTur), que orienta tecnicamente as propostas estaduais e municipais; em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e com a Corporação Andina de Fomento que atuam como financiadores internacionais. O Programa inclui ações nos âmbitos regional, estadual e municipal.
  • 21. Fundo Geral de Turismo - Fungetur Objetivo: fomento a renovação do aparelhamento da infraestrutura turística existente, mediante processos de reforma, modernização e ampliação dos meios de hospedagens; Destinatários: empresas de qualquer porte, com faturamento há mais de 36 meses consecutivos, que atuem no setor de turismo. • Limite: Tem valor mínimo de R$ 400.000,00 e o máximo de R$ 10.000.000,00 por grupo econômico. • Prazo: O período de carência é de no mínimo 90 dias e no máximo 60 meses e o tempo limite para o financiamento é de até 240 meses.
  • 22. Oportunidades para Maioria - BID  Aplicação de estratégias sustentáveis, com base no mercado, para levar os benefícios do desenvolvimento econômico e social à maioria da população da América Latina e do Caribe.  A iniciativa promove e financia modelos de negócios emergentes que mobilizam empresas do setor privado, governos locais e comunidades para o planejamento e a execução de produtos e serviços de qualidade, a criação de empregos e a participação de produtores e consumidores de baixa renda na economia formal.
  • 23. Renda de menos de US$ 300,00 por mês A “maioria” do BID se refere a aproximadamente 360 milhões de pessoas — cerca de 70% da população da América Latina e do Caribe — que vivem com menos de US$300 por mês. Esse setor de baixa renda não foi substancialmente beneficiado pelo recente crescimento econômico da região, e atender às suas necessidades requer novos enfoques de investimento, tanto do setor público quanto do privado, a fim de produzir um impacto positivo que beneficiará a todos.
  • 24. Bloqueio de R$ 28 bilhões no orçamento do de 2013 • O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão informou em 21 de maio de 2013 que o bloqueio de R$ 28 bilhões no orçamento de 2013 provocou uma redução de R$ 1,96 bilhão no orçamento do Ministério do Turismo. • Cerca de R$ 15,6 bilhões em emendas individuais e coletivas dos parlamentares foram bloqueadas. Do valor total de R$ 22,7 bilhões em emendas, aprovadas pelo Congresso Nacional, apenas R$ 7,1 bilhões foram mantidas.
  • 25. Metodologia 3A para Captação de Recursos • Em desenvolvimento há 20 anos; • Aplicada na prática, com sucesso, pelo consultor econômico Paulo França, em mais de 100 organizações (Destinos Turísticos, Empresas Privadas e Públicas, Governo Federal, Governo Estadual, Prefeituras e Organizações do Terceiro Setor); • Metodologia transmitida pelo palestrante Paulo França para mais de 6.000 empresários, executivos e gestores públicos.
  • 26. Como a Metodologia é implantada? • Implantação inicial através de uma consultoria econômica express; • Carga horária de 7 horas; • Redação de um relatório; • Elaboração do Pré-Diagnóstico para Captação de Recursos ou do Plano de Negócios; Adicionalmente pode ser feito o Plano de Captação de Recursos; • Montagem do Sumário Executivo;
  • 27. Campanha para Captação de Recursos  A campanha tem duração média de 6 meses;  O instrumento de captação de recursos a ser apresentado, depende do público-alvo:  No caso de investidores de risco, fundos de pensão e/ou financiadores: apresenta-se um Sumário Executivo;  Se a captação for junto a patrocinadores ou doadores, apresenta-se um Proposta para Obtenção de Patrocínios e/ou Doações;
  • 28. Como é feita a campanha para captação de recursos • Reuniões; • Contatos por telefone; • Envio de e-mails; • Contatos em eventos; • Participação em Grupos de Networking; • Acompanhamento de sites de investidores, financiadores, patrocinadores e doadores; • Clipping de Notícias da Imprensa;
  • 29. Funções do Captador de Recursos • Colaborar com o empresário, dirigente de entidade do terceiro ou gestor público, para que ele defina bem suas metas para captação de recursos, e como os recursos financeiros serão posteriormente alocados; • Elaborar os instrumentos para captação de recursos; • Conduzir a campanha para captação de recursos juntos a investidores, financiadores, patrocinadores, anunciantes, e/ou doadores.
  • 30. O Banco de Patrocínios • Criação do Paulo França em 2011; • Um banco de dados, que registra as prioridades do patrocinadores em termos de alocação de patrocínios; • São recebidos projetos e proposta de patrocínios de diversas naturezas (eventos, cultura, audiovisual e esportes); • Garantia de sigilo para patrocinadores e patrocinados.
  • 31. Contrapartidas para Patrocinadores • Conceito Triple Bottom Line; • Contrapartidas Comerciais • Contrapartidas Sociais; • Contrapartidas Ambientais; • Importância da Prestação de Contas; • Elaboração de Relatórios Mensais para Patrocinadores ou por Evento; • Auditoria de Eventos ou de outras ações;
  • 32. Novidades para Captação de Recursos • MBA em Captação de Recursos; • Palestras de 1h e 30 minutos; Cursos de curta duração (a partir de 8h); e Cursos de Especialização (60 horas); • Campanha para captação de recursos para o livro Fundraising: O Segredo para Captação de Recursos”. Crowdfunding.
  • 33. Agradecimentos • Para Dra. Ana Carolina M. de Souza, Vice-Presidente de Capacitação e Certificação da ABAV Nacional e para toda diretoria da ABAV Nacional; • Para o jornalista Luiz Henrique Miranda, Diretor- Executivo e toda equipe da Agência AMIgo!; • Para todos clientes da PFC Internacional, da Agência Soeconomia e do Banco de Patrocínios. • Para todos os participantes na palestra de 6 de setembro de 2013 na Feira das Américas.
  • 34. A palestra continua... www.slideshare.com/soeconomia presidencia@pfcint.com.br 55.11.7826-5620 (Nextel) – ID:55*121*39725 (Rádio Nextel) 55.11.3672-9614 - www.pfcint.com.br twitter.com/soeconomia – youtube.com/soeconomia www.facebook.com.br/soeconomia br.linkedin.com/in/paulofrancasoeconomia skype: paulo.franca.soeconomia presidencia@bancodepatrocinios.com.br