O Bandeirante - n.210 - Maio de 2010

275 views
185 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
275
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O Bandeirante - n.210 - Maio de 2010

  1. 1. Jornal O Bandeirante Ano XVIII - no 210 - maio de 2010 Publicação Mensal da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores - Regional do Estado de São Paulo - SOBRAMES-SP Lição de Anatomia e Arte “A arte é a ideia da obra, a ideia que existe sem matéria”. Aristóteles, filósofo grego (384-322 a.C.).Helio BegliominiMédico urologistaPresidente da SOBRAMES-SP (2009-2010). Dificilmente alguém que ob- Esse relacionamento respeitoso amor ao ser humano, indeléveisserva o clássico quadro intitula- e venerável entre alunos e professor em minha mente, vieram à tonado “A Lição de Anatomia do dr. remonta os tempos imemoriais de de forma sensível ao ter o privilé-Nicolaes Tulp”, pintado em 1632 Hipócrates (460 – 380 a.C), que mui gio de visitar, em junho de 2007, apor Rembrandt Harmenszo- sabiamente consignou em seu Jura- exposição “Corpo Humano – Realon van Rijn (1606-1669), não se mento: “Juro (...) Estimar, tanto quanto e Fascinante”, no centro Oca, dodeixa encantar. Particularmente, a meus pais, aquele que me ensinou esta Parque do Ibirapuera.(...)aqueles(as) que dentre as ciên- arte; fazer vida comum e, se necessário Ao contemplar aquelas belascias biológicas se dedicam ao ser for, com ele partilhar meus bens; ter seus imagens morfológicas obtidas pelahumano quer desvendando, quer filhos por meus próprios irmãos; ensinar- técnica da plastinização, fiquei ima-lidando com sua vida, seu com- lhes esta arte, se eles tiverem necessidade ginando se um dia poder-se-ia des-portamento, seus achaques e seus de aprendê-la, sem remuneração e nem cobrir um método que desvendassemistérios. compromisso escrito (...)”. quantitativamente e em cores o que Nele sobressai a figura de um Há cerca de sete lustros eu in- se passa na mente de um artistamestre, dr. Nicolaes Tulp, passan- gressava na arte de Hipócrates, no momento de inspiração, assimdo conhecimentos auferidos de grande ideal em minha vida, e como na consecução de sua obra.seus estudos anatômicos a discí- durante um ano e meio debrucei- Em outras palavras, como men-pulos ávidos pelo saber. Ao centro, me sequiosamente no aprendizado surar e exibir através de exames,como denominador comum, jaz morfológico, macroscópico e mi- sentimentos de raiva, ódio, amor,impassível um corpo exaurido de croscópico do ser humano. As aulas amizade, alegria, depressão, eufo-seu princípio vital, outrora arca- de anatomia eram conduzidas pelo ria, angústia, paz, pânico?...bouço de uma vida, que se empres- renomado e inolvidável professor Será que chegaremos um dia ata silenciosa e desinteressadamen- Olavo Marcondes Calazans, discí- traduzir em imagens e gráficos ote ao avanço da ciência e à causa pulo do famosíssimo anatomista bailar das moléculas, dos átomos,humana. italiano, Alphonso Bovero. (...). dos elétrons de artistas em ativi- O mestre, o único de chapéu, Olavo Calazans, dentre tantos dade e através desses meios hie-é reverenciado atentamente pelos outros professores que tivemos a rarquizá-los qualitativamente emseus pupilos que esticam o pesco- felicidade de ter, estimulou-nos a excelentes, bons, regulares e sofrí-ço, torcem a cabeça, franzem a tes- defender a vida em toda a sua ple- veis; ou normais e patológicos, taista e, nem sequer, piscam os olhos, nitude, o ser humano e o enfermo. quais os detectores de mentira nasexpressões corporais de quem não Ele nos fazia ver através dos corpos investigações policiais?quer perder nada da fala ou da de- como futuros médicos e nos dizia Nesse contexto discordo humilde-monstração a eles dedicada. Não em tom quase que poético: “todo mente de Aristóteles no seu aforismoaparentam ser muito mais jovens o curso médico valeria a pena se fosse em epígrafe, pois a arte consiste nãodo que o mestre, mostrando que a para vocês fazerem um só diagnóstico!” somente na concepção de ideias ge-idade não representa empecilhos Essas lições de humanismo e de radoras, mas também nos talentos suiao aprendizado e ao amor ao ser generis em bem materializá-las, pois ahumano. arte se expressa e interage. (...)
  2. 2. 2 O BANDEIRANTE - Maio de 2010 Uma Sociedade forte e respeitada se faz sempre com a EXPEDIENTE atuação de todos os que dela participam. Diretoria é somenteJornal O Bandeirante um termo de compromisso que alguns membros abraçam,ANO XVIII - no 210 - Maio 2010 mas que deve representar todos os associados. Para ser “a cara” do associado qualquer diretoria precisa da colaboraçãoPublicação mensal da Sociedade Brasileira de MédicosEscritores - Regional do Estado de São Paulo SOBRAMES- de todos eles.SP. Sede: Rua Alves Guimarães, 251 - CEP 05410-000 Participação se faz de muitas maneiras: enviando textos- Pinheiros - São Paulo - SP Telefax: (11) 3062-9887 /3062-3604 Editores: Carlos A. F. Galvão, Roberto A. e poesias para o nosso Boletim, enriquecendo suas páginas,Aniche. Jornalista Responsável e revisora: Ligia Terezinha ou sugestões de como nos tornarmos mais fortes e principal-Pezzuto (MTb 17.671 - SP). Colaboradores desta edição:Alcione Alcântara Guimarães, Geovah Paulo da Cruz, Helio mente, participando de nossas pizzas literárias e reuniõesBegliomini, Hélio José Déstro, Leopoldo Lopes, Sergio de diretoria, abertas sempre a todos os membros da nossaPerazzo, Walter Whitton Harris e Wilma Lucia.Tiragemdesta edição: 300 exemplares (papel) e mais de 1.000 querida Sobrames São Paulo.exemplares PDF enviados por e-mail. Venha, participe, escreva, fale, grite mais alto, afinal, aDiretoria - Gestão 2009/2010 - Presidente: Helio Sobrames-SP é sua!Begliomini. Vice-Presidente: Josyanne Rita de ArrudaFranco. Primeiro-Secretário: Ligia Terezinha Pezzuto.Segundo-Secretário: Maria do Céu Coutinho Louzã. Carlos Augusto F. GalvãoPrimeiro-Tesoureiro: Marcos Gimenes Salun. Segundo-Tesoureiro: Roberto Antonio Aniche. Conselho Fiscal Roberto Antonio AnicheEfetivos: Flerts Nebó, Carlos Augusto Ferreira Galvão, LuizJorge Ferreira. Conselho Fiscal Suplentes: Geovah Pauloda Cruz; Rodolpho Civile; Helmut Adolf Mataré. Matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam, necessariamente, a O Malho opinião da Sobrames-SP O malho hoje significa barulho e alegria. A pizza foi emocionante e impecável, a começar pelos textos dos colegas. Alguns de conteúdo denso, porém todos enxutos em Editores de O Bandeirante termos de tempo e nenhum cansativo, muito pelo contrário, houve esmero no preparo,Flerts Nebó – novembro a dezembro de 1992 e destacar algum seria injustiça com os demais. Mas a noite bem que precisava, afinalFlerts Nebó e Walter Whitton Harris – 1993-1994 era dia de entrega de nosso mais antigo prêmio, o de poesias, que homenageia nossoCarlos Luiz Campana e Hélio Celso Ferraz Najar – 1995-1996 saudoso confrade “Bernardo de Oliveira Martins”.Flerts Nebó e Walter Whitton Harris – 1996-2000Flerts Nebó e Marcos Gimenes Salun – 2001 a abril de 2009 Presente duas filhas do velho Bernardo, umas senhoras distintas, um filho cujoHelio Begliomini – maio a dezembro de 2009 semblante lembra muito o pai e alguns de seus netos. A noite foi emocionante comRoberto A. Aniche e Carlos A. F. Galvão - janeiro 2010 - a entrega dos prêmios por esses parentes que representam a prole que o Bernardo Presidentes da Sobrames – SP nos deixou.1 Flerts Nebó (1988-1990;1990-1992 e out/2005 a dez/2006) o Quanto aos textos, permito-me um destaque. Também foi “emocionante” ver o2o Helio Begliomini (1992-1994; 2007-2008 e 2009-2010) Carlos Galvão ler um irado texto antitabagista do Jucovski.3o Carlos Luiz Campana (1994-1996)4o Paulo Adolpho Leierer (1996-1998) Uma noite de Gala.5o Walter Whitton Harris (1999-2000)6o Carlos Augusto Ferreira Galvão (2001-2002)7o Luiz Giovani (2003-2004) Walter Whitton Harris8o Karin Schmidt Rodrigues Massaro (jan a out de 2005) Cirurgia do Pé e Tornozelo Ortopedia e Traumatologia Geral Editores: Carlos A. F. Galvão, Roberto A. Aniche CRM 18317 Revisão: Ligia Terezinha Pezzuto Av. República do Líbano, 344 Rua Luverci Pereira de Souza, 1797 - Sala 3 Diagramação: Mateus Marins Cardoso 04502-000 - São Paulo - SP Cidade Universitária - Campinas (19) 3579-3833 Impressão e Acabamento: Expressão e Arte Gráfica Tel. 3885 8535 www.veridistec.com.br Cel. 9932 5098 CUPOM DE ASSINATURAS* longevità Preço de 12 exemplares impressos: R$ 36,00 (11) 3531-6675 Nome:___________________________________________________________ Estética facial, corporal e odontológica * Massagem * Drenagem * Bronze Spray * End.completo: (Rua/Av./etc.) _______________________________________ Nutricionista * RPG Rua Maria Amélia L. de Azevedo, 147 - 1o. andar ________________________________ nº. _______ complemento _________ Cidade:_____________ Estado:_____ E-mail:___________________________ Clínica Benatti Grátis: Além da edição impressa que será enviada por correio, o assinante Ginecologia receberá por e-mail 12 edições coloridas em arquivo digital (PDF) Obstetrícia *Disponível para o público em geral e para não sócios da SOBRAMES-SP Preencha este cupom, recorte e envie juntamente com cheque nominal à SOBRAMES-SP para REDAÇÃO Mastologia “O Bandeirante” R. Costa Rego, 29 - V. Guilhermina - CEP 03542-030 - São Paulo - SP Dê uma assinatura de “O BANDEIRANTE” de presente para um colega (11) 2215-2951
  3. 3. SUPLEMENTO LITERÁRIO O BANDEIRANTE - Maio de 2010 3 Os 10 Mandamentos de uma MãeWilma Lucia Ser mãe é padecer no paraíso Ser mãe é se perder e se encontrar É passar das lágrimas ao riso muitas vezes, é sangrar pelos revezes É brincar de ser gente grande . todas as horas, semanas e dias. Ser mãe é no tormento Ser mãe é ser a causa da vida Buscar o alento para enfrentar as batalhas É ser vulnerável e destemida É juntar as tralhas e partir quando preciso. É buscar Deus em cada minuto de seu tempo. Ser mãe é não gritar de medo Ser mãe é estar sempre presente Para mostrar ao filho pequenino Em nossa vida quando se precisa Como enfrentar a vida desde cedo. É ser em nosso caminho preciosa brisa. Ser mãe é fazer de cada queda Ser mãe é ser eco de nossos sonhos Um motivo de orgulho farol de nossos olhos, guia de nossas mentes, É atirar a primeira pedra no escuro. pulsar de nossos corações, pivô de nossas emoções. Ser mãe é se aquietar no silêncio d’alma Ser mãe é transpirar maternidade É manter calma e serenidade É na saudade se fazer plena de vida Ao repreender o filho amado. É ser bendita pelo amor eternamente. O Melhor Combustível...Leopoldo Lopes O melhor combustível para o cérebro é o pó silencioso das madrugadas. Valor agregado é o valor que os agregados do poder nos subtraem e, segundo eles, democraticamente. Lula já entrou para a história e para coroar sua passagem pelo mundo só falta homenagear sua soberba modéstiae entrar para um mausoléu. Toda experiência adquirida em anos não é suficiente, quando dela precisamos para uma simples ereção. Em moleque tive um amigo recém-chegado do interior e que me ensinou a fazer e usar o estilingue. Às tardes sa-íamos em turma, matando os mais variados pássaros, quebrando luminárias públicas e algumas vidraças. Certa tardeo amigo matou um beija-flor e a seguir abriu-lhe o peito a canivete, extraiu o minúsculo coração e o engoliu, segundoele costume de sua terra para jamais perder a pontaria. Carolice ingênua ou pérfida ironia o fato de Amador Aguiar dar a seu conglomerado financeiro Bradesco o nomede Cidade de Deus? (Deus me livre). Parece coisa de criança a briga por energia nuclear à qual falta bom senso. Que todos tenham acesso a ela e façamo uso que quiserem, sendo os primeiros a sofrerem represália se a usarem para a guerra. Simples assim. Tornar a corrupção crime hediondo é promover a mais sofisticada tecnologia em disfarçá-lo. Incentivar a ciênciaé mais uma contribuição dos nossos notáveis dirigentes à felicidade popular. E se eu morresse hoje você choraria muito? Que brincadeira mais idiota, não tem mais o que fazer? Não, é sério, é que eu imagino como você se comportaria. Depois de 30 anos juntos você ainda tem dúvidas? Tenho. Bem choraria muito, muito mesmo, lágrimas de crocodilo. No dia seguinte saio para nunca mais voltar.
  4. 4. 4 O BANDEIRANTE - Maio de 2010 SUPLEMENTO LITERÁRIO Ecologia Hipótese – do Vazio (Cheio) e da PressãoHélio José Déstro “Lei da Natureza”. Cada ação há a reação. “Quando é retirado algo de um local fica o vazio ou é preenchido”. As retiradas em quantidade de petróleo trazem dois problemas cruciais: As gotas que extravasam1 – O óleo nos seus refinos dá a gasolina, o diesel, os graxos e derivados, lançados na atmosfera seus poluentesem forma de cinza, fumaça. A poluição que recobrindo a terra provoca o efeito estufa. As Gotas que Extravasam2 – O petróleo retirado do subsolo, do fundo dos oceanos (deixa um vazio) que é preenchido com água do mar e na (TERRA) deixa o vazio, se houver rio, o vazio é preenchido com a sua água diminuindo a vazão = seca. (deserto) As Gotas tão Perigosas Haverá, pois um desequilíbrio na terra no seu peso em relação a outros planetas, nos OCEANOS causa: os tornados, tsunamis, os deslocamentos de geleiras e das placas intercontinentais. NA TERRA, o vazio. Há diminuição do peso terrestre e o acúmulo de gases na atmosfera fará o giro ao redor do sol em outra latitude e longitude assim... A retirada do petróleo causa O VAZIO que modifica o clima. VAZIO no subsolo e PRESSÃO na atmosfera. As Gotas das QueimadasTambém com os desmatamentos em tempo curto haverá grandes modificações. A queima das florestas e canaviais, provocando a poluição, com a seca os raios atingindo estas regiões, o fogo, incêndios mais poluição.Nos OCEANOS, quedas das geleiras aumentam o volume d´águas que invadirão destruindo as praias e as cidades litorâneas. As Gotas nas Matas Destruídas. Vejam a atual e caótica poluição na China, nos EE. UU e alguns países da Europa. Enfim com quebra da “Lei da Natureza” “Pra cada Acão Há a Reação”. Conclusão da hipótese será O FIM da humanidade. Ecologia Poluição dos Rios - Oceanos e da Estratosfera “Toda pressão exercida dentro de um líquido “Ela se transmite integralmente” “O vazio no mar é preenchido com a água, dos rios há a diminuição da vazão e a seca nas regiões”. A retirada do petróleo na terra deixa o vazio, o desmatamento e o fogo, o efeito estufa. O perigo para as futuras gerações. continua na próxima página
  5. 5. SUPLEMENTO LITERÁRIO O BANDEIRANTE - Maio de 2010 5continuação da página anterior O peso da terra será diferente Causando um desequilíbrio entre os planetas. Conclusão – a gota que extravasa. Pouco a pouco Causara o tudo chegara ao máximo e sem retorno. De gota a gota de poluição haverá A extinção do ser humano. A terra será igual aos outros planetas Marte, Saturno, Urano, etc. Super populações Sem ar, sem alimentos, sem água. Fim da humanidade. O fim – o final – the end. Apocalipse Previsão Preocupação com o futuro. Para nossos netos, bisnetos, tataranetos, etc. Amor EstelarAlcione Alcântara GuimarãesO amor que eu queria Transportou-me para além do pensamento,Dissipou-se num só dia! Na excelsa ALCOVA do FIRMAMENTO.Não era amor, que ironia!Inebriou-me e me iludiu, Diante daquele corpo belo e escultural,Deixando apenas a nostalgia. Das duas silhuetas cônicas frontais, Terminadas e adornadas por dois mamilos sensuais;Mas o que eu pensei ser amor Vislumbro ainda, as curvas da delgada cintura,Era, apenas, um grande desejo, Seguida da belíssima curvatura da massa glútea.Uma atração carnal e fatal!Que inebria e ofusca mente, Era a deusa que eu queria!Sensibilizando e anestesiando o sentimento. A VÊNUS encarnada, para minhas orgias! Entre as deusas do OLIMPO, fui buscá-la,A emoção em tocar seu corpo, Na constelação de ANDRÔMEDA a encontrei,A luxúria de um beijo ardente, Mas, já estava protegida por PERSEU;Naqueles lábios úmidos e quentes, E, assim, o meu grande amor pereceu.
  6. 6. 6 O BANDEIRANTE - Maio de 2010 SUPLEMENTO LITERÁRIO Quem Sou Eu?Walter Whitton Harris Quando nasci, em meados do século XIX, ninguémsabia se sobreviveria. Todavia, fui adotado por reis e rai-nhas, imperadores e outros personagens ilustres e conseguichegar aos dias de hoje. É claro que não sou como antiga-mente, porém mantenho muitas características básicas. Fui objeto de muita discussão, fui fichado e tornei-mevalioso. Mesmo assim, por vezes sou ignorado e até mutilado. Há quem me trate com delicadeza, como se fosse umaflor. Em outras ocasiões, sou tão desprezado que me sinto envergonhado. Já fui motivode roubo, de discórdia e até de morte! Qual é minha cor? Bem, nasci negro, depois fiquei azul. Fico constrangido, porquetambém sou vermelho. Hoje, ainda mantenho essas cores, mas posso me tornar mul-ticolorido também. Creio que ainda não dá para saber a minha identidade. Vou descrever um poucomais a meu respeito. Quem sabe, então, me descubra. Posso ter diversas formas e posso mesmo ser lambido. No entanto, por favor, nãome confunda com sorvete, pois não sou gelado, nem algum doce e, muito menos, pastade dente! Posso ser bonito, muito bonito. Ou então, feio, muito feio! Quem gosta de mim é capaz de passar horas em minha companhia. Há quem fique me olhando durante um tempoquando estou exposto e depois passa adiante para observar meus irmãos. Gostam de me comparar com os outros.Quando muitos de nós somos parecidos, perdemos valor. Mas minha função primordial facilitou muito a vida de quem me cerca. Ainda está difícil adivinhar quem sou? Sou o Selo Postal. Fui inventado por Sir Rowland Hill, na Inglaterra, em 1840. Na primeira vez, apareci como o“Penny Black”, seguido pelo “Penny Blue”. O Brasil me lançou em 1843, com o nome de “Olho-de-Boi”, também na cor preta. Logo, os Correios viram que oscarimbos para chancelar os selos não apareciam direito (pois usava-se tinta preta para isso) e eu era usado novamentepelos mais espertinhos, razão pela qual passei a ser colorido. Com quase 150 anos de vida, tive vários formatos: retangular e quadrado (os mais comuns), triangular, redondo,imitando mapa de países, etc. Posso ter cola nas minhas costas, posso ser autocolante ou não ter cola nenhuma. Já fuiaté perfumado. Houve ocasião que exalava cheiro de fumaça! Sinto-me honrado de ser colecionado. Choro quandosou rasgado junto com o envelope de uma carta, ou então, jogado no lixo, no meio de tantas porcarias! Meu recado: Recorte-me dos envelopes, bem longe das minhas bordas para não me machucar, guarde-me até juntarum montão de meus irmãos e depois nos dê para alguma instituição de caridade. No mínimo, serei alvo de interessepara as crianças. Porém, algumas entidades vão me tratar, tirando-me do papel de envelope depois de me banhar emágua e me secar, para depois, com os outros, vender-me. Assim, posso beneficiar alguns necessitados. Nestas ocasiões,encho-me de orgulho por ser útil outra vez. Portanto, peço caridosamente que, ao receber uma carta, antes de abri-la, olhe o selo. Olhe para mim! Encha osolhos e aprecie as mensagens e imagens que quero transmitir. Doravante, lembre-se deste pequeno texto para nuncamais me ignorar.
  7. 7. SUPLEMENTO LITERÁRIO O BANDEIRANTE - Maio de 2010 7 TempestadeSergio Perazzoserzzo@terra.com.br Uma cortina espessa de chuva esconde o verão. Quase se pode acertar o Dr. Carlos Augusto Galvãorelógio pelo temporal da tarde. Pelo alagamento da rua. Pelas corredeiras da Psiquiatria e Psicoterapiacalçada, levando embora barquinhos de papel. O trânsito já parado parou Rua Maestro Cardim, 517de vez. Os telefones emudeceram. Uma árvore imensa corroída por brigadas Paraíso – Tel: 3541-2593de cupins desabou no bairro. Levou com ela fios e poste. Faltou luz por umpar de horas. PUBLICIDADE É como se desgarrados um do outro (você mora tão longe!), nos tornásse- TABELA DE PREÇOS 2009mos incomunicáveis sem possibilidade de SOS. Como amantes separados à (valor do anúncio por edição) 1 módulo horizontal R$ 30,00revelia no auge de uma guerra, ficando o resto da vida à procura de um rosto. 2 módulos horizontais R$ 60,00De uma mera semelhança . Um andar. Uma mecha de cabelo. Vago modo de 3 módulos horizontais R$ 90,00 2 módulos verticais R$ 60,00inclinar o chapéu ou de assoar o nariz. Somente uma recordação fátua. 4 módulos R$ 120,00 Tudo isso só porque você atrasou mais do que devia. O acaso virou me- 6 módulos R$ 180,00 Outros tamanhos sob consultalodrama que virou tragédia, até me certificar de que nada mudou. Que estátudo bem. Que não precisa chamar os Bombeiros nem a Cruz Vermelha. sobramessaopaulo@gmail.comQue você está aqui bem ao alcance da minha mão náufraga, como sempre.Teimosos e insistentes são os meus fantasmas. Sempre voltam. Como tourosnuma arena espanhola, são espantados pelo seu vestido vermelho, Carmen REVISÃOque você está com esta boca morena, com estes olhos castanhos delineando de textos em geralpaixões e destinos. Que ainda bem que choveu dissipando o calor insuportáveldeste fim de tarde. Tarde de touros, tarde de Carmen, que me envolve em Ligia Pezzuto Especialista em Língua Portuguesacastanholas num lamento flamenco, num insistente sapateado, numa dançaapaixonada que adia para amanhã, com a calmaria, o desabar abrupto de (11) 3864-4494 ou 8546-1725nova tempestade, túnel escuro com um sol radiante esperando do lado defora com os raios abertos. ROBERTO CAETANO MIRAGLIA ADVOGADO - OAB-SP 51.532 ADVOCACIA – ADMINISTRAÇÃO DE BENS Epitáfio Virtual NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS – LOCAÇÃO COMPRA E VENDA DE IMÓVEIS ASSESSORIA E CONSULTORIA JURÍDICAGeovah Paulo da Cruz TELEFONES: (11) 3277-1192 – 3207-9224geovahcruz@uol.com.brDeixo inscrito nesta merecida lousa Terminou deUm epitáfio para minha ex-esposa: escrever seu livro? Então Finalmente, aqui jaz a falecida. publique! Foi pro inferno a desgraçada Morar lá com os demônios seus. Nesta hora importante, não deixe de Devia ter bebido raticida, consultar a RUMO EDITORIAL. Para uma morte mais adequada Publicações com qualidade impecável, dedicação, cuidado artesanal e preço Aos mortais sentimentos meus. justo. Você não tem mais desculpas Morreu de simples morte morrida para deixar seu talento na gaveta. Uma mortezinha de nada, rumoeditorial@uol.com.br Juro pelo capeta e por Deus, (11) 9182-4815 Merecia mesmo é morte matada.
  8. 8. 8 O BANDEIRANTE - Maio de 2010 SUPLEMENTO LITERÁRIO NotíciasNova Associada Temos o prazer de receber a mais nova associada da Sobrames-SP, a Dra.Maria de Fátima Barros CalifeBatista, que é sócia da Sobrames-PE. A confreira Márcia Etelli Coelho lançou o livro Os Apóstolos do Zodíaco, pela Editora Scortecci, naCasa das Rosas, em 25 de maio de 2010. O confrade Nelson Jacintho lançou os livros Pétalas Caídas e As Histórias do Doutor Euzébio, no dia27 de abril, na Livraria Paraler, no Ribeirão Shopping. Todos os sobramistas desejam-lhes muito sucesso!Coletânea da Sobrames São Paulo 2009-2010 José Alberto e o Carlos Galvão serão coordenadores da nossa Coletânea 2009-2010, projeto bienal. Trata-se de um trabalho custeado pelos sobramistas participantes, que poderão colocar na Coletâneaseus trabalhos em prosa ou poesia, com no mínimo três páginas. No próximo boletim, os nossos confrades já informarão os detalhes desta participação.Pizza Literária de Abril Abrilhantada pelos Familiares do Dr. Bernardo de Oliveira Martins O nosso confrade Geovah Paulo da Cruz foi o vencedor do Prêmio no ano de 2009, recebendo o diplomadiretamente das mãos dos familiares do nosso saudoso confrade Dr. Bernardo de Oliveira Martins, o filhoFábio Lavieri Martins e as filhas Léa Martins Nucci e Cleide Lavieri Martins. Na ocasião foi lida a poesiaAs Fotos, escrita pelo Dr. Bernardo, por nossa confreira Ligia Terezinha Pezzuto. Foram momentos muito emocionantes para todos os que participaram da Pizza Literária, elevando cadavez mais o brilho de nossas reuniões.Notícias do Congresso de Ouro Preto O Presidente do XXIII Congresso Nacional da Sobrames em Ouro Preto, Dr. Marco Aurélio Baggio nosinforma que até o momento já há 107 inscrições, com uma produção literária respeitável para os cincoconcursos: 49 trovas 20 textos sobre a História da Medicina 21 artigos sobre Minas do Ouro 29 textos de universitários sobre Guimarães Rosa 210 temas livres. Vamos engrossar mais a delegação de São Paulo para tornar o Congresso mais agradável ainda! Coloqueseu bisturi de lado, compareça, viaje conosco para mais esta aventura!

×