Estratégia

   Prioridade / Perdas              Integração Pilares

     Alto impacto no
     OEE da Fábrica




Metodolog...
Ferramenta Utilizada

                                                        História QC
                                ...
Time de Trabalho

 Líder                       Integrantes




Marcos. C.   Marquinhos   Romualdo    Damazio   Fabiano



...
Coleta de Dados Jan/Jul 2007
                                          Falta de pó
                                       ...
Coleta de Dados Jan/Jul 2007


                       0,42%       BC 604       2955                                      2...
Coleta de dados/ estratificação



               7
                         6
               6

               5         ...
Razão da Escolha


TEMA:
ELIMINAÇÃO DE QUEBRAS NA BOMBA DE
ALTA PRESSÃO (P-445 A)


JUSTIFICATIVA:
ELIMINAR A MAIOR QUEBRA...
Conhecimento do processo e equipamento
Reservatório de óleo

                    Óleo Lubrax EGF-220 PS
                      ( É um óleo mineral de
            ...
Conhecimento do processo e equipamento
Identificação do fenômeno

                                    5W 2H
Problema: Quebras na Bomba de alta pressão
   O QUÊ (...
Objetivo e Meta


               7
                         6
               6




                                       ...
Plano de Trabalho do Time/2007
Análise do problema
                         Diagrama de Causa e Efeito (4M´s)
                       Método              ...
Análise do problema

                             Antes




- Alta concentração de partículas metálicas devido a corrosão
...
Análise do problema


                Metais e Contaminantes
                                                   ISO 4406
 ...
Análise do problema

Condição normal: O óleo entra na câmara deslocando o êmbolo, vencendo a
resistência da mola, saindo c...
Análise do problema

Onde ocorria o fenômeno




          Mola   Êmbolo    Câmaras
Análise do problema
Análise do problema
  Vídeo demonstrativo
Plano de Ação




                                                    30/11/2007




Classificação das causa raízes (5 cau...
Implementar contramedidas
Implementar contramedidas
Checar resultados
                              Coleta de Dados Jan/Set 2009

                                       Tempo...
Checar resultados
        Coleta de Dados Jan/Set 2009


                           0,19      HV 5037         930
        ...
Checar resultados
                 Coleta de Dados Jan/Set 2009
                                          Falta de pó
    ...
Checar resultados
Coleta de Dados Jan/Set 2009

              Depois




  - Baixa concentração de partículas metálicas
  ...
Checar resultados
              Coleta de Dados Jan/Set 2009

                       Metais e Contaminantes               ...
Checar resultados
                Coleta de Dados Jan/Set 2009




Laudo de análise de lubrificante
         TAG: P-445 A
Checar resultados
                 Coleta de Dados Jan/Set 2009

Análise de viscosidade de 40ºC encontrou seguinte valor 2...
Benefícios
                tangíveis                          intangíveis
•Redução do custo de manutenção
15,038.00 € para...
Padronização
Padronização
Próximos passos


   Replicação das melhorias para as demais bombas de
alta pressão da fábrica;
 Replicação do trabalho pa...
Próximos passos


                  P445B




                   P1447B




        P1447A
Proposta de melhorias de vedações de óleo e água

      SITUAÇÃO ATUAL                                        SITUAÇÃO PRO...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

WCM 2009-TT12 Unilever-Implementação de Melhorias na Bomba de Alta do Slurry

1,221

Published on

Este trabalho foi apresentado no Congresso WCM 2009 realizado no Instituto de Engenharia de S. Paulo. A Unilever apresenta a Implementação de Melhorias na Bomba de Alta do Slurry no Trabalho do Time de Melhoria TPM.

Published in: Technology, Business
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,221
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

WCM 2009-TT12 Unilever-Implementação de Melhorias na Bomba de Alta do Slurry

  1. 1. Estratégia Prioridade / Perdas Integração Pilares Alto impacto no OEE da Fábrica Metodologia / Ferramentas QC Story - 5 porquês - Ishikawa
  2. 2. Ferramenta Utilizada História QC 6. Preparar Plano 8. Proposta 10. Checar resultados 4. Entendimento de Contramedida Membros da da situação atual Lista de ações Resultados Equipe C detalhadas para C executar a história QC Plano de desenv. para implementação Parada Estratificação 100% C (quem, que, como, “O”(Zero) 1.Identificação de e quando) Impacto das perdas Perdas 7.Análise do Who Action 1 When Problema Action 2 P Action 3 45 30 20 Identificação dos 30 20 05 C 05 Fenômenos Aplicação de ferramentas Benefícios (5W+1H) & OPL 5 Why´s 9. Implementar Contramedidas Do Tangíveis: 2. Selecionar -Oportunidades / Real -Intangíveis Tema e 5. Estabelecer Justificativa Objetivos C Antes (e.g.: OPL) Depois (e.g.: OPL) 11. Padronização (e.g.: Padrão Provisório, Informação MP, etc) Meta 3. Conhecimento A do Processo 12. Planos Futuros e Equipamento Causa Raiz Controle Visual P Princípio do Mecanismo C C A Do 0
  3. 3. Time de Trabalho Líder Integrantes Marcos. C. Marquinhos Romualdo Damazio Fabiano Daniel JR. Vanderlei Diogo Márcio André C. Wilrobson Sérgio Gersinho
  4. 4. Coleta de Dados Jan/Jul 2007 Falta de pó na M.F.E •Logística 6,85% 2, 88% 24,0% •Chokotei 3,11% •Quebra GAP •Quebra 2,99% •Chokotei 1,26% •Defeito e Retr. 2,93% 6,85 % •Med. Ajuste 2,55 % 1,06% •Velocidade •troca 1,80 % 76,0% •Ferramenta Corte 1,44 % •Med. Ajuste 0,65% •Gerenciamento 0,66 % •Organização 0,42 % •Gerenciamento 0,61% •Velocidade 0,04 % •Mob. Operacional 0,23% •Início 0,04 % •Def. Retrab. 0,15% •Mob. Operacional 0,0 % 0,02% •Org. Linha OEE / Gap Perda Logística Perdas Processo 1 s
  5. 5. Coleta de Dados Jan/Jul 2007 0,42% BC 604 2955 2.955 3.000 2.800 3 Maiores 2.600 SC 1489 0,28% 1987 2.400 2.200 2.000 1987 1.800 0,16% 1115 Min. 1.600 P 445A 1.400 1115 1.200 1.000 800 600 400 200 0 Bc-604 SC-1489 P-445 A 2,88% 7 Outros 6 2,02% 14265 5 4 4 Nº 3 3 2 2 1 1 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO P 445A 1 1 1 4 0 2 3 BC-604 1 0 1 0 0 0 0 SC-1489 0 1 0 0 0 0 0 Quebra Estratificação Quebra Tempo em Min.
  6. 6. Coleta de dados/ estratificação 7 6 6 5 Ações corretivas Nº de quebra 4 Case andamento 3 2 2 2 1 1 1 0 Desarm e da Troca de Desarm e no CCM Quebra do Troca da gaxeta Bom binha oléo esféra/sedes parafuso
  7. 7. Razão da Escolha TEMA: ELIMINAÇÃO DE QUEBRAS NA BOMBA DE ALTA PRESSÃO (P-445 A) JUSTIFICATIVA: ELIMINAR A MAIOR QUEBRA REPETITIVA DO PROCESSO DE JANEIRO Á JULHO 2007.
  8. 8. Conhecimento do processo e equipamento
  9. 9. Reservatório de óleo Óleo Lubrax EGF-220 PS ( É um óleo mineral de petróleo tipo parafinico com a viscosidade de 233 cSt a 40ºC ) Girabrequim Manômetro Faixa de trabalho 2 á 4kgf/cm² Conhecimento do processo e equipamento BOMBINHA DE ÓLEO Pistão Nº 03 Pistão Nº 01 Pistão Nº 02
  10. 10. Conhecimento do processo e equipamento
  11. 11. Identificação do fenômeno 5W 2H Problema: Quebras na Bomba de alta pressão O QUÊ (What) Desarme ONDE (Where) Na bomba de alta pressão QUANDO (When) No processo de bombeamento QUEM (Who) Independe de habilidade QUAL (Wich) Pressão abaixo de 2 kgf/cm², aleatória COMO (How) Devido ao travamento dos êmbolos de ajuste de pressão da bomba de óleo QUANTO (How much) Gerando perda de 340 ton de pó final Como +O quê +Onde+Quando+Qual+Quem+Quanto = Fenômeno Fenômeno Devido ao travamento dos êmbolos de ajuste de pressão da bomba de óleo ocorreu desarme da bomba de alta pressão, durante o processo de bombeamento, por pressão abaixo de 2kgf/cm², aleatória, independente de habilidade, gerando perda de 340 ton de pó final.
  12. 12. Objetivo e Meta 7 6 6 MELHOR 5 Nº de quebra M Jan a Jul 4 eta 3 2 1 0 0 Desarme da Bombinha oléo
  13. 13. Plano de Trabalho do Time/2007
  14. 14. Análise do problema Diagrama de Causa e Efeito (4M´s) Método Máquina 5- Vedação da caixa de óleo 6- Bomba de óleo danificada 3 - Falta PMP na bomba de óleo - Falta Procedimento de - Filtro de ar da caixa de óleo Drenagem e limpeza da caixa danificado de óleo - Tampa da caixa de óleo 4 - Falta Procedimento de manutenção e regulagem da danificada pressão da bomba de óleo - Corrosão da estrutura interna da bomba - Falta Definição de Variação de parâmetros de nível de óleo - Desgaste excessivo dos componentes da bomba de óleo pressão no sistema - Falta de calibração do pressostato de lubrificação gerando desarme 8- Falta de conhecimento do 7 - Especificação do óleo operador/manutentor do da bomba de alta princípio de funcionamento de - Especificação da tubulação pressão manutenção e regulagem do circuito de óleo - Perda das características do óleo Legenda - Contaminação do óleo 1 com partículas Ações metálicas e água Análise Mão Obra Material
  15. 15. Análise do problema Antes - Alta concentração de partículas metálicas devido a corrosão - Início de desgaste severo. - Alta concentração de contaminantes. - Alta incidência de Água (acima de 400 ppm)
  16. 16. Análise do problema Metais e Contaminantes ISO 4406 (International Standards 6 Organization) 5 5 5 4 4 4 3 2 1 0 jan/07 jun/07 Contaminantes 5 4 Metais 4 5
  17. 17. Análise do problema Condição normal: O óleo entra na câmara deslocando o êmbolo, vencendo a resistência da mola, saindo com a pressão de ajuste (2 á 4Kgf/cm²) na saída da bombinha de óleo. Parafuso de mola Êmbolo ajuste de Câmara Entrada do óleo pressão Saída do óleo
  18. 18. Análise do problema Onde ocorria o fenômeno Mola Êmbolo Câmaras
  19. 19. Análise do problema
  20. 20. Análise do problema Vídeo demonstrativo
  21. 21. Plano de Ação 30/11/2007 Classificação das causa raízes (5 causas básicas) Condições básicas; Operação fora de especificação; Deterioração natural; Ponto fraco de projeto; Falta capacitação
  22. 22. Implementar contramedidas
  23. 23. Implementar contramedidas
  24. 24. Checar resultados Coleta de Dados Jan/Set 2009 Tempo de Perda P 445A 2100 1800 Zero quebra Min. 1500 1200 1115 20 meses 900 600 300 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 jan/ jan/ fev/ mar abr/ mai jun/ jul/ ago set/ no v dez/ jan/ fev/ mar abr/ mai jun/ jul/ ago set/ jul/ 08 08 /08 08 /08 08 08 /08 08 /08 08 09 09 /09 09 /09 09 09 /09 09 07 P 445A 111 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 BC-604 268 SC-1489 218 13 12 N°de Quebras P 445A 12 11 Zero quebra 10 9 8 20 meses Nº 7 6 5 4 3 2 2 1 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 jan/ jan/ fev/ mar abr/ mai jun/ jul/ ago set/ no v dez/ jan/ fev/ mar abr/ mai jun/ jul/ ago set/ jul/ 08 08 /08 08 /08 08 08 /08 08 /08 08 09 09 /09 09 /09 09 09 /09 09 07 P 445A 12 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 BC-604 2 SC-1489 1
  25. 25. Checar resultados Coleta de Dados Jan/Set 2009 0,19 HV 5037 930 3 Maiores 0,16 BC-421 805 FV-4047 590 0,12 1,26 Outros 0,79 4015 Quebra Estratificação Quebra Tempo em Min.
  26. 26. Checar resultados Coleta de Dados Jan/Set 2009 Falta de pó na M.F.E •Logística 5,96% •Med. Ajuste 1,71% 20,45% •Def. retrabalhos 2,90% •Chokotei 2,68% •Chokotei 1,30% •Quebra 2,26% 5,96 % •Med. Ajuste 2,11% •Quebra 1,26% •troca 1,80% 79,55% •Ferramenta Corte 1,06% •Gerenciamento 0,61% 0,65% •Início 0,63 % •Organização 0,34 % •Velocidade 0,35% •Gerenciamento 0,20% •Mob. Operacional 0,17% •Velocidade 0,09% •Def. Retrab. 0,14% •Mob. Operacional 0,01% •Org. Linha 0,01% OEE / Gap Perda Logística Perdas Processo 1 s
  27. 27. Checar resultados Coleta de Dados Jan/Set 2009 Depois - Baixa concentração de partículas metálicas - Ausência de desgaste severo - Baixa concentração de contaminates (abaixo de 400 ppm)
  28. 28. Checar resultados Coleta de Dados Jan/Set 2009 Metais e Contaminantes 19 meses sem trocar óleo 6 5 5 5 4 4 4 4 3 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 1 0 jan/ jun/ out/ fev/ mai jul/ set/ out/ nov dez/ jan/ fev/ mar abr/ mai jun/ jul/ ago/ set/ 07 07 07 08 /08 08 08 08 /08 08 09 09 /09 09 /09 09 09 09 09 Contaminantes 5 4 4 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 Metais 4 5 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2
  29. 29. Checar resultados Coleta de Dados Jan/Set 2009 Laudo de análise de lubrificante TAG: P-445 A
  30. 30. Checar resultados Coleta de Dados Jan/Set 2009 Análise de viscosidade de 40ºC encontrou seguinte valor 231 cST; Valor Petrobras para oléo EGF 220 PS é de 233cST.
  31. 31. Benefícios tangíveis intangíveis •Redução do custo de manutenção 15,038.00 € para 2,256.00 € no 1º •Satisfação da MA/ MP; semestre de 2008 •Maior integração de MA/ MP/ •Eliminação da quebra (20 meses fornecedor; sem quebra); •Maior conhecimento da MA. •Aumento da vida útil dos componentes; •Aumento da disponibilidade de tempo de MA/ MP (10 horas de trabalhos/ por mês); •Treinamentos de MA; •Padronização da MA/MP através dos procedimentos criados. •19 meses sem trocar o óleo (140 Litros x 4 bombas = total 540 litros).
  32. 32. Padronização
  33. 33. Padronização
  34. 34. Próximos passos Replicação das melhorias para as demais bombas de alta pressão da fábrica; Replicação do trabalho para os demais sites da Unilever RVS (Chile, Argentina, El Salvador e Bolívia) Atuar no 2º ciclo ( Sede/esferas) para redução de custo. Melhoria no sistema de vedação de óleo e água.
  35. 35. Próximos passos P445B P1447B P1447A
  36. 36. Proposta de melhorias de vedações de óleo e água SITUAÇÃO ATUAL SITUAÇÃO PROPOSTA Vedação de óleo com vida útil baixa ( 6 meses) Vedação de óleo com vida útil 1ano Fonte de sujeira, com alta geração de efluentes Eliminar fonte de sujeira e alta geração de efluentes Consumo de óleo na Torre II (200l/ 4m) Eliminar consumo de óleo na Torre II Alto n°de h/h por manutenção (16h/ bomba) = Reduzir n°de h/h por manutenção (16h/ bomba) = 48 h /h ano 256h/h ano Reduzir consumo excessivo de água nos pistões Consumo excessivo de água nos pistões Vedação de água Vedação nova de óleo Vedação de óleo antiga

×