3    editorialOrganizações emconstante reinvenção  Mudanças não demoram mais décadas para acontecer. Elas são ins-tantânea...
sumário                                                                                                                   ...
rápidas                                                                                                                   ...
bússola                                                                                                   8   9           ...
bússola                                                                                                                   ...
tendências               12   13                     Desafio emergenteshutterstock                     Os chamados mercado...
tendências                                                                                                                ...
capa                                                                                               16   17                ...
capa                                                                                                                      ...
capa                                                         20   21                 O trabalho colaborativo e a criação  ...
pingue-pongue                                                                             22   23                         ...
pingue-pongue                 24   25                       SAP Spectrum: Desde sua fundação, a Duas Rodas sempre         ...
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Sap Spectrum
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Sap Spectrum

1,861 views
1,718 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,861
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
13
Actions
Shares
0
Downloads
31
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sap Spectrum

  1. 1. 3 editorialOrganizações emconstante reinvenção Mudanças não demoram mais décadas para acontecer. Elas são ins-tantâneas e, com freqüência, inesperadas. Essa realidade, assustadoraa princípio, torna-se interessante se for encarada como uma oportuni-dade de crescimento contínuo. Uma oportunidade de exercermos nossacriatividade e desenvolvermos inovações a partir do que já conhecemos. Um dos temas desta edição da Spectrum, o SAP Forum apresen-ta formas inovadoras de atuação que geram resultados. Com o tema“Reinvente seu negócio. Crie seu futuro”, o fórum demonstra comcasos reais que ter flexibilidade para mudar, assim como capacidadede manter o equilíbrio e não se deixar levar apenas pelos ventos domercado, são competências-chave para criar um futuro promissor emcenários turbulentos. Hoje a transformação empresarial é feita com evoluções tecnológicas,institucionais e estruturais, além de profundas mudanças no modelode negócios e nos processos produtivos e de gestão. A relevância daSAP está em contribuir para que cada cliente se torne uma organiza- arquivo sapção melhor administrada. Promovemos transformações que trazemganhos na qualidade da gestão, no nível de colaboração, na velocidade dasdecisões, na simplificação de processos e na capacidade de adaptação. Quem se prepara para o futuro antecipa as mudanças necessáriaspara essa reinvenção. E cria novas possibilidades para o crescimento. Ao reinventar nosso negócio e a maneira como Luís César Verdi trabalhamos, estamos nos Presidente da SAP Brasil preparando para crescer
  2. 2. sumário 4 5 expediente SAP BRASIL Luís César Verdi presidente conselho editorial Alberto Oppenheimer, André Petroucic, shutterstock shutterstock shutterstock Cristiana Brito, Debora Strum, Diogo Brunacci, 12 16 26 Gustavo Amorim, Humberto Vieites, Luciana Coen e Silmar El-Beck coordenação sap Cristiana Brito, Debora Strum e Luciana Coen sapbrasilcomunica@sap.com realização TV1 Conteúdo jornalista responsável Sergio Motta Mello – Mtb 10.742-SP diretor RÁPIDAS empreendedorismo CASO EMBRACO Ernesto Bernardes 6 Desafios e oportunidades 26 Pitada de inovação 46 Padrão global Gerente de clientes e projetos Carolina Longo Soluções para o varejo, monitoramento e gerenciamento preciso estar preparado para acompanhar o ritmo de É Especializada em soluções para refrigeração e líder gerente de projeto das emissões de carbono e certificado verde para o SAP informações do mundo atual. Veja como a Fogo de Chão mundial nesse segmento, a Embraco equaliza e consolida Juliana Satto Labs em São Leopoldo aliou a tradição da marca à inovação nos processos resultados de suas cinco unidades com o SAP System Edição Daniele Aronque Landscape Optimization Texto BÚSSOLA caso brasken Alice Sosnowski, Fernanda Ângelo, João Paulo 30 Eficiência e menos riscos Nucci e Mila Vanícola 8 Mudança permanente CASO GOMES DA COSTA 50 Planejar é preciso Revisão mundo exige formas cada vez mais inovadoras de atuação. O Com 35 unidades industriais no Brasil, nos Estados Unidos Diogo Kaupatez, Fernando C. Rovéri O consultor José Cláudio Terra fala sobre como trabalhar e na Alemanha, a Brasken centraliza seus processos e mais de 50 anos no mercado, a Gomes da Costa Há direção de Arte Renato Leal nesse novo cenário de forma competente e produtiva melhora a operação com a ajuda das soluções SAP lidera vendas de pescados enlatados no Brasil e na EDIção de Arte América Latina e aposta no SAP Business Planning and Thais Bellini TENDÊNCIAS CASO SAMARCO Consolidation (BPC) para agilizar o planejamento Arte 12 Desafio emergente 34 Maior assertividade operacional Adriano Moreno Barbosa, Andrea Chang, Camila Dylis Silickas e Irene Lafetá Sesana chamados mercados emergentes ganham importância Os Segunda maior exportadora de pelotas de minério de ferro RESPONSABILIDADE SOCIAL Tratamento de imagens 54 Comprometimento e transparência Eduardo Jordão nas estratégias corporativas e, mais que atenção, exigem do mundo, a Samarco automatiza os processos e torna produção novos modelos de negócio de quem quer ter sucesso operações mais seguras com o SAP Industry Solution Mining história da SAP se mescla com o desenvolvimento e a A Claudia Cardos, Fabiana Baioni e Ricardo Nascimento inovação de muitas empresas e tem papel fundamental SAP Spectrum é uma publicação trimestral, CAPA CASO QUERO ALIMENTOS / HEINZ no crescimento de diversos setores da economia distribuída para clientes e parceiros da SAP Brasil. 16 Mudar para prosperar 38 Crescimento com tempero Tiragem: 18 mil exemplares http://www.sap.com.br novas tecnologias colocaram à prova modelos de As investir em uma melhor capacidade de processamento, Ao Entrevista Nenhuma informação poderá ser reproduzida, 56 Inovação no DNA arquivada, transmitida ou incorporada ao sistema negócios estabelecidos há décadas; adequar o negócio a Quero Alimentos escolheu o SAP Business All-in-One de busca de qualquer espécie sem o prévio imagem da capa: shutterstock consentimento por escrito da SAP Brasil. A SAP aos novos tempos é a chave da sobrevivência para acompanhar seu momento de expansão Robert Enslin, presidente de vendas globais da SAP AG Brasil não se responsabiliza, direta ou indiretamente, pelos dados fornecidos pelas fontes consultadas. e presidente da SAP North America, fala sobre como Os nomes dos produtos das companhias e dos produtos mencionados são marcas registradas PINGUE-PONGUE CASO PARANAPANEMA a empresa enxerga o futuro e quais as novas das respectivas empresas. 22 O sabor do crescimento 42 Em busca de perfeição oportunidades e soluções em seu portfólio ©2012 SAP Brasil Todos os direitos reservados Nesta entrevista, Leonardo Zipf, presidente da Duas Maior produtora de cobre refinado e segunda maior Rodas, fala sobre a história de inovação da empresa e produtora de semielaborados de cobre, a Paranapanema conta como a SAP ajuda na sua reinvenção e crescimento aperfeiçoa a gestão do negócio com o uso do SAP ERP
  3. 3. rápidas 6 7 Pão de Açúcar Transformando desafios adota SAP Carbon em oportunidades Impact O Grupo Pão de Açúcar assinou com a SAP um A partir de diversas análises e do desenvolvimento manipular grandes volumes de informação, resultantes contrato de licenciamento da solução SAP Carbon de projetos focados no setor de varejo, a SAP oferece da enorme quantidade de transações realizadas, Impact, que será utilizada para monitorar e gerenciar soluções que transformam os atuais desafios do e por ter de tomar decisões rapidamente. Por isso as emissões de carbono, permitindo o controle loja mercado em oportunidades. Além disso, contribuem entendemos que nosso compromisso com a inovação a loja. O uso do aplicativo vai possibilitar que o grupo arquivo sap para a rentabilidade das empresas ao trazer a em tecnologias importantes, como a computação passe a ter uma gestão mais efetiva de suas emissões oportunidade de compreender melhor os consumidores, em memória por meio da plataforma SAP HANA ou de carbono, ampliando o controle e a qualidade dos os indicadores de negócios e a eficiência operacional da mobilidade, pode se transformar em diferenciais dados lançados em relatórios ambientais. para assegurar o lucro e capacidade de adaptação para para aumentar a rentabilidade e ter um melhor “Este controle vai nos permitir, por exemplo, prover as capitalizar as melhores oportunidades de crescimento. posicionamento competitivo”, afirma o gerente SAP Labs Latin informações necessárias para obter o reconhecimento “As empresas do setor são caracterizadas por de soluções para o varejo, Elia Chatah. America recebe de sustentabilidade da Bovespa, que é um dos desafios que temos na área de sustentabilidade”, certificado verde diz Hugo Bethlem, vice-presidente do Grupo Pão de Açúcar. Todos os anos, a Bolsa de Valores de São Módulos SAP para Retail Embora já fosse desde a sua concepção uma instalação Paulo, onde o grupo está listado desde 1995, convida verde reconhecida pelo US Green Building Council, as 50 empresas com maior liquidez a participar dos SAP Forecasting and Replenishment: solução pré-configurada que o prédio agora recebe da organização o certificado índices iCO2 (Índice Carbono Eficiente) e ISE (Índice permite definir os processos de negócios para melhorar a eficiência que comprova os resultados, a manutenção e o de Sustentabilidade Ambiental). da operação e a distribuição no varejo. cumprimento das características sustentáveis ao longo Antes da adoção do SAP Carbon Impact, o de dois anos. A Certificação LEED Gold só é concedida levantamento destas informações era feito por SAP Price Optimization: ajuda a compreender as demandas do mercado a instalações registradas pelo US Green Building uma consultoria externa e, como o inventário era para desenvolver e implementar estratégias de preços que as atendam Council após a submissão de todos os resultados gerenciado por terceiros, havia pouca abertura e que ao mesmo tempo aumentem a rentabilidade dos negócios. que comprovam a eficiência energética do prédio em para que a companhia fizesse uma gestão efetiva operação, como por exemplo: em um ano de uso, sobre o tema. “Com a solução teremos não apenas SAP Markdown Optimization: faz simulações de diferentes cenários redução de 9,5% no consumo de energia, justamente o inventário, mas uma ferramenta robusta para a de negócio a partir de modelos inovadores e avançados de projeções para atestar os resultados esperados e que continuam gestão do tema”, ressalta Bethlem. para determinar os melhores descontos, a programação mais eficaz seguindo os padrões globais de sustentabilidade. O gerente de soluções sustentáveis da SAP Brasil, e os melhores canais de vendas. O SAP Labs Latin America é o primeiro dos 15 Silvio Sherveninas, lembra que o SAP Carbon Impact laboratórios da SAP a receber a certificação e vai atender não apenas as atuais necessidades do SAP Merchandise and Assortment Planning: permite alcançar a segunda instalação da SAP em todo o mundo Pão de Açúcar, mas também as futuras. Além da um equilíbrio entre o que é oferecido e o que se compra e chegar construída de acordo com os padrões determinados gestão no nível do grupo, a solução permitirá também a uma composição apropriada de produtos em cada local. pelo Conselho (a primeira é o Campus Newton que ela seja feita bandeira a Square, nos Estados Unidos). “Esse reconhecimento bandeira e loja a loja. SAP Marketing Promotions: solução que ajuda a direcionar os investimentos é uma conquista muito importante para a SAP, pois “O projeto teve início em e os esforços para o cliente-alvo desejado, além de avaliar os resultados representa o compromisso da organização com a setembro e a solução para repetir experiências bem sucedidas e evitar aquelas que não produziram sustentabilidade para ajudar o mundo a funcionar deve entrar em bons resultados. melhor”, diz Clas Neumann, vice-presidente sênior e operação no início de global head do SAP Labs Network. 2012”, explica.
  4. 4. bússola 8 9 flexibilidade :: Nas rodas gerenciais, existe a ideia Especialista em inovação e referência ram compradas ou saíram do mercado. difundida de que a missão da empre- brasileira na área de Gestão do Conhe- Isso é mais evidente em setores de alta 30º sa é o maior valor que ela pode gerar, cimento, Terra é professor da Funda- tecnologia e também intensivos em independentemente dos produtos ou ção Instituto de Administração (FIA) conhecimento. Nos mais tradicionais, serviços que comercializa. Empresas e autor de dez livros sobre gestão em- as mudanças são mais lentas – mas vencedoras sabem usar essa máxi- presarial. Atende empresas como Pe- ocorrem mesmo assim. A gestão da ma e são capazes de reinventar seus trobras, Vale, Gerdau, HSBC e Natura mudança assume importância estra- negócios e estratégias para se adap- em temas estratégicos, com o objetivo tégica para os negócios na medida em tarem aos desafios que emergem do de garantir a competitividade e a lon- que mais setores mudam com mais ambiente competitivo. gevidade das organizações. frequência. Mas, para implantá-la com Em um mundo que exige formas competência, é necessário alinhar a inovadoras de atuação para atingir SAP Spectrum: O que é gestão da mu- organização para que ela caminhe na cada vez mais e melhores resultados, dança e qual a sua importância para mesma direção. A essência da ges- a mudança é uma constante que pre- o mundo dos negócios? tão da mudança é saber para onde a equilíbrio cisa ser compreendida e praticada. Ter flexibilidade para mudar é uma com- José Cláudio Terra: A gestão da mu- dança – assim como a gestão do co- empresa vai. De preferência, ditando regras e padrões de mercado e sendoshutterstock petência-chave, assim como a capaci- nhecimento, da qualidade e da susten- o proponente das transformações que dade de manter o equilíbrio e não se tabilidade – é um processo de apoio acontecerão no futuro. deixar levar pelos ventos do mercado. aos negócios. Mudar é uma necessi- Na entrevista a seguir, o consultor dade porque a esfera competitiva está SAP Spectrum: Na prática, como se A mudança José Cláudio Terra, sócio-fundador da em constante transformação. Mudam faz a gestão da mudança em uma consultoria TerraForum, explica como os players do mercado, as tecnologias, organização? as empresas podem gerir a mudan- a propriedade intelectual, o sistema José Cláudio Terra: A gestão de mu- ça de forma competente e produtiva. regulatório, o câmbio, a oferta de mão dança não é algo rotineiro. Ela está de obra e de recursos naturais. Ter atrelada a projetos, que podem ser de é permanente uma empresa que sabe responder a software, mudança organizacional ou essas transformações é condição para modelo de negócios. Ela é uma técni- sobreviver no mundo competitivo. Atu- ca utilizada para atingir objetivos es- Mudar é uma almente, os ciclos de mudança são pecíficos e, como tal, possui métodos Internalizar os conceitos e as ferramentas necessárias para lidar com as necessidade porque cada vez menores. Negócios bem es- tabelecidos hoje podem, daqui a três e ferramentas. Trabalhar a comuni- cação, a capacitação dos colaborado- constantes transformações nos negócios é essencial para as empresas a esfera competitiva anos, estar em outro patamar. Temos res, alinhar os stakeholders e ter um na busca pela competitividade está em constante muitos exemplos de empresas que anos atrás estavam no topo, valiam processo de feedback são alguns de- les. Se a empresa quer mudar alguma transformação bilhões e, depois de algum tempo, fo- coisa, seja operacional ou estratégica,
  5. 5. bússola 10 11 O essencial da mudança é o comportamento das pessoas. Se pensarmos no mundo dos É importante trabalhar negócios hoje, o gargalo para que a empresa seja não é dinheiro. Boa parte das flexível, aberta e antenada mudanças se refere a habilidades com o ambiente e comportamentos é importante ter marcos para avaliar a habilidades e comportamentos. Por- as coisas acontecem de forma natural SAP Spectrum: É possível aplicar a no mercado. Isso muda o tempo todo forma permanente e constante. E isso seu progresso e mecanismos de acom- tanto, o fator-chave são as pessoas. – até o ponto em que é exigido um enor- gestão da mudança em áreas mais e é um rico potencial de aprendizado impacta diretamente na capacidade de panhamento para medir o ponto em Elas precisam estar prontas para re- me esforço para mudar muito pouco. rígidas, como planejamento orçamen- para os gestores. inovação das empresas brasileiras. que está e aonde quer chegar. Tudo alizar a mudança. Isso tem a ver com É quando chega o momento de avaliar tário e gestão de pessoas? precisa ser medido para que a mu- a forma de trabalhar o conhecimen- a relação custo/benefício e parar no José Cláudio Terra: Existem áreas SAP Spectrum: As empresas brasi- Cláudio Terra é autor de dez livros e dança saia da teoria e entre na prática. to e a velocidade de aprendizado para que é “bom o suficiente”. Por exemplo: dentro das empresas que precisam leiras estão preparadas para a ges- reconhecido especialista nos temas Gestão Outro ponto importante é que as em- aplicar as mudanças concretamente. os funcionários de uma organização pre- seguir um conjunto de regras que são tão da mudança? de Inovação, Gestão do Conhecimento, presas tenham alavancas de mudança, Se uma empresa planeja entrar em no- cisam ser treinados em determinado sof- dadas pelo mercado e pela legislação. José Cláudio Terra: De forma geral, Portais Corporativos e Redes Sociais. que podem ser benefícios para quem vos mercados, por exemplo, precisa ter tware de RH. Até quando o treinamento é Não tem como fugir. São atividades a economia brasileira é baseada em Presidente da TerraForum, Cláudio já atuou topa o desafio ou até punições para gente preparada para atuar nesse pro- necessário? A empresa precisa ter um extremamente rotineiras, como impu- produtos naturais e agrícolas, e os como consultor da United Nations Industrial quem não aceita a mudança. Existem jeto, pessoas que entendem a cultura grau de entendimento sobre o assunto tar dados e gerar relatórios, que aca- setores de maior margem são os de Development Organization (UNIDO) e em pessoas que saem da empresa porque de negócios, o idioma e os segmentos e alinhar suas práticas, mas ter supe- bam sendo terceirizadas – o chamado commodities. O país tem pouco de- funções gerenciais e executivas em grandes não aderem ao novo código de valores do mercado local. Podemos dizer que a respecialistas custa caro e, às vezes, é Business Process Outsourcing (BPO). senvolvimento tecnológico. Nesse ce- empresas de e-business e mídia, como e não querem se adequar a uma nova gestão da mudança envolve essencial- desnecessário. Nesse momento, vale a Mas mesmo a automatização dessas nário, é difícil falar que o Brasil é um Organic, Rogers, Globocabo e Editora estrutura organizacional. mente pessoas capacitadas. pena pensar se o nível atingido está bom atividades pode ser melhorada. É só país de vanguarda em gestão. Tiran- Abril. Além disso, é doutor em Engenharia o suficiente. A diferença entre esse pon- observar como era feita uma folha de do algumas exceções – como Natura, de Produção pela Poli/USP, mestre em SAP Spectrum: Quais são as compe- SAP Spectrum: A mudança nas orga- to e o ideal varia de caso a caso, depen- pagamento há dez anos. Antes, era Embraco, Gerdau e WEG –, estamos Administração pela FEA/USP, bacharel em tências necessárias para os gestores nizações precisa ser permanente ou é dendo do setor, da empresa, do projeto, contracheque. Hoje, é depósito ban- longe das empresas mais inovadoras Economia pela FEA/USP e engenheiro de e para uma organização adotarem a um processo pontual? das condições internas e externas. Na cário. Então, é possível fazer melhor do mundo. O que temos é capacidade produção pela Poli/USP gestão da mudança em suas estraté- José Cláudio Terra: A mudança é verdade, o que é permanente é o fato de com atividades rotineiras. Além disso, de adaptação à legislação, ao câmbio, gias de negócios? sempre uma meta inalcançável. Se a que as organizações terão de encarar a a maneira como se faz a análise dos às novas estruturas de trabalho. Nis- José Cláudio Terra: O essencial da mu- empresa quer ser inovadora, qual o li- mudança. Por isso, é importante traba- dados e o processo decisório é sem- so, o Brasil está bem preparado e tem dança é o comportamento das pessoas. mite para isso? Não existe. Por isso, lhar para que a empresa seja flexível, pre estratégico. As empresas podem bastante flexibilidade. Mas o país tem Se pensarmos no mundo dos negócios a mudança completa é utópica. No iní- aberta e antenada com o ambiente, e que reter a inteligência desses processos pouca estrutura para gerar proprieda- hoje, o gargalo não é dinheiro, tam- cio, é muito difícil implantar um pro- as pessoas tenham rápida capacidade de para entender a rotatividade de pes- de intelectual com alto valor agrega- pouco a questão física. Boa parte das cesso de mudança, mas, após algum aprendizado e estejam preparadas para soal, o tipo de profissionais que preci- do. Ainda são poucas as empresas que mudanças nas organizações se refere tempo, a empresa ganha velocidade e se relacionar, colaborar e mudar. sa contratar e a evolução dos salários se ocupam de gestão da mudança de Pad: acesse este conteúdo também no iPad i
  6. 6. tendências 12 13 Desafio emergenteshutterstock Os chamados mercados emergentes ganham importância nas estratégias corporativas e, mais que atenção, exigem novos modelos de negócio de quem quer ter sucesso :: Está se tornando um mantra entre as grandes corporações ou Espanha. “O desafio é o mesmo: por que eu vou para do mundo: para crescer e escapar da crise, é preciso pros- aquele mercado? Que consumidores vou atender? Como pectar mercados emergentes. No entanto, é mais fácil dizer vou entrar?”, questiona. do que executar. A pesquisa Accenture Global Consumer 2010 Ele lembra que os casos de sucesso existentes hoje par- mostra que atingir e reter consumidores nesses mercados tiram de uma estratégia clara. “Além de saberem o moti- têm sido um desafio. Por exemplo, a pesquisa mostrou que vo pelo qual estavam internacionalizando suas operações, as expectativas de serviço desses consumidores cresceram essas empresas o fizeram a partir de três grandes pilares: significativamente acima das de clientes de mercados madu- cultura homogênea, modelo de operação definido e proces- ros – algo entre 30% e 50% no ano passado. sos de gerenciamento de desempenho claros”, explica. Na mesma medida, eles mudam de fornecedores com O primeiro pilar garante que os valores e prioridades da duas vezes mais frequência do que em mercados mais ma- empresa sejam os mesmos em qualquer lugar do mundo. duros. Diante disso, o que as companhias em busca de su- O segundo define o que deve ser centralizado e descentra- cesso em mercados emergentes podem fazer? lizado, e seus respectivos processos. E o terceiro especifica Muitas empresas resolveram a questão adotando dois como serão apurados os resultados distribuídos por vários modelos bastante simples. Algumas procuram atingir re- países, quais serão os processos de gerenciamento de de- levância e crescimento por meio do modelo de franquias sempenho e, principalmente, que sistemas darão suporte a locais. Elas replicam a abordagem padrão da corporação isso. “Algumas empresas estão dez anos à frente nesse ne- para funções-chave – como marketing, vendas ou ser- gócio, principalmente as norte-americanas e as europeias, viços – e usam abordagens específicas para os requisi- que foram as pioneiras. Elas sofreram muito e construíram tos do mercado onde estão presentes. Outro caminho é a os meios corretos de fazer isso”, lembra Simões. simplificação do modelo operacional com a exportação Quem também conta com uma área de atuação direta jun- de estratégias e experiências de consumo locais. to a empresas emergentes é a Deloitte. Alex Borges, sócio responsável pela área no Brasil, afirma que essas compa- Consultoria nhias têm buscado fortalecimento em três pilares, diferen- Na falta de um modelo definido, e com a demanda cres- tes dos adotados pela Accenture: governança corporativa, cente, muitas consultorias criaram áreas específicas para planejamento estratégico e rentabilidade. “O primeiro asse- esse nicho, ou o incluíram no escopo oferecido em áreas já gura a estruturação de processos, garantindo que os ges- existentes. Na Accenture, por exemplo, o aconselhamento a tores terão informações na velocidade, precisão e assertivi- empresas que buscam mercados emergentes fica por con- dade necessárias”, diz. ta da área de multinacionais da companhia. Vasco Simões, O segundo pilar garante que as empresas percebam o va- líder da área no Brasil, afirma que a estratégia geral de ir lor, reconheçam-no e consigam demonstrá-lo aos diversos para Índia ou para a Rússia é a mesma de ir para Portugal públicos. Aqui, segundo Borges, é fundamental o suporte ≥
  7. 7. tendências 14 15 “Um novo patamar de gestão está baseado na implantação de sistemas integrados. As empresas estão buscando fortalecer seus negócios, reestruturando seus modelos e reconhecendo a rentabilidade da mudança.” Alex Borges, executivo da Deloitte no Brasil Benefícios da solução de um sistema de BI (Business Intelligence) estruturado. ainda não, mas já estão tomando medidas pontuais na mes- gerenciar seus negócios do início ao fim. “Ao contrário das “O terceiro e último pilar assegura que a lucratividade na ma direção”, explica. demais soluções do mercado, o SAP Business All-in-One Accenture medida certa seja transformada em rentabilidade para Borges, da Deloitte, segue a mesma lógica. Para ele, ajuda empresas a gerenciar todas as áreas – desde finan- - Cultura homogênea acionistas e proprietários”, explica. De todo modo, o exe- a companhia deve conhecer seu negócio, maximizar seus ças, recursos humanos, suprimento, estoque, produção, - Modelo de operação definido cutivo lembra que, para assegurar que esses pilares sejam pilares, verificar seu momento de diversificação e se seus logística, desenvolvimento de produtos e serviços corpora- - Processos de gerenciamento de diferenciais, é preciso que as empresas contem com siste- diferenciais locais valem no novo mercado. “O Brasil tem tivos até atendimento a clientes, vendas e marketing – em desempenho mas que centralizem os controles. crescido com fusões e aquisições e com produtos muito for- uma solução configurável”, explica. “Fizemos uma pesquisa que constatou que um novo pa- talecidos. Por isso, muitas empresas estão buscando im- Executado na plataforma Netweaver, o SAP Business All- Deloitte tamar de gestão está baseado na implantação de sistemas plantar sistemas integrados. Temos quase dez solicitações -in-One pode ser rapidamente implantado e, respondendo à - Governança corporativa de gestão integrados. As empresas estão buscando forta- por semana falando da necessidade de implementação de demanda de mercados emergentes, unifica e integra produ- - Planejamento estratégico lecer seus negócios, reestruturando seus modelos e reco- sistemas integrados. Hoje, esse é um dos principais fatores tos de software da SAP e de terceiros enquanto a empresa - Rentabilidade nhecendo a rentabilidade da mudança”, diz. A pesquisa in- decisivos, inclusive de manutenção dos clientes das organi- cresce e as necessidades mudam. “Para isso, existem vá- dicou que as empresas emergentes brasileiras cresceram zações”, afirma. rios modelos disponíveis de implementação, com inúmeras 36% em 2010, contra 20,5% das empresas de capital aberto. opções de fornecimento e ferramentas”, conclui. “Há uma diferença entre elas, e isso se deve a mudanças Soluções SAP nos modelos de gestão”, conclui. É nessa direção que as soluções SAP – como a Business One shutterstock e a Business All-in-One – têm ajudado pequenas e médias Empresas brasileiras empresas a se preparar para atuar em mercados emer- Esse caminho começa a ser trilhado por várias empresas gentes. Com foco em pequenas empresas, o SAP Business brasileiras. Simões, da Accenture, lembra que há aproxi- One inclui todos os processos necessários para administrar madamente 10 ou 15 multinacionais brasileiras gigantes. toda a empresa. “Ao contrário das soluções de nicho, essa “Um dado interessante sobre as empresas que se tornaram aplicação oferece funções completas de gestão empresa- multinacionais recentemente é que elas ainda estão cons- rial, desde finanças, vendas, clientes, estoque e operações”, truindo esses três pilares. Existem companhias que com- afirma Pedro Patrício, diretor de vendas da SAP. praram outras em países emergentes – como na Rússia – Ele lembra que, por ser desenvolvido especialmente para ou estabeleceram parcerias com outras – como na China pequenas empresas, o Business One pode ser instala- –, mas ainda estão sofrendo por não terem estabelecido do de forma rápida, geralmente de duas a oito semanas. os pilares”, lembra. “Ali integramos todas as funções empresariais críticas, Simões acredita que, nos últimos cinco anos, as circuns- como suporte a vendas, clientes, compras, inventário, ope- tâncias mudaram e que não é possível dizer que as empre- rações, finanças e recursos humanos”, diz. sas nacionais estão atrasadas – se assim fosse, elas não O SAP Business All-in-One atende médias empresas de 24 estariam conquistando o mundo com tamanha rapidez. Mas segmentos específicos de negócios. Sérgio Camorcio, dire- ele lembra que é preciso tornar essas companhias eficien- tor da canais da SAP, explica que a solução tem flexibilida- tes e sustentáveis em longo prazo. “Algumas perceberam de para se adaptar às necessidades das médias empresas o tamanho do projeto e fizeram planos plurianuais. Outras que buscam uma solução setorial ampla e integrada para Pad: acesse conteúdos exclusivos na versão iPad da Spectrum i
  8. 8. capa 16 17 Mudar para prosperar :: O estadista e cientista americano Benjamin Franklin afir- prescinda de eletricidade. O mesmo vai acontecer com mou, em meados do século XVIII, que, “quando você deixa a internet, que vai se tornar tão onipresente quanto a água de mudar, você está acabado”*. A frase foi escrita há mais e a energia”, afirma o professor. “Isso vai levar, em poucos de 200 anos, mas pode perfeitamente ser aplicada ao am- anos, a um redesenho da economia e da sociedade. Os im- As novas tecnologias colocaram à prova modelos de negócios estabelecidos há biente de negócios dos dias atuais. A revolução tecnológica pactos serão sentidos por todos, em todos os lugares. Vão décadas. Adequar o negócio aos novos tempos é a chave da sobrevivência das últimas décadas – que tem sua origem mais remota nos mudar o trânsito, o entretenimento, a educação, as cidades trabalhos pioneiros que Franklin desenvolveu com a eletri- e muitas outras coisas.” cidade – mudou radicalmente a forma como as pessoas vi- Em muitos lugares e em determinados mercados, as mu- vem, se relacionam, se informam e consomem. A recente danças já são claras. O Skype, software de comunicação por popularização das redes sociais e dos dispositivos móveis, voz pela internet, por exemplo, já atinge cerca de 50% das liga- como smartphones e tablets, apenas acelerou e radicali- ções de longa distância feitas no mundo. O comércio, por sua zou o processo de transformação movido pela tecnologia vez, está sendo afetado diretamente pelo aumento da conecti- da informação. Espectadores e leitores, até então passivos, vidade dos consumidores. Estima-se que, nos Estados Unidos ganharam o poder de criar e distribuir o próprio conteúdo. e na Europa, 30% de todas as vendas no varejo já sejam afe- Consumidores tiveram suas vozes amplificadas exponen- tados pelo uso de smartphones. “As pessoas usam o aparelho cialmente. O trabalho colaborativo, realizado muitas vezes para pesquisar, comparar preços e categorias, encontrar lojas por indivíduos que jamais se conheceram pessoalmente, e pedir a opinião dos amigos”, diz Meira. tornou-se prática comum. Ao mesmo tempo, indústrias in- Setores muito bem estabelecidos estão passando por mu- teiras tiveram seus modelos de negócios colocados à prova. danças drásticas, a exemplo do que já ocorreu com a im- Considerando em perspectiva histórica que ainda estamos prensa e a indústria fonográfica. “Uma cadeia de valor como nos primeiros momentos dessa revolução, não é difícil ima- a da literatura, estabelecida há centenas de anos, vai se re- ginar que novas transformações de grande porte estão pres- desenhar completamente em pouco tempo. A ruptura vai tes a acontecer. “Existe uma nova articulação das cadeias de ser completa”, explica Meira. A massificação dos aparelhos valor”, diz Silvio Meira, professor de engenharia de software digitais de leitura, aliada à facilidade e o baixíssimo custo de da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e cientista- distribuição das obras em formato eletrônico, é a mola pro- -chefe do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife pulsora desse processo. “Sempre dizem que o Brasil inteiro (Cesar). “São cadeias intrinsecamente diferentes daquelas tem menos livrarias que a cidade de Buenos Aires. Isso já isoladas que foram articuladas desde a Revolução Industrial. não faz a menor diferença. Não interessa mais onde a livra- Com esse cenário, aliado a uma revolução do conhecimen- ria está fisicamente. O importante é termos acesso a ela.” to trazida pela conectividade, cria-se a necessidade de re- As mudanças parecem muitas vezes ser apenas superfi- shutterstock pensar integralmente os negócios, sejam eles uma fábrica ciais. Afinal, criar uma conta no Facebook ou escrever um de bicicletas ou uma produtora de vídeo.” blog passaram a ser atividades bastante corriqueiras nos Meira lembra que a eletricidade foi inventada há apenas dias de hoje. “As pessoas em geral acham que o fenômeno – olhando mais uma vez com o devido distanciamento his- das redes sociais é uma mudança de paradigma compor- tórico – 130 anos. “Hoje, não se concebe um negócio que tamental, mas elas estão enganadas”, diz o economista e ≥
  9. 9. capa 18 19 especialista em mídia social Wagner Martins. “O que está O economista cita o exemplo do AirBNB, um site de alu- ocorrendo é uma mudança de paradigma econômico. A par- guel de quartos, casas e apartamentos para turistas que ticipação das pessoas nas redes é a expressão mais clara hoje pode ser considerado o maior complexo hoteleiro do do barateamento dos meios de produção trazidos pela re- mundo, mesmo tendo sido criado há apenas dois anos. volução digital”, diz Martins, que é sócio-diretor de planeja- O serviço conecta proprietários de cômodos ou imóveis dis- mento da agência de marketing viral Espalhe. poníveis para pequenas temporadas com turistas que pre- Do ponto de vista marxista, segundo o economista, está ferem evitar a impessoalidade e os altos preços dos hotéis ocorrendo a socialização da produção. “Marx dizia que o tradicionais. “Quando surgiu o avião, a indústria ferroviária progresso técnico que o capitalismo permite é tão fabulo- morreu porque o tratou como concorrente. Eles achavam so que caminhamos inevitavelmente para o barateamento que o negócio deles era trem, quando na verdade era trans- dos meios de produção. Foi exatamente o que aconteceu na portar pessoas”, diz o economista. “O mesmo pode aconte- área de mídia. O que antes custava 20 mil dólares hoje custa cer com a hotelaria se as grandes redes não perceberem 20 centavos.” Martins lembra que o conceito de socialismo logo que o negócio delas é arrumar um lugar para as pes- na obra do pensador alemão nada tem a ver com a experiên- soas ficarem, e não construir hotéis.” cia totalitária do século XX comandada pela União Soviética. Perceber as mudanças não é tão difícil. O mais complicado, “As pessoas não vão deixar de produzir ou de inovar. Pelo contrário. Com acesso direto aos meios de produção, elas para as grandes companhias, é saber como se portar diante da nova realidade – e não ser atropelado por ela. “É possível Perceber as mudanças não é tão terão ainda mais capacidade de produção disponível.” ser líder de mercado e inovar”, diz o consultor Álvaro Leal, difícil. O mais complicado, para as Mudanças profundas da IT Data. “Na verdade, combinar essas duas características é algo necessário.” Leal diz que, até pouco tempo, as em- grandes companhias, é saber como Não faltam exemplos concretos de que as mudanças são pro- presas contavam apenas com instrumentos como pesquisas se portar diante da nova realidade fundas. Além do caso clássico das empresas hoje dominantes junto ao consumidor e números de participação de mercado em suas áreas e que nasceram na primeira onda de investi- para avaliar sua atuação. “As redes sociais permitem, agora, mentos em negócios relacionados à internet – como Google uma avaliação dinâmica da percepção do mercado sobre as e Amazon –, novas companhias surgem a todo momento com mudanças táticas das empresas. Tudo ocorre em tempo real. produtos e processos inovadores. “A empresa que não está Esse é o principal ativo que surge das redes sociais.” voltada a garantir a própria sobrevivência está fadada a desa- Saber responder às demandas do consumidor, sejam elas parecer”, diz o professor Meira. Ele cita o caso do Dwolla, um quais forem, de maneira rápida e eficaz é uma das saídas negócio recém-criado no estado norte-americano de Iowa, para quem deseja sobreviver. “É preciso lembrar sempre que tem potencial para colocar o mercado de meios de paga- que você não lidera ninguém. Você, na verdade, atende a um mento de pernas para o ar. Ao contrário da prática usual do conjunto de expectativas. Na hora que deixar de atendê-las, mercado, de cobrar do comerciante uma taxa percentual fixa acabou”, diz Meira. “Tem que olhar para as oportunidades sobre as transações, a Dwolla tarifa apenas as compras com que a tecnologia traz e tentar se apropriar delas antes que os valor acima de 10 dólares. “Esse é um exemplo típico de um outros o façam”, afirma Martins. É o que Leal chama de “pio- shutterstock processo de seleção não natural no qual os novos entrantes neirismo com responsabilidade”. O ciclo cada vez mais rápi- é que determinam o mercado”, diz Meira. “Como a mudan- do de maturação das tecnologias faz com que a adoção de ça tecnológica é muito mais rápida do que a capacidade de determinados processos se torne um diferencial competitivo mudança das empresas já estabelecidas, são os novos parti- em muitas ocasiões. “Mas é preciso antes avaliar os riscos cipantes do mercado que impõem a inovação.” e a taxa de retorno potencial antes de fazer qualquer coisa.” ≥
  10. 10. capa 20 21 O trabalho colaborativo e a criação As mudanças não estão apenas na relação do consumidor com as empresas. As transformações de dentro para fora, se preparar, segundo Dencker, vai acabar atropelado pela novidade. “Conheço uma empresa em que os altos geren- de comunidades em torno de especialmente no uso da tecnologia, também estão ocor- tes colaboram via Facebook, pois a empresa ainda não se um assunto levam ao conceito de rendo em ondas cada vez rápidas. A disseminação de uso de aparelhos por pessoas comuns tirou a exclusividade do estruturou para ter uma ferramenta específica para isso.” Segundo o consultor, abrir canais próprios de comunicação inovação aberta. Hoje, é possível ser trato da tecnologia da informação pelos departamentos de- e de colaboração entre os funcionários é fundamental para inovador a um custo muito acessível dicados a ela. “Os usuários de TI nas empresas passaram a dar opiniões e a demandar produtos e serviços”, diz Leal. canalizar a atenção deles para os interesses da companhia. “Se você não oferece a ferramenta, as pessoas vão dar um “A tecnologia passa a ser melhor aproveitada e utilizada à jeito de se conectar de qualquer outro jeito e vão acabar dis- medida em que deixa de ser complexa e misteriosa ao usuá- persando a atenção para outras coisas.” rio comum, e passa a ser de conhecimento de todos, mesmo Nesse cenário de tecnologia barata e disponível, a distância que de maneira genérica.” entre grandes multinacionais e pequenas e médias empresas O acesso mais fácil e barato à tecnologia também levou à tende a diminuir. Mesmo sem a mesma capacidade de in- disseminação do trabalho colaborativo em empresas dos mais vestimento das companhias de grande porte, empreendedo- diversos portes e setores. Grupos com pessoas espalhadas em res mais criativos e antenados podem surpreender em seus várias partes do Brasil e do mundo se reúnem virtualmente respectivos mercados. “O trabalho colaborativo e a criação para criar produtos, melhorar processos e definir políticas cor- de comunidades em torno de um assunto levam ao conceito porativas. As ferramentas usadas são as mais diversas: fóruns de inovação aberta”, diz Juliano Seabra, diretor de pesquisa e de discussão, salas de chat, comunicadores instantâneos, te- educação da Endeavor, uma instituição global de fomento ao leconferências e softwares específicos para gestão de criação empreendedorismo. “É possível, hoje, ser inovador a um cus- coletiva, entre outros. O importante, para quem está inserido to muito acessível. A assimetria de informações que existia nessa cultura, é manter os canais de comunicação abertos e o entre os grandes e os pequenos vai desaparecer, o que cria espírito de colaboração vivo – foi assim que nasceu e floresceu, oportunidades para quem tem ambições de crescer.” por exemplo, a Wikipédia, uma enciclopédia virtual escrita por Seja qual for o tamanho da empresa ou o seu mercado de milhares de mãos e em dezenas de idiomas. atuação, a verdade é que é preciso olhar sempre à frente Acostumadas a uma hierarquia rígida e à organização em e tentar perceber as ondas de mudança antes da concorrência. departamentos, as grandes companhias têm sentido algu- Afinal, a luta aqui é pela sobrevivência em um mundo novo, que ma dificuldade em adaptar sua cultura aos novos tempos. tem como característica principal a ausência de parâmetros shutterstock “O que se vê hoje são projetos ainda muito pontuais de co- fixos e a velocidade nas mudanças. É preciso ter capacidade laboração”, diz o líder da prática de interactive da consulto- para se adaptar ao ambiente, seja ele qual for. E nunca parar ria Accenture, Cristiano Dencker. “Mas essa é uma prática de mudar. Senão, como disse Franklin, está tudo acabado. muito comum para os profissionais mais jovens, o que torna a sua adoção algo inevitável para as empresas.” Quem não Pad: acesse conteúdos exclusivos na versão iPad da Spectrum i *A frase de Benjamin Franklin no original é “When you’re finished changing, you’re finished”.
  11. 11. pingue-pongue 22 23 :: Nesta entrevista exclusiva para a SAP Spectrum, Leonar- monetárias e demais requisitos para atendimento a vários do Zipf, presidente da Duas Rodas, fala sobre a história de segmentos de negócio. A SAP hoje é a líder global de merca- inovação da empresa nestes 86 anos e conta como as solu- do em soluções de negócios colaborativas e multiempresas. ções SAP ajudaram na constante reinvenção e crescimento Muitos dos nossos clientes, fornecedores e concorrentes já de uma das maiores produtoras de matérias-primas para a são adeptos desse novo modelo gerencial, o que comprova indústria de alimentos na América Latina. que o SAP ERP pode ser utilizado nos mais diversos seg- mentos com a mesma eficiência e confiabilidade. SAP Spectrum: A Duas Rodas é líder na América do Sul em comercialização de ingredientes para sorvetes artesanais SAP Spectrum: Quais são os principais passos dessa im- e aromas para a indústria de alimentos e bebidas. Mas de plantação? Ela será estendida para todas as unidades no onde surgiu esse nome? Por que Duas Rodas? Brasil e na América Latina? Leonardo Zipf: Em 1925, o casal de Imigrantes Rudolph e Leonardo Zipf: O início das atividades envolvendo todo o Hildegard Hufenüssler, recém-chegado da Alemanha, co- time aconteceu no início de 2012. O nome do projeto – do meçou a produzir óleos essenciais na cidade de Jaraguá do inglês Advisor, que significa assessor – enfatiza que a im- Sul (SC), nascendo então a Duas Rodas Industrial. Eles vie- plantação do novo sistema irá auxiliar e dar mais suporte às ram da cidade de Mainz, localizada na confluência dos rios operações para que possamos alcançar nossa meta: atin- Reno e Meno, cujo brasão é o desenho de duas rodas de pás gir 1 bilhão de faturamento até 2015. Em princípio, o proje- de barcos a vapor (muito comuns na época e na região) li- to será implementado na matriz e nas demais unidades do gadas por uma cruz, em referência ao Arcebispo da cidade, Brasil – Estância (SE) e Manaus (AM), bem como na filial de mostrando a religiosidade do lugar. Do brasão, foram reti- Campinas (SP). A partir de 2013, iniciam-se as integrações rados o nome e o logotipo da empresa. Assim surgiu a Duas para implantação nas unidades da Argentina, Colômbia, Rodas Industrial, pioneira na produção de matérias-primas Chile, México e Peru. para alimentos no Brasil. O aprimoramento da tecnologia e a diversificação das atividades garantiram um lugar de SAP Spectrum: De que forma foi estruturado o time para destaque na indústria. é uma empresa moderna, que utili- garantir o sucesso da implementação? za tecnologia voltada para atender às necessidades de seus Leonardo Zipf: Nosso time é composto por profissionais de clientes, presta assistência técnica permanente e está sem- TI, com uma equipe de dez analistas de negócio e infraes- pre pesquisando alternativas para novos produtos. trutura, que têm o compromisso de empregar as melhores práticas de gestão de projetos e promover o alinhamento SAP Spectrum: Hoje vocês estão em fase de implementação estratégico entre TI e o negócio. Além disso, foram selecio- do projeto Advisor. Quais foram os fatores decisivos para nados 15 key users, pessoas-chave das áreas de negócio que O sabor do escolha da SAP como parceira nesse projeto de crescimen- possuem amplo conhecimento e experiência nas áreas em to da empresa? que atuam. Durante o projeto, os key users serão afastados shutterstock Leonardo Zipf: Advisor é o projeto de implantação de um de suas atividades para se dedicarem exclusivamente à im- crescimento novo Sistema de Gestão Empresarial (ERP) na Duas Ro- plantação. Seu trabalho ajudará a desenhar e definir novos das. Em função dos nossos planos arrojados de crescimen- processos de negócio, baseados nas melhores práticas con- to, tornou-se necessário atingir a excelência operacional solidadas na SAP, além de disseminar o conhecimento nas e adequar a empresa às melhores práticas de governança áreas, capacitando os colaboradores para a utilização do corporativa. Após diversos estudos e análises realizados por novo sistema. Contamos também com o auxílio de uma con- A Duas Rodas é uma empresa com foco em inovação. Desde um comitê multidisciplinar, chegamos à conclusão de que o sultoria especializada, que disponibilizará cerca de 20 pro- o momento em que foi fundada, em 1925, seu propósito foi melhor produto oferecido para dar suporte ao crescimento fissionais, conforme as etapas do projeto e as especialidades lançar produtos inexistentes no mercado e adotar práticas da Duas Rodas com eficiência e sustentabilidade seria o SAP de negócio. Para realizar o acompanhamento do projeto, te- agrícolas na época ainda desconhecidas no Brasil. ERP. O SAP ERP tem como característica o fornecimento mos nosso comitê executivo interno, que ajuda no controle de dados em tempo real, com integração e disponibilidade, de prazos, homologação de entregas, avaliação de riscos e contemplando legislações específicas, idiomas, unidades gerenciamento de mudanças.
  12. 12. pingue-pongue 24 25 SAP Spectrum: Desde sua fundação, a Duas Rodas sempre teve uma visão à frente do seu tempo, começando pelo pro- pósito da empresa, que é lançar produtos inexistentes no Unidades Fabris e Laboratórios de mercado. Partindo desse princípio, como a empresa está Pesquisa e Desenvolvimento se preparando – e preparando os seus funcionários – para Santa Catarina (Brasil), Buenos Aires (Argentina), Santiago esse momento de mudança? (Chile) e Antioquia (Colômbia). Leonardo Zipf: A empresa já está em constante mudan- ça. Faz parte dessa mudança o novo modelo corporativo, Fábricas a nova fábrica de chocolate e o Projeto Prioridade 1, que Sergipe e Amazonas (Brasil). estimula a participação de todos em despertar suas habi- lidades e competências, promovendo, assim, uma grande Laboratórios de Aplicação corrente em busca de um objetivo coletivo. Nossas res- Campinas (Brasil), Cidade do México (México) e Lima (Peru). ponsabilidades aumentam proporcionalmente aos desa- fios que nos são propostos no dia a dia, e atitude diante Cinco divisões de atuação da eliminação dos problemas é o que nos diferenciará dos Aromas, sorvetes, condimentos e aditivos, agroindustrial demais concorrentes. O mercado de alimentos é volátil, e e soluções integradas. a empresa hoje está madura para trabalhar e evoluir nes- se segmento, pois a experiência adquirida nestes 86 anos consolidou nossa forma de atuação. SAP Spectrum: Em sua opinião, de que forma as soluções para a execução das estratégias. As mudanças pelas quais SAP ajudam a Duas Rodas a ampliar ainda mais sua atua- a empresa está passando com a implantação das melho- ção no mercado? res práticas de Governança Corporativa, alteração de es- Leonardo Zipf: Percebemos que as atividades estão cada trutura para alta performance, o Prioridade 1 e migração vez mais robustas, incorporadas a tecnologias e conceitos de ERP remetem a impactos em processos e cultura em que valorizam nossos produtos e clientes. A competição todos os níveis da Duas Rodas. Nossa expectativa é a supe- global sentida em todos os mercados motiva as empre- ração das barreiras naturais em projetos dessa enverga- sas a buscar melhorias constantes e se tornarem mais dura. Por isso, todos os gestores têm papel fundamental ágeis, integradas e flexíveis. Hoje, a principal base para em apoiar os usuários-chave e equipes de implantação na dar suporte às operações são as informações: quanto revisão dos processos, preparando a empresa para seu mais rápidas, consistentes e interligadas, melhores serão futuro, rompendo conceitos ultrapassados e construindo as decisões tomadas a partir delas. Foi pensando nisso, e novos paradigmas que serão necessários ao novo patamar fundamentados nesses propósitos, que decidimos por um de velocidade e crescimento pretendidos em nossa Visão shutterstock novo sistema de informação para nos auxiliar na constru- e Missão. Estamos certos de que o sistema SAP tem todos ção de processos inovadores e na busca da excelência em os requisitos necessários à construção de novos processos Governança Corporativa. e nos permitirá trazer as condições essenciais para aten- der nossos clientes, com a capacidade de integrar as áreas SAP Spectrum: Hoje, estar atento às mudanças do mercado internas e propiciar uma comunicação mais efetiva. Com e agir de forma rápida é fundamental na manutenção do ne- responsabilidade e comprometimento, certamente tere- gócio. Nesses 86 anos de história, como a Duas Rodas tem mos como resultado um novo sistema, com informações se reinventado para garantir um futuro de crescimento? que suportarão nosso plano de crescimento. Leonardo Zipf: A implantação das soluções SAP nos forne- cerá uma base especializada, com suporte de longo prazo aos modelos e melhores práticas de governança corpo- rativa e excelência operacional, sendo peça fundamental Pad: acesse este conteúdo também no iPad i

×