Como fazer uma horta

45,537 views
44,960 views

Published on

0 Comments
18 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
45,537
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,632
Actions
Shares
0
Downloads
2,061
Comments
0
Likes
18
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Como fazer uma horta

  1. 1. Palestra: Como fazer uma horta Ildamir Teixeira de Faria/Diretor de Meio Ambiente – SAMMA; Roselaine Mezz/Estudante de agropecuária – IFMT/Estagiaria – SAMMA; <ul><li>PREFEITURA MUNICIPAL DE JUÍNA – MT SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA, MINERAÇÃO E MEIO AMBIENTE – SAMMA </li></ul>
  2. 2. Como Fazer uma Horta?
  3. 3. <ul><li>Como fazer uma horta? </li></ul><ul><li>Esta é a uma grande questão neste momento. A horta é utilizada para produção de hortaliças. </li></ul><ul><li>Mas qual é o melhor método para se fazer um horta? </li></ul><ul><li>Veremos a seguir. </li></ul>Introdução:
  4. 4. 1º Passo: Escolha do local. <ul><li>Para ter sucesso na escolha de um local apropriado, para o inicio de uma horta, ele deve possuir tais características: </li></ul><ul><ul><li>Terreno plano; </li></ul></ul><ul><ul><li>Terra revolvida (fofa); </li></ul></ul><ul><ul><li>Boa luminosidade e voltada para a nascente; </li></ul></ul><ul><ul><li>Disponibilidade de água </li></ul></ul><ul><ul><li>para irrigação e sistema de </li></ul></ul><ul><ul><li>drenagem, por exemplo, canaletas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Longe de sanitários e </li></ul></ul><ul><ul><li>esgotos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Isolado com pouco trânsito </li></ul></ul><ul><ul><li>de pessoas e animais. </li></ul></ul>
  5. 5. 2º Passo: Ferramentas <ul><li>Para o preparo do canteiro é necessário a utilização de algumas instrumentos, como: </li></ul><ul><ul><li>Enxada: é utilizada para capinar, abrir sulcos e misturar adubos e corretivos como serragem à terra. </li></ul></ul><ul><ul><li>Enxadão: é utilizado para cavar e revolver a terra. </li></ul></ul><ul><ul><li>Regador: serve para irrigar a horta. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ancinho: é utilizado para remover torrões, pedaços de pedra e outros objetos, além de nivelar o terreno. </li></ul></ul><ul><ul><li>Sacho: é uma enxada menor que serve </li></ul></ul><ul><ul><li>para abrir pequenas covas, capinar </li></ul></ul><ul><ul><li>e afofar a terra. </li></ul></ul><ul><ul><li>Carrinho-de-mão: é utilizado para </li></ul></ul><ul><ul><li>transportar terra, adubos e ferramentas. </li></ul></ul>
  6. 6. 3º Passo: Preparo do terreno <ul><li>Antes de fazer o canteiros, temos que arrumar o solo. Fazendo o manejo adequado para que a hortaliça possa se desenvolver satisfatoriamente, como: </li></ul><ul><ul><li>Analise do solo (caso necessário fazer correção do solo com cal virgem ou hidratado) </li></ul></ul><ul><ul><li>Retirar pedras, pedaços de </li></ul></ul><ul><ul><li>madeira e alguns objetos que </li></ul></ul><ul><ul><li>possam haver no local. </li></ul></ul><ul><ul><li>Revolver o solo, para que </li></ul></ul><ul><ul><li>não aja presença de torrões </li></ul></ul><ul><ul><li>de terra. </li></ul></ul>
  7. 7. 4º Passo: Escolha da hortaliça <ul><li>A escolha da hortaliça para ser plantada vai de acordo com o que o proprietário quer produzir, assim tendo por base o que o mercado consumidor esta procurando neste momento. </li></ul><ul><li>Para ter uma boa escolha, se deve buscar informações dos produtos que são produzidos na região. Com a escolha da hortaliça, também temos que ter uma observação com a disponibilidade de sementes na região, e assim escolhendo uma semente de boa qualidade, principalmente, que tenha um bom grau de germinação. </li></ul>
  8. 8. 5º Passo: Preparo do canteiro <ul><li>Para fazer um canteiro é necessário: </li></ul><ul><ul><li>Revirar-se a terra a uns 15cm de profundidade.(de acordo com a espécie que será implantada) </li></ul></ul><ul><ul><li>Fazer a demarcação do canteiro com a auxilio de corda e estacas, uma canteiro pode ser aproximadamente de dimensão 1,20m x 2 a 5m e espaçamento de um canteiro a outro de 50cm (Isso vai de acordo com a escolha do local onde será implantado o canteiro). </li></ul></ul>
  9. 9. 6º Passo: Adubação do canteiro <ul><li>A adubação do canteiro, deve ser feita de acordo com a espécie que será implantada no local, assim ela deve ser feita para suprir as necessidades das plantas e do solo em questão de nutrientes. </li></ul><ul><li>Podemos fazer uma adubação natural, com a utilização de resíduos orgânico, como: palhas, galhos, restos de cultura, cascas e polpas de frutas, pó de café, folhas, esterco e outros. </li></ul><ul><ul><li>Obs.: A adubação só pode </li></ul></ul><ul><ul><li>ser feita apostos ter curtido </li></ul></ul><ul><ul><li>o resíduo utilizado. </li></ul></ul>
  10. 10. 7º Passo: Covas e seu preparo <ul><li>As covas devem ser feitas com antecedência, no mínimo, 18 dias antes do plantio ou transplantio. </li></ul><ul><li>O espaçamento entre as covas varia de acordo com a hortaliça a ser plantada. </li></ul><ul><li>As covas deverão ter a seguinte dimensão: 20x20cm ou 30x30cm de largura e 20 a 30cm de profundidade. </li></ul>
  11. 11. 8º Passo: Como cuidar de uma horta. <ul><li>Para sua horta ter sucesso deve-se ter um bom cuidado com as hortaliças que saram plantadas no local. </li></ul><ul><ul><li>Uma horta deve ser irrigada, pelo menos, duas vezes ao dia.(de acordo com a espécie que será implantada) </li></ul></ul><ul><ul><li>Deve-se manter sempre livre de plantas invasoras. </li></ul></ul><ul><ul><li>A cada colheita deve ser feita a reposição de adubo e terra, para o recebimento de uma nova hortaliça. </li></ul></ul>
  12. 12. Novos modos de plantar
  13. 13. Novos modos de plantar <ul><li>Existem vários modos de se constituir uma horta, como em: </li></ul><ul><ul><li>Mandalas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Hidropônia; </li></ul></ul><ul><ul><li>Estufas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistema para mudas: </li></ul></ul><ul><ul><li>Sementeira; </li></ul></ul><ul><ul><li>Copinho de Jornal; </li></ul></ul>
  14. 14. Mandala
  15. 15. Hidropônia
  16. 16. Estufa
  17. 17. Sementeira Sistema para mudas
  18. 18. Copinho de JORNAL
  19. 19. <ul><li>EXISTEM DOIS SISTEMAS DE PLANTIO. </li></ul><ul><li>PLANTIO DIRETO E DE TRANSPLANTIO: </li></ul><ul><li>PLANTIO DIRETO EM CANTEIROS </li></ul><ul><li>(agrião, alho, almeirão, beterraba, cenoura, </li></ul><ul><li>coentro, espinafre, mostarda,nabo, rabanete, </li></ul><ul><li>rúcula e salsa); </li></ul><ul><li>TRANSPLANTIO EM CANTEIROS (agrião, alface, beterraba, cebola, cebolinha, chicória, couve, couve-flor, espinafre, morango e repolho); </li></ul><ul><li>TRANSPLANTIO DIRETO EM SULCOS (berinjela, jiló, pimenta, pimentão e tomate); </li></ul><ul><li>PLANTIO DIRETO EM SULCOS ( abobrinha, feijão-vagem, quiabo, pepino, gengibre, milho-doce, etc); </li></ul><ul><li>PLANTIO DIRETO EM COVAS (abóbora, chuchu, maxixe, melão, melancia e moranga); </li></ul><ul><li>TRANSPLANTIO EM LEIRAS (batata-doce e cará). </li></ul>Sistemas de plantio
  20. 20. <ul><li>Mesmo em pequenas hortas ocorrem o ataque de pragas e doenças que, se não for controlado, pode prejudicar o crescimento da planta. </li></ul><ul><li>Tipos de controle: </li></ul><ul><ul><li>Biológico; </li></ul></ul><ul><ul><li>Físico; </li></ul></ul><ul><ul><li>Químico; </li></ul></ul><ul><ul><li>Natural; </li></ul></ul>Controle de pragas e doenças
  21. 21. <ul><li>Como fazer: </li></ul><ul><li>1º PASSO: Caracterização de uma compostagem: </li></ul><ul><li>A compostagem é o processo de reciclagem da matéria orgânica que propicia um destino útil para os resíduos orgânicos, evitando sua acumulação em aterros e melhorando a estrutura dos solos. Esse processo permite dar um destino aos resíduos orgânicos domésticos, como restos de comidas e resíduos do jardim. A compostagem é largamente utilizada em jardins e hortas, como adubo orgânico devolvendo a terra os nutrientes de que necessita, aumentando sua capacidade de retenção de água, permitindo o controle de erosão e evitando o uso de fertilizantes sintéticos. </li></ul><ul><li>2º PASSO - Escolha do local: </li></ul><ul><li>Deve-se considerar a facilidade de acesso, a disponibilidade de água para molhar as pilhas, o solo deve possuir boa drenagem. Também é desejável montar as pilhas em locais sombreados e protegidos de ventos intensos, para evitar ressecamento. </li></ul><ul><li>3º Passo: Materiais Utilizados: </li></ul><ul><li>Os materiais mais utilizados na compostagem são cinzas, penas, lixo doméstico, aparas de grama, rocha moída , feno ou palha, podas de arbustos e cerca viva, resíduos de cervejaria, folhas, resíduos de couro, jornais, turfa, serragem, algas marinhas, ervas daninhas, etc. </li></ul>Composto Orgânico
  22. 22. <ul><li>O SOLO E OS NUTRIENTES (MACROSNUTRIENTES (PRINCIPAIS: N-P-K; SECUNDÁRIOS: CÁLCIO, MAGNÉSIO E ENXOFRE) E MICRONUTRIENTES (Boro, Zinco, Molibdênio, Cobre, Manganês, Ferro e Cloro). </li></ul><ul><li>4º PASSO – Como Fazer o Composto: </li></ul><ul><li>- Iniciar a construção da pilha colocando uma camada de material vegetal seco de aproximadamente 15 a 20 centímetros, com folhas, palhadas, troncos ou galhos picados, para que absorva o excesso de água e permita a circulação de ar. </li></ul><ul><li>- Terminada a primeira camada, deve-se regá-la com água, evitando encharcamento e, a cada camada montada, deve-se umedecê-la para uma distribuição mais uniforme da água por toda a pilha. </li></ul><ul><li>- Na segunda camada, deve-se colocar restos de verduras, grama e esterco. Se o esterco for de boi, pode-se colocar 5 centímetros e, se for de galinha, mais concentrado em nitrogênio, um pouco menos. </li></ul><ul><li>- Novamente, deposita-se uma camada de 15 a 20 cm com material vegetal seco, seguida por outra camada de esterco e assim sucessivamente até que a pilha atingir a altura aproximada de 1,5 metros. A pilha deve Ter a parte superior quase plana para evitar a perda de calor e umidade, tomando-se o cuidado para evitar a formação de &quot;poços de acumulação&quot; das águas das chuvas. </li></ul><ul><li>NA ADUBAÇÃO ORGÂNICA PODERÃO SER UTILIZADO 20 L/M². </li></ul>
  23. 23. <ul><li>Este é um dos métodos mais eficazes dos últimos anos para prevenção de doenças em sua horta ou lavoura, pois este sistema consiste em mudar a família da planta que esta sendo cultivada. </li></ul>Rotação de Cultura
  24. 24. <ul><li>O momento da colheita é muito importante, pois ela deve ser feita no momento certo, ou irá ocasionar muitas perdas, pois cada espécie tem o seu período de ser colhida, que varia de curto, médio e longo. </li></ul>Colheita
  25. 25. Obrigada pela Atenção! :D

×