Regulatório do Metabolismo

  • 561 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
561
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
14
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Regulação do metabolismo
  • 2. Interações alostéricas  Fluxo de moléculas - determinado principalmente pela quantidade e atividade das enzimas;  Reações irreversíveis - pontos de controle;  Enzimas etapas-chaves - reguladas alostericamente;
  • 3. Modificações covalentes  Adição e remoção de grupos modificadores (P) - vias metabólicas são rapidamente ligadas e desligadas;  Modificações covalentes por fosforilação reversível (envolvendo a adenilato ciclase e AMPc ou então o complexo Ca-Calmodulina).
  • 4. Ex: fosforilação ativa glicogênio fosforilase e inibe a glicogênio sintetase
  • 5.
    • Alteração dos níveis enzimáticos
    • Velocidade de síntese e degradação de algumas enzimas reguladoras - controle hormonal;
    • Ex: Insulina aumenta a transcrição gênica das enzimas da glicólise
  • 6. Compartimentalização  Citosol - glicólise, via das pentoses, síntese de ácidos graxos;  Mitocôndria - oxidação dos AG, ciclo do ácido cítrico, fosforilação oxidativa;  Citosol e mitocôndria - gliconeogênese, ciclo da uréia;  Destino das moléculas - dependem da localização e do fluxo através da membrana mitocondrial interna;
  • 7. Regulação hormonal Insulina  Fígado - inibe gliconeogênese e glicogenólise;  Fígado e músculo - estimula glicogênese;  Tecido adiposo - diminui lipólise e aumenta lipogênese;  Maioria dos tecidos - estimula a síntese proteica;
  • 8. Glucagon/ epinefrina e noradrenalina Hormônio do crescimento, cortisol  Fígado - estimula glicogenólise, gliconeogênese, lipólise e cetogênese;  Tecido adiposo - estimula lipólise; Epinefrina e norepinefrina - diferem do glucagon pois seu efeito glicogenólico é maior no músculo do que no fígado;