Fragmentação da mata atlântica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Fragmentação da mata atlântica

on

  • 1,538 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,538
Views on SlideShare
1,494
Embed Views
44

Actions

Likes
0
Downloads
9
Comments
0

2 Embeds 44

http://coladebiologia.blogspot.com 23
http://coladebiologia.blogspot.com.br 21

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Fragmentação da mata atlântica Presentation Transcript

  • 1. Fragmentação da Mata Atlântica Acadêmicos: Giovana Carine Isabela de Brito José Adriano Marco Antônio Patrícia da Silva Tiago Praxedes
  • 2.
    • “ Na Mata Atlântica iniciou-se o primeiro ciclo econômico da colonização...”
    • Fonte: RBMA – Reserva da Biosfera da Mata Atlântida
  • 3. Contextualização histórica
    • Início: “Descobrimento” do Brasil.
    • Colonização e implementação das cidades e exploração dos recursos naturais (especialmente Pau-Brasil - Caesalpinia echinata Lam. ).
    • Devastação para “expansão urbana” e grandes projetos agrícolas (café – SP, MG e ES; Cana – SP, PR; Gado – MG).
  • 4.
    • Colonização: Abertura das “Grandes estradas” para descobrimento e exploração do Interior do Brasil ...
    • Implementação dos pólos industriais e agrícolas: impacto direto no consumo de carvão vegetal e desmatamento para implantação da infra-estrutura.
  • 5. Consequências:
    • Criação dos “ Ilhamentos ” e Fragmentos florestais.
    • Redução drástica da Biodiversidade e inclusão na Lista de Hotpots (o mais ameaçado das Américas).
    • Àrea Total atual: 7,6% (99.466 km2) da cobertura original – ( 1.306.421km2 , aproximadamente 15% do território brasileiro).
  • 6.
    • Baixo nível de organização dos povos e comunidades endêmicas e características do bioma.
  • 7. Algumas Saídas:
    • Programas de Proteção a algumas espécies (principalmente espécies-bandeiras).
    • Criação e implementação de alguns “corredores ecológicos”, principalmente nos estados de SP, RJ, MG e sul da BA.
    • Mobilização social através do 3º Setor em parceria com o Poder público.
  • 8.
    • Reservas de manejo extrativista e uso sustentável, com parcerias com as diversas comunidades locais.
  • 9. Bibliografia:
    • Sites visitados:
    • http://www.rbma.org.br/anuario/mata_03_anosdedesttuicao.asp
    • http://www.conservation.org.br/publicacoes/index.php?t=3
    • http://www.mp.ba.gov.br/nucleo/mata/introducao.asp
    • http://www.sosmatatlantica.org.br/
    • http://www.caminhadasetrilhas.com.br/home/conteudo.asp?codigo=141