Criação de um Modelo de Competencias para PMO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Criação de um Modelo de Competencias para PMO

on

  • 3,965 views

Conceitos para criação de um Modelo de Competências requeridas para os principais serviços prestados por um PMO e demonstrar a aplicação prática da avaliação das competências.

Conceitos para criação de um Modelo de Competências requeridas para os principais serviços prestados por um PMO e demonstrar a aplicação prática da avaliação das competências.

Statistics

Views

Total Views
3,965
Views on SlideShare
3,960
Embed Views
5

Actions

Likes
3
Downloads
64
Comments
0

2 Embeds 5

http://www.linkedin.com 4
https://www.linkedin.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • Tópicos para abertura (verbal): Apresentar os conceitos para criação de um Modelo de Competências requeridas para os principais serviços prestados por um PMO e demonstrar a aplicação prática da avaliação das competências. objetivos (incluindo a dinâmica) idéia geral do trabalho (metodologia para chegar às competencias, correlação com os serviços, etc) atuação do PMO no desenvolvimento das competências dos gerentes de projetos citar o que existe sobre competências para o gerente de projetos – PMI, etc. citar discussões do grupo do PMO Master class
  • Introduzir o grupo e o curso do PMO Master Class
  • Explicar como chegamos a estas 10 competências
  • Visão sistêmica e estratégica: entende o ambiente político e econômico da organização e formula estratégias para atingimento dos objetivos
  • Pressupõe a capacidade de atuar em um ambiente de mudança organizacional.Ferramentas de apoio a gestão (ex: cronogramas-MS Project, Primavera; portfolio-MS PPS, Clarity; processos-BPM, MS Visio; etc)
  • explicar que para cada serviço são necessárias algumas competências
  • explicar que para cada serviço são necessárias algumas competências
  • Dinâmica – 1ª. Parte - 1 hora e 10 minutos1a. Parte da Dinâmica: Discutir e definir em grupo as 3 competências mais críticas para 5 serviços previamente selecionados (serviços mais comuns)[10 minutos] 0. Explicar o métodoVocês fazem parte de um PMO que presta 5 serviços para seus clientes em uma organização (tomamos como referência os 5 serviços mais comuns encontrados nos PMOs de acordo com a pesquisa feita por Hobbs, B. (2007), explicadaanteriormente.Para cada serviço, iremos identificar as 3 competências mais importantes para realização deste serviço com bom desempenho[50 minutos] Passos 1 a 5:1. Platéia é dividida em 5 grupos (idealmente). Equipe distribui 1 serviço para todas as mesas. E mais o baralho de competências.2. Análise das competências por serviço: primeiro individualmente (5 minutos) e depois com consenso do grupo (5-10 minutos). Será dado tempo limitado para as discussões (total 15 minutos por rodada).3. Grupo preenche uma folha com as 3 competências consideradas mais críticas para o serviço 4. A equipe recolhe a folha com a cor do serviço e as 3 competências selecionadas e distribui o 2o. Serviço para nova rodada de análise5. Enquanto os grupos discutem o 2o. Serviço, a equipe tabula os resultados do 1o. Serviço (serviço x competências) e assim sucessivamente até o 5o. Serviço ser discutido.Usar a planilha de tabulação dos resultados.
  • 5. Enquanto os grupos discutem o 2o. Serviço, a equipe tabula os resultados do 1o. Serviço (serviço x competências) e assim sucessivamente até o 5o. Serviço ser discutido.Usar a planilha de tabulação dos resultados.
  • Um trabalho parecido com o que vcs estão fazendo agora, foi feito por um grupo de 20 dos mais importantes líderes de PMO brasileiros, e olhando para os 27 serviços mais comuns dos PMOs. Com a experiência destes PMOs em cada um dos 27 serviços e a avaliação feita por eles em relação a cada uma das competências, foi possível elencar as 3 competências mais críticas para cada serviço.[10 minutos] Passo 6:6. Mostrar os resultados dos grupos x nosso (= projeto de pesquisa de 20 lideres de PMO Brasileiros)
  • Utilizamos uma metodologia para efetuar comparações entre as competências e determinar uma “ordem” de criticidade. O método transforma análises muitas vezes empíricas, em valores numéricos e comparáveis.O que é AHP, quais são as etapas. De forma bem simplista pois caberia aqui uma aula dedicada a isso, podemos explicar assim: O método AHP é utilizado na tomada de decisão em cenários complexos, onde um grupo de pessoas trabalha em conjunto na tomada de decisão, levando-se em conta as percepções e julgamentos do grupo. Ao utilizarmos o método AHP devemos decompor o objetivo em uma hierarquia de critérios, os quais podem ser comparados de forma independente. Com base nessa hierarquia, os tomadores de decisão deverão comparar as alternativas sempre de duas em duas, de acordo com cada critério estabelecido. Nesta comparação é possível utilizar dados concretos e também o julgamento e a percepção daqueles que estão tomando a decisão. Dessa forma, o método AHP transforma análises muitas vezes empíricas, em valores numéricos e comparáveis. A capacidade de converter dados empíricos em elementos matemáticos é um dos principais diferenciais do método AHP. Após todas as comparações terem sido realizadas e os pesos relativos de cada critério estabelecidos, tem-se então a probabilidade de cada uma das alternativas. Essa probabilidade determina as chances que cada alternativa tem de atender ao objetivo estabelecido. Quanto maior a probabilidade, maior a contribuição da alternativa para o objetivo final.
  • Para consolidar os resultados, foi utilizado um software chamado Expert Choice que auxilia nos cálculos e apresentação gráfica dos resultados.
  • 20 minutos
  • As Competências do PMO podem ser avaliadas em uma escala de níveis de maturidade crescente, que vai desde a ausência absoluta daquela competência até um nível demonstrado de extrema excelência.Aqui nós elencamos alguns indicadores que auxiliam a determinar o nível de maturidade do profissional naquela competência em específico. Por exemplo, para o Nível 0.....explicar cada nível com exemplos dos indicadores.
  • Nível 2: (ex: monitoramento de portfolio, suporte a planejamento de projetos complexos, etc).
  • Foco da 2ª. Parte da Dinâmica é o desenvolvimento das competências[65 minutos] Desafio - Avaliar as competências críticas para o serviço, seguindo a tabela de níveis e propor ações para desenvolvimento das mesmas[15 minutos]1. Distribuir a lista com os 5 serviços pelos grupos (cada grupo trabalhará em 1) com o resultado das competências críticas definidas no nosso trabalho 2. Distribui-se também a lista das competências com a descrição do CHA e a escala de níveis 3. Os grupos deverão avaliar uma das competências mais votadas para aquele serviço (conceito de onde está x onde deveria estar) e propor ações para desenvolver a competência. [50 minutos] 4. Cada grupo apresenta sua avaliação e discussão é aberta para todos
  • Lista (tabela) a ser distribuída aos grupos

Criação de um Modelo de Competencias para PMO Presentation Transcript

  • 1. WORKSHOPComo avaliar e planejar Competências para um PMO
  • 2. Agenda Objetivos Competências ▪ Conceito ▪ Competências do PMO Competências X Serviços do PMO Níveis de Competência Encerramento
  • 3. Agenda Objetivos Competências ▪ Conceito ▪ Competências do PMO Competências X Serviços do PMO Níveis de Competência Encerramento
  • 4. Objetivos• O objetivo deste encontro é compartilhar conceitos e visões sobre a importância do planejamento e avaliação de competências para um PMO.• Vamos analisar, em conjunto, as competências mais críticas para alguns serviços prestados pelo PMO, e ainda comparar esta análise com o que dizem alguns dos mais experientes profissionais deste mercado no Brasil.• Por fim, vamos discutir e propor ideias de ações que auxiliem no desenvolvimento de algumas competências chave para o PMO, e que possam ser expandidas, aprimoradas para uso prático no seu dia-a-dia de trabalho.• Não existem verdades absolutas. Todas as percepções e ideias são bem- vindas.
  • 5. Colaboradores ana.costa@citi.com ana.saut@brasilfoods.com.br alessandra.rodrigues@br.experian.com lmorales@endesabr.com.br rodrigo.Thahira@brasilprev.com.br taisaalmeida@bb.com.br
  • 6. Agenda Objetivos Competências ▪ Conceito ▪ Competências do PMO Competências X Serviços do PMO Níveis de Competência Encerramento
  • 7. O que é Competência? Competência é um requisito padrão para um indivíduo realizar adequadamente um trabalho específico. Ela engloba uma combinação de conhecimentos, habilidades e comportamentos utilizados para o melhor desempenho.De modo mais geral, a competência é o estado ou qualidade de ser adequada ou bem qualificado, tendo a capacidade de executar uma função específica. (wikipedia)Fonte: Alonso e João Soler - Coaching para Gerentes de Projetos - PMO Master Class 2011
  • 8. Conceito do CHA C H A Conhecimento Habilidade Atitude Escolaridade, Experiência e prática do Ter ações compatíveis para conhecimentos saber. atingir os técnicos, cursos gerais e objetivos, aplicando os especializações. conhecimentos e habilidades adquiridas e/ou a serem adquiridas. SABER SABER FAZER QUERER FAZERFonte: Alonso e João Soler - Coaching para Gerentes de Projetos - PMO Master Class 2011
  • 9. Competências do PMO 1. Capacidade de influência 2. Capacidade de integração  3. Gestão de conflitos 4. Comunicação eficaz  5. Gestão de Projetos 6. Organização & Processos 7. Empreendedorismo 8. Relacionamento interpessoal 9. Foco no cliente (Gestão de Stakeholders) 10. Gestão do conhecimento
  • 10. Competência: CAPACIDADE DE INFLUÊNCIAConceito: Ser capaz de persuadir, convencer, influenciar ou impulsionar outros de forma a obtersuporte ou produzir efeitos para os objetivos táticos e estratégicos relacionados ao portfólio. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Melhores práticas de gerenciamento de  Argumentar com facilidade  Age com interesse e curiosidadeprojetos, com ênfase nas áreas de  Obter atenção e o respeito das pessoas  Demonstra carisma nas suas relaçõesconhecimento definidas no PMBoK  Convencer sem autoridade ou poder  Age com senso de urgênciaprincipalmente Integração, RH e direto  Demonstra facilidade na comunicaçãoComunicação  Usar técnicas de negociação  Envolve as pessoas no processo de Cultura Organizacional decisão, gerando responsabilidade Entendimento do negócio  Promove mudanças Análise de Stakeholders Melhores práticas de gerenciamento deProgramas e Portfólio Estratégia Empresarial
  • 11. Competência: CAPACIDADE DE INTEGRAÇÃOConceito: Ser capaz de identificar interdependências entre projetos, programas eportfólios, articulando com stakeholders envolvidos a fim de aumentar a assertividade dosmesmos no atingimento dos objetivos estratégicos organizacionais relacionados. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Visão sistêmica e estratégica  Administrar conflitos  Transmite confiabilidade e confiança Análise de Stakeholders  Analisar criteriosamente  Observa o ambiente em que atua Melhores práticas de gerenciamento de  Aplicar conhecimentos multidisciplinares  Demonstra sensibilidade nas relaçõesprojetos, com ênfase nas áreas de  Argumentar com facilidade interpessoaisconhecimento definidas no PMBoK  Transitar com habilidade na organização  Age com sigilo quanto a assuntos eprincipalmente Integração, RH e  Equacionar problemas documentosComunicação  Expressar seu pensamento com  Demonstra postura crítica Melhores práticas de gerenciamento de organização lógica, coesão e coerência  Procura estabelecer prioridadesProgramas e Portfólio  Usar técnicas de negociação  Age com imparcialidade Técnicas de negociação  Prever fatos, oportunidades e problemas  Demonstra assertividade Estratégia Empresarial  Expressar seu pensamento  Age comprometido com os interesses da Cultura Organizacional  Realizar síntese organização
  • 12. Competência: GESTÃO DE CONFLITOSConceito: Ser capaz de manejar e atenuar de forma positiva as situações de resistência ouimpasses nas relações individuais ou de grupos de stakeholders, visando minimizar o impacto àsentregas dos projetos ou ao desempenho do portfólio. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Melhores práticas de gerenciamento de  Analisar criteriosamente e criticamente  Demonstra disponibilidade para ouvirprojetos, com base nas áreas de diferentes pontos de vistas  Demonstra energia para resolverconhecimento definidas no PMBoK  Apresentar propostas realistas e problemas(Integração, Escopo, Tempo, Custo, oportunas  Age com imparcialidadeQualidade, RH, Comunicação, Riscos e  Considerar a natureza do outro no trato  Demonstra facilidade na comunicaçãoAquisições) e relacionamento com as pessoas  Demonstra postura conciliatória Cultura Organizacional  Equacionar problemas  Demonstra sensibilidade interpessoal Análise de Stakeholders  Envolver a equipe do projeto e os (qualidade nos contatos com pares, Técnicas de Administração de Conflitos stakeholders clientes e fornecedores) Técnicas de negociação  Usar técnicas de negociação
  • 13. Competência: COMUNICAÇÃO EFICAZConceito: Ser capaz de promover a comunicação efetiva dos projetos, programas e portfólio aosdiversos níveis hierárquicos, considerando a profundidade e informações necessárias em cadaponto de contato. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Cultura Organizacional  Estimular a tomada de decisão  Age com imparcialidade Análise de Stakeholders  Estruturar modelo de consenso em grupo  Demonstra facilidade de receber e Técnicas de comunicação  Poder de influência / direcionamento transmitir informações aos diversos Técnicas de negociação  Escutar ativamente / Saber ouvir públicos Técnicas de Feedback  Comunicar bem, escrita e oralmente  Demonstra facilidade em consolidar  Praticar poder de síntese dados  Articular "politicamente"  Demonstra interesse em ouvir  Conduzir reuniões  Praticar empatia
  • 14. Competência: GESTÃO DE PROJETOSConceito: Ser capaz de planejar, estruturar, avaliar e monitorar a gestão de projetos, programas eportfólio, em conjunto com os gerentes de projeto, stakeholders e a alta gestãopatrocinadora/cliente dos serviços do PMO, promovendo a maturidade desta competência naorganização em que atua. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Melhores práticas de gerenciamento de  Comunicar bem, escrita e oralmente  Promove mudançasProjetos, Programas e Portfólio  Ter foco no cliente interno  Propõe formas diferentes de trabalho Entendimento do negócio e da estrutura  Desenvolver pessoas  Age com éticaorganizacional da empresa  Capacidade de vender ideias  Demonstra sensibilidade nas relações Modelos de maturidade em  Liderar interpessoaisgerenciamento de projetos  Articular  Demonstra atitude empreendedora Gestão de Processos  Praticar autoconfiança  Demonstra postura crítica Ferramentas de apoio a gestão  Gerenciar mudanças  Demonstra cooperativismo Noções básicas de Matemática Financeira  Solucionar conflitos  Demonstra coerência entre o que faz e  Ter objetividade / assertividade fala, sendo um exemplo a ser seguido  Trabalhar com disciplina e método  Age com atenção a detalhes  Organizar e conduzir reuniões
  • 15. Competência: ORGANIZAÇÃO & PROCESSOSConceito: Ser capaz de estruturar atividades e processos, e de atuar dentro de contextos definidosem padrões que suportem a execução de tarefas. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Ferramentas da qualidade total  Analisar com facilidade  Demonstra organização Visão sistêmica e estratégica (entende o  Raciocinar com lógica  Age com atenção a detalhesambiente político e econômico da  Estruturar e implementar novos  Demonstra facilidade na comunicaçãoorganização e formula estratégias para serviços/processos  Age com objetividadeatingimento dos objetivos).  Comunicar bem, escrita e oralmente  Propõe formas diferentes de trabalho  Realizar síntese  Aceita e se adapta facilmente às  Trabalhar com disciplina e método mudanças
  • 16. Competência: EMPREENDEDORISMOConceito: Ser capaz de buscar e identificar oportunidades de ação, propor e implantarsoluções, de forma inovadora /diferenciada, visando otimizar a performance dos projetos e doportfólio. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Gestão da Inovação  Trabalhar com disciplina e método  Acredita no próprio potencial Gestão da Qualidade  Possuir capacidade analítica  Observa o ambiente em que atua Gestão de Processos  Raciocinar com lógica  Age com atenção a detalhes.  Praticar organização  Age proativamente  Possuir perfil Realizador  Busca pela excelência  Demonstra coerência entre o que faz e fala, sendo um exemplo a ser seguido  Demonstra versatilidade  Propõe formas diferentes de trabalho  Responde às mudanças com flexibilidade
  • 17. Competência: RELACIONAMENTO INTERPESSOALConceito: Ser capaz de criar, manter, expandir e utilizar as redes de contato a fim de garantir asentregas e os resultados esperados. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Análise e Gestão de Stakeholders  Comunicar bem, escrita e oralmente  Age com atenção a detalhes Técnicas de Administração de Conflitos  Praticar empatia  Observa o ambiente em que atua Comunicação Escrita e Oral  Ter objetividade  Age com autocontrole  Possuir equilíbrio emocional  Age com empatia  Age com sensatez  Demonstra carisma nas suas relações  Demonstra clareza em seus propósitos  Demonstra coerência entre o que faz e fala, sendo um exemplo a ser seguido  Demonstra confiança nos outros  Demonstra disponibilidade para ouvir  Demonstra respeito às diferenças
  • 18. Competência: FOCO NO CLIENTE (GESTÃO DE STAKEHOLDERS)Conceito: Ser capaz de identificar e atender as expectativas dos clientes e agilidade para sereposicionar em caso de mudança no modelo de gestão ou estrutura organizacional. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Análise e Gestão de Stakeholders  Comunicar bem, escrita e oralmente  Age com objetividade e simplicidade Gestão de Equipe  Praticar organização  Observa o ambiente em que atua Gestão de mudanças  Trabalhar com disciplina e método  Age com rapidez de resposta Serviços do PMO  Praticar empatia  Age proativamente Melhores práticas de gerenciamento de  Agir com flexibilidade  Delega e acompanhaprojetos, com base nas áreas de  Saber Ouvir  Demonstra disponibilidade para ouvirconhecimento definidas no PMBoK  Demonstra energia para resolver problemas Modelos de maturidade em gerenciamento  Procura identificar e entender as necessidadesde projetos organizacional dos clientes  Tem um bom relacionamento com as áreas  É persistente e otimista na implantação das mudanças  Responde às mudanças com flexibilidade.
  • 19. Competência: GESTÃO DO CONHECIMENTOConceito: Ser capaz de disseminar a cultura/disciplina de gestão de projetos, programas eportfólio na organização/departamento e garantir a geração de conhecimento ao longo dodesenvolvimento dos projetos e programas e após seu encerramento. CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Saber a Técnica (SABER) Saber Fazer (FAZER) Querer Fazer (SER) Técnicas de Treinamentos  Comunicar bem, escrita e oralmente  Demonstra interesse em ensinar. Melhores práticas de gerenciamento de  Transmitir conhecimento  Age proativamenteprojetos, com base nas áreas de  Praticar empatia  Demonstra organizaçãoconhecimento definidas no PMBoK  Consolidar informação(Integração, escopo, tempo, custo,qualidade, RH, comunicação, riscos eaquisições) Melhores práticas de gestão deprogramas e portfólio Cultura Organizacional Taxonomia e Gestão de Conteúdos
  • 20. Agenda Objetivos Competências ▪ Conceito ▪ Competências do PMO Competências X Serviços do PMO Níveis de Competência Encerramento
  • 21. Competências x Serviços do PMO  Em um estudo realizado por Hobbs e Aubry (2007), foram mapeados os 27 serviços mais comuns, a partir da contribuição de 500 profissionais envolvidos com PMOs em todo o mundo. FUNÇÕES DO PMO (SERVIÇOS) % PMOs 1. Informar o status dos projetos para a alta gerência 83% 2. Desenvolver e implementar uma metodologia padrão 76% 3. Monitorar e controlar o desempenho dos projetos 65% 4. Desenvolver as competências dos profissionais, incluindo treinamento 65% 5. Implementar e operar sistemas de informação dos projetos 60% 6. Prover aconselhamento à alta gerência 60% 7. Coordenar e integrar projetos de um portfólio 59% 8. Desenvolver e manter um quadro estratégico de projetos 58% 9. Promover o gerenciamento de projetos dentro da organização 55% 10. Monitorar e controlar o desempenho do próprio PMO 50% 11. Participar do planejamento estratégico 49% ...Fonte: Hobbs, B. (2007) The Multi-Project PMO: A Global Analysis of the Current State of Practice. Newtownsquare, PA: Project Management Institute.
  • 22. Competências x Serviços do PMO  Para prestação de cada serviço são necessárias algumas competências.  Definindo os serviços é possível identificar as competências requeridas. Exemplo: Serviço de “PROVER ACONSELHAMENTO À ALTA GERÊNCIA” Capacidade de Influência Capacidade de Integração Gestão de Conflitos Comunicação Eficaz Relacionamento Interpessoal Gestão de Projetos Organização & Processos Foco no Cliente Empreendedorismo Gestão do conhecimento
  • 23. Dinâmica de Grupo – Avaliando Competências para o PMO Identificar quaissão as 3competências maisimportantes pararealização dosserviços Serão avaliados os5 serviços maiscomuns dos PMO’s
  • 24. Resultado da dinâmica por Serviço
  • 25. Resultado Comparativo
  • 26. Como avaliamos as Competências por Serviço do PMO ? 1 Método AHP ▪ O método AHP (Analytic Hierarchy Process) foi criado por Thomas Saaty na década de 70, com o objetivo de apoiar o processo de tomada de decisão no Departamento de Defesa do EUA. ▪ É hoje considerado uma das melhores práticas para a seleção e priorização de portfólios em organizações de todo o mundo. ▪ Consiste basicamente na decomposição de um objetivo em uma hierarquia de critérios, os quais podem ser comparados de forma independente. Com base nesta hierarquia, os tomadores de decisão comparam as alternativas sempre de duas em duas de acordo com cada critério estabelecido.▪ Em um exercício realizado por 20 Líderes de PMO brasileiros, foram mapeadas as competências mais críticas para cada um dos 27 serviços mais comuns de um PMO, utilizando planilhas Excel e aplicando o método AHP para as comparações entre as competências.
  • 27. Como avaliamos as Competências por Serviço do PMO ?2 Consolidação ▪ A consolidação dos resultados e a determinação dos pesos foi feita utilizando software específico que implementa o método em sua totalidade - Expert Choice (www.expertchoice.com)
  • 28. 20 minutos
  • 29. Agenda Objetivos Competências ▪ Conceito ▪ Competências do PMO Competências X Serviços do PMO Níveis de Competência Encerramento
  • 30. Competência: CAPACIDADE DE INFLUÊNCIA NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Conhece a Cultura  Entende os problemas  Toma ações para persuadir e  Antecipa-se a situações queOrganizacional, porém não relacionados ao projeto, time do adapta o discurso durante imponham restrições nacompreende as relações de projeto e stakeholders. apresentações ou discussões organização, alinhavando açõespoder na sua própria organização  Toma ações para persuadir, visando melhor resultado nas e decisões previamente, usandoe nas organizações dos clientes, incluindo a preparação situações. habilidades de relacionamento efornecedores, etc. cuidadosa dos dados, fornece  Entende o clima e a cultura comunicação para influenciar e Não utiliza análise dos duas ou mais opções diferentes organizacional e reconhece as impulsionar os principaisStakeholders para identificar as em uma apresentação ou restrições implícitas da tomadores de decisão erelações de poder e as discussão. organização - o que é e o que formadores de opinião.oportunidades de usar a não é possível em determinados  Articula bem e rapidamente nainfluência para suportar os momentos ou posições. cadeia de comando para ganharobjetivos do projeto / programa o suporte necessário aos/ portfólio. objetivos.
  • 31. Competência: CAPACIDADE DE INTEGRAÇÃO NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Não possui conhecimentos  É capaz de analisar  É capaz de analisar  É pró-ativo em monitorar obásicos para o exercício da tecnicamente a consistência tecnicamente a consistência ambiente interno e externocompetência. entre as estratégias entre as estratégias durante a execução das Seu escopo de influência ou organizacionais e os projetos, organizacionais e os projetos, estratégias (projetos,abordagem de atuação não lhe programas e/ou portfólios, suas programas e/ou portfólios, suas programas e/ou portfolios),permite o exercício da oportunidades e ameaças oportunidades e ameaças sendo capaz de avaliar riscoscompetência. relacionadas na sua seleção, relacionadas na sua seleção. (negativos ou não), seus porém não influencia  Estabelece prioridades impactos em conjunto com stakeholders envolvidos a fim estratégicas através de stakeholders envolvidos e de estabelecer prioridades métodos e da articulação e submeter recomendações à estratégicas para a organização negociação com clientes Alta Gestão. de uma forma global. internos, formalizando-as na Alta Gestão.
  • 32. Competência: GESTÃO DE CONFLITOS NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Lida positivamente em  Reconhece as situações de  Administra as situações de  Os clientes internos eambientes conhecidos, onde já resistência ou impasses, porém mudanças substanciais, externos reconhecem aexistem conceitos consensados, necessita de um prazo maior conflitos e impasses através de capacidade de relacionamentono entanto, demonstra para desenvolver relações com bom relacionamento e transparente e a motivação,dificuldades para adaptar-se a os stakeholders que o ajudem a interação com os stakeholders, mesmo em situações adversas.situações novas ou reagir a atenuá-las de forma positiva. e utilizando técnicas de  Consegue expor as situaçõesimpasses provenientes de negociação. de resistência e impasses deindivíduos ou grupos de forma imparcial, sem abalar suastakeholders. relação com os seus públicos de Reage negativamente às relacionamento (interno oucríticas, não conseguindo externo), e promovendo oadministrar situações contrárias consenso sem impacto aosou impasses. objetivos do projeto/portfólio.
  • 33. Competência: COMUNICAÇÃO EFICAZ NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Não consegue promover a  Transmite as informações dos  Promove a comunicação  Utiliza técnicas de feedbackcomunicação eficiente na projetos, programas e portfólio. efetiva dos projetos, programas aos diferentes stakeholders.gestão de projetos, programas e portfólio aos diversos níveise portfólio, permitindo  Tem dificuldade de receber e hierárquicos, considerando a  Articula cenários paraquestionamentos dúbios e dar feedback. profundidade e informações influenciar a tomada dedificuldade de entendimento e necessárias em cada ponto de decisão.evolução. contato.  Pratica a escuta ativa.
  • 34. Competência: GESTÃO DE PROJETOS NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Não possui conhecimentos  Estrutura um projeto,  Acompanha as  Aperfeiçoa os processos debásicos para o exercício da programa e/ou portfólio implementações, gerenciando gestão de projetos, programascompetência. alinhado à estratégia riscos e realizando serviços que e portfólio, a fim de buscar a organizacional, a partir de uma suportem tanto a Alta excelência nos processos, necessidade identificada, Administração quanto os ferramentas e controles, definindo objetivos, recursos gerentes de projeto. demonstrando atitude viabilizadores e indicadores de  Conhece e aplica ferramentas empreendedora e propondo performance, suportando a de apoio à gestão dos serviços. novas formas de trabalho, decisão da Alta Administração.  Avalia a maturidade em gerenciando as mudanças  Sabe orientar as áreas quanto gerenciamento de projetos, necessárias. aos conceitos e define programas e portfólio, templates para planejamento suportando ações para sua dos projetos. evolução.
  • 35. Competência: ORGANIZAÇÃO & PROCESSOS NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Estabelece alguns padrões  Padroniza os templates para  Estabelece políticas,  Cria um ambiente favorávelporém não documenta e não gerenciamento de projetos. procedimentos e templates para garantir a inovaçãodivulga de forma estruturada. para gerenciamento de contínua, envolvendo pessoas e projetos. integrando a organização.  Monitora as tarefas,  Propõe revisões nos processos e problemas processos para otimização das relacionados aos projetos, atividades. buscando superar os resultados  Estabelece e gerencia previstos e dentro dos recursos indicadores para avaliar a disponíveis. performance dos projetos, de  Estabelece e gerencia cada serviço do PMO e do indicadores para avaliar a Negócio. performance dos projetos
  • 36. Competência: EMPREENDEDORISMO NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Compartilha ideias com a  Assume e desenvolve as  Possui postura pró-ativa,  Influencia seu círculo deequipe porém sente novas ideias porém falta transformando ideias em relacionamento e é capaz dedificuldades em organizar e habilidade para mobilizar as resultados reais. obter resultados através daexecutá-las. partes interessadas para  Os problemas são encarados mobilização de outros e de seu executar e implantá-las. como oportunidades na busca próprio senso de planejamento de melhores resultados. e execução.
  • 37. Competência: RELACIONAMENTO INTERPESSOAL NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Demonstra dificuldade para  Adapta-se a novas situações  Demonstra facilidade para  Reconhecido pela capacidadeadaptar-se a novas situações e porém necessita de um prazo interagir com outros, criando e de se relacionar coma interagir com diferentes maior para desenvolver desenvolvendo relações transparência e pela busca dostakeholders. relações que ajudem a gerar duradouras que ajudam a gerar melhor resultado. Não consegue estabelecer resultados. resultados.  Adapta-se e administra asrelação de confiança com os novas situações com facilidadeprincipais stakeholders e é reconhecido como profissional que sempre agrega valor.
  • 38. Competência: FOCO NO CLIENTE (GESTÃO DE STAKEHOLDERS) NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Conhece os serviços do PMO.  Compreende como os  Investe tempo para entender  Customiza os serviços O resultado individual ou da serviços atendem às às necessidades dos clientes alinhados às necessidadesárea é prioridade, necessidades dos clientes internos. atuais e futuras.independente dos impactos internos e atende as  Define os serviços do PMO  Reconhecido comoque possam causar aos clientes necessidades dos clientes, considerando as necessidades profissional que cria valorinternos ou externos. porém não analisa os impactos atuais dos clientes internos. efetivo e antecipa as nem questiona a eficácia das  Repensa o modelo da área e necessidades dos clientes com ações realizadas. assume riscos para propor o objetivo de fidelizar e gerar mudanças de forma a agregar relacionamentos duradouros. valor para a organização.  Capacidade de analisar e se  Cumpre o que foi acordado reinventar visando sempre a junto aos clientes realizando satisfação dos clientes. entregas de alta qualidade.
  • 39. Competência: GESTÃO DO CONHECIMENTO NÍVEIS DE COMPETÊNCIA NÍVEL 0. Não apresenta a NÍVEL 1. Abaixo do NÍVEL 2. Dentro do NÍVEL 3. Acima do competência Esperado Esperado Esperado (Não Eficaz) (Minimamente Eficaz) (Eficaz) (Altamente Eficaz) Demonstra pouco  Demonstra  Utiliza conceitos de gestão do  É apto a promover sessões decomprometimento com a comprometimento com a conhecimento, como coaching e mentoring emperenidade / sustentabilidade perenidade / sustentabilidade taxonomia, gestão de gestão de projetos nada disciplina de gestão de da disciplina de gestão de conteúdo, etc., para promover organização.projetos na organização. projetos na organização. a disciplina de gestão de  Se envolve no projetos no ambiente  Aplica treinamentos desenvolvimento de corporativo. avançados de gestão de treinamentos da disciplina de  Promove a utilização de lições projetos, programa e portfólio. gestão de projetos. aprendidas em projetos.  Utiliza meios de comunicação organizacional para disseminar a disciplina de gestão de projetos.
  • 40. Dinâmica de Grupo – Desenvolvendo Competências para o PMO Identificar qual é onível atual dosparticipantes emuma competência Discutir quaisações poderiam serrealizadas paradesenvolver acompetência Cada grupodiscutirá eapresentará a análisede uma competência
  • 41. Análise das competências críticas para 5 serviços do PMO(usando Método AHP):
  • 42. Agenda Objetivos Competências ▪ Conceito ▪ Competências do PMO Competências X Serviços do PMO Níveis de Competência Encerramento
  • 43. Desenvolvimento de Competências - E na prática, como fica ?  Descrição de cargos e seleção da equipe do PMO (relacionamento com RH);  Avaliação individual de competências e definição do plano de desenvolvimento;  Alocação da equipe para realização dos serviços de acordo com o perfil;  Motivação da equipe;  Alto desempenho e alcance dos objetivos da área;  Aumento da maturidade do PMO.