Treinamento em gestão de projetos

1,568 views
1,368 views

Published on

Treinamento em gestão de projetos - Ano 2013 - PMBOK 5 edição

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,568
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
155
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Treinamento em gestão de projetos

  1. 1. R O D R I G O L O P E S rdsilvalopes@gmail.com br.linkedin.com/in/rodrigoslopes T R E I N A M E N T 0 G E S T Ã O D E PRO JETO S A N O 2 0 1 3
  2. 2. • Rodrigo da Silva Lopes – MBA Gerenciamento de Projetos – MBA Especialização em Engenharia de Produção – Gestão de Processos Empresariais • Certificações – PMP – Project Management Professional – ITIL V2 e V3 – COBIT – ISO 20.000 e 27.000 • Empresas – Petrobras, Tata (Indiana), Globo.com e Bradesco Seguros. br.linkedin.com/in/rodrigoslopes/
  3. 3. SUMÁRIO • Conceitos e Definições sobre gerenciamento de projetos • Subprojetos, Programas e Portfólio • Estratégia na definição de Projetos – Tipologia de Projetos – Classificação de Projetos • Ciclo de Vida de um Projeto • Stakeholder – Custo das Mudanças • PMBOK 5 edição
  4. 4. SUMÁRIO • Áreas de Conhecimento – Gerenciamento da Integração – Gerenciamento de Escopo – Gerenciamento de Tempo – Gerenciamento de Custo • Valor Agregado • Termo das fórmulas – Gerenciamento da Qualidade – Gerenciamento de Recursos Humanos – Gerenciamento das Comunicações – Gerenciamento de Riscos – Gerenciamento das Aquisições – Gerenciamento das Partes Interessadas
  5. 5. O que é um projeto? • “Projeto é um empreendimento não repetitivo (único), caracterizado por uma sequência clara e lógica de eventos, com início, meio e fim, que se destina a atingir um objetivo claro e definido, sendo conduzido por pessoas dentro de parâmetros predefinidos de tempo, custo, recursos envolvidos e qualidade. Ricardo Vargas p.5
  6. 6. O que é um projeto? • Empreendimento temporário com o intuito de criar um produto ou serviço único. Tem começo e fim bem definidos. (PMBOK).
  7. 7. Projetos X Serviços Continuados
  8. 8. Serviços Continuados Sua principal característica é ser contínuo e repetitivo. São aqueles serviços auxiliares, necessários à Administração para o desempenho de suas atribuições, cuja interrupção possa comprometer a continuidade de suas atividades.
  9. 9. Projetos São únicos e temporários.
  10. 10. Características de uma Projetos Temporário cada projeto tem um início e um fim muito bem definidos Único o produto ou serviço produzido é de alguma forma diferente de todos os outros produtos ou serviços semelhantes
  11. 11. Exemplos de Projetos • Instalação de uma nova planta industrial • Construir um prédio ou instalações • Desenvolver ou adquirir um sistema de informação novo ou modificado • Lançamento de um novo produto ou serviço
  12. 12. Projeto Missão Cleópatra
  13. 13. Fatores Críticos de Sucesso 1. Equipe competente; 2. Condução por meio de liderança reconhecida; 3. Plano que mostre um caminho e com responsabilidades claras; 4. Alinhamento com os objetivos da empresa; 5. Acordo entre os stakeholders com relação aos objetivos; 6. Controle eficiente de progresso, escopo, custo e prazo; 7. Comunicação constante e efetiva para todos os envolvidos; 8. Aplicação dos princípios da Qualidade; 9. Meta claramente definida; 10.Comprometimento das partes envolvidas; 11.Inexistência de item de alto risco; 12.Estrutura organizacional adequada.
  14. 14. Gerência de Projetos Definição Gerência de projetos ou gestão de projetos é o planejamento, a programação e o controle das atividades para atingir os objetivos do projeto.
  15. 15. Gerência de Projetos Definição Aplicação de habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto com objetivo de atingir os seus requisitos. (PMBOK Guide 2000).
  16. 16. Subprojetos e Programas • Subprojeto - quando um projeto precisa ser subdividido em partes, de fácil gerenciamento e controle. – Um subprojeto não tem sentido se tratado isoladamente. • Programa – o termo utilizado refere-se quando vários projetos estão reunidos em um conjunto de benefícios ou estratégias comuns.
  17. 17. Estrutura de Portfólio Portfólio Projeto A Programa X Subprojeto A.1 Subprojeto A.2 Projeto X.1 Projeto X.2 Subprojeto X.1.A Subprojeto X.1.B
  18. 18. Planejamento – Governo de Minas Gerais Portfólio Estratégico Programas Rede de Desenvolvimento Social e Proteção Rede de Defesa e Segurança Projeto SUAS Processo Consolidação e Aprimoramento Rede de Educação e Desenvolvimento Humano Rede de Atenção em Saúde Projeto Rua Livre de Drogas Processo Rede complementar de suporte Dados em 23/09/2013 - http://www.planejamento.mg.gov.br/
  19. 19. Definindo o Sucesso dos Projetos As seguintes perguntas descrevem que um projeto foi bem sucedido? • O projeto ficou abaixo do orçamento previsto? • O projeto terminou mais rápido? • O projeto consumiu menos materiais e pessoas? • O cliente foi surpreendido pela qualidade do resultado do projeto?... Nenhuma dessas respostas descreve um projeto bem-sucedido .
  20. 20. Definindo o Sucesso dos Projetos Um projeto bem-sucedido é aquele que é realizado conforme o planejado.
  21. 21. Definindo o Sucesso dos Projetos FalhaSucesso
  22. 22. Causas de Fracassos em Projetos • Mudança na estrutura organizacional da empresa; • Riscos elevados no meio ambiente; • Mudanças de tecnologia; • Evolução nos preços; Mas a maioria dos insucessos é decorrente de outros tipos de falhas. • Metas e objetivos são mal estabelecidos ou não compreendidos; • Pouca compreensão da complexidade do projeto; • Estimativas financeiras pobres ou incompletas; • O projeto é baseado em dados inadequados;
  23. 23. Causas de Fracassos em Projetos
  24. 24. Caso Real em Projetos - Brasil
  25. 25. Caso Real em Projetos - Brasil
  26. 26. Caso Real em Projetos - Brasil
  27. 27. Benefícios do Gerenciamento de Projetos O gerenciamento de projetos não é restrito a projetos gigantescos, de alta complexidade e custo. • Permite desenvolver diferenciais competitivos; • Evita surpresas durante a execução do trabalho; • Aumento o controle gerencial; • Otimiza a alocação de pessoas, equipamentos e materiais necessários.
  28. 28. Como surgem os projetos? Oportunidade Demande de Mercado??? PROJETOSRequisito Legal Necessidade Solicitação do Cliente ??? Avanço Tecnológico
  29. 29. Tipologia de Projetos Todos os projetos são iguais e merecem o mesmo tratamento? • Não, e devem ser classificados de modo a receber o tipo de gestão mais adequado.
  30. 30. Estratégia na definição de Projetos Estratégicos • Complexo • Simples Prioritários • Complexo • Simples Não-prioritário Presidência / Direção
  31. 31. Classificação de Projetos Por Tipo: – Pesquisa – Implantação de sistemas – Manutenção – Desenvolvimento de Produto – Evento
  32. 32. Classificação de Projetos
  33. 33. Ciclo de Vida de um Projeto • Todo projeto pode ser subdividido em fases de desenvolvimento. – Essa divisão permite ao time do projeto um melhor entendimento e controle total dos recursos gastos. • Esse conjunto de fases é conhecido como ciclo de vida.
  34. 34. Ciclo de Vida de um Projeto Esforço FasedeIniciação FasedePlanejamento FasedeExecução FasedeEncerramento Fase de Monitoramento e Controle Tempo
  35. 35. Ciclo de Vida do Produto
  36. 36. Ciclo de Vida de Projeto Fase Inicial Fases Intermediárias Fase Final Concepção
  37. 37. Ciclo de Vida de um Pequeno Projeto Pesquisa Design Código Teste Transição I P EM&C C LEGENDA I – Iniciação P – Planejamento E – Execução M&C – Monitoramento e controle C - Encerramento
  38. 38. Ciclo de Vida de um Grande Projeto Pesquisa Design Código Teste Transição I P E M & C C I P E M & C C I P E M & C C I P E M & C C I P E M & C C
  39. 39. Ciclo de Vida de um Projeto Esforço Tempo Iniciação Planejamento Execução Controle Encerramento Ciclo de Vida do Projeto
  40. 40. Stakeholders • Stakeholder é qualquer pessoa ou organização que tenha interesse, ou seja afetado pelo projeto. • A palavra vem de: – Stake: interesse, participação e risco. – Holder: aquele que possui.
  41. 41. Stakeholders • Gerente de Projeto, o Patrocinador do Projeto, a Equipe de Projeto e o Cliente. – A comunidade – Outras áreas da empresa – Concorrentes – Fornecedores – Investidores e acionistas – Governo – As famílias da equipe de projeto – Sindicato
  42. 42. Projeto Missão Cleópatra Gerenciamento das Partes Interessadas O Sindicato
  43. 43. Stakeholders • Exemplo: “Um projeto que envolve uma obra em via pública deve considerar as necessidades da comunidade que será afetada pelo barulho e pelos transtornos (mesmo que a obra seja em benefício da comunidade), ou será alvo de reclamações que poderão levar a atrasos no cronograma”. Quem é a parte interessada neste exemplo? R: a comunidade
  44. 44. Grau de Influência dos StakeholdersGRAU Tempo do Projeto Iniciação Planejamento Execução Controle Encerramento ALTO BAIXO 10.000 20.000 30.000 40.000 50.000 60.000 70.000 80.000
  45. 45. Projeto Missão Cleópatra Estratégia de Gerenciamento das Partes Interessadas
  46. 46. Equipes em Projetos • Os principais componentes de uma equipe de projetos são:  Gerente do Projeto  Técnicos especialistas  Patrocinador  Gerente de Riscos  Gerente da Qualidade  Comitê de Direção  Usuários  Fornecedores
  47. 47. O Gerente de Projetos 10: Prioridades 9: Toma as decisões 8: Foco nos objetivos 7: Mentalmente equilibrado 6: Gerenciamento de Riscos 5: Charme 4: Metódico 3: O eterno otimista 2: Nunca é tarde para fazer a coisa certa 1: Colocando a mão na massa
  48. 48. Interação dos Processos • Cada processo é descrito em termos de: – Entradas (inputs): documentos de trabalho – Ferramentas e Técnicas: mecanismos aplicados nas entradas para gerar saídas – Saída (outputs): documentos que são os resultados do processo
  49. 49. Os Ps do Gerenciamento de Projetos • Programa • Projeto • Portfólio • Project • PMO • PMBOK • PMP • PMI • PMI-SP • PMI-RMP
  50. 50. O Instituto PMI Estabelecido em 1969 e sediada na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o instituto em gerência de projeto (PMI - Project Management Institute) é a principal associação mundial sem fins lucrativos em gerência de projeto, atualmente com mais de 150.000 membros em todo o mundo.
  51. 51. O PMBOK O PMBOK é um guia. Não é uma metodologia.
  52. 52. O PMBOK • O Guia PMBOK® 5ª edição possui 5 grupos de processos que abrangem 10 áreas de conhecimento.
  53. 53. Visão Geral das Mudanças
  54. 54. O PMBOK Gerenciamento das Partes Interessadas Quatro Novos Processos: 1. Identificar as Partes Interessadas 2. Planejar o Gerenciamento das Partes Interessadas 3. Gerenciar o envolvimento das partes interessadas 4. Controlar o Envolvimento das Partes Interessadas
  55. 55. O PMBOK Dois Processos Deletados • Distribuir Informação • Reportar o Desempenho
  56. 56. O PMBOK Sete Novos Processos 1. Planejar o Gerenciamento de Escopo 2. Planejar o Gerenciamento de Cronograma 3. Planejar o Gerenciamento de Custo 4. Gerenciamento de Comunicações 5. Controle de Comunicações 6. Gerenciar o envolvimento das partes interessadas 7. Controlar o Envolvimento das Partes Interessadas
  57. 57. Áreas de Conhecimento Gerenciamento da Integração Gerenciamento de Escopo Gerenciamento de Tempo Gerenciamento de Custo Gerenciamento de Riscos Gerenciamento de Comunicações Gerenciamento de Recursos Humanos Gerenciamento de Qualidade Gerenciamento das Partes Interessadas Gerenciamento de Aquisições Nova área PMBOK 5 edição 47 processos

×