Analise de Valor Agregado - EVA

11,737 views
11,426 views

Published on

Apresentação sobre EVA em projetos executivos

Published in: Economy & Finance
0 Comments
22 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
11,737
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
22
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Analise de Valor Agregado - EVA

  1. 1. Análise de Valor Agregado Roberty Pires Engenharia de Produção Faculdade Santo Agostinho
  2. 2. Gerenciamento de Valor AgregadoHistóricoo Foi utilizado pela primeira vez na década de 60 pela Força Aérea dos EUA no projeto do míssil “Minuteman”;o Em 1998 foi reconhecido pelo ANSI sendo divulgado fortemente entre segmentos industriais;o Ainda é considerado como um dos métodos mais simples e práticos para se analisar a evolução dos custos e prazos de um projeto.2/53
  3. 3. IntroduçãoO que é Valor Agregado?o Dá-se o nome de “valor agregado” ao valor orçado para realizar o trabalho de um determinado período de tempo do horizonte do projeto.o Uma metodologia de gerenciamento usada para integrar o escopo, o cronograma e os recursos e para medir objetivamente o desempenho e o progresso do projeto. O desempenho é medido pela comparação entre o valor agregado e o custo real. O progresso é medido pela comparação entre o valor agregado e o valor planejado. 3/53 PMBOK 2008
  4. 4. Introdução Valor Agregado:  Avaliação entre o que foi obtido em relação ao que foi realmente gasto e ao que se planejava gastar  O valor a ser agregado inicialmente por uma atividade é o valor orçado para ela  A cada atividade ou tarefa realizada, o valor inicialmente orçado para a mesma passa a constituir o valor agregado do projeto Método para relato do status do projeto em termos de custo e tempo Permite uma visão mais precisa do progresso do projeto 4/53
  5. 5. IntroduçãoMedidas IntegradasEscopo – O que e como será feito.Custo – O custo necessário para fazer.Tempo – O tempo necessário para fazer. Juntamente com a Tempo Qualidade formam Escopo os Objetivos do Custo Projeto 5/53
  6. 6. IntroduçãoLinha de Base• É o planejamento aprovado para os itens de projeto. Ositens do projeto podem ser Escopo, Custo e Tempo ouainda parâmetros Técnicos e de Qualidade. De umaforma geral as linhas de base são criadas após aaprovação de um planejamento ou de umreplanejamento.Linha de Andamento• Linha de Andamento ou Data de Andamento é geradapor meio da coleta de informação de execuçãorealizadado projeto em um determinado momento para ositens estabelecidos. 6/53
  7. 7. Introduçãoo A Linha de Base e a Linha de Andamento servem paraauxiliar o controle do projeto por meio da comparação dosparâmetros de planejamento contra os de execução ecom isso verificar se ocorreram desvios entre o previsto eo realizado.o Ocorrendo desvios é necessários efetuar uma análisepara descobrir a causa desse desvio e assim tomar umaação corretiva adequada para corrigir o problema. A P C D 7/53
  8. 8. IntroduçãoCurva do ProjetoA Curva do Projeto é obtida por meio da distribuição dasatividades ao longo do ciclo de vida do projeto e pelaaplicação de recursos, durações, custos e relacionamentoscom outras atividades. Atividades 8/53
  9. 9. Elementos Básicos A Análise de Valor Agregado está fundamentada em 3 Dimensões Chave:  VP (Valor Planejado ou Planned Value)  VA (Valor Agregado ou Earned Value)  CR (Custo Real ou Actual Cost) 9/53
  10. 10. VP-Valor Planejado É o custo orçado do trabalho agendado, referente às atividades a serem executadas ao longo do tempo. O VP indica a parcela do orçamento que deveria ser efetivamente gasta ou incorrida, considerando o custo da linha de base da atividade. O VALOR PLANEJADO é a LINHA DE BASE de CUSTO do projeto. Ele representa o orçamento do projeto distribuído ao longo do Ciclo de Vidado projeto. 10/53
  11. 11. CR-Custo Real Mostra os custos reais decorrentes do trabalho já realizado por um recurso ou atividade, até a data de status, ou data atual do projeto, provenientes dos dados financeiros É quanto você já gastou! 11/53
  12. 12. VA-Valor AgregadoÉ o custo planejado referente às atividades ou aos pacotes de trabalho docronograma, que foram realizados ou entregues, até um determinadomomento do projeto, ou seja, a data de andamento do projeto.O valor agregado indica quanto deveria ter sido efetivamente gasto para oque foi efetivamente realizado no projeto e não considera quanto o projetodesembolsou para realizar as atividades ou entregar os pacotes de trabalho.Ele considera o valor que realmente foi agregado ao projeto. 12/53
  13. 13. Informações RelevantesONT –Orçamento no términoQuanto foi orçado para o esforço total do projeto?TP –Tempo PlanejadoQual o tempo de duração total do projeto?TA –Tempo AtualQuanto tempo o projeto já decorreu? 13/53
  14. 14. IndicadoresCom as informações das três dimensões chaves épossível cálcular:o Projeções: Informam a tendência do projeto;o Variações: Informam a relação de variação entre o planejadoe o realizado do projeto;o Índices: Informam o desempenho de custo e tempo doprojeto. 14/53
  15. 15. Indices de DesempenhoIDC – Índice de Desempenho de CustoO índice expressa a eficiência do desempenho dos custos em umprojeto, medido em termos de coeficiente. Demonstra a taxa deconversão entre os valores realizados e os valores agregados aoprojeto até o momento. IDC = VA / CR IDC% = (VA / CR) x 100Resultado Significado>1 (maior) O desempenho do projeto é positivo.= 1 (igual) O desempenho do projeto está de acordo com o esperado.<1 (menor) O desempenho do projeto é negativo 15/53
  16. 16. Indices de DesempenhoQuanto estou agregando para cada valor investido 16/53
  17. 17. Indices de DesempenhoIDP – Índice de Desempenho de PrazoO índice expressa a eficiência do desempenho dos prazos em umprojeto, medido em termos de coeficiente. Demonstra a taxa deconversão entre os valores planejados e os valores agregados aoprojeto até o momento. IDP = VA / VP IDP% = (VA / VP) x 100Resultado Significado>1 (maior) O desempenho do projeto é positivo.= 1 (igual) O desempenho do projeto está de acordo com o esperado.<1 (menor) O desempenho do projeto é negativo 17/53
  18. 18. Indices de DesempenhoQuanto estou progredindo para cada valor investido 18/53
  19. 19. Indice de DesempenhoIDPT – Índice de Desempenho para TérminoÉ a projeção calculada do desempenho de custos quedeve ser atingido no trabalho restante para alcançar umobjetivo de gerenciamento especificado, como o ONT ou aENT. É a proporção entre o “trabalho restante” e os“recursos financeiros restantes”.IDPT baseada no ONT: IDPT = (ONT – VA) / (ONT – CR)IDPT baseada na ENT: IDPT = (ONT – VA) / (ENT – CR)
  20. 20. Variações Fornecem informações a respeito do desempenho e do progresso do projeto a partir dos elementos chave. VPR = Variações de Prazo VC = Variações de custo 20/53
  21. 21. VariaçõesVPR – Variação de PrazoÉ a diferença entre o valor do trabalho realizado e o valor do queestava planejado em um determinado momento do projeto, ouseja, a data de andamento do projeto. É medido em termos decusto e demonstra o quanto de escopo foi realizado. VPR = VA – VP Resultado Significado Negativo - O projeto está atrasado. Zerado - O projeto está no prazo planejado. Positivo - O projeto está adiantado 21/53
  22. 22. Variações O projeto está adiantado ou atrasado? Qual a tendência do projeto? 22/53
  23. 23. VariaçõesVC – Variação de CustoÉ a diferença entre o valor do trabalho realizado e ocusto realizado em um determinado momento doprojeto, ou seja, a data de andamento do projeto. VC = VA – CR Resultado Significado Negativo - O projeto gastou mais do que o planejado. Zerado - O projeto gastou o que estava planejado. Positivo - O projeto gastou menos do que o planejado. 23/53
  24. 24. Variações O projeto está com os gastos realizados acima ou abaixo do orçamento? 24/53
  25. 25. VariaçõesVNT –Variação no TérminoÉ a previsão mais provável da variação entre custo totalestimado do projeto e o orçamento previstooriginalmente. VNT = ONT – ENTResultado SignificadoNegativo Ao final do projeto estaremos acima do orçamento.Zerado Ao final do projeto estaremos no orçamento planejado.Positivo Ao final do projeto estaremos abaixo do orçamento 25/53
  26. 26. Variações 26/53
  27. 27. VariaçõesVT –Variação de TempoÉ a previsão mais provável da variação entre o tempototal estimado para o projeto e o tempo previstooriginalmente VT = TP – tENTResultado SignificadoNegativo O projeto vai atrazar.Zerado O projeto vai terminar no prazo planejado.Positivo O projeto vai ser antecipado. 27/53
  28. 28. Variações O projeto vai atrasar ou ser antecipado? 28/53
  29. 29. VariaçõesPercentuaisVPR% -Percentual de Variação de Prazo. VPR% = (VPR / VP) x 100VC% -Percentual de Variação de Custo. VC% = (VC / VA) x 100VT% -Percentual de Variação do Tempo. VT% = (VT / TP) x 100 29/53
  30. 30. ProjeçõesEPT – Estimativa para TerminarÉ o total das estimativas de custos das atividades ou dos pacotes detrabalho que ainda serão realizados no projeto. É o quanto falta gastar noprojeto para realizá-lo. EPT = ENT – CRQuanto ainda estima-segastar com o projeto apartir desse momento? 30/53
  31. 31. ProjeçõesENT – Estimativa no TérminoÉ a previsão mais provável do custo total do projeto nofuturo, baseado no seu desempenho e nos seus riscos atéo momento. É a soma do custo realizado até o momentomais a nova estimativa para todo o restante do trabalho.A ENT Possui diversas variações dependendo daspremissas adotadas para o projeto. Veremos 4 delas: 31/53
  32. 32. Projeções: ENT –Estimativa no TérminoPremissa 1 - Usada se não ocorrerem variações no ONT ou se vocêmanterá a mesma taxa de gastos. ENT = ONT / IDCExemplo: O projeto está sob controle, pois não ocorreram variaçõessignificativas ou inesperadas no projeto. A tendência é que o projetomantenha esse mesmo índice de performance.Premissa 2 - É usada quando a estimativa original não é mais válida ou porter erros essenciais ou por consequência de uma mudança. É a soma docusto realizado até a data mais uma nova estimativa para o trabalho restante. ENT = CR + EPTExemplo: É adotada uma nova tecnologia que irá mudar completamente ométodo de trabalho do projeto, alterando toda orçamentação e esforço doprojeto. 32/53
  33. 33. Projeções: ENT – Estimativa no TérminoPremissa 3 - É usada quando se considera que as variações atuais sãoatípicas e não ocorrerão no futuro. É a soma do custo realizado mais oorçamento restante do trabalho a ser realizado. ENT = CR + (ONT – VA)Exemplo: Um importante membro da equipe de projeto ficou doente e para oserviço não atrasar foi contratado outro recurso para substituí-lotemporariamente.Premissa 4 - É usada quando se considera que as variações atuais serãotípicas no futuro. É a soma do custo realizado mais o orçamento restantemodificado com base no desempenho. ENT = CR + (ONT –VA) / (IDC * IDP)Exemplo: Um equipamento comprado e utilizado no projeto quebrou e oconcerto é inviável. Um novo equipamento foi alugado para substituí-lo eserá usado até o fim do projeto 33/53
  34. 34. ProjeçõestENT –Tempo Estimado no TérminoO tempo estimado (data provável) para a finalização dostrabalhos do projeto. tENT= (ONT / IDP) / (ONT / TP) Quando provavelmente os trabalhos irão finalizar? 34/53
  35. 35. Projeções TPT –Tempo para Terminar O tempo estimado que ainda falta para a finalização dos trabalhos do projeto TPT = tENT–TAQuanto tempoprovavelmente aindafalta para os trabalhosserem finalizados? 35/53
  36. 36. ExercíciosEscopo Muro com 4 paredes.Tempo 10 dias.Custo R$10.000,00 por parede distribuído de forma linear. 1º Dia Linhade Base Linhade Andamento Atividade % Planejado $ Planejado %Realizado $ Realizado Parede 1 10% R$ 1.000,00 30% R$ 4.000,00 Parede 2 10% R$ 1.000,00 20% R$ 2.000,00 Parede 3 10% R$ 1.000,00 0% R$ 0,00 Parede 4 10% R$ 1.000,00 0% R$ 0,00 36/53
  37. 37. ExercíciosVamos Calcular:VP ValorPlanejado? VT TP –tENTCR CustoReal? ENT ONT/ IDCVA ValorAgregado? EPT ENT –CRONT OrçamentonoTérmino? VPR VA –VPTP TempoPlanejado? VC VA –CRTA TempoAtual? VNT ONT –ENTtENT (ONT / IDP) / (ONT / TP) IDC VA / CRTPT tENT–TA IDP VA/ VP 37/53
  38. 38. ExercíciosCálculos Iniciais Auxiliares:Valor Planejado:VP = $1.000,00 + $1.000,00 + $1.000,00 + $1.000,00VP = $4.000,00Valor Agregado:VA = ($10.000,00 * 30%) + ($10.000,00 * 20%)VA = $3.000,00 + R$2.000,00VA = $5.000,00Custo Real:CR = $4.000,00 + R$2.000,00CR = $6.000,00Orçamento no Término:ONT = 4 * $10.000,00 38/53ONT = $40.000,00
  39. 39. ResultadosVP R$ 4.000,00 VT TP –tENTCR R$ 6.000,00 ENT ONT/ IDCVA R$ 5.000,00 EPT ENT –CRONT R$ 40.000,00 VPR VA –VPTP 10 Dias VC VA –CRTA 1 Dias VNT ONT –ENTtENT 8 Dias IDC VA / CRTPT 7 Dias IDP VA/ VP 39/53
  40. 40. Resultados 40/53
  41. 41. Conclusão O GP deve monitorar a baseline de custos para identificar variações do planejamento original Medidas de performance devem ser utilizadas como auxílio na identificação dos desvios e no fornecimento de informações aos stakeholders É importante entender as causas das variações de custo e tomar as medidas corretivas O GP nunca deve esquecer de incluir as informações de variação de custo nas lições aprendidas do projeto 41/53
  42. 42. FIM OBRIGADO!!! 42/42

×