Crosta terrestre

19,980 views

Published on

Crosta terrestre, litosfera, relevo, estrutura geológica.

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
19,980
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
16,970
Actions
Shares
0
Downloads
116
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Crosta terrestre

  1. 1. Profª Roberta Geografia http://geoprofessora.blogspot.com/
  2. 2. Origem da Terra  A história da Terra fundamenta-se no estudo das rochas e dos fósseis e está dividida em eras, períodos, épocas, idades e fases.  Essa história envolve aproximadamente 4,6 bilhões de anos, mas o surgimento do homem foi há apenas 2 milhões de anos.  Ocorreram profundas mudanças na Terra, sobretudo em relação ao clima, à vida em geral, à localização dos continentes, entre outros.
  3. 3. Eras Geológicas
  4. 4. Camadas Internas do Planeta A litosfera é a camada externa e consolidada, com espessura média de 50 km, e dividida em parte superior, com solo e subsolo e elementos como silício e alumínio (sial), e parte inferior, com predomínio de silício e magnésio (sima). O manto ou astenosfera consiste na camada intermediária de constituição pastosa, devido ao magma. A espessura de 4.600 km supera o núcleo (1.700 km). Alguns cientistas consideram como astenosfera apenas a parte superior do manto. O núcleo da Terra, com temperaturas que ultrapassam os 5.000 °C, é formado por ferro e níquel (nife) e dividido em uma parte sólida (interna) e uma líquida (externa). Entre as grandes camadas citadas, existem transições ou pequenas camadas, as descontinuidades, nas quais a composição e as densidades dos materiais sofrem alterações.
  5. 5. Teoria: Deriva Continental Teoria desenvolvida pelo meteorologista alemão Alfred Wegener e divulgada no início do século XX, segundo a qual, há cerca de 250 milhões de anos, existia apenas uma única massa continental, isto é, um supercontinente chamado Pangeia, cercado por um oceano imenso, o Pantalassa.  A partir da Era Mesozóica, começou a separação, quando a Pangeia se dividiu em duas grandes massas: a Laurásia (América do Norte, Groenlândia, Ásia e Europa) e a Gondwana (América do Sul, Índia, África, Nova Zelândia e a Antártica). Entre as duas massas continentais, formou-se o Mar de Tétis (mais tarde transformou-se no Mar Mediterrâneo).  A grande prova da teoria era a coincidência entre os contornos litorâneos da África e do Brasil, além das semelhanças envolvendo rochas, fauna e flora. Wegener defendia a tese da deriva, ou seja, as terras emersas flutuam sobre o magma e, por meio deste movimento, ocorreram separações até se chegar à configuração atual. Mas ele não conseguiu explicar detalhadamente esse deslocamento continental.
  6. 6. Teoria: Tectônicas de Placas  Teoria do pesquisador estadunidense Jason Morgan, da década de 1960, pela qual a litosfera é formada por várias placas semi-rígidas que se movem umas em direção às outras.  Portanto, essa teoria complementa a Teoria da Deriva, pois explica justamente o ponto fraco de Wegener, ou seja, o deslocamento dos continentes.
  7. 7. Placas Tectônicas Representação artística mostrando as principais feições topográficas do fundo oceânico. Fonte: http://www.ufrgs.br/geociencias/cporcher/Atividades%20Didaticas_arquivos/Geo02001/geomorfologia.htm
  8. 8. Placas Tectônicas http://www.diaadia.pr.gov.br/temasatuais/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=140
  9. 9. Placas Tectônicas http://www.rc.unesp.br/igce/aplicada/ead/interacao/inter05.html
  10. 10. Placas Movimentos de Placas Fonte: http://terraquegira.blogspot.com/2008/07/subduco-parte-i-zonas-de-subduco-e.html
  11. 11. Movimento de Placas
  12. 12. Vulcanismo  Consiste na expansão de material magmático e gás, na superfície e na atmosfera, provenientes do interior da Terra, os quais irrompem, por meio de uma falha ou fissura na litosfera, com temperatura acima de 800 C.  Os vulcões são classificados como ativos, quando entram constantemente em erupção, e como extintos, quando não sofrem erupções.
  13. 13. Rochas  As rochas são agregados naturais de minerais, ou seja, minerais consolidados.  Estes, por sua vez, são compostos químicos ou substâncias simples com composição química definida, como, por exemplo, mica,quartzo, grafita, diamante, feldspato, entre Outros.  Quanto às rochas, a classificação mais usada está relacionada à formação ou origem, com três tipos:  Magmáticas ou Ígneas  Sedimentares ou estratificadas  Metamórficas
  14. 14. Rochas Magmáticas  Magmáticas ou ígneas: são as mais antigas, formadas pelo esfriamento e pela solidificação do magma pastoso. Formam o embasamento rochoso dos continentes, isto é, os escudos cristalinos;são divididas em:  Se o magma consolida no interior da crusta, origina rochas magmáticas intrusivas. O arrefecimento lento em profundidade é propício ao crescimento de cristais. Por exemplo: granito.  Se o magma consolida à superfície ou próximo dela, origina rochas magmáticas extrusivas, caracterizadas por um arrefecimento rápido do magma. Por exemplo: basalto.
  15. 15. Rochas Sedimentares  Sedimentares ou estratificadas: resultam de um processo erosivo, ou seja, rochas preexistentes que sofreram erosão, causada por agentes como vento, sol e água, originando os sedimentos ou detritos, que serão depositados em camadas nos terrenos mais baixos e, posteriormente, agrupados, fazendo surgir, então, essas rochas. Caso a sedimentação envolva matéria orgânica, originam-se os combustíveis fósseis, como, por exemplo, arenito, calcário, carvão mineral, argila, sal-gema e areia.
  16. 16. Rochas Metamórficas  Metamórficas: são resultantes da transformação das rochas sedimentares e magmáticas em virtude do aumento da temperatura e da pressão, alterando a composição química da rocha. Os exemplos clássicos são: a ardósia, que provém da argila (sedimentar), o mármore, que provém do calcário (sedimentar), e o gnaisse, resultante do granito (magmática).
  17. 17. Ciclo das Rochas  O ciclo das rochas é composto por um processo lento, que resulta na transformação de rochas antigas em novas.
  18. 18. Relevo PréCambriano Paleozóica  Planaltos e formações montanhosas antigas.  As planícies centrais e litorâneas. Mesozóica Cenozóica  Dobramentos modernos
  19. 19. Referências  Material didático COC  http://geoprofessora.blogspot.com/  http://entre-margens-lucie.blogspot.com/2010/06/rochas-magmaticas.html  http://terraquegira.blogspot.com/2008/07/subduco-parte-i-zonas-desubduco-e.html  http://www.ufrgs.br/geociencias/cporcher/Atividades%20Didaticas_arquivos /Geo02001/geomorfologia.htm  http://www.diaadia.pr.gov.br/temasatuais/modules/conteudo/conteudo.php? conteudo=140  http://www.rc.unesp.br/igce/aplicada/ead/interacao/inter05.html  http://terraquegira.blogspot.com/2008/07/subduco-parte-i-zonas-desubduco-e.html  http://www.ulbra.br/mineralogia/conceito_rochas.htm  http://www.infoescola.com/geologia/rochas-metamorficas/

×