Rio Info 2010 - Seminário de Tecnologia - Integração de coisas - Edmo Lopes - 01/09
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Rio Info 2010 - Seminário de Tecnologia - Integração de coisas - Edmo Lopes - 01/09

on

  • 483 views

Rio Info 2010 - Seminário de Tecnologia - Integração de coisas - Edmo Lopes - 01/09

Rio Info 2010 - Seminário de Tecnologia - Integração de coisas - Edmo Lopes - 01/09

Statistics

Views

Total Views
483
Views on SlideShare
480
Embed Views
3

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

1 Embed 3

http://www.rioinfo.com.br 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • Quais as principais ideias inovadoras que estão despontando na área da integração de coisas? Quais são os principais desafios atuais da integração de coisas para as empresas (usuárias e fornecedoras) e para as próprias pessoas? Quais as visões de futuro ou cenários para a integração de coisas? Que novos negócios podem ser visualizados? Como estão e para onde tendem as questões de privacidade, autonomia e segurança com relação à integração de coisas? E a infraestrutura no país, como ela poderá contribuir/desafiar os esforços de integração de coisas? Que mudanças culturais e organizacionais estão associadas à integração de coisas? O que muda (ou não) na sociedade? Como conciliar a vida pessoal com um ambiente tão conectado e supostamente "inteligente"? E os recursos humanos nas empresas? O que muda? A integração de coisas pode se relacionar positivamente com a inclusão digital e social ? Como?
  • A Revolução Industrial consistiu em um conjunto de mudanças tecnológicas com profundo impacto no processo produtivo em nível econômico e social. Iniciada na Inglaterra em meados do século XVIII, expandiu-se pelo mundo a partir do século XIX. Ao longo do processo (que de acordo com alguns autores se registra até aos nossos dias), a era agrícola foi superada, a máquina foi suplantando o trabalho humano, uma nova relação entre capital e trabalho se impôs, novas relações entre nações se estabeleceram e surgiu o fenômeno da cultura de massa, entre outros eventos. Com a Revolução Industrial os trabalhadores perderam o controle do processo produtivo, uma vez que passaram a trabalhar para um patrão (na qualidade de empregados ou operários), perdendo a posse da matéria-prima, do produto final e do lucro . Esses trabalhadores passaram a controlar máquinas que pertenciam aos donos dos meios de produção os quais passaram a receber todos os lucros. O trabalho realizado com as máquinas ficou conhecido por maquinofatura . Esse momento de passagem marca o ponto culminante de uma evolução tecnológica, econômica e social que vinha se processando na Europa desde a Baixa Idade Média , com ênfase nos países onde a Reforma Protestante tinha conseguido destronar a influência da Igreja Católica : Inglaterra , Escócia , Países Baixos , Suécia . Nos países fiéis ao catolicismo, a Revolução Industrial eclodiu, em geral, mais tarde, e num esforço declarado de copiar aquilo que se fazia nos países mais avançados tecnologicamente: os países protestantes. Essa transformação foi possível devido a uma combinação de fatores, como o liberalismo econômico, a acumulação de capital e uma série de invenções, tais como o motor a vapor. O capitalismo tornou-se o sistema econômico vigente.
  • Júlio Verne , em francês Jules Verne , Nantes , 8 de fevereiro de 1828 — Amiens , 24 de março de 1905 ) foi um escritor francês . Júlio Verne foi o filho mais velho dos cinco filhos de Pierre Verne, advogado ( avoué ), e Sophie Allote de la Fuÿe, esta de um família burguesa de Nantes [1] . É considerado por críticos literários o precursor do gênero de ficção científica, tendo feito predições em seus livros sobre o aparecimento de novos avanços científicos, como os submarinos , máquinas voadoras e viagem à Lua . Infância e juventude Júlio Verne passou a infância com os pais e irmãos, na cidade francesa de Nantes e na casa de verão da família. A proximidade do porto e das docas constituíram provavelmente grande estímulo para o desenvolvimento da imaginação do autor sobre a vida marítima e viagens a terras distantes. Com nove anos foi mandado para o colégio com seu irmão Paul. Mais tarde, seu pai, com a esperança de que o filho seguisse sua carreira de advogado , enviou o jovem Júlio para Paris, a fim de estudar Direito . Ali começou a se interessar mais pelo teatro do que pelas leis , tendo escrito alguns livretos de operetas e pequenas histórias de viagens. Seu pai, ao saber disso, cortou-lhe o apoio financeiro, o que o levou a trabalhar como corretor de ações, o que teve como propósito lhe garantir alguma estabilidade financeira. Foi quando conheceu uma viúva com duas filhas chamada Honorine de Viane Morel, com quem se casou em 1857 e teve em 1861 um filho chamado Michel Jean Pierre Verne. Durante esse período conheceu os escritores Alexandre Dumas e Victor Hugo . [ editar ] Carreira literária Capa das edições Hetzel : As Aventuras do Capitão Hatteras no Polo Norte Jules Verne fotografado por Felix Nadar . A carreira literária de Júlio Verne começou a se destacar quando se associou a Pierre-Jules Hetzel , editor experiente que trabalhava com grandes nomes da época, como Alfred de Brehat, Victor Hugo , George Sand e Erckmann-Chatrian. Hetzel publicou a primeira grande novela de sucesso de Júlio Verne em 1862 , o relato de viagem à África em balão, intitulado Cinco semanas em um balão [1] . Essa história continha detalhes tão minuciosos de coordenadas geográficas, culturas, animais, etc., que os leitores se perguntavam se era ficção ou um relato verídico. Na verdade, Júlio Verne nunca havia estado em um balão ou viajado à África. Toda a informação sobre a história veio de sua imaginação e capacidade de pesquisa. Hetzel apresentou Verne a Félix Nadar , cientista interessado em navegação aérea e balonismo, de quem se tornou grande amigo e que introduziu Verne ao seu círculo de amigos cientistas, de cujas conversações o autor provavelmente tirou algumas de suas ideias. O sucesso de Cinco semanas em um balão lhe rendeu fama e dinheiro. Sua produção literária seguia em ritmo acelerado. Quase todos os anos Hetzel publicava novo livro de Verne, quase todos grandes sucessos. Dentre eles se encontram: Vinte Mil Léguas Submarinas , Viagem ao centro da terra , A volta ao mundo em oitenta dias , Da terra à lua , Robur - o conquistador . Seu último livro publicado foi Paris no século XX . Escrito em 1863 , somente publicado em 1989 , quando o manuscrito foi encontrado por bisneto de Verne. Livro de conteúdo depressivo, foi rejeitado por Hetzel, que recomendou Verne a não publicá-lo na época, por fugir à fórmula de sucesso dos livros já escritos, que falavam de aventuras extraordinárias. Verne seguiu seu conselho e guardou o manuscrito em um cofre, só sendo encontrado mais de um século depois. Até hoje Júlio Verne é o escritor cuja obra foi mais traduzida em toda a história, com traduções em 148 línguas, segundo estatísticas da UNESCO , tendo escrito mais de 100 livros.
  • Há exatos 60 anos, foi anunciado o primeiro computador digital eletrônico de grande escala: o ENIAC (Electrical Numerical Integrator and Calculator). O computador foi criado em fevereiro de 1946 pelos cientistas norte-americanos John Presper Eckert e John W. Mauchly, da Electronic Control Company. Na época, o ENIAC se destacou por realizar 5 mil operações por segundo, velocidade mil vezes superior à de seus antecessores. Hoje, se comparado com os computadores atuais, o poder de processamento do ENIAC seria menor do que o de uma simples calculadora de bolso. O computador começou a ser feito em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial, para auxiliar o exército norte-americano a fazer cálculos de balística. No final da década de 60 , surgiu a internet , criada pela ARPANET , com o intuito de interligar dados a outros computadores . Mas a internet conhecida nos dias de hoje, só teve início no começo de 1990 , através do Word Wide Web ( Rede de Alcance Mundial ) - as iniciais www que digitamos para acessar os sites - criado pela CERN ( Organização Européia Para Pesquisa Nuclear ). Antigamente, era apenas de uso exclusivo da indústria bélica, utilizada nas buscas de tecnologia de espionagem. A partir daí o que era de acesso somente de quem tivesse profundo entendimento de computadores, passou a ser alcançado por outras pessoas que não tinham tanto conhecimento. Assim, a internet que antes era associada a fanáticos por computadores e pesquisadores, ficou popularizada entre diversos tipos de pessoas, fazendo parte dos lares e sendo utilizada por toda a família.
  • http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=teletransporte-quantico-entre-atomos&id=010115090126 Na mecânica quântica , o paradoxo EPR ou Paradoxo de Einstein-Podolsky-Rosen é um experimento mental que demonstra que o resultado de uma medição realizada em uma parte do sistema quântico pode ter um efeito instantâneo no resultado de uma medição realizada em outra parte, independentemente da distância que separa as duas partes. Isto vai de encontro aos princípios da relatividade especial , que estabelece que a informação não pode ser transmitida mais rapidamente que a velocidade da luz . "EPR" vem das iniciais de Albert Einstein , Boris Podolsky , e Nathan Rosen , que apresentaram este experimento mental em um trabalho em 1935 que buscava demonstrar que a mecânica quântica não é uma teoria física completa. É algumas vezes denominado como paradoxo EPRB devido a David Bohm , que converteu o experimento mental inicial em algo próximo a um experimento viável. O EPR é um paradoxo no seguinte sentido: se se tomar a mecânica quântica e a ela adicionar uma condição aparentemente razoável (tal como "localidade" , "realismo" ou "inteireza"), obtém-se uma contradição . Porém, a mecânica quântica por si só não apresenta nenhuma inconsistência interna, nem — como isto poderia sugerir — contradiz a teoria relativística. Como um resultado de desenvolvimentos teóricos e experimentais seguintes ao trabalho original da EPR, a maioria dos físicos atuais concorda que o paradoxo EPR é um exemplo de como a mecânica quântica viola o ponto de vista esperado na clássica , e não como uma indicação de que a mecânica quântica seja falha e sim inaplicável ao meio.
  • Increasingly, WLANs are used for more than just connecting computing devices to networks and applications. With the network in place and connectivity available in an infinite number of places (most far too expensive to wire), coupled with the falling prices of Wi-Fi client chipsets and their near-ubiquitous inclusion in everything from printers and laptops, to mobile phones and LCD displays, the applications for the technology are limitless. Some of the "lowest hanging" application areas have been to do with connecting devices that were too expensive to wire (security cameras, forklifts, refrigerated pallets) and integrating those into existing supply chain or security applications. Gartner believes that the next phase of WLAN-based applications will take advantage of the location (derived from cellular-based technologies) and presence services available on next-generation WLAN systems. Locating assets, tracking and optimizing them are applications that some verticals have already deployed, notably healthcare and manufacturing, but we expect this functionality to go more mainstream and the prices for the infrastructure to drop and the value propositions to refine. Infrastructure vendors are correctly realizing that standards-based connectivity alone will not enable them to maintain competitive differentiation in this increasingly competitive market. They have begun to integrate some of these applications into both the controller software and the access points.
  • As redes sociais permitem a troca de informações sobre mecanismos de fraude muito rapidamente. Constitui um fomentador para roubo de identidade e fraudes de subscrição. http://friendfeed-media.com/c93315d5bf5875fac4292e11806bc25e1265bb1c Utilizadas para negócio, anúncios, contratar pessoas e ataques. Temos uma nova geografia mundial.
  • Interagir com a plateia. Rede social divulga o que você compra no cartão de crédito em tempo real 22/02/2010 Fundadores querem tornar mais “confortável” o ato de compartilhar de informações financeiras na web. Se você já diz no Twitter em que horário toma banho, o que acabou de comer e que filme assistiu, por que não revelar o que acabou de comprar? Pois agora uma nova rede social decidiu mostrar tudo o que você gasta com seu cartão de crédito. O Blippy, que pode ser sincronizado com contas do Twitter e Facebook, acaba de ser lançado para alcançar um objetivo um tanto bisbilhoteiro: quer que as pessoas façam comentários em tempo real sobre hábitos de compras dos seus amigos. A rede foi criada por Philip Kaplan – mais conhecido por ter criado um site para ridicularizar empresas ''.com'' falidas – junto com Ashvin Kumar e Chris Estreich. A ideia inicial dos fundadores era tornar mais “confortável” o compartilhamento de informações financeiras dos indivíduos, que por receio dos usuários não são comumente postadas nas redes sociais . Para utilizar a rede, é necessário cadastrar seu cartão de crédito no site e a partir daí, cada nova transação fará parte do seu timeline de compras.Você pode conectar também seu perfil a sites de comércio eletrônico , como eBay, iTunes Store, Amazon. No momento em que esta matéria é escrita, o usuário Tvan acaba de gastar US$ 0,99 na música Foundations, de Kate Nash. Ou seja, uma vez na rede, seus amigos ficarão sabendo, por exemplo, se você gastou todas as suas economias num novo Kindle e quais e-books andou comprando ultimamente. Mas a rede não é tão específica para outros tipos de compra, como no supermercado. Ela mostra apenas o total gasto e não detalha quais itens você levou para casa. Segurança e privacidade Para aqueles que estão pensando que esta será mais uma porta aberta para cibercriminosos roubarem seus dados, os fundadores do Blippy afirmam que a rede não grava dados dos cartões de crédito. Em vez disso, ela usa o login e senha, já existentes, do serviço online do seu cartão de crédito. E se não quiser revelar detalhes mais específicos, o site deixa que você bloqueie compras específicas e as demais serão mostradas apenas para amigos que fazem parte da sua rede, se você assim quiser. Leia Mais Sobre: Rede social divulga o que você compra no cartão de crédito em tempo real | WBI Brasil Quer saber mais sobre: Marketing Digital?
  • http://exameinformatica.clix.pt/noticias/internet/1003144.html
  • O software é o grande problema. Código sem segurança. Exemplo: vírus no MSN, Cavalos de Tróia para roubar senhas Teceirização de software – Contratos com clausulas de segurança da informação. UC está alterando a estrutura de organograma das empresas. Fraudes de By Pass

Rio Info 2010 - Seminário de Tecnologia - Integração de coisas - Edmo Lopes - 01/09 Rio Info 2010 - Seminário de Tecnologia - Integração de coisas - Edmo Lopes - 01/09 Presentation Transcript

  • Integração de Coisas Rio Info 2010 Edmo Lopes Filho
    • Um pouco de história.
    • Comunicação Unificada.
    • Redes Sociais e Colaboração.
    • Relações Trabalhistas.
    • Desafios dos Lideres.
    • Conclusão.
    Agenda
  • Um pouco de história: A Revolução Industrial
    • 1698 - Thomas Newcomen, em Staffordshire, na Grã-Bretanha, instala um motor a vapor para esgotar água em uma mina de carvão .
    • 1708 - Jethro Tull (agricultor), em Berkshire, na Grã-Bretanha, inventa a primeira máquina de semear puxada a cavalo, permitindo a mecanização da agricultura.
    • 1865 - O primeiro cabo telegráfico submarino através
    • do leito do oceano Atlântico, entre a
    • Grã-Bretanha e EUA.
    • 1895 - Guglielmo Marconi inventou a
    • radiotelegrafia na Itália.
    • Cinco Semanas em Um Balão.
    • Vinte Mil Léguas Submarinas.
    • Viagem ao Centro da Terra.
    • A Volta ao Mundo em Oitenta Dias.
    Um pouco de história: Julio Verne
  • Um pouco de história: Tempos Modernos
    • Fevereiro de 1946 - ENIAC
    • Internet (ARPANET) surge na década de 60.
    • WWW prolifera a partir da década de 90.
    • Robótica, Inteligência Artificial, Comércio Eletrônico.
    • Nanotecnologia, Clonagem de células, geolocalização, energia sem fio,
    • etc.
    • Einstein-Podolsky-Rosen
    • http://pt.wikipedia.org/wiki/Paradoxo_EPR .
    Um pouco de história: Paradoxo EPR
    • Computação em Nuvem.
    • Demanda por Internet
    • cada vez mais crescente.
    • Redes Sociais;
    • Botnets.
    Cenário Atual
    • Algumas previsões:
    • Em 2011 70% das novas portas de rede serão wireless.
    • Em 2012 35% das 5000 empresas Globais (Top) falharão regularmente no processo de tomada de decisões críticas.
    • Em 2013 47% da força de trabalho mundial não terá “ desk-phone ” na sua posição de trabalho.
    • Fonte: Gartner.
  • O cenário – Redes Sociais e Colaboração
  • O cenário – Redes Sociais
  • O cenário – Redes Sociais http://exameinformatica.clix.pt/noticias/internet/1003144.html
  • Comunicação Unificada VAS
    • Relações trabalhistas:
    • O mundo é o seu local de trabalho.
    • Aspectos de Segurança da Informação são cada vez mais críticos.
    • Flexibilidade nas relações de trabalho (Home Office, jornadas flexíveis, etc) .
    • Aspectos jurídicos complexos, mas evoluindo ( Ex. Demissões por causa de
    • comentários indevidos em SNS).
    • Grande volume de informações.
    • Disciplina e produtividade como requisitos ( perfil profissional ).
    • As empresas devem concentrar na busca
    • por talentos específicos para seu contexto
    • de negócio.
    • Empresas que falharem na inovação e
    • adaptação a novas praticas de trabalho e sociais (60% - 2015) perderão
    • desempenho e objetivos do negócio (Gartner) .
    • 2015 – 80% do trabalho será remoto ou colaborativo.
    • Competição por talentos é global.
    • Aspectos de retenção deverão ser reforçados.
    • Equilíbrio entre vida pessoal e tempo na empresa será fator
    • decisivo na busca por talentos.
    A busca por talentos
    • Desafios dos líderes:
    • Times globais, multiculturais, sempre conectados, sempre se deslocando (mobile), conhecimento em expansão, equipamentos inteligentes.
    • Avaliar as mudanças em seu ambiente e a capacidade para liderar e sobreviver às mudanças.
    • Trabalho não é complexo, mas multidimensional.
    • Times formados por interesses mútuos, comunidades e rede de influência (em detrimento de organogramas rígidos).
    • Novos modelos de organização (sustentabilidade, governança) -> + experiência e flexibilidade .
    • Novas dimensões de diversidade.
    • Nativos digitais.
    • Transformação no local de trabalho – decréscimo do face a face.
  • Desafios dos líderes
  • A espiral do desenvolvimento - memes Conclusão
  • Obrigado. tel.: 34-3256-2490 cel.: 34-9971-9596 [email_address] Edmo Lopes Filho Me., CISSP, GCIH, SBCI, ITIL