Sustentabilidade
e Inovação:
uma oportuna sinergia
Haroldo Mattos de LemosHaroldo Mattos de Lemos
Presidente, Instituto Br...
Desde o surgimento da espécieDesde o surgimento da espécie
humana: utilizávamos a energia vindahumana: utilizávamos a ener...
1712: Algo novo na
história da humanidade:
Thomas Newcomen
desenvolveu a primeira
máquina a vapor, geradogerado
pela queim...
B
Problemas globais que vamos
enfrentar no século XXI
Aquecimento
Global
Escassez
de
Água
Energia
Esgotamento do petróleo
DesenvolvimentoDesenvolvimento
SustentávelSustentável
Atende às necessidades do presente, semAtende às necessidades do pre...
BiosferaBiosfera
Recursos Naturais RenováveisRecursos Naturais Renováveis
Fotossíntese – Energia QuímicaFotossíntese – Ene...
1
Três Grandes Desafios para o
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Garantir aGarantir a
disponibilidade...
2
Três Grandes Desafios para o
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Não ultrapassar os
limites da Biosfe...
3
Três Grandes Desafios para o
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Reduzir a
pobreza
no mundo
França in...
III Relatório do Clube de Roma:III Relatório do Clube de Roma:
Para Uma Nova Ordem MundialPara Uma Nova Ordem Mundial (197...
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
- Respeita a capacidade de suporte
da biosfera (disponibilidade de ...
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Algumas ações importantes:
1) Estabilizar a população mundial1) Est...
2) Melhorar a educação2) Melhorar a educação
1) ajuda a reduzir o crescimento
populacional;
2) possibilita a adoção de med...
3. Tecnologias mais eficientes3. Tecnologias mais eficientes
Tecnologias que aumentem a eficiência do
uso de energia, redu...
4. Conservação da base ambiental.
Preservar: solo, água, clima, biodiversidade.
- Reduzir erosão e acidificação dos solos,...
5) Adotar novo indicador de desenvolvimento5) Adotar novo indicador de desenvolvimento
- PIB: não reflete adequadamente o ...
TEEB:
apresentado na COP
10 da Convenção
sobre Diversidade
Biológica, outubro de
2010, Nagoya, Japão
6) Valorar os serviço...
Estão desaparecendo em várias
partes do mundo.
Valor das abelhas como polinizadoras:
US$ 8 trilhões.
Abelhas: polinizam ce...
7) Reformar o sistema tributário:7) Reformar o sistema tributário: colocarcolocar
a economia a favor do desenvolvimentoa e...
Entre 1% e 2% do PIB global:
subsídios que prolongam a
insustentabilidade do uso de
recursos (combustíveis fósseis,
agricu...
Pesca
Subsídios de US$ 27 bilhões/ano:
capacidade de pesca duas vezes
maior que capacidade de
reprodução dos peixes.
Conclusão
Relatório Planeta Vivo 2008Planeta Vivo 2008
“A humanidade já consome 30% mais
recursos naturais do que o planet...
The Greening of ITThe Greening of IT
John Lamb, IBM Press, 2009.John Lamb, IBM Press, 2009.
Guia para otimização da infrae...
The Greening of ITThe Greening of IT
Em 10 anos, requisitos das CPUs: + 6 vezes.
Armazenamento de dados: + 69 vezes.
Desdu...
Visão 2050: ObjetivoObjetivo
9 bilhões de habitantes, todos
vivendo bem – com alimentos
suficientes, moradia, água potável...
Vision 2050
The new agenda
for business
WBCSD
2010
Traduzido pelo
CEBDS:
VISÃO 2050
www.cebds.org
Visão 2050*
Mudanças fundamentais nas estruturas de
governança, na economia, nos negócios e no
comportamento humano.
Mudan...
Visão 2050
Visão Brasil
2050
Conselho Empresarial
Brasileiro para o
Desenvolvimento
Sustentável – CEBDS
Publicado: junho de 2012.
www...
2012: ISO/IEC JTC 1/SC 39 Sustainability for
and by Information Technology
Secretaria dos EUA e 17 países participam. Nenh...
Lixo eletrônico: o que mais cresce no mundo.
(2010: crescia 40 milhões de toneladas por ano. China produzia
2,3 milhões de...
Computadores: cádmio, chumbo e mercúrio,
cobre, ouro e prata.
ONU, 2011: 320 ton. de ouro – U$ 16 bilhões e
7,5 mil ton. d...
Reciclagem de ouro, prata e outros metais
como cobre, paládio, platina, cobalto ou
estanho: fundamentais para a sustentabi...
Lixo Eletrônico – ChinaLixo Eletrônico – China
Desmontagem de componentes de lixo eletrônico de maneira adequada.
Lixo Eletrônico – Guiyu, ChinaLixo Eletrônico – Guiyu, China
Mulheres retirando fios de computadores descartados.Mulheres ...
Grande desafio da humanidade:
-Desenvolver economia com baixo
teor de carbono.
- Business as “unusual”: inovação e
criativ...
Hargroves, K. and Smith, M.H. (2005) The Natural Advantage of Nations: Business Opportunities,
Innovation and Governance i...
Grande
investimento para
ampliar o Canal
do Panamá: vai
dar retorno?
Custo: US$
5,25 bilhões
Início: 2007
Término: 2014
Mensagem final:
Acabou a Era da Abundância.
Estamos entrando na Era da
Escassez.
Obrigado.
Haroldo Mattos de Lemos
brasilp...
D
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Encontro sobre Produtividade, inovação e qualidade - Parte 2 – Sustentabilidade e inovação uma oportuna sinergia - Palestrante: Haroldo de Mattos de Lemos

470 views

Published on

Rio Info 2013
Encontro sobre Produtividade, inovação e qualidade
Parte 2 – Sustentabilidade e inovação uma oportuna sinergia
Palestrante: Haroldo de Mattos de Lemos

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
470
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
22
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • É importante notar que desde o surgimento da espécie humana como nos a conhecemos hoje há cerca de 180 mil anos atrás até o ano de 1712, o homem basicamente utilizava somente a energia vinda do sol, que era capturada pelas plantas através do processo de fotossíntese e esta energia passava para o homem e animais, que por sua vez despendiam energia exercendo seu trabalho, seja arando a terra, seja na metalurgia, seja guerreando. Portanto, a energia disponível limitava o homem e seu poder de utilizar os recursos naturais disponíveis. Até que em 1712 Thomas Newcomen desenvolveu na Inglaterra a primeira máquina a vapor na qual o vapor era gerado pela queima de carvão mineral que é um combustível fóssil. Esta máquina era utilizada para bombear água para for a das minas de carvão e sua eficiência era tal que o trabalho realizado por ela era equivalente ao trabalho realizado por 500 cavalos! Pronto, a humanidade tinha acabado de dar um dos passos mais importantes em sua trajetória. Tinha trocado sua força física e de seus animais pela força gerada pela queima de combustíveis fósseis. Com isso, sua capacidade de usufruir dos recursos naturais, inclusive dos próprios combustíveis fósseis, aumentou enormemente.
  • É importante notar que desde o surgimento da espécie humana como nos a conhecemos hoje há cerca de 180 mil anos atrás até o ano de 1712, o homem basicamente utilizava somente a energia vinda do sol, que era capturada pelas plantas através do processo de fotossíntese e esta energia passava para o homem e animais, que por sua vez despendiam energia exercendo seu trabalho, seja arando a terra, seja na metalurgia, seja guerreando. Portanto, a energia disponível limitava o homem e seu poder de utilizar os recursos naturais disponíveis. Até que em 1712 Thomas Newcomen desenvolveu na Inglaterra a primeira máquina a vapor na qual o vapor era gerado pela queima de carvão mineral que é um combustível fóssil. Esta máquina era utilizada para bombear água para for a das minas de carvão e sua eficiência era tal que o trabalho realizado por ela era equivalente ao trabalho realizado por 500 cavalos! Pronto, a humanidade tinha acabado de dar um dos passos mais importantes em sua trajetória. Tinha trocado sua força física e de seus animais pela força gerada pela queima de combustíveis fósseis. Com isso, sua capacidade de usufruir dos recursos naturais, inclusive dos próprios combustíveis fósseis, aumentou enormemente.
  • Encontro sobre Produtividade, inovação e qualidade - Parte 2 – Sustentabilidade e inovação uma oportuna sinergia - Palestrante: Haroldo de Mattos de Lemos

    1. 1. Sustentabilidade e Inovação: uma oportuna sinergia Haroldo Mattos de LemosHaroldo Mattos de Lemos Presidente, Instituto Brasil PNUMA Vice-Presidente, Comitê Técnico 207 da ISO (ISO 14000) Presidente, Conselho Técnico da ABNT Presidente, Conselho Empresarial de Meio Ambiente da ACRJ Professor de Engenharia Ambiental, Escola Politécnica da UFRJ RIO INFO 2013 Rio de Janeiro, 19 de setembro de 2013
    2. 2. Desde o surgimento da espécieDesde o surgimento da espécie humana: utilizávamos a energia vindahumana: utilizávamos a energia vinda do sol, através da fotossíntese.do sol, através da fotossíntese. Energia: limitava o homem e seuEnergia: limitava o homem e seu poder de usar os recursos naturais.poder de usar os recursos naturais.
    3. 3. 1712: Algo novo na história da humanidade: Thomas Newcomen desenvolveu a primeira máquina a vapor, geradogerado pela queima de carvãopela queima de carvão mineral (combustívelmineral (combustível fóssil).fóssil). Eficiência: mesmoEficiência: mesmo trabalho que 500trabalho que 500 cavalos.cavalos.
    4. 4. B
    5. 5. Problemas globais que vamos enfrentar no século XXI Aquecimento Global Escassez de Água Energia Esgotamento do petróleo
    6. 6. DesenvolvimentoDesenvolvimento SustentávelSustentável Atende às necessidades do presente, semAtende às necessidades do presente, sem comprometer a possibilidade dascomprometer a possibilidade das gerações futuras atenderem às suasgerações futuras atenderem às suas próprias necessidadespróprias necessidades. Relatório da Comissão BrundtlandComissão Brundtland, “Nosso Futuro ComumNosso Futuro Comum”, 1987
    7. 7. BiosferaBiosfera Recursos Naturais RenováveisRecursos Naturais Renováveis Fotossíntese – Energia QuímicaFotossíntese – Energia Química Produção deProdução de bens e serviçosbens e serviços Solo, Água e ArSolo, Água e Ar Recursos NaturaisRecursos Naturais Não - RenováveisNão - Renováveis Resíduos eResíduos e PoluiçãoPoluição Materiais e CombustíveisMateriais e Combustíveis FósseisFósseis EnergiaEnergia DegradadaDegradada (calor)(calor) Perda de calorPerda de calor Energia SolarEnergia Solar
    8. 8. 1 Três Grandes Desafios para o Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável Garantir aGarantir a disponibilidade dedisponibilidade de recursos naturaisrecursos naturais
    9. 9. 2 Três Grandes Desafios para o Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável Não ultrapassar os limites da Biosfera para assimilar resíduos e poluição
    10. 10. 3 Três Grandes Desafios para o Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável Reduzir a pobreza no mundo França intercepta 300 imigrantes ilegais no Mediterrâneo – 22/09/2008.
    11. 11. III Relatório do Clube de Roma:III Relatório do Clube de Roma: Para Uma Nova Ordem MundialPara Uma Nova Ordem Mundial (1976)(1976) ““Muito antes de esgotarmos osMuito antes de esgotarmos os limites físicos do nosso planetalimites físicos do nosso planeta ocorrerão graves convulsões sociaisocorrerão graves convulsões sociais provocadas pelo grande desnívelprovocadas pelo grande desnível existente entre a renda dosexistente entre a renda dos países ricos e dos países pobres.”países ricos e dos países pobres.”  Necessidade de redução da pobreza no mundo.Necessidade de redução da pobreza no mundo.
    12. 12. Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável - Respeita a capacidade de suporte da biosfera (disponibilidade de recursos naturais e capacidade da Biosfera para absorver resíduos e poluição). - Contribui para redução da pobreza.
    13. 13. Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável Algumas ações importantes: 1) Estabilizar a população mundial1) Estabilizar a população mundial Deverá crescer 50% entre 2000 e 2050: de 6,1 bilhões para 9,3 bilhões. Fonte: World Population Prospects, The 2000 Revision, Divisão de População, ONU, 2001.
    14. 14. 2) Melhorar a educação2) Melhorar a educação 1) ajuda a reduzir o crescimento populacional; 2) possibilita a adoção de medidas de longo prazo, necessárias para o desenvolvimento sustentável, que muitas vezes impõem sacrifícios de curto prazo.
    15. 15. 3. Tecnologias mais eficientes3. Tecnologias mais eficientes Tecnologias que aumentem a eficiência do uso de energia, reduzam o consumo de recursos naturais e gerem menos resíduos e poluição. -Produção Mais Limpa, SGAs; - Reciclagem; - Green Building; - Biotecnologia; - Nanotecnologia.
    16. 16. 4. Conservação da base ambiental. Preservar: solo, água, clima, biodiversidade. - Reduzir erosão e acidificação dos solos, degradação dos recursos hídricos e destruição das florestas nativas. - PNUMA: 30 milhões de hectares de terra por ano se transformam em desertos.
    17. 17. 5) Adotar novo indicador de desenvolvimento5) Adotar novo indicador de desenvolvimento - PIB: não reflete adequadamente o esgotamento dos recursos naturais e a degradação do meio ambiente. - Índice de Desenvolvimento Humano – IDH (PNUD): associa expectativa de vida, alfabetização e mortalidade infantil ao PIB.
    18. 18. TEEB: apresentado na COP 10 da Convenção sobre Diversidade Biológica, outubro de 2010, Nagoya, Japão 6) Valorar os serviços prestados pelos ecossistemas e biodiversidade.
    19. 19. Estão desaparecendo em várias partes do mundo. Valor das abelhas como polinizadoras: US$ 8 trilhões. Abelhas: polinizam cerca de 75% das espécies vegetais consumidas pelos seres humanos e produzem mel (alimento e cosméticos).
    20. 20. 7) Reformar o sistema tributário:7) Reformar o sistema tributário: colocarcolocar a economia a favor do desenvolvimentoa economia a favor do desenvolvimento sustentávelsustentável.. Taxar mais o que se quer reduzir (poluição e uso de recursos naturais escassos) e taxar menos o que se quer aumentar (emprego e renda). - Noruega, 1994: aumentou a taxa sobre a emissão de CO2 fóssil e reduziu a taxa sobre o emprego.
    21. 21. Entre 1% e 2% do PIB global: subsídios que prolongam a insustentabilidade do uso de recursos (combustíveis fósseis, agricultura, água e pesca).
    22. 22. Pesca Subsídios de US$ 27 bilhões/ano: capacidade de pesca duas vezes maior que capacidade de reprodução dos peixes.
    23. 23. Conclusão Relatório Planeta Vivo 2008Planeta Vivo 2008 “A humanidade já consome 30% mais recursos naturais do que o planeta é capaz de repor”.
    24. 24. The Greening of ITThe Greening of IT John Lamb, IBM Press, 2009.John Lamb, IBM Press, 2009. Guia para otimização da infraestrutura de TI e tornar os sistemas de TI mais eficientes em energia. Eficiência energética: pode cortar de 40 a 50% dos custos com energia. Operações de software e sua otimização: um dos elementos mais negligenciados em eficiência energética.
    25. 25. The Greening of ITThe Greening of IT Em 10 anos, requisitos das CPUs: + 6 vezes. Armazenamento de dados: + 69 vezes. Desduplicação pode ajudar: grande quantidade de dados repetidos várias vezes.
    26. 26. Visão 2050: ObjetivoObjetivo 9 bilhões de habitantes, todos vivendo bem – com alimentos suficientes, moradia, água potável, saneamento, mobilidade, educação e saúde, dentro dos limites do que este pequeno e frágil planeta pode oferecer e renovar, cada dia.
    27. 27. Vision 2050 The new agenda for business WBCSD 2010 Traduzido pelo CEBDS: VISÃO 2050 www.cebds.org
    28. 28. Visão 2050* Mudanças fundamentais nas estruturas de governança, na economia, nos negócios e no comportamento humano. Mudanças: são necessárias, factíveis, e oferecem grandes oportunidades de negócios para empresas que adotem a sustentabilidade como estratégia. *Produzido por 29 empresas do WBCSD, discutido em 20 países .
    29. 29. Visão 2050
    30. 30. Visão Brasil 2050 Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável – CEBDS Publicado: junho de 2012. www.cbds.org
    31. 31. 2012: ISO/IEC JTC 1/SC 39 Sustainability for and by Information Technology Secretaria dos EUA e 17 países participam. Nenhum da América Latina. Discute eficiência energética. Interação com outros comitês: – ISO/TC 207 Environmental management; – TMB SG 3 Smart Grid; – ISO/TC 257 General technical rules for determination of energy savings in renovation projects, industrial enterprises and regions; – ISO/TC 242 Energy Management;
    32. 32. Lixo eletrônico: o que mais cresce no mundo. (2010: crescia 40 milhões de toneladas por ano. China produzia 2,3 milhões de toneladas por ano – atrás apenas dos Estados Unidos) Peso por peso, chip de computador médio produz um impacto maior que um automóvel. Para chip de memória de 2 gramas: necessários mais de 1.400 gramas de materiais e de combustíveis fósseis*. *Convenção da Basiléia – COP 6 – 2006.*Convenção da Basiléia – COP 6 – 2006.
    33. 33. Computadores: cádmio, chumbo e mercúrio, cobre, ouro e prata. ONU, 2011: 320 ton. de ouro – U$ 16 bilhões e 7,5 mil ton. de prata – U$ 4 bilhões. Ásia e África: importam lixo eletrônico para reciclagem e recuperação dos metais valiosos. 50% do ouro é perdido na reciclagem em países em desenvolvimento (ONG Solving the E_Waste Problem – StEP).
    34. 34. Reciclagem de ouro, prata e outros metais como cobre, paládio, platina, cobalto ou estanho: fundamentais para a sustentabilidade. “Precisamos recuperar elementos raros para continuar a fabricar produtos da tecnologia da informação, baterias para carros elétricos, painéis solares, televisores de tela plana e uma infinidade de outros produtos” – Ruediger Kuehr, secretário executivo da StEP.
    35. 35. Lixo Eletrônico – ChinaLixo Eletrônico – China Desmontagem de componentes de lixo eletrônico de maneira adequada.
    36. 36. Lixo Eletrônico – Guiyu, ChinaLixo Eletrônico – Guiyu, China Mulheres retirando fios de computadores descartados.Mulheres retirando fios de computadores descartados. Revestimentos dos fios são queimados à noite junto da vila.Revestimentos dos fios são queimados à noite junto da vila. Fonte: Basel Action Network (BAN)
    37. 37. Grande desafio da humanidade: -Desenvolver economia com baixo teor de carbono. - Business as “unusual”: inovação e criatividade. - O mundo será muito diferente nas próximas décadas.
    38. 38. Hargroves, K. and Smith, M.H. (2005) The Natural Advantage of Nations: Business Opportunities, Innovation and Governance in the 21st Century, Earthscan, London, The Natural Edge Project, Australia, pp39-42.
    39. 39. Grande investimento para ampliar o Canal do Panamá: vai dar retorno? Custo: US$ 5,25 bilhões Início: 2007 Término: 2014
    40. 40. Mensagem final: Acabou a Era da Abundância. Estamos entrando na Era da Escassez. Obrigado. Haroldo Mattos de Lemos brasilpnuma@gmail.com www.brasilpnuma.org.br
    41. 41. D

    ×