• Save
Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN

on

  • 129,110 views

Nova versão do Tutorial sobre Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN

Nova versão do Tutorial sobre Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN

Statistics

Views

Total Views
129,110
Views on SlideShare
88,748
Embed Views
40,362

Actions

Likes
94
Downloads
4,719
Comments
31

38 Embeds 40,362

http://www.rildosan.com 34482
http://www.portalgsti.com.br 4438
http://waltercunha.com 610
http://www.slideshare.net 213
http://rildosan.blogspot.com 202
http://cco-si.blogspot.com 160
http://etecnologia.ning.com 76
http://feeds.feedburner.com 31
http://www.gestaosi.com.br 25
http://grupodejovensdesoalhaes.blogspot.com 20
http://feedly.com 15
http://www.google.com.br 12
http://marcioorsano.wordpress.com 12
http://cco-si.blogspot.com.br 10
http://translate.googleusercontent.com 7
http://grupodejovensdesoalhaes.blogspot.pt 6
http://www.cco-si.blogspot.com 6
http://webcache.googleusercontent.com 5
http://us-w1.rockmelt.com 4
url_unknown 3
https://www.blogger.com 2
http://www.rildosan.com. 2
http://news.google.com 2
http://smashingreader.com 2
http://www.rildosan.blogspot.com 2
http://www.lmodules.com 2
http://www.techgig.com 2
http://br-mg4.mail.yahoo.com 1
https://twitter.com 1
https://www.linkedin.com 1
http://a0.twimg.com 1
http://www.rildosan.blobspot.com 1
http://static.slidesharecdn.com 1
http://testetpap.blogspot.com.br 1
http://www.printwhatyoulike.com 1
http://inoreader.com 1
http://www.slideshare.net:80 1
http://digg.com 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

15 of 31 Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN Presentation Transcript

  • 1. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Especificação: BPMN v.1.2 Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br rildo.santos@companyweb.com.br Twitter: http://twitter.com/rildosan Blog: http://rildosan.blogspot.com/ Autor: Rildo F. dos Santos (rildosan@uol.com.br) | Versão: 21.1
  • 2. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Sobre o autor: Rildo F. Santos Coach e Consultor de Gestão de Negócios, Inovação e Tecnologia para a Gestão 2.0, a Gestão Ágil. A Gestão Ágil ajuda as empresas a responder mais rápido as demandas de negócio e mudanças. A Gestão 2.0, abrange Planejamento Estratégico, Gestão por Processos Ágeis, Gestão de Projetos Ágeis, Tecnologia da Informação (Métodos Ágeis), Inovação e Liderança. Minha Experiência: Tenho mais de 10.000 horas de experiência em Gestão de Negócios, Gestão de Inovação, Governança e Engenharia de Software. Formado em Administração de Empresas, Pós-Graduado em Didática do Ensino Superior e Mestre em Engenharia de Software pela Universidade Mackenzie. Fui instrutor de Tecnologia de Orientação a Objetos, UML e Linguagem Java na Sun Microsystems e na IBM. Conheço Métodos Ágeis (SCRUM, Lead, FDD e XP), Arquitetura de Software, SOA (Arquitetura Orientado a Serviço), RUP/UP - Processo Unificado, Business Intelligence, Gestão de Risco de TI entre outras tecnologias. Sou professor de curso de MBA da Fiap e fui professor de pós-graduação da Fasp e IBTA. Possuo fortes conhecimentos de Gestão de Negócio (Inteligência de Negócio, Gestão por Processo, Inovação, Gestão de Projetos e GRC - Governance, Risk and Compliance), SOX, Basel II e PCI; E experiência na implementação de Governança de TI e Gerenciamento de Serviços de TI. Conhecimento dos principais frameworks e padrões: ITIL, Cobit, ISO 27001 e ISO 15999; Desempenhei diversos papéis como: Estrategista de Negócio, Gerente de Negócio, Gerente de Projeto, Arquiteto de Software, Projetista de Software e Analista de Sistema em diversos segmentos: Financeiro, Telecomunicações, Seguro, Saúde, Comunicação, Segurança Pública, Fazenda, Tecnologia, Varejo, Distribuição, Energia e Petróleo e Gás. Possuo as certificações: CSM - Certified SCRUM Master, CSPO - Certified SCRUM Product Owner , SUN Java Certified Instrutor, ITIL Foundation e sou Instrutor Oficial de Cobit Foundation e Cobit Games; Sou membro do IIBA-International Institute of Business Analysis (Canada) Onde estou: Twitter: http://twitter.com/rildosan Blog: http://rildosan.blogspot.com/ Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 2
  • 3. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Comentário inicial: Durante a minha vida profissional trabalhei com Gestão de Negócio e com Tecnologia da Informação em diversas empresas de vários segmentos. Acumulei experiência ao longo deste tempo, principalmente sobre o assunto Gestão por Processo. Nos últimos três anos estou trabalhando com BPM, BPI e BPMN para a gestão, melhoria e modelagem de processos. Escrevi este tutorial para compartilhar minha vivência na aplicação das técnicas e práticas de gestão por processo, com foco no Mapeamento e Modelagem de Processos e para demonstrar como a visão de processos pode auxiliar as empresas na criação de valor. O Mapeamento e a Modelagem de Processos, podem ajudar as empresas a identificar os processos de negócio, aumentar resultado financeiro da empresa, melhorar a qualidade de seus produtos e serviços, reduzir custos, eliminar desperdícios e melhorar a forma de trabalho das pessoas. O Mapa de Processo é um importante documento que apresenta uma visão de todos processos, seus relacionamentos, stakeholders, papéis, responsabilidades e fluxo de valor. Utilizei um Estudo de Caso para demonstrar aplicação prática do mapeamento e modelagem de a notação BPMN v1.2 é utilizada para o desenho dos processos. Recomendo o uso da ferramenta de modelagem BizAgi (Business Agile Process Modeler) pela facilidade de uso que ela apresenta. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 3
  • 4. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Introdução: Um pouco de história: Os desenhos pré-históricos são as primeiras formas de comunicação não instintivas que permaneceram preservadas e até os dias atuais. Ao longo do tempo e da evolução da espécie, as diversas culturas que existiram desenvolveram diversos processos, artesanais ou industriais, para conservar e transmitir todos os conhecimentos e informações que julgaram relevantes para as gerações seguintes. A grande parte dessas formas de transmissão do conhecimento inventada pelos homens se baseia em grafismos (desenho), sejam elas realistas ou abstratos. Um jeito que encontramos para melhorar e acumular todo esse conhecimento de forma segura, clara e permanente, foi à capacidade de desenvolver uma comunicação falada, que são signos sonoros onde seus significados são compreensíveis por toda humanidade. A ferramenta que criamos foi a escrita, conjunto de símbolos gráficos que representam os sons da fala. Os tipos de escrita: Pictografia: Derivado do latino „Pictus‟ (pintado) e do grego „grafe‟ (descrição). Escrita figurada usada pelo homem primitivo para fixar nas paredes das cavernas. Hieroglífica: Os Egípcios desenvolveram uma linguagem baseada em complexos desenhos com significados próprios. Cada um desses desenhos expressava uma idéia, e seu todo formava uma imensa variedade de formas onde compunham um conjunto extremamente complexo. Inspiração http://torqueteam.wordpress.com/2009/04/28/origem-da-escrita-ou-quase-isso/ Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 4
  • 5. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN 1ª Parte: O Estudo de Caso Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 5
  • 6. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Mapear e Modelar para conhecer: O Mapeamento e a modelagem de processo faz que a empresa conheça seus processos, identificando claramente os seus pontos fortes, pontos fracos, stakeholders, papéis e responsabilidades e fluxo de valor. E é essencial que a empresa conheça seus processos quando: Na implementação: - Na implementação ou na revisão do Planejamento Estratégico; - Na implementação de sistema empresarial ou grande sistemas gestão, tais como: ERP, CRM, SCM e WMS. - Implementação de Centro de Serviços Compartilhados; - Na implementação do SPED (Fiscal, Contábil e NF-e) ou qualquer lei ou regulamentação que se exige conformidade (compliance); - Na implementação de projeto de redução de custos (eliminação de desperdício, terceirização e mitigação de risco na operação); - Na implementação da SOA (Arquitetura Orientada a Serviço); Na necessidade: - Necessidade de aumentar a qualidade dos produtos e/ou serviços; - Necessidade de melhorar o nível de satisfação dos clientes; - Necessidade aumentar a produção; Na implantação de Sistema/Programa de Qualidade: - Implantação de programa/sistema de qualidade (exemplo: ISO); - Implantação de programa de melhoria continua; Na Melhoria de Performance Negócio: - Ajudar em processo de fusão/aquisição; - Melhorar a performance do negócio; - Focar no “Core Business”; - Mudar ou estabelecer posicionamento no mercado; - Aumentar a vantagem competitiva. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 6
  • 7. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN A estratégia e os processos: Os donos queriam que o hotel que a taxa de ocupação e a receita crescessem, para que isto aconteça, foi revisado o planejamento estratégico. E foi feito um realinhamento da definição de visão, missão, valores, metas e objetivos. Negócio Estratégia é executada através de Ciclo PDCA de processos de negócio e projetos Melhoria Contínua Processos & Cadeia de Valor Infra-estrutura empresarial Ciclo PDCA Gerenciamento de Recursos Humanos negócio Desenvolvimento de Tecnologia Para alcançar resultado (valor) o Compras / Aquisição de insumos negócio requer uma estratégia Monitoramento dos resultados Portfólio de Projetos Metas e Indicadores Estratégia Projetos A estratégia define a visão, a missão, valores, metas e os objetivos A estratégia é considerada a arte de gerar valor e os processos são responsáveis pela execução da estratégia. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 7
  • 8. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: A estratégia e os processos: Este estudo de caso demonstrará o mapeamento e a modelagem de processos na revisão do Planejamento Estratégico; Visão: Ser reconhecido pelo mercado global como marco de referência em excelência na hotelaria de eventos e hospedagem. Missão: Oferecer serviços hoteleiros de excelência em qualidade, visando a satisfação dos clientes, a valorização dos colaboradores e benefícios à sociedade, promovendo a melhoria contínua e resultados para a organização. O Gran Hotel Fine, é um hotel cinco estrela, que tem a taxa de ocupação de 70% dos seus apartamentos. O hotel possui cem apartamentos distribuídos em suíte: Single, Double, Triplo e Luxo. O hotel também possui um centro de convenção que tem duas salas com capacidade de cem pessoas com toda a infra-estrutura para eventos e convenções. O hotel tem restaurante e centro de lazer, com salão de beleza, salão de ginástica, piscina, sauna, quadra de tênis e pista de cooper. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 8
  • 9. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Os Principais Processos do Hotel: Os principais processos do Hotel são Reserva, Check-IN, Serviço de Hospedagem e Check-Out. As pessoas envolvidas com estes processos faziam um esforço enorme para que a operação do hotel funcionasse... Todavia, havia alguns conflitos de relacionamento entre departamentos e muitas dúvidas das pessoas de como conduzir suas atividades do dia-a-dia, para que os objetivos e metas estabelecidas sejam atingidas. Principais processos: Reserva Objetivo: Objetivo: Fazer recepção do cliente, preenchimento de Fazer reservas de apartamentos e salas para convenções; Check-in documentos informações sobre o hotel, serviços e entrega de chaves e acomodação no apartamento Serviço de Objetivo: Fornecer serviços de governança, Hospedagem e ofertar outros serviços. Check-out Objetivo: Gerar a fatura de pagamento, Receber pagamento e fazer a pesquisa de satisfação. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 9
  • 10. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Conflito - Reserva x Relacionamento com Cliente O pessoal que cuidava do processo de Reserva, sofria, pois, eles necessitavam das informações dos clientes (as Reserva preferências de cada cliente, por exemplo) e estas elas eram muito importante, principalmente no momento da realização da reserva. Pois, elas permitiam um atendimento personalizado. O departamento responsável pelo Relacionamento com Cliente, que cuidava das informações dos clientes, trabalhava de forma isolado, com suas próprias prioridades Relacionamento com cliente e objetivos, ou seja, um silo (este departamento funcionava como se fosse uma empresa à parte dos outros departamentos do hotel). Isto provocava conflitos e gerava dificuldade no atendimento aos clientes (principalmente quando era necessário dar o atendimento personalizado ou especial aos clientes). As taxas de fidelização de clientes eram sempre baixas, pois, na maioria das vezes mesmo tendo informações sobre o cliente elas acabavam chegando tarde demais e às vezes, quando o cliente já estava hospedado... Reserva x Relacionamento com Cliente Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 10
  • 11. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: A estratégia, conflitos, processos e pessoas: Mesmo após a revisão do Planejamento Estratégico, as pessoas ainda tinham algumas dúvidas de como elas poderiam contribuir para a atingir a missão da empresa. Dúvidas mais constantes nas conversas do funcionários: - Quais são os processos de negócios chaves para alcançar a visão ? - Como cada departamento pode atingir suas metas e objetivos ? Os funcionário do hotel sabiam que os principais processos existiam, entretanto, os processos não estavam bem definidos, ou seja, não eram totalmente documentados, nem comunicados e as vezes não sequer praticados... As pessoas também não sabiam como solucionar os conflitos entre os departamentos de Relacionamento com Cliente e Reserva , pois, existia a necessidade de maior integração e colaboração entre eles. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 11
  • 12. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Buscando ajuda Para resolver estes problemas, o Presidente da empresa contratou um experiente Consultor de Negócio... Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 12
  • 13. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: O começo do trabalho. Check List: Primeira Lição: Trabalhe a Comunicação. É preciso comunicar a todas pessoas da empresa qual é o objetivo do trabalho da consultoria, dizer o quê vai ser feito, como vai ser feito e qual é contribuição que das pessoas para que o trabalho tenha êxito. O Consultor e o Presidente da empresa promoveram um Workshop com propósito de comunicar o trabalho que seria realizado. Segunda Lição: Estabeleça o “Senso de Urgência” É necessário estabelecer o Senso de Urgência para o trabalho. Este senso define o nível de prioridade do trabalho. Consultor e o Presidente fizeram um reunião para decidir o Senso de Urgência. Como o trabalho tinha alta prioridade, ficou definido que seria destacado um grupo de pessoas (grupo de trabalho) da empresa com foco de 100% neste trabalho. Terceira Lição: Defina um bom Plano de Trabalho Para qualquer trabalho tenha sucesso, é preciso estabelecer e elaborar um bom Plano de Trabalho que seja realista em termos Mapeamento de Processos de recursos disponíveis e exeqüível em termos de prazo e resultado. O grupo de trabalho e Consultor elaboram um Plano de Trabalho realista e exeqüível. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 13
  • 14. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Mapeamento de Processo O que é Mapeamento de Processo ? O Mapeamento de Processo é uma ferramenta gerencial e de comunicação que tem a finalidade de ajudar a melhorar os processos existentes ou de implantar uma nova estrutura voltada para processos. Os processos de negócio são os primeiros processos a serem identificados, depois os processos de apoio (aos processos de negócio) e por fim os processos de controle e/ou reguladores. Com todos os processos identificados pode-se iniciar a elaboração da “Cadeira de Valor.” O mapeamento também auxilia a empresa a enxergar claramente os pontos fortes, pontos fracos (pontos que precisam ser melhorados tais como: complexidade na operação, reduzir custos, gargalos, falhas de integração, atividades redundantes, tarefas de baixo valor agregado, retrabalhos, excesso de documentação e aprovações), além de ser uma excelente forma de melhorar entendimento sobre os processos e aumentar a performance do negócio. Objetivo do Mapeamento de Processos: É buscar um melhor entendimento dos processos de negócios existentes e dos futuros para melhorar o nível de satisfação do cliente e aumentar desempenho do negócio. Técnicas de Mapeamento de Processos: - Entrevistas, questionários, reuniões e workshops; - Observação de campo; - Análise da documentação existente; - Análise de sistemas legados - Coleta de evidências. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 14
  • 15. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Modelagem de Processos O que é Modelagem de Processos ? É a elaboração de um diagrama ou mapa do processo de negócio e a documentação que descreve suas propriedades e características, que identifica as atividades realizadas e as informações que fluem entre elas. Após o Mapeamento, inicia-se o trabalho de modelagem. O primeiro documento resultante deste trabalho é o Mapa de Processos, o objetivo deste mapa é fornecer uma única visão dos processos da empresa, seus relacionamentos, atividades/tarefas, stakeholders, papéis e responsabilidades e o fluxo de valor dos processos. Exemplo: Mapa de Processo do Hotel: O Mapa de processos deve ser apresentado em uma linguagem gráfica que seja simples e que facilite o entendimento de todos os envolvidos e que permita: - Exibir os detalhes dos processos de modo gradual e controlado; - Encorajar precisão na descrição do processo; - Focar a atenção nas interfaces entre os processos e - Prover uma análise de processos poderosa e consistente com o vocabulário de negócio Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 15
  • 16. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: O trabalho de Mapeamento de Processos O Consultor de Negócio e o grupo de trabalho, começaram a trabalhar no Mapeamento dos Processos do Hotel: Inicialmente foi preciso identificar todos os processos, níveis de maturidades, pontos fortes, pontos fracos, riscos e pessoas envolvidas com os processos. Para fazer o levantamento o Consultor conversou com todas as pessoas envolvidas nos processos do hotel. Procurou conhecer cada pessoa, o que elas faziam, para quem elas se reportavam, quais os formulários elas preenchiam e etc. Visitou cada departamento e setor, conversou longamente com cada gestor, com cada equipe e com as demais pessoas envolvidas na operação do hotel. Observou como cada pessoa realizava suas tarefas e atividades, registrou o tempo de realização de cada tarefa e procurou entender quais eram as conexões entre os departamentos. Recolheu um grande número de documentos (políticas, procedimentos e instruções de trabalho) E por fim ele se encontrou com os parceiros de negócio e fornecedores e para conhecer quais os serviços providos por eles e qual era o nível de qualidade destes serviços. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 16
  • 17. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Apresentação do Relatório: Após o trabalho de Mapeamento e Modelagem, o consultor fez uma longa e detalhada apresentação do relatório para as todas pessoas envolvidas com os processos da empresa. Ele começou reunião de apresentação dizendo sobre a importância do Mapeamento e da Modelagem dos processos. - A modelagem é forma de comunicação, disse o consultor, quando modelamos um processo, estamos facilitando seu entendimento por todas as pessoas envolvidas diretamente e indiretamente com realização das atividades e tarefas e com aquelas interessadas no resultado gerado pelo processo. Benefícios do Mapeamento e da Modelagem de Processo: - Melhora a comunicação; - Facilita a visualização; - Reduz o nível de abstração; - Ajuda no entendimento do que deve ser feito; - Auxilia na identificação de quem deve fazer o quê; - É a base documentação; Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 17
  • 18. Estudo de Caso: Mapa de Processo O consultor apresentou e explicou quais eram os processos de negócio, processos de Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN apoio, os stakeholders (clientes, fornecedores e agência reguladora), o fluxo de valor e como cada processo contribui para geração de valor. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 18
  • 19. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Mapa de Processo Para um facilitar o entendimento, o Consultor demonstrou os detalhes do processo de Reserva, ele mostrou quem era o dono, indicadores e métricas e a documentação do processo. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 19
  • 20. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Mapa de Processo Ainda como objetivo de facilitar a compreensão do processo Reserva ele exibiu o diagrama (desenho) do processo: Com o desenho do processo ficou visível todas as atividades/tarefas, quem eram as pessoas que participavam, o que elas faziam e qual era resultado esperado após a execução do processo. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 20
  • 21. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Mapa de Processo As pessoas entenderam qual era real importância de suas atividades e como elas se relacionavam, assim ficou mais fácil de ver e entender a operação da empresa e o que era necessário para que a ela funcionasse em harmonia... Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 21
  • 22. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Primeiros Resultados O Mapa de Processo, deu a visão de processo, necessária para que as pessoas tivessem o claro entendimento da operação do hotel. Pois, ficou claro quais eram os processos de negócio, quais eram os processos de apoio (os processos internos e os externos). Também ficou esclarecido o relacionamento entre os processos, a importância da realização das tarefas/atividades e os respectivos níveis de prioridade. As pessoas sabem como elas podem participar e colaborar para a geração de valor da empresa. Desta forma, atingir as metas e objetivos são tornou um desafio mais fácil. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 22
  • 23. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Passagem do Bastão O Consultor fez a transferência de conhecimento, fez várias recomendações, criou e entregou os modelos de documentação para o Grupo de Trabalho. A partir deste ponto o grupo de trabalho deverá trabalhar sozinho e consultor deverá fazer apenas o Coach (acompanhamento) do desenvolvimento do trabalho do grupo. Pessoal, vocês conhecem bem a empresa, logo vocês são os mais indicados para este trabalho. Estarei dando apoio sempre que vocês precisarem. Boa sorte! Obrigado...estaremos fazendo o melhor Concordo...podemos começar a trabalhar... Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 23
  • 24. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: A Recomendação do Consultor - Objetivo do modelo é comunicar; - Modelos devem ser simples e intuitivos; - Modelos devem ser adequado a cultura da empresa; - Ferramentas podem influenciar na escolha da notações, portanto escolha primeiro a notação de depois a ferramenta. - Modelos evoluem com a organização; - A combinação de notações e técnicas podem ser usadas para facilitar o entendimento; - Para melhorar a produtividade considere adotar uma ferramenta; - Procure adotar uma notação que é padrão de mercado. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 24
  • 25. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Estudo de Caso: Missão Cumprida O Consultor despediu do Presidente, e foi embora, confiante que sua missão estava completa... Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 25
  • 26. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN 2ª Parte - BPMN, a lição de casa Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 26
  • 27. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Lição de Casa O Grupo de Trabalho começou a trabalhar. Eles sabiam que todos os processos devem ser modelados, a prioridade foi definida pelo valor agregado de cada processo, ou seja, os processos da Cadeira de Valor, deverão ser os primeiros a serem modelados. A lição de casa, deixada pelo Consultor era a seguinte: - Definir uma notação padrão para a modelagem (desenho dos processos); - Escolher uma ferramenta que facilite a modelagem dos processos. Hummm..temos diversos tipos de notações para a modelagem de processo... O que devemos usar ? Concordo, vamos olhá-las e depois decidimos BPMN, EPC, Fluxograma ou UML... O Consultor recomendou BPMN..mas vamos olhar todas elas e depois decidir qual é a melhor de acordo com a cultura da nossa empresa Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 27
  • 28. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN O que é notação ? A notação é uma representação gráfica de atividades, tarefas, responsabilidades, papéis e fluxo de trabalho de um processo. A Notação do processo também define os seguintes elementos: - Objetivo o processo; - Especifica as entradas; - Especifica as saídas; - Recursos consumidos; - Atividades feitas em alguma ordem (Fluxo de trabalho); - Eventos que conduzem o processo; - Ajuda na padronização da modelagem de processo. O que é notação ? Notação segundo o dicionário: 1 ato de notar, de representar algo por meio de símbolos ou caracteres 2 sistema de representação gráfica de elementos de determinado campo de conhecimento (por exemplo: música, lógica, matemática, química etc.) 3 símbolo ou conjunto de símbolos ou caracteres com que é feita essa representação Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 28
  • 29. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. UML UML (Linguagem de Modelagem Unificada) Exemplos: A UML é uma linguagem-padrão (OMG) para Check IN elaboração da estrutura de projetos de software. Recepção Transporte e Despacho A UML poderá ser usada para: • Visualização; Solicita o TKT ao passageiro • Especificação; • Construção de modelos e diagramas; Verifica o TKT • Documentação. A UML é adequada para a modelagem de sistemas, cuja Solicita bagagem a abrangência poderá incluir sistemas de informação corporativos a serem distribuídos a aplicação baseadas em Web e até sistemas complexos de tempo real. Entrega o TKT A UML é apenas uma linguagem visual e, portanto, é somente uma parte de um método para Pesa, coloca a Recebe a desenvolvimento de software. Ela é independente do etiqueta e Bagagem despacha a bagagem processo, apesar de ser perfeitamente utilizada em processo orientado a casos de usos, centrado na Verifica Etiqueta arquitetura, iterativo e incremental. Despacha Vantagens Desvantagens a bagagem para embarque - UML é linguagem padrão de - O suporte a modelagem de negócios é mercado (OMG) via extensão - Grande número de ferramentas disponíveis no mercado Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 29
  • 30. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. Fluxograma Fluxograma Descrição: Exemplos: - O fluxograma é notação simples que utiliza o retângulo para indicar um passo de processamento. O losango início representa uma condição e as setas mostram a orientação do fluxo de controle. Fluxograma é um padrão ANSI. Efetivar Pedido Exemplos: Planeja a Primeira Primeira Produção tarefa tarefa verdadeira falsa Não Condição Solicita a Material Segunda compra de suficiente ? Tarefa material Segunda Terceira Sim tarefa tarefa Produzir o Produto Entregar o Vantagens Desvantagens Produto - Baixo custo - Muito orientada a procedimentos - De fácil entendimento - Modelos não são detalhados - Não modelo todos os objetos de um fim - Descreve trilhas de decisão processo de negócio. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 30
  • 31. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. EPC EPC (Event-Driven Process Chain), pertence à arquitetura ARIS (Architecture of Integrated Information Systems). EPC habilita a modelagem de processo como uma seqüência lógica de funções. Considerando EPC como um processo que pode ser entendido como a quantidade de funções que são disparadas por um ou mais eventos. Exemplo: Escolher Falha Investigar método Identificada soluções de resolução Solicitar Determinar Implanta aprovação recursos a solução do orçamento necessários Falha corrigida A EPC foi desenvolvida em uma colaboração da empresa IDS (que desenvolveu a ARIS Toolset) com a SAP AG, sendo o componente chave de modelagem de business process do SAP R/3. A principal crítica com relação a este tipo de ferramenta é sobre seu alto custo, a complexidade de utilização. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 31
  • 32. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Lição de Casa (Notação) O grupo de trabalho já estudou algumas notações, contudo, ainda não selecionaram qual será notação que eles vão utilizar para modelar os processos. Foi decidido que olhariam o BPMN de forma mais detalhada. Gostei destas notações.. Vamos olhar com nível O fluxograma parece maior de detalhe o que é bastante simples BPMN..afinal esta notação foi recomendada pelo Consultor Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 32
  • 33. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Fiz download da especificação do BPMN... Ok, mas vamos estudar um BPMN, quer dizer: Business Process Modeling pouco mais a especificação... Notation O BPMN é uma notação gráfica, padrão OMG (www.omg.org), que tem por objetivo prover recursos e elementos para modelar (desenhar) os processos de negócio; O BPMN pode e deve ser compreendido por analistas de negócio, técnicos, usuários e todos os envolvidos com o processo; Os modelos (diagramas) BPMN podem ser usado como um “contrato” entre as áreas técnicas e os usuários; O BPMN também pode ser utilizado para modelar (desenhar) processos internos e externos (B2B)... Especificação BPMN v 1.2 http://www.omg.org/spec/BPMN/1.2/ Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 33
  • 34. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN O BPMN fornece uma notação para expressar os processos de negócio em um único diagrama de processo de negócio (Business Process Diagram – BPD). Fornece uma notação que compreensível por todos os usuários, analistas e técnicos. Garante que linguagens projetadas para a execução de processos de negócio, tais como o BPEL4WS e o BPML sejam visualmente expressas com uma notação comum. Simbologia do BMPN: Um dos objetivos da BPMN é criar um mecanismo simples para o desenvolvimento dos modelos processos de negócio e facilitar o entendimento de todas as pessoas envolvidas com o processo. http://www.bpmn.org/ Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 34
  • 35. Notação. BPMN Faça download da especificação: http://www.bpmn.org Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 35
  • 36. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Um exemplo comentado do “Processo Confirmar Reserva”: sub-processo Verificar novamente Não Início Verificar Pago ? atividade pagamento + Sim condição Confirmar Verificar Receive Reserva reserva do hotel + Fazer Confirmação Verificar reserva exceção do vôo grupo junção Tratar falha final Reply Comentário: Você pode pode começar a desenhar os processos utilizando os elementos básicos do BPMN, eles também são conhecidas como “core elements”, e depois e evoluir para parte mais avançada, conhecida como “full elements”. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 36
  • 37. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Elementos do BPMN: A especificação BPMN é divida em três áreas: – Core Elements – Full Elements – Atributtes • Core Elements: – Conjunto de elementos comuns e simplificados, capazes de modelarem a maior parte dos processos das empresas. • Full Elements: – Conjunto de todos os elementos da especificação, inclusive “Core Elements”, capazes de modelarem qualquer processo de negócio. • Atributtes (Atributos): – Conjunto de propriedades e informações de cada elemento (informações no formato texto) Exemplo: • Nome • Tipo • Status • Descrição • Escopo • Métricas • Indicadores • Dono (Process Owner) • Patrocinador (Sponsor) • Freqüência • Papéis etc... Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 37
  • 38. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Business Process Diagram (BPD) O BPMN fornece uma notação para expressar os processos de negócio em um único diagrama de processo de negócio (Business Process Diagram – BPD). Processo: Para o BPMN, processo é uma atividade realizada por uma empresa e composta por uma série de etapas e controles que permitem o fluxo de informações; O conceito de processo é extremamente hierárquico, iniciando “macro-processos” e indo até o nível de tarefa (menor nível dentro de processo); Processo de Negócio (business process) é conceituado como uma série de atividades que são realizadas por uma ou mais empresas; Atributos: Nome, Tipo (abstrato, privado ou colaboração) e Status (Ativo, Inativo,Cancelado, Pronto, Completado e etc.) e Performers (executante) um ou mais executantes podem ser inscritos. O atributo performers (executantes) define o recurso que será responsável pelo processo. O executante pode ser na forma de um indivíduo específico, um grupo, um papel funcional ou uma posição ou uma empresa. Um BPD, é o local para modelar o processo de negócio que pode ser formado por um ou mais processos; Estes processos dentro do processo de negócio podem ser formados por sub-processos; Processo de Negócio Processo 1 BPD Processo 2 Principais Atributos: ID (identificador único), Nome (descrição do diagrama), Versão (número da versão do diagrama) e Autor (nome do autor). Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 38
  • 39. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Processo: O BPMN pode modelar os tipos de processo: – Processo interno (Private (Internal) Business Process) – Processo abstrato (Abstract (Public) Process) – Processo de colaboração (Collaboration (Global) Process) Processo Interno: Fábrica 1 É o tipo de processo mais comum, composto por Receber Fazer o Executar Ordem de Setup de Ordem de uma série de atividades que são realizadas Serviço máquina Serviço unicamente dentro de uma empresa. O fluxo da sequência do processo é contido dentro do Pool e não pode cruzar os limites do Pool. Processos Abstratos: Fábrica 1 Muitas vezes, o processo inclui atividades que são Receber Fazer o Executar Ordem de Setup de Ordem de realizadas fora da empresa (realizado por Serviço máquina Serviço terceiros, por exemplo) e não temos gerência sobre a execução destas atividades Utilizamos um modelo abstrato para representar uma “entidade” independente, com processos Fornecedor próprios, mas que não podemos modelar (por não conhecer o processo) ou não nos interessa modelá- lo; No exemplo ao lado o Fornecedor faz o beneficiamento da matéria prima, entretanto, é um processo interno do fornecedor, o qual não é conhecido, ele deve ser modelado como um processo abstrato (caixa preta). Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 39
  • 40. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Processo: O BPMN pode modelar os tipos de processo: – Processo interno (Private (Internal) Business Process) – Processo abstrato (Abstract (Public) Process) – Processo de colaboração (Collaboration (Global) Process) Processos de Colaboração: Descrevem processos B2B e as interações entre Empresa 1 duas ou mais entidades de negócio. Processar Solicitar Os diagramas processos são geralmente de um transação autorização Fazer Entrega ponto de vista global. de venda de pagamento As interações são descritas como as seqüências de atividades e as trocas de mensagens entre os participantes. Autorizador No exemplo ao lado o Autorizador (Administradora de Cartão de Crédito) faz a autorização de pagamento Processar autorização por cartão de crédito, neste caso este processo interessa a Empresa 1 (que realiza a venda), logo ele + deverá ser modelado (desenhado) explicitamente. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 40
  • 41. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN BPMN. Processo Legal, entendi o BPD, tipos de processo e os elementos Agora vamos ver Categoria dos Elementos: São quadro categorias: – Objetos de Fluxo; – Objetos de Conexão; – Swimlanes; – Artefatos; Quatro categorias básicas de elementos: • Objetos de Fluxo: • Swimlanes: • Eventos • Pools • Atividades • Lanes • Gateways • Objetos de Conexão: • Artefatos: • Fluxo de Sequência (Sequence Flow) • Objeto de Dados (Data Object) • Fluxo de Mensagem (Message Flow) • Grupo • Associação • Anotação Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 41
  • 42. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Objetos de Fluxo: Objeto Descrição Figura Evento É algo que acontece durante um processo do negócio. Estes eventos afetam o fluxo do processo e têm geralmente uma causa (trigger) ou um impacto (result). Existem 3 tipos de eventos (baseados sobre quando afetam o fluxo): inicio (start), intermediário (intermediate) e fim (end). Este evento não possui trigger. Atividade1,2 É um termo genérico para um trabalho executado. Os tipos de atividades são: tarefa[1] e sub-processo [2]. O sub-processo é distinguido por uma pequena cruz no centro inferior da figura. Principais Atributos: Tipo de atividade (sub-processo ou tarefa), Status (Ativo, Inativo,Cancelado, Pronto, tarefa sub-processo Completado e etc.) e Performers (0-n) : Performers (executantes) um ou mais executantes podem ser inscritos. O atributo performer (executante) define o recurso que irá executar ou serão responsáveis pela a atividade. A entrada do Performer poderia ser na forma de um Indivíduo, um grupo, uma papel funcional ou uma posição ou uma empresa. Gateway É usado para controlar a divergência e/ou a convergência da seqüência de um fluxo. Assim, determinará decisões tradicionais, como unir ou dividir trajetos. 1 – Tarefa: A tarefa é a menor unidade de um processo, geralmente atômica (não pode ser dividida em mais objetos); 2 – sub-processo: Um sub-processo, dentro de um BPD, é como uma atividade composta por um série de outras atividades, formando um novo fluxo; O sub-processo pode exibido de duas forma: “aberta” ou “fechada”; Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 42
  • 43. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Objetos de Fluxo: Atividade e sub-processo sub-processo, exemplo forma “fechada”: Entrega Processar Receber Fazer a Fechar Ticket Ticket Entrega Ticket + O desenho completo de um sub-processo fechado pode estar ou não dentro do mesmo Pool do processo-pai; – Pode ser um processo modelador em outro BPD; – Pode estar no mesmo BPD em outra página, por exemplo. sub-processo, exemplo forma “aberta”: Processar Planejar Ticket Entrega Entrega Receber Fazer a Fechar Ticket Entrega Ticket Validar Registrar Ticket Ticket Ticket Registrado No caso de um sub-processo aberto, o desenho completo deverá estar sempre no mesmo Pool Dependente X Independente: • Os sub-processos podem ser do tipo Dependente (Embedded), quando são totalmente dependente do processo-pai e devem ser desenhados dentro do mesmo Pool; • Ou podem ser do tipo Independente, quando são reutilizáveis através de diferentes processos e possuem um BPD próprio (e até mesmo Pools diferentes) Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 43
  • 44. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Objetos de Conexão: Objeto Descrição Figura Fluxo de É usado para mostrar a ordem (seqüência) com seqüência que as atividades serão executadas em um processo. Fluxo de É usado para mostrar o fluxo das mensagens mensagem entre dois participantes diferentes que os enviam e recebem mensagens. Associação É usada para associar dados, texto e outros artefatos com os objetos de fluxo. As associações são usadas para mostrar as entradas e as saídas das atividades. Exemplo: Pagamento Processar Nota Fiscal Solicitar impressa Receber Autorização Imprimir Conta Pagamento Nota Fiscal + Autorizador Processar autorização + Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 44
  • 45. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Objetos de Conexão. Fluxo de Sequência: Existem diversas regras de uso do fluxo de seqüência, um característica interessante é que o uso destas conexões podem, muitas vezes, substituir o uso de gateways, veja o exemplo: Processar Processar Ticket Ticket Receber Fazer Ticket entrega Aprovar Aprovar Ticket Ticket Quando não utilizamos “gateway” para convergir ou divergir processos, podemos dizer que o processo é “não controlado”, ou seja, não existe controle absoluto sobre o fluxo de informações ao longo do processo. Além do fluxo de seqüência, existem duas variâncias: – Condicional: existe uma condição lógica intrinsecamente relacionada à conexão; – Default: trata-se de um fluxo de seqüência padrão cujo uma condição deverá ser sempre verdadeira; Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 45
  • 46. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Swimlanes: Funcionam como um mecanismo de organização das atividades em categorias visuais separadas. Objeto Descrição Figura Pool Representa um participante em um processo. Um participante pode ser uma entidade de negócio (exemplo: uma empresa) ou pode ser um papel (de Nome negócio), como por exemplo: vendedor, comprador ou fabricante. Graficamente, o Pool é um container para partição do processo de um de outros Pools, geralmente no contexto de situações de B2B. Lane Lane é uma subdivisão dentro de um Nome Nome Pool usado para organizar e categorizar Nome as atividades. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 46
  • 47. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Swimlanes – pools: • Pools são utilizados quando o diagrama envolve duas entidades de negócio ou participantes que estão separados fisicamente no diagrama. • Especifica o "quem faz o que" colocando os eventos e os processos em áreas protegidas, chamados de pools Exemplo: Swimlanes (Pools) Cliente Fazer Enviar o Receber Receber pedido pedido email produto Enviar Enviar Receber Receber o Registrar Ordem de e-mail de comprovante pedido Pedido de entrega Entrega confirmação Vendas Processar pedido Pedido + Entregador Receber Gerar Fazer Ordem de ticket de entrega Entrega entrega + Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 47
  • 48. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Swimlanes – lanes: • Os objetos do tipo Lane são utilizados para separar as atividades associadas para uma função de negócio ou papel específico • Um Pool representa uma entidade de negócio ou um papel de negócio e uma Lane representa uma função de negócio ou um papel. Exemplo: Lane Pool Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 48
  • 49. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Artefatos: Ilustram as entradas e as saídas das atividades no processo Objeto Descrição Figura Objetos de dados Objeto de Dados é considerado como artefato e não com fluxo de objeto. Ele é Considerado como um artefato porque não afeta a fluxo de mensagem e nem fluxo de seqüência de um processo, mas ele fornece informação sobre o que processo Nome faz. Ele pode ser utilizado para representar [estado] documentos tais como: fatura, nota fiscal, ordem de serviço, requisição, e-mail e etc. Grupo Um grupo é representado por um retângulo usado para agrupamento de atividades e tarefas, também pode ser usado com objetivo de documentação ou de análise. Anotações As anotações fornecer informações adicionais e comentários para o “leitor” de um diagrama BPMN. Comentários Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 49
  • 50. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Exemplo: Swimlanes (lanes): Administração Processar Requisição + + Processar Requisição Gerenciamento Aprovar Notificar a requisição solicitante Requisição aprovada Servidor Web Exemplo de agrupamento Solicitar funcional aprovação Iniciar toda da requisição terça-feira Comentários: “Lanes” podem representar uma função de negócio ou um papel Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 50
  • 51. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN BPMN. Processo Legal, também entendi.. as categorias dos processos... E agora vamos ver os Gateways.. Qual é o papel dos Gateways ? O papel dos Gateways é coordenar os Fluxos de Seqüência em situações de divergência e convergência de fluxos. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 51
  • 52. Notação. BPMN Gateways Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Exclusive Decision/Merge (XOR) Inclusive Decision/Merge (OR) Parallel Fork/Join (AND) (OR) X (XOR) Data Complex Decision/Merge (XOR) Evento Exclusive Gateways Decision/Merge (Decisão / Junção) estão localizados dentro do processo de negócio onde o Fluxo de Sequência pode ter dois ou mais caminhos alternativos: Caminho alternativo A evento evento Caminho alternativo B Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 52
  • 53. Notação. BPMN Gateways Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Exclusive Decision/Merge (XOR) Inclusive Decision/Merge (OR) Parallel Fork/Join (AND) (OR) X (XOR) Data Complex Decision/Merge (XOR) Evento Inclusive Gateways Decision/Merge (Decisão / Junção). A representa uma ponto de ramificação onde as alternativas são baseados em expressões condicionais contido dentro fluxo de seqüência. An Inclusive Decision using an OR Gateway An Inclusive Gateway Merging Sequence A Complex Decision (Gateway) Flow (OR) Condição 1 Condição 1 Condição2 Condição2 Default Condição3 Pelo menos uma das condições deve ser Gateway também pode ser utilizado Quando o Gateway é utilizado como uma verdadeira como uma junção (merge). decisão, uma expressão determinará qual é opção para continuação do o fluxo Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 53
  • 54. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Gateways Exclusive Decision/Merge (XOR) Inclusive Decision/Merge (OR) Parallel Fork/Join (AND) (OR) X (XOR) Data Complex Decision/Merge (XOR) Evento Parallel Fork/Join (AND). Geralmente é utilizado para demonstrar atividades e/ou tarefas que são executadas em paralelo. Também é usada para mostrar sincronização. Fork Join Paralelismo Paralelismo e Sincronização (Fork/Join) Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 54
  • 55. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Exemplo: Gateways Dar saída no estoque do sim produto + Mais produtos ? Ler código do produto + + não Totalizar a lista de compras Somar o valor na lista de Processar compras o pagamento + Digitar o código do produto Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 55
  • 56. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN BPMN. Processo Gateways, é a coisa está ficando interessante... Os eventos... O que é um evento ? Um Evento representa algo que ocorre durante a execução de um processo, afetando o seu fluxo Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 56
  • 57. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN BPMN. Eventos: Eventos: Tipo de Dimensão: Mensagem, Tempo, Erro, Cancelar, Compensação, Condicional, Link, Sinal, Terminador e Múltiplo ) Mensagem (Message): Capturar* Lançamento** Uma chega mensagem de um participante e dispara (inicia) o processo, continua o processo (em caso da mensagem Mensagem intermediaria) ou uma mensagem indica final de um processo Tempo (Timer): Tempo Uma data e hora específica ou ciclo específico (por exemplo, toda segunda-feira, às 9h) pode ser definido que irão acionar o início do Erro processo. * O Evento tempo não ser o evento de final de um processo Cancelar Erro (error) ou Exceção: Um evento de exceção (erro) informa ao processo que aconteceu um Compensação erro e que ele deve ser tratado. Cancelar (Cancel): Condicional Este evento indica que o processo foi cancelado. * O Evento Cancel não pode iniciar um processo Link Compensação (Compensation): Sinal O evento de compensação indica que uma compensação é necessária. Esta compensação é feita por um evento Terminador intermediário quando o trabalho é realizado pelo processo é desfeito (roll back) * Um evento de compensação não pode iniciar um processo Múltiplo Condição (Condicional); iniciar intermediário fim Gatilhos (triggers ) são disparadas quando uma condição da regra é verdadeira (true). * Este evento não ser o evento de final de um processo *Catching = Capturar **Throwing = Lançamento Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 57
  • 58. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN BPMN. Eventos: Eventos: Tipo de Dimensão: Mensagem, Tempo, Erro, Cancelar, Compensação, Condicional, Link, Sinal, Terminador e Múltiplo ) Link: Capturar* Lançamento** Link é mecanismo de conexão entre páginas ou desvio. Mensagem Sinal (Signal) Sinal é uma forma de interação entre processos. Tempo Exemplo: Chega um sinal que foi transmitido a partir de outro processo e desencadeia o início do Processo. Note que o sinal não é uma Erro mensagem, que tem um objetivo específico para a mensagem. Vários processos podem ter eventos de início que são acionados Cancelar a partir do mesmo sinal transmitido. Compensação Terminador (terminate): Este evento encerra todas atividades, tarefas e sub-processos. Condicional Múltiplo: Link Significa que existem múltiplos caminhos para iniciar o processo, contudo, Somente um caminho deve ser selecionado para iniciar o Sinal processo. Terminador Múltiplo iniciar intermediário fim *Catching = Capturar **Throwing = Lançamento Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 58
  • 59. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Exemplo: Eventos: Mensagem e Erro (Exceção) Verificar dados do pagamento + Enviar e-mail Receive Confirmar Pedido Verificar dados dos produtos + + de confirmação do pedido Verificar dados do cliente + Tratar a exceção Reply Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 59
  • 60. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Exemplo: Evento Sinal (é utilizado para sincronizar entre processos) B completado B completado Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 60
  • 61. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Exemplo: Eventos Timer e Link (é utilizado como conector de página) Registrar Planejar e Processar Ordem de Agendar Ordem de Produção Execução Produção A Processar Ordem de Produção a partir das 18h Página 1 Fabricar Planejar entrega produtos do produto A + + Página 2 Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 61
  • 62. Notação. BPMN Exemplo: Link também pode ser utilizado como “go to” (desvio: vá para) Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Receber Planejar e Processar Ordem de sim agendar Ordem de Ordem aceita? Produção execução Produção não Ordem Planejar entrega Produção Avisar solicitante do produto + Encerrar Ordem Encerrar Ordem de Produção Produção Encerrar Ordem de Produção Dica: Use para facilitar a leitura do fluxo ou para deixá-lo menos poluído. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 62
  • 63. Notação. BPMN Exemplo: Evento Compensação Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Pedido [inválido] não Receber Validar Pedido Notificar Pedido Pedido válido ? Solicitante sim Pedido [aprovado] Processar Processar pagamento do Pedido pedido + + Creditar o valor do pedido Comentário: A compensação é dos mecanismos para "desfazer" as atividades, ela requer uma notação específica, pois, é uma circunstância especial que ocorre “fora” do fluxo normal do processo. Por esta razão, a compensação é um evento intermediário que não tem uma seqüência de fluxo de saída, mas tem uma associação. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 63
  • 64. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Eventos....puxa... Veremos as Atividades e Transação O que é uma atividade ? Uma atividade é uma representação de um trabalho que é realizado em um processo de negócio. Pode ser de dois tipos: - Tarefa (Task), é menor unidade de trabalho e não pode ser dividida em outras atividades. - Sub-Processo (Sub-Process), pode ser dividido em outras atividades (tarefas e/ou outros sub- processo). Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 64
  • 65. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Atividades: Múltipla “instancia” Compensação Loop A tarefa ou sub-processo é repetido (loop) Ad hoc ~ A execução não segue uma ordem formal (seqüência). Sub-processo: Loop Múltipla “instancia” Ad hoc Compensação Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 65
  • 66. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Exemplo: Exemplo de Loop + Sub-processo e Link Receber Publicar Abrir ciclo de e-mail mensagem discussão A Página 1 fechar ciclo Arquivar de discussão mensagens A + Página 2 Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 66
  • 67. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Exemplo: Sub-processo AD-HOC Exemplo: Compensação Sub processo fechado Escrever capítulo ~ + Sub processo aberto Exemplo: Visão parcial do processo que demonstra a compensação Escrever Escrever resumo do capítulo capítulo Selecionar Organizar figuras referência ~ As execução destas atividades não são seguem nenhuma seqüência (ordem) Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 67
  • 68. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Transação: Uma transação é um tipo de “sub-processo” que força que todas as atividades dentro dele sejam completadas com sucesso ou canceladas. Transação: Veja o exemplo abaixo: Reservar Vôo Enviar Cancelamento Vôo Processar pagamento Reservar Hotel Enviar Cancelamento Hotel Notificar a Indisponibilidade Tratar através do SAC Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 68
  • 69. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. Regras de Conexão do Fluxo de Seqüência Tabela abaixo exibe as regras de conexão do Fluxo de Seqüência: - Ela exibe como um objeto pode ser conectado a outro objeto através do Fluxo de Seqüência. De/para Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 69
  • 70. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. Regras de Conexão do Fluxo de Mensagem Tabela abaixo exibe as regras de conexão do Fluxo de Mensagem: - Ela exibe como um objeto pode ser conectado a outro objeto através do Fluxo de Mensagem. De/para Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 70
  • 71. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN 3ª Parte – Indo além da modelagem, a automação (uma breve introdução) Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 71
  • 72. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Mas, fique com uma dúvida...se precisarmos automatizar os processos, Como faremos...? Podemos dar uma olhada no BPEL.. BPEL (Business Process Execution Language) é uma linguagem baseada em XML que descreve um processo de negócio. Mapeando o BPMN para BPEL ou XPDL: • O BPMN pode ser “traduzido” para BPEL ou XPDL; • Para cada objeto no BPMN, deve existir um correspondente em BPEL; • A correspondência entre BPMN e o XPDL ou BPEL é o que permite gerar códigos, XML, para os sistemas a partir do desenho dos processos. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 72
  • 73. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Processo: BPMN e BPEL Os processos podem ser orquestrado automaticamente via software. A notação BPEL inclui controle de fluxo, variáveis, execução paralela, entrada, saída e tratamento de erros. Um arquivo XML BPEL descreve um processo de negócio, geralmente utiliza um web services, que são descritos em arquivos WSDL. Um “motor BPEL” é uma ferramenta capaz de ler arquivos BPEL (e outros elementos, tais como arquivos WSDL) e criar representações destes processos, que podem ser executados “na prática”. BPMN e BPEL: O BPMN tem como objetivo desenhar processo de negócio, enquanto BPEL tem como objetivo possibilitar a execução do processo. Como BPEL é atualmente considerada o padrão mais importante para linguagem de execução de processos (BPMI, 2006), a própria especificação da BPMN trata deste mapeamento (BPMN, 2006). Assim, é possível, através de um diagrama BPMN, gerar arquivos BPEL e WSDL, que, por sua vez, serão interpretados por um motor BPEL (ferramenta) e transformados em processos que podem ser executados. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 73
  • 74. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Processo: BPMN e BPEL Exemplo: Verificar novamente não Avaliar resultado Verificar a da reserva do reserva carro carro sim Confirmar Receive Reserva Verificar a reserva do hotel + Confirmação Reply Verificar a reserva do vôo XML BPEL Tratar a falha Reply BPEL Mapeamento de atributos básico do Processo de Negócio Mapeamento as propriedades do processo para BPEL (variáveis e mensagem) A BPEL faz orquestração pura dos processos Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 74
  • 75. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notação. BPMN Processo: BPMN e XPDL XPDL (XML Process Definition Language) é uma especificação (padrão) mantida pela WfMC (Workflow Management Coalition) - www.wfmc.org - a versão atual é a 2.1 O XPDL é um padrão XML de descrição de regras de processos de negócios. Sua especificação, baseia-se na descrição de um conjunto de "atividades" relacionadas entre si através de "transições". Para a WfMC, "atividade" significa uma unidade de trabalho que será processada por um recurso, que pode ser um participante, um ator (usuário ou sistema) O XPDL provê formas concretas de especificar regras relacionadas ao envio de tarefas para participantes definidos de maneira dinâmica ou estática. Ao contrário do BPEL, por exemplo, o XPDL contempla a análise da estrutura organizacional da empresa para determinar o ator de uma determinada tarefa. Em termos práticos, a maior parte das soluções disponíveis no mercado utiliza o XPDL como um forma de troca de regras de processos, utilizando sistemas próprios de importação/exportação de especificações. Isso significa, por exemplo, desenhar e configurar um processo em uma ferramenta, exportá-lo para o padrão XPDL, e importá-lo para utilização em outra engine/ferramenta. O XPDL é compatível com a BPMN (BPMN é o padrão ideal para modelar o processo em nível visual e o XPDL para definir suas regras em nível técnico). Ponto fraco da XPDL não tem suporte ao conceito de serviços como: SOA. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 75
  • 76. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN BPMN. Introdução Processo: BPMN e XPDL: Exemplo: <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> <Package xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance" xmlns:xsd="http://www.w3.org/2001/XMLSchema" Id="b0e054eb-f1a3-4154-9525- 048ee9ff274e" Name="Diagram 1" OnlyOneProcess="false"> <PackageHeader> <XPDLVersion>2.0</XPDLVersion> <Vendor>BizAgi Process Modeler.</Vendor> <Created>2008-10-18T21:36:57.8306475-02:00</Created> <Description>Diagram 1</Description> <Documentation /> <CreationVersion>1.3.0.0</CreationVersion> <Version>1.3.0.0</Version> </PackageHeader> <RedefinableHeader> <Author /> <Version /> <Countrykey>CO</Countrykey> </RedefinableHeader> <ExternalPackages /> <Participants /> <Pools> <Pool Id="4db5a564-5e31-4a60-84d3-6cd6f72a906c" Process="154ccd40-ce97- 40cd-8ea7-1a7b7ae4561d" BoundaryVisible="false"> <Lanes /> <NodeGraphicsInfos> <NodeGraphicsInfo ToolId="BizAgi_Process_Modeler" Height="0" Width="0" BorderColor="-16777216" FillColor="-1"> 1 – Desenho o processo utilizando a BPMN <Coordinates XCoordinate="0" YCoordinate="0" /> </NodeGraphicsInfo> 2 – Faça a exportação do processo para XPDL </NodeGraphicsInfos> </Pool> que criará um arquivo XML. <Pool Id="d58e6b22-b069-4c6d-aa9b-6cfe2dc494c7" Name="Vendas" Process="7fd95e94-01ae-4da0-8e9a-c8b5e0aa470e" BoundaryVisible="true"> <Lanes /> A BizAgi, possui suporte a exportação do processo <NodeGraphicsInfos> desenhado com BPMN e exportá-lo para XPDL (a saída é <NodeGraphicsInfo ToolId="BizAgi_Process_Modeler" Height="166" Width="694" BorderColor="-16777216" FillColor="-1"> arquivo XML que descreve o processo no padrão XPDL) <Coordinates XCoordinate="15" YCoordinate="15" /> </NodeGraphicsInfo> </NodeGraphicsInfos> Este recurso possibilita de importação deste arquivo XPDL </Pool> </Pools> para outra ferramenta BPMS, “gerando” uma aplicação <MessageFlows /> <Associations /> quase que instantaneamente. <Artifacts /> ... Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 76
  • 77. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Lição de Casa (Notação) Depois de estudar, avaliar as notações, o pessoal do Grupo de Trabalho, já tinha condições de escolher qual a notação que seria utilizada para a modelagem dos processos. Acho que todas as No meu ponto de vista, o notações...a BPMN Fluxograma é mais parece que atende as simples, no entanto, acho nossas necessidades que a BPMN é mais O que você acha ? apropriada para modelar processo. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 77
  • 78. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN 4ª Parte – Você precisará de uma ferramenta... Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 78
  • 79. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Lição de Casa (Ferramenta de Modelagem de Processo): Vamos avaliar a ferramenta de modelagem Veremos as seguintes características: - Suporte ao BPMN - Recurso de publicação Web; - Recurso de exportação/importação de modelos (suporte a XMI); - Controle de versão dos modelos; - Modelagem (desenho de processo); - Simulação de Processo; - Suporte a BPEL; - Suporte a XPDL; - Suporte a colaboração; - Suporte a documentação de apoio (planilha, gráficos, documentos word e etc.); - Suporte a Regra de Negócio (BRE – Business Rules Engine ou BRM – Business Rules Management); - Suporte a SOA (Arquitetura Orientada a Serviço); - Suporte a Gestão de Risco; - Suporte a BAM (Business Activity Monitoring - Monitoramento das Atividades de Negócio). Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 79
  • 80. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Consultor também fez algumas recomendações sobre as ferramentas: Melhores Práticas sobre ferramenta: - Compre uma ferramenta que atenda os objetivos da empresa; - Faça testes antes de adquirir a ferramenta; - A ferramenta deve ser adequada a cultura da empresa; - Faça uma visita a empresas e pessoas que já utilizam a ferramenta; - Faça uma relação de Custo x Benefício; - Ferramentas influenciam técnicas e notações. Portanto, escolha uma notação antes de escolher uma ferramenta; - Para melhorar a produtividade considere adotar uma ferramenta; - Faça treinamento para dominar a ferramenta (para extrair o melhor da ferramenta); - Verifique qual o suporte e período de garantia da ferramenta; - Evite o “Vendor Lock In”. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 80
  • 81. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN BPMN. Ferramenta de Modelagem: Vamos ver as ferramentas de modelagem de processo... Vamos lá... Veja a lista de ferramentas que compliance BPMN - http://www.bpmn.org/BPMN_Supporters.htm ARIS - IDS Scheer AG Oracle Suite WebSphere Business Modeler (WBM) Provides a process modeling tool enabling testing and validation of business processes Oracle BPM Studio Software AG Oracle Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 81
  • 82. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN BPMN. Ferramenta de Modelagem: Vamos mais algumas ferramentas ? Sim, vamos ver as ferramentas “open source” e as community... Intalio Designer BizAgi Business Studio Tibco (Business Modeling) www.intalio.com www.bizagi.com/ http://developer.tibco.com/business_studio/ Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 82
  • 83. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN BPMN. Ferramenta de Modelagem: Bem, na minha opinião, Qual ferramenta podemos escolher uma vamos selecionar ferramenta mais simples, open ??? source e depois, se for o caso podemos comprar uma ferramenta mais sofisticada... Concordo... Na próxima semana já podemos começar a modelar os processos Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 83
  • 84. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Faça um tour virtual pelo Mapa de Processo: http://www.companyweb.com.br/rildo/processos/exemplo/ Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 84
  • 85. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Faça um tour virtual pelo Mapa de Processo: http://www.companyweb.com.br/rildo/processos/exemplo/ 1 – Clique no ícone “Reserva” Na página: proc_reserva_info.htm, clique no link Ver os diagramas de processo http://www.companyweb.com.br/rildo/processos/exemplo/proc_reserva_info.htm Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 85
  • 86. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Faça um tour virtual pelo Mapa de Processo: http://www.companyweb.com.br/rildo/processos/exemplo/ Na página: reserva.htm, clique no sub-processo Identificar o perfil do cliente. http://www.companyweb.com.br/rildo/processos/exemplo/reserva.htm Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 86
  • 87. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Faça um tour virtual pelo Mapa de Processo: http://www.companyweb.com.br/rildo/processos/exemplo/reserva.htm Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 87
  • 88. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Resultados (após o Mapeamento e Modelagem de Processos) O pessoal do departamento de Relacionamento com Cliente agora entende plenamente as necessidades de informações do departamento de Reserva. Agora as solicitações são atendidas com mais rapidez. O processo de Reserva, melhorou sensivelmente o atendimento ao cliente se começa e tornar um atendimento personalizado. As taxas de fidelização de cliente já começaram aumentar. O grupo de trabalho já enxerga que o Mapeamento e a Modelagem de Processos, podem gerar outros benefícios para empresa, tais como: - Implementar melhoria (TO BE) - Reduzir custos; - Eliminar os desperdícios; - Aumentar o nível de qualidades dos serviços e produtos . Com certeza ainda temos muito o que melhorar... Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 88
  • 89. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Melhoria de Processo BPI (Business Process Improvement), melhoria de processo de negócio, é uma metodologia (abordagem) que a ajuda a otimizar e entender os processos de negócio com objetivo de alcançar as metas e melhorar os resultados dos processos. O primeiro passo da BPI é determinar o cenário atual dos processos, ou seja, AS-IS (que o cenário atual) e depois definir o cenário futuro (já com as sugestões de melhorias) TO-BE. depois Mas, isto é assunto para um próximo trabalho... Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 89
  • 90. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Resultados Esperados: Simplificação das operações: redução do clico das operações, eliminação das atividades que agregam valor (exemplo: aprovações desnecessárias, retrabalhos, desperdícios e os relatórios). Redução dos Custos: Usar os recursos com eficiência ajudam na redução dos custos, na otimização dos recursos e no aumento da margem operacional. Aumento da satisfação do cliente: Ajuda a ter foco no cliente, entregando um produto e/ou serviço com a qualidade esperada e no prazo certo. Melhoria de Qualidade: A melhora de qualidade dos produtos/serviços é o desdobramento da melhoria continua dos processos e isto resulta em um aumento do valor agregado em cada operação. Estabelecer parceria com fornecedores: Conhecer os processos e suas dependências externas facilitam a Gestão de Contratos com Fornecedores, o estabelecimento de parcerias e formação de alianças; Foco no negócio: A partir da identificação dos processos da cadeia de valor, a empresa passa a focar no seu “core business” e a terceirizar os processos que não são estratégicos para o negócio. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 90
  • 91. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Lições Aprendidas Todo processo deve adicionar valor [percebido pelos CLIENTES]. Todo processo deve ter um dono A execução dos processos pode ser de responsabilidade de uma ou mais unidades organizacionais. O compartilhamento de responsabilidades representa um rompimento na visão estanque do funcionamento das organizações, onde cada unidade/departamento representa um elo (uma parte) em uma cadeia de valor agregado. Na visão de processos, o fluxo de trabalho, de modo geral, percorre horizontalmente a estruturada Organização, promovendo sinergia e integração do conjunto. A utilização da gestão de Processos induz a uma visão sistêmica da organização Na Gestão por Processos o foco (geralmente) é no cliente. > Processos não são ilhas. Eles geralmente são conectados, formando uma rede. Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 91
  • 92. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Notas: Marcas Registradas: Todos os termos mencionados e reconhecidos como Marca Registrada e/ou comercial são de responsabilidade de seus proprietários. O autor informa não estar associada a nenhum produto e/ou fornecedor apresentado neste material. No decorrer deste, imagens, nomes de produtos e fabricantes podem ter sido utilizados, e desde já o autor informa que o uso é apenas ilustrativo e/ou educativo, não visando ao lucro, favorecimento ou desmerecimento do produto/fabricante. Melhoria e Revisão: Este material esta em processo constante de revisão e melhoria, se você encontrou algum problema ou erro envie um e-mail nós. Criticas e Sugestões: Nós estamos abertos para receber criticas e sugestões que possam melhorar o material, por favor envie um e-mail para nós. Imagens: Google, Flickr e Banco de Imagem. Rildo F dos Santos (rildo.santos@etecnologia.com.br) Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 92
  • 93. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Licença: Versão 23 | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009 93
  • 94. Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócios com BPMN Especificação BPMN v.1.2 Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br rildo.santos@companyweb.com.br Twitter: http://twitter.com/rildosan Blog: http://rildosan.blogspot.com/ Autor: Versão 23 dos Santos (rildosan@uol.com.br) | Versão: 23 Rildo F. | RFS rildosan@uol.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009