Kanban para Desenvolvimento de Software

29,307 views

Published on

Apresentação sobre Kanban para o desenvolvimento de software. É feito uma breve comparação entre Scrum e o Kanban.

Published in: Technology, Business

Kanban para Desenvolvimento de Software

  1. 1. Kaban para desenvolvimento de software Kanban www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br para desenvolvimento @rilodsan (11) 9123-5358 (11) 9962-4260 http://rildosan.blogspot.com/ Versão 5 Março 2011 | RFS de software rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 1
  2. 2. Sobre o autor: Coach, Consultor, Instrutor, Professor, Palestrante de Gestão de Negócio, Inovação, Processos, Métodos Ágeis, Gestão de Serviços de TI, Governança de TI, Tecnologia. A Gestão Ágil ajuda as empresas a responder mais rápido as demandas de negócio e mudanças. A Gestão 2.0, abrange Planejamento Estratégico, Gestão por Processos Ágeis, Gestão de Projetos Ágeis, Tecnologia da Informação (Métodos Ágeis), Inovação e Liderança. Experiência: Tem mais de 10.000 horas de experiência em Gestão de Negócios, Gestão de Inovação, Governança e Engenharia deKaban para desenvolvimento de software Rildo Santos Software. Formado em Administração de Empresas, Pós-Graduado em Didática do Ensino Superior e Mestre em Engenharia de Software pela Universidade Mackenzie. Foi instrutor de Tecnologia de Orientação a Objetos, UML e Linguagem Java na Sun Microsystems e na IBM. Conhece Métodos Ágeis (SCRUM, Kanban, FDD e XP), Arquitetura de Software, SOA (Arquitetura Orientado a Serviço), RUP/UP - Processo Unificado, Business Intelligence, Gestão de Risco de TI entre outras tecnologias. É professor de curso de MBA da Fiap, ESEG e foi professor de pós-graduação da Fasp e IBTA. Possui fortes conhecimentos de Gestão de Negócio (Inteligência de Negócio, Gestão por Processo, Inovação, Gestão de Projetos e GRC - Governance, Risk and Compliance), SOX, Basel II e PCI; Experiência na implementação de Governança de TI e Gerenciamento de Serviços de TI. Conhecimento dos principais frameworks e padrões: ITIL, Cobit, ISO 27001 e ISO 15999; Desempenhou diversos papéis como: Estrategista de Negócio, Gerente de Negócio, Gerente de Projeto, Arquiteto de Software, Projetista de Software e Analista de Sistema em diversos segmentos: Financeiro, Telecomunicações, Seguro, Saúde, Comunicação, Segurança Pública, Fazenda, Tecnologia, Varejo, Distribuição, Energia e Petróleo e Gás. Possui as certificações: CSM - Certified SCRUM Master, CSPO - Certified SCRUM Product Owner , SUN Java Certified Instrutor, ITIL Foundation e Instrutor Oficial de Cobit Foundation e Cobit Games; É membro do IIBA-International Institute of Business Analysis (Canadá), SCRUM Alliance, ISACA e PMI Onde ele está: @rildosan http://rildosan.com/ Comunidade: http://etecnologia.ning.com www.etecnologia.com.br Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 2
  3. 3. Kaban para desenvolvimento de software www.eTecnologia.com.br http://www.etecnologia.com.br Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 3
  4. 4. Comunidade: Comunidade: eTecnologia, é uma Rede Social, ela oferece inclusão digital através de treinamentos gratuitos, compartilhamento de idéias e conhecimento, colaboração e aprendizado. A missão da comunidade é compartilhar conhecimento, trocar experiências e prover aprendizado. Matemos pelo menos um curso gratuíto por mês. Já realizamos mais de 6 cursos que beneficiaram mais de 300 pessoas. Compartilhar conhecimento é a nossa contribuição para a Comunidade: São mais 33 apresentações e documentos que ajudam professores, alunos e profisionais de TI de todo o Brasil, os temas são Tecnologia, Métodos Ágeis, Análise de Negócio, Gestão por Processo, Inovação, Gestão de Risco, Ferramentas de BPM: BizAgi, Tibco Business Studio, WBM-Webpshere Business Modeler, Gestão de Serviços de TI com ITIL, Governança de TI com Cobit, Guia de Certificações para Cobit , Engenharia de Software, Java, Orientação a Objetos, Gestão de Infraestrutura de TI. São mais de "views" 165.000 e milhares de downloads.Kaban para desenvolvimento de software http://etecnologia.ning.com Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 4
  5. 5. Kaban para desenvolvimento de software O Scrum Entendendo o SCRUM Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 5
  6. 6. Framework Scrum: O framework Scrum é formado por um conjunto pela Equipe (Time) Scrum e seus papéis: Product Owner (PO), Scrum Master (SM) e equipe de desenvolvedores, eventos com duração Fixa (Time- boxes), artefatos e regras. Planejamento Reunião Revisão diária Retrospectiva da Sprint da SprintKaban para desenvolvimento de software da Sprint 24 horas Visão Produto Sprint Backlog Backlog Produto 2-4 Semanas Legenda: Eventos Artefatos Eventos (Reuniões) Papéis Artefatos  Planejamento da Release • Product Owner (PO)  Planejamento da Sprint • Product Backlog • ScrumMaster (SM)  Diária • Sprint Backlog • Equipe Scrum  Revisão da Sprint • Sprint Burndown  Retrospectiva da Sprint • Release Burndown Sprint Burndown e Release Burndown Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 6
  7. 7. Os pilares do SCRUM: Três pilares sustentam qualquer implementação de controle de processos empíricos.Kaban para desenvolvimento de software Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 7
  8. 8. Você implementou o Scrum! Reuniões...inspeções...adaptações Metas das Sprint atingidas Sem “stress” das mudançasKaban para desenvolvimento de software Entregas de valor Cliente satisfeito Equipe comprometida Transparência é uma realidade Oceano azul Enfim, tudo funcionou ! Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  9. 9. Mas, você implementou o Scrum e o Resultado... Não tem reuniões, não tem inspeção e nem adaptações... Metas das Sprints não atinigdas... Sprints canceladasKaban para desenvolvimento de software Impedimentos não removidos Cliente insatisfeito Equipe não comprometida Não tem transparência Oceano vermelho Enfim, nada funcionou ! Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  10. 10. O que os clientes querem: Receber “Entregas” a qualquer momento... Mudar a prioridade a qualquer instante... Visualizar o fluxo (transparência)Kaban para desenvolvimento de software Não ter que se preocupar com iterações Não ter que se preocupar com estimativas Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  11. 11. Kaban para desenvolvimento de software Se seu oceano é “vermelho”, você tem um problema... Houston, we have aproblem Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 11
  12. 12. Introdução: O inicio: O Sistema Toyota de Produção (TPS), também conhecido como Produção Enxuta ou Lean Manufacturing, surgiu no Japão, na Toyota, logo após a segunda Guerra Mundial. Propósito: Aumentar a eficiência da produção pela eliminação de desperdícios. Ferramentas e técnicas:Kaban para desenvolvimento de software Ao longo do tempo um grande número de ferramentas e técnicas foram desenvolvidos para permitir às organizações a aplicação dos conceitos e práticas do Lean. Elas emergiram do TPS, tais como: Kanban, JIT (Just in Time), Jidoka, kaizen, e outros. O que é Kanban ? O Kanban, é um método ágil de desenvolvimento de software baseado nas práticas Lean, e que tem como objetivo otimizar o processo de desenvolvimento de software. O quer dizer Kanban ? Kan = visual Ban = quadro (ou cartão) Kanban quer dizer sinalização visual Qual é o Proposito do Kanban ? O Kanban tem como foco o trabalho em progresso, apresentando a evolução de forma visual, tornando os problemas evidentes e favorecendo uma cultura de melhoria contínua. Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  13. 13. A Toyota estudou os Sistemas dos Supermercados: Produção PuxadaKaban para desenvolvimento de software - A demanda do mercado “PUXA” a produção - Cada passo da produção é “cliente” do anterior - Clientes só consomem o necessário - Fornecedores só produzem que será consumido - Produção equalizada - Kanban é usado para ajudar o processo Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  14. 14. Kanban ou Não Kanban Ser, eis a questão: Razões para adotar o Kanban Razões para Não adotar o Kanban - Entregas a qualquer momento - Entregas baseadas em iterações com tamanho fixos - Mudar a prioridade a qualquerKaban para desenvolvimento de software instante... - Foco no desenvolvimento de produto - Visualização do fluxo (transparência) - Visualização da Sprint (Sprint Burndown) - Não quer se preocupar com iterações - Estórias devem ser estimadas - Não quer ser preocupar com - Necessidade ter papéis bem estimativas definidos, tais como Product Owner Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  15. 15. Ferramenta: Quadro de Kanban O primeiro passo é definir a “ferramenta” a ser usada para a aplicação do Kanban. Com um simples quadro branco e post-its ou cartões já é possível criar um controle de fluxo de histórias buscando 100% de eficiência. O quadro deve conter colunas para identificar os diversos status de uma estória (exemplo: Para Fazer, Em Andamento, Teste, Pronto). Dica: quanto menos status houver, mais fácil de manter o quadro;Kaban para desenvolvimento de software Não existe um quadro padrão, cada um deve montar o quadro de acordo com sua necessidade. Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  16. 16. Kanban, o ideal é fluxo contínuo trabalho em demanda andamento (WIP) EntregaKaban para desenvolvimento de software Visualização do fluxo O ideal fluxo é continuo. O sistema “empurra” Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  17. 17. Kaban para desenvolvimento de software Kanban Básico: Visualização do fluxo Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  18. 18. Kaban para desenvolvimento de software Kanban Básico: Limitar o trabalho em andamento (WIP) WIP = Work In Progress (trabalho em progresso ou trabalho em andamento) Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  19. 19. Kaban para desenvolvimento de software Kanban Básico: Medir o tempo total de resposta (Lead Time) Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  20. 20. Kanban Exemplo: Onde está o gargalo ? Backlog Design Desenvolvimento Teste Pronto para implantarKaban para desenvolvimento de software Pronto para a próxima fase Em andamento kanban deve limitar WIP Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  21. 21. Kanban Exemplo: Fazendo fluxo “andar”. O fluxo deve contínuo... Backlog Design Desenvolvimento Teste Pronto para implantarKaban para desenvolvimento de software Pronto para a próxima fase Em andamento Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  22. 22. Como começar: Mapar a cadeia de valor Definir os pontos de inicio e fim Estalabelecer “WIP” para as fases...e politicas para mudança nessesKaban para desenvolvimento de software valores Definir as classes de serviço...e critérios de seleção de trabalho Desenhar o quadro Kanban e iniciar o uso... Acompanhar o “Lead Time”...ajustar empiricamente Mude o “WIP” e veja o impacto no “Lead Time” ou ocisiodade Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  23. 23. Scrum vs Kanban: Uma breve comparação: Scrum Kanban Papéis: Time, Scrum Master e Product Papéis: nenhum Onwer Visualização: Sprint Burdown (corrente) e Visibilidade: Com um Kanban as pessoasKaban para desenvolvimento de software Release Burndown passam a visualizar o sistema como um todo... Impedimento: É sinalizado pela equipe e Impedimento: Se não houver qualidade, o fluxo solucionado pelo Scrum Master é interrompido e a equipe se mobiliza imediatamente - Foco no desenvolvimento de produto Iterações: Sprints (com duração fixa) são o Não existe interação, o fluxo é contínuo coração do Scrum Requer estimativa das estórias Não requer estimativa de estórias Responsabilidade definida pelo papel A equipe assume “autoridade” sobre o processo e se auto-organiza para otimizá-lo e -para ajudar a resolver seus problemas. Desempenho: Regulado pela velocidade Desempenho: Regulado pelo WIP (trabalho em do time andamento) Certificação: Sim Certificação: Não Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  24. 24. Boas Práticas: Quantos menos WIP, melhor Estórias devem possuir valor de negócio com menor tamanho possívelKaban para desenvolvimento de software Criar objetivos para cada coluna Seja simples (utilize o KISS, principio da Lei da Simplicidade) Combine com outros métodos, tais como Scrum, XP... Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  25. 25. Nossos Serviços > No passado conhecer métodos ágeis era um diferencial... > Hoje em dia é um pré-requisito... Cursos: Formação e Workshop | Consultoria | Coaching Formação:Kaban para desenvolvimento de software - Formação de Líder Ágil (16 horas) - Formação Analista de Negócio Ágil (21 horas) Workshops com foco em prática: - Gestão de Projetos Agéis com SCRUM (16 horas) - SCRUM Experience. Práticas Ágeis (8 horas) - Workshop SCRUM Product Owner (16 horas) - Kanban para desenvolvimento de software (8 horas) - Escrevendo Estórias do Usuário Eficazes (8 horas) - Como criar, estimar, priorizar e Manter Product Backlog (8 horas) - Workshop de Requisitos Ágeis (8 horas) - Teste de Software Ágil com TDD (8 horas) Consuloria/Coaching: - Implementação de Métodos Ágeis (Scrum, Kanban), Coaching Ágil e Mentoring Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010
  26. 26. Beneficios agregados ao cursos: Quem faz treinamento ganha: Pessoas: + Gestão de Carreira Nossa crença é que cada profissional é o "Gestor" da sua Carreira. Entretanto, muitas pessoas que trabalham na área de Tecnologia da Informação, tem dúvidas sobre qual curso ou certificação fazer.Kaban para desenvolvimento de software Não queremos apenas "vender" cursos para as pessoas, nós queremos apoiar e ajudar os profissionais que atuam com Tecnologia na gestão de suas Gestão de Carreiras. A nossa proposta é responder dúvidas, promover discussões, debates, fazer recomendações, propor modelos de planos de carreira, gerar conhecimento, aprendizado e troca de experiências. Por isso, todas as pessoas que fazem cursos são convidadas a participar do nosso grupo de Gestão de Carreira. Este é um dos nossos diferenciais: gerar benefícios, agregar valor e novas experiências para as pessoas. Empresas: + Horas de consultoria As empresas que adquirem cursos no formato de “turma fechada” também têm benefício: As empresas ganham um pacote de horas de consultoria (mentoring) referente ao tema do curso que foi adquirido. Pois, nós acreditamos que maior dificuldade é colocar aquilo que foi no curso aprendido no curso em prática, pois, é neste momento que o profissional tem dúvidas, incertezas e geralmente não tem o apoio necessário para tomar decisão. Ter a possibilidade de esclarecer dúvidas e receber orientação mesmo que a distância após o curso ou ter ao lado um consultor experiente (mentor) acompanhando, orientando e dando instruções é um fator de sucesso na aplicação de novas práticas, técnicas e métodos. Este benefício ajuda a melhorar e otimizar o "ROI" referente ao treinamento e auxilia o desenvolvimento profissional de forma mais efetiva. Atenção: As regras deste beneficio são atreladas a proposta/contrato de prestação de serviço Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 26
  27. 27. Nota: Marcas Registradas: Todos os termos mencionados e reconhecidos como Marca Registrada e/ou comercial são de responsabilidade de seus proprietários. O autor informa não estar associada a nenhum produto e/ou fornecedor apresentado neste material. No decorrer deste,Kaban para desenvolvimento de software imagens, nomes de produtos e fabricantes podem ter sido utilizados, e desde já o autor informa que o uso é apenas ilustrativo e/ou educativo, não visando ao lucro, favorecimento ou desmerecimento do produto/fabricante. Melhoria e Revisão: Este material esta em processo constante de revisão e melhoria, se você encontrou algum problema ou erro envie um e-mail. Criticas e Sugestões: Nós estamos abertos para receber criticas e sugestões que possam melhorar o material, por favor envie um e-mail. Apresentações de apoio: Camilo Almendra e Alisson Vale Imagens: Google, Flickr e Banco de Imagem. Rildo Santos – rildo.santos@etecnologia.com.br Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 27
  28. 28. Kaban para desenvolvimento de software Licença: Versão 5 Março 2011 | RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 28
  29. 29. Kaban para desenvolvimento de software Kanban www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br para desenvolvimento @rilodsan (11) 9123-5358 (11) 9962-4260 http://rildosan.blogspot.com/ Versão 5 Março 2011 | RFS de software rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2010 29

×