Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,521
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
51
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Dor Lombar
  • 2. O que é Lombalgia?É a doença musculoesquelética mais frequente em todas as idades e emtodos os estratos socioeconômicos da população, está referida à presençade dor na região baixa das costas.A dor nesta região pode ser intensa e é uma das principais causas deafastamento do trabalho.
  • 3. Os sintomas da dor lombarOs sintomas variam de uma dor surda a uma sensação de pontada naregião baixa das costas. A dor pode limitar os movimentos , pode seraguda repentina relacionada com uma lesão esportiva ou com trabalhopesado. Se a dor dura mais de três meses é considerada crônica. Éimportante lembrar que se a dor não melhora após 72 horas, deve-seconsultar um médico.
  • 4. Sintomas que requerem cuidados urgentesForte dor nas costas após uma queda ou lesão deve ser diagnosticada eacompanhada por um médico. Outros sinais e sintomas que requeremcuidados incluem: perda de controle de intestino e bexiga, fraqueza naspernas, febre e dor ao tossir ou urinar.
  • 5. Tensão muscular e ciáticaDor nas costas seguida de esforço físico após exercício ou após levantarobjetos pesados é geralmente causada por tensão muscular. Mas às vezes ador nas costas pode estar relacionada com uma lesão em um discointervertebral, se esse disco pressiona o nervo ciático, pode se sentir dordesde a região da nádega até uma perna ou pé o que se denomina ciática.É importante fazer o diagnóstico o quanto antes para realizar o tratamentoadequado.
  • 6. TrabalhoSe seu trabalho envolve esforço físico como levantar objetos pesados, oupermaner por muito tempo com o tronco flexionado isto pode contribuirpara a lombalgia. No entanto, ficar sentado por muitas horas todos os diaspode ter seus próprios riscos especialmente se a sua cadeira édesconfortável ou você não tem uma postura adequada ao sentar.
  • 7. Carregando bolsas e sacolasEmbora você possa levar sua bolsa, mochila , mala ou sacola sobre seuombro, é a parte inferior das costas que suporta a parte superior do corpoincluindo qualquer peso adicional que você carrega. Esta situação podeprovocar dor lombar especialmente se você carregá-la dia após dia. Umasugestão pode ser substituir as bolsas e sacolas por uma mala com rodas.
  • 8. Suas atividades diáriasExagerar na academia, em suas atividades esportivas ou nas suasatividades dentro de casa podem ser causas de lesão muscular e por tantode lombalgia. Você está especialmente vulnerável se ficar inativo durante asemana de trabalho e, em seguida, passar horas na academia no fim desemana ou tentando organizar sua casa o seu jardim.
  • 9. PosturaAs costas suportam melhor o peso quando você tem uma posturaadequada, isso significa sentar-se com um bom apoio para a regiãolombar, os ombros posicionados para trás, com os pés descansando sobreuma base. Quando ficar em pé, mantenha o peso equilibrado sobre ambosos pés.
  • 10. Hérnia de DiscoAs vértebras da coluna são amortecidas por estruturas denominadasdiscos intervertebrais que, no entanto, podem sofrer desgaste ouferimentos. A lesão do disco pode provocar a compressão das raízes dosnervos espinhais, isto é conhecido como uma hérnia de disco e podecausar dor intensa.
  • 11. Condições CrônicasDiversas condições crônicas podem levar a dor lombar.Estenose do canal vertebral é o estreitamento do espaço ao redor damedula espinhal, que pode exercer pressão sobre os nervos espinhais.Espondilite refere-se a dor crônica nas costas e rigidez devido à inflamaçãoimportante das articulações da coluna vertebral.Fibromialgia provoca dores musculares generalizadas, incluindo dor nascostas.
  • 12. Quem está em risco para dor lombar?A maioria das pessoas apresenta dor lombar a partir dos 30 anos. Asprobabilidades de novas ocorrências aumentam com a idade. Outrosfatores de risco para lombalgia incluem: estar acima dopeso, sedentarismo, empregos que exigem trabalho pesado, lesões porexercício físico.
  • 13. Diagnóstico de Dor LombarPara um diagnóstico preciso é importante coletar dados de história clínicapara classificar a dor do paciente. Além disso, é importante conhecerexatamente o que desencadeou a dor (traumatismo, má postura) ou seestá relacionada com o trabalho. O médico pode solicitar , radiografias,tomografia computadorizada ou ressonância magnética para procurar olocal da lesão e avaliar melhor as opções terapêuticas.
  • 14. Cuidados pessoaisDor lombar devido a tensão muscular geralmente melhoraespontaneamente, mas você pode tomar medidas para tornar isto maisconfortável. Uma almofada para a região lombar, banhos mornos podemproporcionar alívio temporário da dor.
  • 15. RepousoÉ importante que as pessoas saibam que os ataques agudos serãoresolvidos espontaneamente na grande maioria dos casos pelo que deveevitar-se repouso prolongado e retornar-se às atividades rotineiras quantoantes possível. Existe uma porcentagem pequena de pacientes nos quais serepetem as crises de dor lombar e que desenvolverá lombalgiacrônica, está situação pode eventualmente se constituir em um problemanão somente médico senão também social.
  • 16. IogaExiistem evidências que ioga pode ajudar na dor lombar. Em um estudorecente, pessoas que fizeram 12 semanas de aulas de ioga apresentarammenos sintomas de dor lombar do que as pessoas que seguiram instruçõesescritas sobre os cuidados com a dor nas costas; o benefício da práticadurou vários meses após a conclusão das aulas. Procure sempre uminstrutor com experiência de ensino a pessoas com dor nas costas.
  • 17. AcupunturaAtualemte se discute o real beneficio da acupuntura na dor lombar, algunsestudos mostram que as pessoas se beneficiam dela, no entanto outrosestudos mostram que não é assim. Sempre consulte com seu médico antesde iniciar qualquer tipo de tratamento,, ele é quem conhece seu caso epoderá lhe orientar da melhor maneira.
  • 18. MedicamentosPara dor lombar de intensidade leve muitas vezes podem ser utilizadosanalgésicos simples ou antiinflamatórios para alivio dos sintomas.Pomadas, cremes ou gel podem aliviar dores musculares, mas para doresde maior intensidade é muito provavel que seu médico deva prescrevermedicamentos mais potentes para seu controle. Nunca tomemedicamentos por conta própria isso pode atrapallhar o diagnósticocorreto e mascarar sinais e sintomas importantes.
  • 19. InjeçõesSe os tratamentos mais simples por via oral ou tópica não estãofuncionando é possivel que seu médico prescreva injeções seja de formalocal ou sistémica, normalmente as injeções utilizam antiinflamatóriosesteroideos.
  • 20. CirurgiaEm dores crônicas que interferem de forma importante com odesenvolvimento normal de atividades e outros tratamentos que nãoforam bem sucedidos para o controle da dor é possível que seu médicoconsidere um tratamento cirurgico. Tudo depende das características dadoença, do diagnóstico e das possibilidades terapêuticas.
  • 21. FisioterapiaSe a dor nas costas o deixou inativo por um longo tempo, um programa dereabilitação pode ajudar a fortalecer os músculos e paulatinamente podervoltar para suas atividades diárias. Um fisioterapeuta pode ajudar por meiode alongamentos, exercícios de fortalecimento e de baixo impacto que oajudarão a estar mais apto sem forçar as costas.
  • 22. Fortalecer a colunaDois tipos de exercícios podem beneficiar a parte inferior das costas são osde flexão e extensão. Nos exercícios de flexão, dobre o tronco para a frentepara alongar os músculos das costas e quadris. Em exercícios deextensão, você realiza o moviemnto contrário para desenvolver os músculosque suportam a coluna vertebral. Dependendo da causa da sua dor nascostas, há alguns exercícios que você NÃO deve fazer. Se você tem dor nascostas, converse primeiramente com seu médico sobre quais os exercíciosmais seguros para você. Lembre-se o intuito é melhorar e não provocarlesões mais sérias.
  • 23. Prevenir Dor LombarNão existem ações específicas para prevenir dores nas costas, noentanto, você pode diminuir seu risco:- Mantenha um peso saudável.- Exercite-se regularmente.- Erga-se com a força das pernas e não com as costas.- Melhore sua postura no trabalho e em casa.- Procure orientação médica para tratar adequadamente seu caso.