• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
CefaléIa HipertensãO
 

CefaléIa HipertensãO

on

  • 17,632 views

 

Statistics

Views

Total Views
17,632
Views on SlideShare
17,455
Embed Views
177

Actions

Likes
3
Downloads
129
Comments
0

6 Embeds 177

http://renatapudoribeiro.blogspot.com 101
http://www.slideshare.net 47
http://renatapudoribeiro.blogspot.com.br 17
http://renatapudo.blogspot.com.br 10
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://renatapudoribeiro.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    CefaléIa HipertensãO CefaléIa HipertensãO Presentation Transcript

    • Cefaléia e Hipertensão Renata Patricia Pudo Ribeiro 2007
    • Cefaléia na visão ocidental
      • Intracraniana Inflamatória : Meningite
      • Intracraniana não Inflamatória :
        • Origem Vascular  Enxaqueca/ Hemorragia Cerebral
        • Origem Neoplásica  Tumor Cerebral
      • Intracraniana não Inflamatória Hipertensiva :
        • Hipertensão Essencial
        • Hipertensão Secundária
      • Craniana : Sinusite / Otite
      • Extracraniana : Glaucoma / Espondilose Cervical / Nevralgia do Trigêmio
    • Etiologia da Cefaléia
      • Constituição : Saúde geral dos Pais (hereditariedade), saúde dos Pais no momento da concepção, saúde da Mãe no período gestacional.
    • Etiologia da Cefaléia
      • Emoções : Fatores emocionais são causas freqüentes de cefaléia
        • Raiva: ascensão do Yang ou Fogo do Fígado (+ comum) localizada com mais frequência no meridiano da vesícula biliar
        • Preocupação: Qi Pulmão ou causa direta levando a dor na fronte de caracteristica surda
        • Medo: def de R provoca a ascensão do Yang F
        • Choque: suspende o Qi
        • trabalho mental excessivo :
    • Etiologia da Cefaléia
      • Excesso de Trabalho : Trabalhar várias horas sem o descanso adequado, enfraquece o Qi de BP que leva a Deficiência do Yin dos Rins provocando dores em toda a cabeça (olocraniana), gerando ascensão do Yang do Fígado causando enxaqueca sobre o Meridiano da Vesícula Biliar.
    • Etiologia da Cefaléia
      • Atividade Sexual Excessiva: Causa enfraquecimento no Qi dos Rins gerando cefaléias, tanto na região occiptal ou em toda a cabeça.
      • Acidentes : Acidentes graves ou quedas que atinjam a cabeça podem causar estase de sangue numa área determinada levando a cefaléias crônicas. Uma mancha de cor púrpura extensa e isolada na ponta da língua pode indicar trauma antigo na região da cabeça.
      • Dieta : Irregularidades alimentares podem causar dores de cabeça afetando diferentes órgãos.
        • Não comer o suficiente irá causar cefaléias no topo da cabeça por Deficiência geral do Qi e do Xue, ocorre mais freqüentemente em pessoas que seguem dietas rígidas enfraquecendo a nutrição essencial.
        • A superalimentação obstrui Qi do Estômago e enfraquece Qi do BP causando dores de cabeça na área frontal, possui característica aguda.
        • Tipo de alimento consumido: quentes, produtores de umidade, salgados (excesso), ácidos, chocolate, café...
      Etiologia da Cefaléia
    • Etiologia da Cefaléia
      • Partos : Muitos partos, em curto espaço de tempo, enfraquecem o Útero, Fígado, Vaso Concepção e os Rins da mulher. A Deficiência do Fígado e dos Rins podem gerar cefaléias tipo Vazio , pois a essência do Rim não alcança a cabeça, esta mesma Deficiência pode causar a ascensão do Yang do Fígado causando dores de cabeça. Os abortos também são considerados como partos , pois há uma perda maior de sangue e há uma alteração abrupta dos níveis hormonais levando a uma sensação profunda de perda e de culpa.
    • Etiologia da Cefaléia
      • Fatores Patogênicos Externos : Os principais fatores que causam cefaléias são Vento e Umidade. O Vento invade a parte superior do corpo afetando músculos do pescoço, causando uma rigidez bem definida, gerando cefaléias agudas porém, invasões repetidas de Vento podem transformar-se em cefaléias crônicas, rigidez de pescoço e ombros gerando Vento-Calor. A Umidade invade a parte baixa do corpo. Invasões agudas de Umidade afetam o TAM impedindo o Yang Puro de alcançar a cabeça para clarear os orifícios.
    • Diagnóstico
      • Pode ser diagnostica por duas perspectivas:
        • Pela localização
        • Pelo tipo de dor
    • Diagnóstico pela localização
      • Topo da Cabeça-Vértice : A dor no topo da cabeça é mais freqüente devido a Deficiência de Xue do Fígado que revela-se incapaz de atingir esta área, a dor é tipo surda e melhora quando o paciente deita-se. Em alguns casos, uma dor aguda nessa área poderá ser atribuída a ascensão do Yang do Fígado.
      • Laterais da Cabeça : Esta área corresponde ao Meridiano da Vesícula Biliar, é causada pela ascensão do Yang do Fígado ou Vento do Fígado, esta dor é aguda e latejante .
      • Apenas uma Lateral : Esta área corresponde ao Meridiano da Vesícula Biliar, é resultante da ascensão do Yang do Fígado ou Fogo do Fígado. Se a dor é apenas na lateral esquerda da cabeça demonstra uma Deficiência, se a dor for na lateral direita demonstra um Excesso .
      Diagnóstico pela localização
      • Região Occiptal : Cefaléias crônicas nesta área são atribuídas a Deficiência do Rim manifestando-se no Meridiano da Bexiga. Dores agudas nesta região são causadas por invasão de Vento externo (Vento-Frio), é acompanhada por uma grande rigidez nas costas e pescoço. Uma dor aguda nesta região está relacionada a um padrão de Umidade-Calor na Bexiga .
      Diagnóstico pela localização
    • Diagnóstico pela localização
      • Atrás dos Olhos : É uma localização freqüente da enxaqueca. Se a dor for surda será causada pela Deficiência do Xue do Fígado, se a dor for aguda e severa a causa será ascensão do Yang do Fígado.
    • Diagnóstico pela localização
      • Têmporas : Esta área corresponde ao Meridiano da Vesícula Biliar, afeta apenas um lado da cabeça, é do tipo latejante causada pela ascensão do Yang, Fogo ou Vento do Fígado .
    • Diagnóstico pela localização
      • Região Frontal : Está relacionada com o Estômago. Se a dor for surda indica Deficiência do Estômago, se a dor for aguda indica Calor no Estômago. A Umidade ou Mucosidade ficam retidas na cabeça impedindo o Yang Puro de subir para clarear os orifícios dos sentidos gerando uma dor com sensação de peso na cabeça, atordoamento e falta de concentração. Se a Mucosidade causar dor, o paciente sentirá também tontura e visão ofuscada
    • Diagnóstico pela localização
      • Olocraniana : Dores crônicas que são atribuídas a Deficiência da Essência do Rim pois esta nutre o cérebro. Provoca dores tipo surda acompanhada por uma sensação de vazio. Dores severas e agudas acompanhadas por uma sensação de puxão nesta região estão relacionadas com a invasão de Vento externo (Vento-Frio ou Vento-Calor
    • Diagnóstico pelo tipo de dor
      • Surda : Dor por Deficiência de Qi e Xue .
      • Sensação de Peso : É causada por Umidade ou Mucosidade levando a obstrução e impedindo o Yang Qi de subir para a cabeça e o Yin Qi turvo de descer. A cabeça apresenta-se tipicamente pesada, atordoada, como se estivesse envolta num pano, com dificuldade para se concentrar e pensar, principalmente pela manhã.
    • Diagnóstico pelo tipo de dor
      • Dor em Distensão : Pode ser latejante, explosiva, pulsátil. É uma dor relacionada ao Yang ou Fogo do Fígado, provocando dor em ambos os lados da cabeça.
      • Contratura ou Rigidez Muscular : Dor de cabeça crônica causada por invasão de Vento-Frio externo gerando ascensão do Yang do Fígado.
    • Diagnóstico pelo tipo de dor
      • Aperto/Tensão/Puxão : Indica Vento do Fígado interno em ascensão.
      • Sensação de Vazio : Indica Deficiência de Yin ou Yang dos Rins
      • Facada ou Perfurante : É uma sensação intensa e fixa em um determinado lugar, indicando êxtase de sangue. É uma dor crônica, é considerada como dor de cabeça alucinante. Indica estase de Sangue
      Diagnóstico pelo tipo de dor
    • Diagnóstico pelo tipo de dor
      • Regrinha básica pelos 8 critérios:
      • Surda: condição de Vazio
      • Aguda: condição de Excesso
      • Súbita: invasão externa
      • Insidiosa: causa interna
    • Tratamento
      • Pontos locais
          • Cefaléia frontal; VG 23 e VB14
          • Cefaléia no vértice: VG20 e VG21
          • Cefaléia occipital: B10 e VG19
          • Cefaléia temporal: VB8 e Taiyang
      • Pontos distais
          • Combinar pontos de acordo com o meridiano e com as caracteristicas
    • Tratamento
      • Elaboração do tratamento
          • Fazer um bom diagnóstico facilita o sucesso do tratamento. Não esquecer de examinar pulso, língua, fazer a palpação e direcionar suas perguntas.
          • Muitas vezes cefaléia é apenas um sintoma e na a causa. Através das suas características podemos alcançar um diagnóstico mais preciso.
    • Hipertensão visão ocidental
      • O sistema renal é responsável pelo controle da pressão arterial. Quando o corpo contém excesso de líquido extracelular, a pressão arterial se eleva. A pressão crescente exerce efeito direto fazendo os rins excretarem o excesso de líquido extracelular, restabelecendo assim a pressão normal. O mecanismo global pelo qual o aumento de volume extracelular eleva a pressão arterial tem a seqüência:
        • Aumento do volume de líquido extracelular, que aumenta o volume sangüíneo, que aumenta a pressão de enchimento circulatória média, que aumenta o retorno venoso do sangue para o coração, que aumenta o débito cardíaco, que aumenta a pressão arterial.
    • Hipertensão visão ocidental
      • Quando o maior volume sangüíneo aumenta o débito cardíaco, há aumento do fluxo sangüíneo para todos os tecidos do corpo, de forma que este mecanismo de auto-regulação contrairá os vasos sangüíneos de todo o corpo, aumentando a resistência periférica. Por fim, como a pressão arterial é igual a débito cardíaco multiplicado pela resistência periférica total, o mecanismo de auto-regulação contribuí para o aumento da pressão arterial, sendo responsável por 80 a 90% da elevação da pressão.
    • Hipertensão visão ocidental
      • Patologias:
        • O aumento da ingestão de sal tem maior probabilidade de elevar a pressão arterial que a ingestão de água. A água é normalmente excretada pelos rins de forma quase tão rápida quanto é ingerida, mas o sal não é excretado de forma tão fácil. A medida que ele acumula no corpo, aumenta indiretamente o volume de líquido extracelular.
        • A excessiva carga de trabalho do coração leva ao desenvolvimento precoce de cardiopatias congestivas, cardiopatias coronárias, ou ambas, causando freqüentemente morte por conseqüência do ataque cardíaco.
    • Hipertensão visão ocidental
      • Patologias:
        • A pressão elevada muitas vezes rompe um grande vaso sangüíneo no cérebro, seguida por coagulação do sangue e morte de regiões importantes do cérebro (infarto cerebral), denominado de acidente vascular encefálico que dependendo da parte do cérebro envolvida pode causar paralisia, demência, cegueira ou vários distúrbio cerebrais graves.
        • A pressão muito elevada quase sempre causa múltiplas hemorragias nos rins, produzindo várias áreas de destruição renal levando a insuficiência renal, uremia e morte.
    • Hipertensão visão ocidental
      • Principais tipos:
        • Hipertensão Essencial: indica uma pressão sangüínea alta e persistente, sem causa aparente. Ocorre em pessoas de idade entre 40 e 70 anos. As principais manifestações são: dor de cabeça vertical ou occiptal, rigidez occiptal, tontura, zumbido, irritabilidade, em alguns casos epistaxe. Principal sinal é a elevação da pressão diastólica, porém não é incomum ter pacientes com elevação de pressão sem qualquer dos sintomas citados.
        • Hipertensão Secundária: é representada na maioria das vezes pela glomerulonefrite crônica.
        • As principais manifestações além da elevação da pressão sangüínea e da cefaléia são dores na área genital, cansaço, edema e albuminúria.
    • Hipertensão visão oriental
      • Etiologia
        • A hipertensão pode ser proveniente da Deficiência de Yang ou Yin dos Rins. Se o Yang do Rim está deficiente, o Yin acumula-se, o Yang não se move, os vasos sangüíneas não conseguem relaxar, o sangue não flui devidamente gerando hipertensão.
        • Se o Yin do Rim for deficiente, irá falhar ao nutrir o Yin do Fígado, gerando hiperatividade do Yang do Fígado. A ascensão do Yang e do Vento do Fígado gera elevação da pressão sangüínea com sintomas de cefaléia, tontura e zumbido. Na Acupuntura, é necessário tonificar os Rins.
    • Hipertensão visão oriental
      • De modo geral, as causas possíveis da hipertensão arterial são:
        • Insuficiência de Jing dos Rins (má nutrição da medula);
        • Yang do Fígado hiperativo;
        • Subida de Vento do Fígado;
        • Acúmulo de Muco-Umidade.
    • Hipertensão visão oriental
      • Os principais sintomas da hipertensão são:
        • tontura,
        • zumbido,
        • dor de cabeça,
        • palpitação,
        • rosto vermelho,
        • irritabilidade,
        • insônia,
        • boca amarga,
        • língua vermelha e pulso em corda e rápido.
    • Hipertensão visão oriental
      • Princípio Terapêutico :
          • acalmar o Fígado,
          • sedar o Yang,
          • nutrir Rim e Fígado.
    • Hipertensão visão oriental
      • Associar aos princípios de tratamento:
      • Sangria dos Pontos Si Shen Tsung: ponto extra localizado 1 Cun a frente, atrás e aos lados de VG.20 (Baihui);
      • Sedação do Ponto F.3 (Taichong) com método de pistonagem. Abaixa hipertensão pelo Yang do Fígado hiperativo com sintomas de tontura e vertigem;
      • Picar as veias posteriores do terço superior da anti-hélice;
      • Estimular os Pontos Yintang e VG.25 (Sulian );
    • Hipertensão visão oriental
      • Sedar os Pontos B.15 (Xinshu), B.17 (Geshu) e B.18 (Ganshu);
      • Inserir agulha no Ponto IG.4 (Hegu) em direção ao Ponto ID.3 (Houxi): indicado para hipertensão acompanhada de sinais de constipação, urina escura, boca seca e língua seca e roxa;
      • Tonificar o Ponto E.36 (Zusanli) para hipertensão acompanhada de enfraquecimento por distúrbio gastrointestinal
      • Estimular o Ponto VC.5 (Shimen), indicado para hipertensão nas mulheres com excesso em VC manifestado pelo volume no peito e abdomen, amenorréia e leucorréia;
    • Hipertensão visão oriental
      • Sedar o Ponto VB.43 (Xiaxi) para eliminar a tontura;
      • Sedar o Ponto F.2 (Xingjian) e C.7 (Shenmen) para tratar a insônia;
      • Estimular os Pontos F.3 (Taichong) e R.1 (Yongquan) para dor de cabeça;
      • Estimular R.3 (Taixi) e B.23 (Shenshu) para fraqueza dos Rins;
      • Usar Moxa nos Pontos VC.4 (Guanyuan) VC.6 (Qihai) VG.4 (Mingmen) para tonificar Yang dos Rins.