Your SlideShare is downloading. ×
O desenvolvimento tecnológico e o processo de globalização
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O desenvolvimento tecnológico e o processo de globalização

14,095
views

Published on


0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
14,095
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
36
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 2° ano GEOGRAFIAgeo-educacao.blogspot.com.br
  • 2. • A internacionalização da economia e a interdependência econômica entre os países se acentuaram nos séculos XIX e XX, períodos marcados por intensas mudanças tecnológicas: as revoluções industriais.• As descobertas e as inovações alteravam não só o mundo da produção, mas também a vida cotidiana e a paisagem. geo-educacao.blogspot.com.br
  • 3. A Primeira Revolução Industrial• Foi um período de grandes inovações que ocorreu entre meados dos séculos XVIII e XIX.• Esse período se caracteriza pela substituição do trabalho artesanal ou manufatura pela maquinofatura.• Esta última caracteriza-se pela utilização de fontes de energia modernas para movimentar máquinas (carvão mineral), pela produção em larga escala e pela especialização do trabalho. geo-educacao.blogspot.com.br
  • 4. Nessa fase, ocorreram diversas mudanças sociais econômicas, além de transformações na paisagem.• Econômicas – barateamento dos produtos industrializados; organização da produção com divisão das tarefas (cada trabalhador realizava apenas uma etapa do processo produtivo).• Sociais – aumento da população; surgimento de uma nova classe social: o operariado ou proletariado; agravamento de problemas como o desemprego, a pobreza, a exploração do trabalho infantil, a violência, etc. geo-educacao.blogspot.com.br
  • 5. • Políticas – os novos interesses industriais começavam a fazer pressão para que os governos abandonassem a política mercantilista e adotassem o livre-comércio, que permitia à indústria importar insumos mais baratos e exportar mais; ao mesmo tempo, ocorreram as primeiras manifestações do proletariado por melhores condições de trabalho e maiores salários e os trabalhadores organizaram-se em associações que, posteriormente, deram origem aos sindicatos. geo-educacao.blogspot.com.br
  • 6. • Espaciais – construíram-se as ferrovias e surgiram novos povoamentos ao longo do seu traçado. O êxodo rural aumentou a concentração populacional, o número de cidades e os seus territórios; houve maior investimentos nas cidades, dotando-as de equipamentos, como iluminação pública, ruas e distribuição de água encanada.• Em consequência, ocorreu o aumento de problemas urbanos como a proliferação de moradias precárias (cortiços e favelas). geo-educacao.blogspot.com.br
  • 7. A Segunda Revolução Industrial• A partir de 1850, as novas mudanças no modo de produzir estenderam-se para outros países (Estados Unidos, Japão, França e Alemanha). As máquinas foram aperfeiçoadas e a produção tornou-se maior e mais veloz.• A utilização da eletricidade e do petróleo como combustível trouxe novos progressos.• No ciclo do petróleo, na primeira metade do século XX, a indústria automobilística tomou impulso. Carros, três elétricos, aviões possibilitaram transportes mais rápidos e eficientes. geo-educacao.blogspot.com.br
  • 8. Fordismo/Taylorismo• O empresário Henry Ford propôs diversas inovações no processo produtivo com o objetivo de produzir mais em menor tempo.• Introduziu nas fábricas a produção em série (produtos padronizados e em grande quantidade) e a divisão da produção (cada trabalhador realiza apenas uma tarefa Henry Ford específica.• Esse processo adotado por outras fábricas ficou conhecido como fordismo. geo-educacao.blogspot.com.br
  • 9. • A sistematização desse processo foi feita por Frederik Taylor, que procurou intensificar ainda mais o ritmo de trabalho nas fábricas. • A produção passou a ser planejada e controlada nos escritórios, havendo,Frederik Taylor portanto, a separação do trabalho intelectual do manual. Com essas modificações, podemos falar em regime fordista/taylorista. geo-educacao.blogspot.com.br
  • 10. Tempos ModernosDireção de Charles Chaplin. EUA, 1936.Retrata a vida urbana nos Estados Unidos na década de 1930, logoapós a crise de 1929, quando a depressão levou grande parte dapopulação ao desemprego e à fome. O filme é uma crítica à vida dasociedade industrial, à produção com base no sistema de linha demontagem e ao tratamento desumano dispensado ao trabalhador,tido como mais uma engrenagem de uma máquina maior. geo-educacao.blogspot.com.br
  • 11. • Para dominar os mercados, as empresas passaram a adotar inovações no processo produtivo e nas tecnologias de produção. Todos esses avanços tecnológicos tornaram possível produzir mais do que a demanda e iniciar uma era de consumo de massa desenfreado.• O descarte em massa também se tornou uma realidade, com a substituição em ritmo constante e acelerado de determinados produtos por outros tecnologicamente mais modernos.• Para aumentar as vendas, os empresários aderiram ainda à prática da obsolescência programada. geo-educacao.blogspot.com.br
  • 12. Reprodução do vídeo:A história das coisas geo-educacao.blogspot.com.br

×