Your SlideShare is downloading. ×
Aula 4 O.S.M (qualidade)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Aula 4 O.S.M (qualidade)

2,747

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,747
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
57
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Agilidade
  • Desdobramento da função da qualidade
  • N vai cair na prova
  • Ferramentas, metodologias, Check-list (lista de controle) .é um documento usado para fins desejáveis; anotações de procedimentos.
  • Causas problemas falhas origens.
  • ISO atender as expectativas, exigências do cliente. (foco no cliente). Formalidade: relatório geral.
  • Diretrizes: conjunto de exigências, garantindo qualidade para o cliente.
  • ISO 14000 Conjunto de diretrizes para gestão Ambiental. ISO Organização de internacional Normatização ou padronização.
  • Conjuntos de boas praticas levando-os aos resultados.
  • Exemplos de indicadores.
  • Adaptação as atividades do mercado, agilidade de atender as demandas.
  • Transcript

    • 1. Organização Sistemas Métodos
    • 2. ESCOLA ESTRUTURALISTA• Síntese das escolas clássicas e de relações humanas (Amitai Etizioni – Uni. Columbia – USA)• Deve haver equilíbrio nas estâncias superiores e inferiores da administração: níveis superiores e operacionais.• Trata questões como: eficiência, competência, e o “perigo da mensuração excessiva”.• Discute como deve ser a organização do conhecimento
    • 3. ESCOLA ESTRUTURALISTA• Na solução de conflitos trata dos seguintes pontos: – Integração entre relacionamento formal e informal; – Grupos informais; – Relação existente entre a organização e o meio ambiente na qual está inserida; – Combinação entre recompensa material e recompensa social.
    • 4. ESCOLA ESTRUTURALISTA• Contribuição da escola; a variável social.• O meio ambiente influencia as pessoas inseridas nas organizações.• Conhecimento e o entendimento sobre os acontecimentos nas fábricas devido a influência do poderoso sistema que determina o modo de agir das pessoas, o meio ambiente.• Todos estão inseridos em grupos que em última análise norteiam individualmente seus participantes.
    • 5. Escola Sistêmica• Não tinha foco na discussão se a política organizacional buscava maximizar a produtividade por meio da adaptação do homem à máquina ou da máquina ao homem.• Encara os acontecimentos nas organizações buscando entender o meio ambiente como variável principal, possibilitando o entendimento das partes pela compreensão do todo, os sistemas abertos.
    • 6. Escola Sistêmica• Definição de sistemas abertos pelas seguintes características: – Importação de energia: importam energia como forma de reciclagem, renovação constante. – Transformação: com a energia importada, os sistemas se revigoram e crescem. – Saída: todo sistema exporta resultados para o meio ambiente ou outros sistemas abertos. – Entidades cíclicas: padrão de importar e exportar. – Entropia: por natureza, todos os sistemas tendem a desorganização e autodestruição. Solução é importar energia, renovar.
    • 7. Escola Sistêmica• Sintropia: capacidade de nutrir-se de energia externa.• Entrada de informação: os Sistemas Abertos importam energia e informação para permitir que o processo seja corrigido e melhorado.• Homeostase dinâmica e estabilidade: atuam no sistemas abertos a fim de perpetuar um movimento de renovação pela preservação do caráter básico de todo o sistema.
    • 8. Escola Sistêmica• Diferenciação: tendência de especialização , diferenças para possibilitar a existência sem riscos de extinção.• Equifinalidade: mecanismos que regulam e organizam seu comportamento diminui a abrangência da equifinalidade.
    • 9. Abordagem das contingências• Lawrence & Lorsch: as circunstâncias ou contingências determinam o modelo a ser adotado pela organização.• A diferenciação e a integração são dois aspectos fundamentais nos estudo dos problemas da organização.
    • 10. Drucker• Na década de 80 alertou que a sociedade entraria na Era do Conhecimento.• Mais vale o que se acumula com a aprendizagem e com a experiência do que se pode fazer com as modernas tecnologias da informação.
    • 11. Homem• Vive inserido em organizações, desde o nascimento, agindo por processos que operam por meio de uma ou mais atividades ligadas entre si por determinados procedimentos, alguns implícitos, outros explícitos, que repetidos ciclicamente, constituem um sistema.
    • 12. Organização e Métodos• Estudo das organizações por meio da análise de cada uma das atividades, a fim de criar procedimentos que venham a interligá-las de forma sistêmica.• Sistema: conjunto de eventos cíclicos.• Analista de O&M e analista de processos.
    • 13. • E agora?
    • 14. Sistemas• Sistemas de gestão da qualidade• Sistemas de gestão ambiental
    • 15. Objetivos de Desempenho de Sistemas Fazer certo Fazer certo Vantagem em Vantagem em as coisas as coisas qualidade qualidade Fazer as coisas Fazer as coisas Vantagem em Vantagem em com rapidez com rapidez rapidez rapidez Fazer as coisas Fazer as coisas Vantagem em Vantagem em em tempo em tempo confiabilidade confiabilidade Mudar oo que Mudar que Vantagem em Vantagem em você faz você faz flexibilidade flexibilidade Fazer as coisas Fazer as coisas Vantagem em Vantagem em mais baratas mais baratas custo custo
    • 16. Os desafios da nova organização Preço baixo Custos EntregaTempo de confiável entrega reduzido Rapidez Alta produtividade Confiabilidade total Produção Operação rápida confiável Processos Habilidade isentos de erro para mudar Qualidade Flexibilidade Produtos/serviços Freqüência de sob especificação novos produtos /serviços
    • 17. Custo pode significar... Hospital Fábrica de automóveis Empresa de ônibus urbano SupermercadoCompra de materiais e serviços Funcionários Tecnologia e instalações
    • 18. Custos da Qualidade• De prevenção• Avaliação• Falhas internas• Falhas externas
    • 19. Custos de Prevenção• Análise de novos produtos • Projetos / programas de• Planejamento da qualidade melhoria da qualidade• Avaliação da qualidade do • Relatórios sobre a fornecedor qualidade• Reuniões de melhoria da • Emissão de qualidade procedimentos de• Treinamento e educação auditoria e inspeção • Controle de documentos
    • 20. Custos de Avaliação• Inspeção de recebimento • Materiais e serviços• Inspeção no processo consumidos• Inspeção e testes finais • Inspeção no fornecedor• Aferição e calibração de • Avaliação de estoques equipamentos de medição • Visitas técnicas a clientes e teste • Estudos sobre• Auditorias de qualidade do capacidade de processos produto • Avaliação de mudanças no processo
    • 21. Custos de Avaliação• Qualidade de • Revisão de fluxograma de componentes produção• Aquisição de dados sobre a • Manutenção preventiva qualidade • Planejamento de atividade de avaliação• Controle de processo • Círculos da qualidade• Simulação • Planejamento de• Auditoria do sistema de processos qualidade• Linha piloto
    • 22. Custos de Falhas Internas• Retrabalho • Disposição de produtos• Refugo (sucata) • Sucata e retrabalho• Reparos • Perdas evitáveis de processos• Reinspeção e novos testes • Desvalorização• Inspeção 100% para classificação• Perda de rendimento• Análise das falhas
    • 23. Custos de Falhas Externas• Assistência técnica • Recepção, avaliação,• Garantias e devoluções retrabalho, novo teste e• Descontos substituição de produtos defeituosos• Substituição • Multas por parada da• Custos de responsabilidade linha de produção do civil cliente • Custos com recall
    • 24. Programa da qualidade• Plano detalhado de qualidade• Comunicação realizada para toda empresa• Escolha dos itens dos custos de qualidade e das fontes de informações• Formulários apropriados• Determinação de objetivos de melhoria• Auditorias periódicas• Resultados disponíveis para toda empresa
    • 25. Programas e Sistemas de Qualidade• CQ - Controle da qualidade (1900)• CEP - Controle Estatístico de Processos (1945)• Zero defeito (1960)• CCQ - círculos de controle de qualidade (1962)• Sistema de qualidade amplo empresarial (1980)• Qualidade garantida (1980)• Qualidade assegurada (1980)• Sistema ISO 9000 (década de 80)• Excelência empresarial (1987)• TQM - total quality management (1985)
    • 26. Aspectos do TQM• Envolvimento do Pessoal – Cultura da empresa: a qualidade é uma finalidade da empresa, deve ser consenso que é preciso existir qualidade em todos os aspectos da empresa, e não apenas no produto final – desenvolvimento e treinamento de pessoal: crescimento da pessoa em seus aspectos humanos, social, e de visão gerencial (gestão de competências) – trabalho em times: pequenos grupos de pessoas que têm um propósito comum
    • 27. Aspectos do TQM• Programas de Qualidade – Programa zero defeito: visa um produto ou serviço livre de defeitos. Algumas etapas são: • envolvimento da alta direção da empresa • estruturação e obtenção dos custos da qualidade • desenvolvimento do programa zero defeito • instituição oficial do programa dentro da empresa • estabelecimentos de grupos de qualidade
    • 28. Aspectos do TQM– Os 14 princípios de Deming • 1 - Educar e desenvolver o pessoal • 2 - Implantar a nova filosofia de não aceitar defeitos • 3 - Eliminar a inspeção, atuar na prevenção • 4 - Diminuir o número de fornecedores • 5 - Utilizar técnicas estatísticas • 6 - Treinar todos no trabalho • 7 - Mudar o papel dos supervisores • 8 - Eliminar o medo
    • 29. Aspectos do TQM– Os 14 princípios de Deming • 9 - Eliminar as barreiras entre áreas • 10 - Eliminar metas desnecessárias e inconsistentes • 11 - Estabelecer padrões adequados • 12 - Instituir programas de treinamento em metodologias estatísticas • 13 - Desenvolver programas para o melhor desenvolvimento do pessoal • 14 - Estabelecer um sistema para implantar os princípios
    • 30. Ciclo PDCA • Plan (planejar) • Do (fazer) • Check (verificar) • Act (agir)
    • 31. Aspectos do TQM• Benchmarking – Avaliação comparativa com os líderes de mercado• Projeto do Produto – Atualização dos produtos para manter a competitividade de mercado – A confiabilidade dos produtos deve ser medida e implementada
    • 32. Aspectos do TQM• QFD - quality function deployment – Executado através de uma matriz, que responde a seis perguntas-chave: • Voz do cliente • Análise da concorrência • Voz da engenharia • Correlação • Comparação técnica • Inter-relações
    • 33. Aspectos do TQM• Instrumentos utilizados – check-list – histograma – diagrama de Pareto – diagrama de Ishikawa
    • 34. Sistema ISO 9000• Consiste em uma série de normas desenvolvidas pela International Organization for Standardization (Suiça)• O objetivo é atender às especificações e expectativas dos clientes• Certificação envolve um processo longo (1 a 2 anos)
    • 35. Sistema ISO 9000• A ISO 9001 e 9004 baseiam-se nas melhores práticas de gerenciamento da qualidade: – foco do cliente – liderança – envolvimento dos funcionários – administração por processos – visão sistemática para o gerenciamento – melhoria contínua – tomada de decisão baseada em fatos – relação cliente-fornecedor mutuamente benéfica
    • 36. Sistema ISO 9000• As diretrizes da ISO 9001 e ISO 9004 abrangem todas as atividades de uma organização, organizadas em 5 capítulos: – sistema de gerenciamento da qualidade – responsabilidade da administração – gerenciamento de recursos – realização do produto – medição, análise e melhoria
    • 37. Gerenciamento Ambiental ISO 14000• ISO 14004 e ISO 14001 são relativas ao gerenciamento ambiental dentro das empresas• Filosofia da norma: os requisitos para os sistemas de gerenciamento ambiental são os mesmos, seja qual for o ramo de atividade da empresa• resíduos e emissões para a atmosfera são minimizados• impacto ambiental é eliminado
    • 38. Itens da ISO 14000 • Programa de• Sistema de gerenciamento gerenciamento • manual e• Política ambiental documentação• organização e pessoal • controle operacional• efeitos ambientais • registros• objetivos e metas • auditorias • revisões
    • 39. Indicadores típicos de desempenho de um Sistema de Custos• Tempo mínimo de entrega• Variação contra orçamento• Utilização de recursos• Produtividade da mão de obra• Valor agregado• Custo por hora de operação
    • 40. Qualidade pode significar... Hospital Fábrica de automóveisPacientes tratados da Pacientes tratados da Componentes fabricados Componentes fabricadosmaneira mais apropriada maneira mais apropriada conforme especificação conforme especificaçãoTratamento conduzido Tratamento conduzido Produtos confiáveis Produtos confiáveisda maneira correta da maneira correta Produtos atraentes e sem Produtos atraentes e semFuncionários corteses Funcionários corteses defeitos defeitosEmpresa de ônibus urbano SupermercadoÔnibus limpos e arrumados Ônibus limpos e arrumados Produtos em boas Produtos em boasÔnibus silenciosos e Ônibus silenciosos e condições condiçõesnão poluentes não poluentes Loja limpa e organizada Loja limpa e organizadaHorários rigorosos que Horários rigorosos que Decoração adequada e Decoração adequada eatendam às necessidades atendam às necessidades atraente atraentedos usuários dos usuários
    • 41. Indicadores típicos de desempenho de um Sistema de Qualidade • N° Defeitos por unidade • Nível de reclamação do consumidor • Nível de Refugo • Solicitações de Garantia • Tempo médio entre falhas • Pontuação de satisfação do consumidor
    • 42. Rapidez pode significar... Hospital Fábrica de automóveisTempo mínimo entre a Tempo mínimo entre a Tempo mínimo entre pedido Tempo mínimo entre pedidosolicitação de tratamento solicitação de tratamento de um carro específico e de um carro específico ee sua realização e sua realização sua entrega sua entregaTempo mínimo para Tempo mínimo para Tempo mínimo de espera Tempo mínimo de esperaresultado dos exames resultado dos exames na assistência técnica na assistência técnicaEmpresa de ônibus urbano Supermercado Tempo mínimo nas Tempo mínimo nasTempo mínimo total da Tempo mínimo total da transações totais transações totaisjornada para oo usuário jornada para usuário Imediata disponibilidade Imediata disponibilidadeatingir seu destino atingir seu destino de bens de bens
    • 43. Itens típicos de desempenho de Rapidez de um Sistema• Tempo de cotação do consumidor• Lead-time do pedido• Frequência de entregas• Tempo de atravessamento Real x teórico • Tempo de ciclo
    • 44. Confiabilidade pode significar... Hospital Fábrica de automóveisNão cancelamento de Não cancelamento de Entregas de veículos no Entregas de veículos noconsultas consultas tempo previsto tempo previstoConsultas realizadas nos Consultas realizadas nos Entregas de peças de Entregas de peças dehorários programados horários programados reposição no tempo reposição no tempoEntregas de exames no Entregas de exames no previsto previstoprazo prazoEmpresa de ônibus urbano SupermercadoHorários fixos em pontos Horários fixos em pontos Proporção mínima de bens Proporção mínima de bensdos trajetos dos trajetos em falta em faltaAssentos disponíveis para Assentos disponíveis para Disponibilidade de vagas Disponibilidade de vagasos passageiros os passageiros de estacionamento de estacionamento
    • 45. Itens típicos de desempenho de um Sistema de Qualidade• Porcentagem de pedidos entregues com atraso• Atraso médio de pedidos• Proporção de produtos em estoque• Desvio médio de promessa de chegada• Aderência à programação• Indice de produtos com defeitos
    • 46. Flexibilidade pode significar... Hospital Fábrica de automóveisNovos tratamentos Novos tratamentos Novos modelos Novos modelosAmpla variedade de Ampla variedade de Ampla variedades de Ampla variedades detratamentos tratamentos modelos modelosAjusta-se ao número de Ajusta-se ao número de Ajusta-se a demanda Ajusta-se a demandapacientes pacientes Reprograma prioridades Reprograma prioridadesReprograma consultas Reprograma consultas de produção de produçãoEmpresa de ônibus urbano SupermercadoNovas rotas e trajetos Novas rotas e trajetos Novos bens e promoções Novos bens e promoçõesGrande número de locais Grande número de locais Ampla oferta de bens Ampla oferta de bensservidos servidos Ajusta-se ao número de Ajusta-se ao número deAjusta-se a freqüência de Ajusta-se a freqüência de consumidores consumidoresserviços serviços Reposição de estoque Reposição de estoqueReprograma viagens Reprograma viagens
    • 47. Itens típicos de desempenho de Flexibilidade de um Sistema• Tempo necessário para desenvolver novos produtos/serviços • Faixa de produtos ou serviços • Tempo de mudança de máquina • Tamanho médio de lote • Capacidade média/capacidade máxima • Tempo para mudar programações
    • 48. Dono do Processo: Dono do Processo: Processo Chave Gerente de Operações Gerente de OperaçõesFornecedorFornecedor Dados de Entrada Dados de Entrada Processo Processo Dados de Saída Dados de Saída Cliente Cliente  Programa de produção  AP AP  Ordem Produção  Peças avulsas e Agregados  Roteiro Fabricação acabados, identificados,  EDPP EDPP  Plano de Controle testados e/ou pintados e  AP AP  SGQ  Instrução trabalho  Matéria prima Produção aprovados .  CQP CQP SGQ  AMS AMS  Insumos Std.(Óleo, ferr., etc.) (P)  Registros da Qualidade.  EDPP EDPP  Peças acabadas/aprovadas  Solicitação de alteração de do almoxarifado e da processo e/ou produto.  Manutenção Manutenção ManufaturaDados das saídas de outros Dados de saída deste processoprocessos são também dados de são também dados de entradaentrada para este processo: para outros processo:conforme relação. conforme relação. Eficiência Eficiência Eficácia Eficácia Indicadores Indicadores Códigos Códigos Métodos Métodos Recursos gerais Recursos gerais Recursos Humanos Recursos Humanos  Despesas Primárias ($) 001  Gerente de operações  Supervisor de produção  OEE 014  Engenheiros de Processo Prod.  Produtividade / MO 015  Técnicos de Processo Produção • Sistemas Informatizados  Refugo / Retrabalho ( PPM) 016 PA 6.3-1  Coordenadores de Equipes • Sistemas de Transportesa c nê c E  Banco de Teste (PPM)ai c nêi ciff E PA 7.5-1  Preparadores de Máquina 021 • Sistemas de Comunicação  Preparador de Ferramentas PA 7.5-3 i i i • Equipamentos, ferramentas,  Operadores de máquinas  OTIF agregados x aceite 018 PA 7.5-4  Montador de Produtos dispositivos e insumos de  OTIF OEM x aceite 019 PA 8.3-1  Ajudante Treinamento manufatura Retificador Produção  OTIF SSO x aceite 020 PA 8.5-1 • Financeiros  Afiador Ferramentas  Custos com Garantia 017  Rebarbador  $ / PPM 0 Kma các E 022ai cáciff E  Planejador Líder  Freqüência e Gravidade 023  Pintor i i
    • 49. DEFINIÇÃO DE ts TEMPO DE PREPARAÇÃO OU SETUP• Tempo necessário para se familiarizar com o desenho da peça ou folhas de processo.• Tempo de preparação do local de trabalho,equipamento, dispositivos e ferramentas.• Tempo para montar a máquina.• Tempo para receber as peças e transportá-las até o local de trabalho.• Tempo para desmontar a máquina após o lote fabricado de devolver o ferramental até o depósito.• Tempo para limpar a máquina ,colocar em ordem o local de trabalho,etc.
    • 50. DEFINIÇÃO DE tp Lembre-se de Taylor... TEMPO PADRÃO tpr=tempo de processamento da peça (máquina ou manual) tc=tempo de carga eTp=tpr+tc+tl+tf descarga tl=tempo de preparação do local de trabalho tf=tempo de fadiga
    • 51. MÉTODOS DE MEDIDA DO TEMPO PADRÃO (tp)Etapa 1 – Obter e registrar informação a respeito do operador • O que se faz nesta operação • Por que se faz esta operação • Como se faz esta operação • Qual será o melhor método • Com o que faz esta operação Etapa 2 - Dividir a operação em elementos e fazer a descrição completa do método Etapa 3 - Observar e registrar os tempos dos elementos Etapa 4 - Avaliação do Ritmo
    • 52. O TEMPO DE CICLO DE FABRICAÇÃO DE UMA PEÇA (T) ts=tempo de preparaçãoT= ts +tp (min) da máquina (setup) m m=quantidade de peças do lote tp=tempo padrão por peça T=tempo de fabricação por peça
    • 53. Exemplo de cálculo do tempo de ciclom=1 pç 15´ 1´tSetup=15´ T=ts/m+tp = 15/1 +1=16 ´tPadrão=1´m=20 pçs 15´ 1´tSetup=15´ T=ts/m+tp= 15/20 +1= 1,75 ´tPadrão=1´
    • 54. DETERMINAÇÃO DO TEMPO REAL TRABALHADO DA MÁQUINA i (tRT) tdi - capacidade instalada n tl - tempos improdutivostRT= tdi-tI- Σ tsi.Zi i=1 Zi - n° de preparações tsi - tempo set-up da máquina n - número de peças
    • 55. INDICADORES DE DESEMPENHO DE SISTEMAS1. Eficiência Operacional2. Utilização de equipamentos3. Índice de Produtividade
    • 56. ÍNDICE DE DESEMPENHO DE SISTEMAS Eficiência operacional (e)e = Σ Tempo padrão Tempo RealTrabalhado
    • 57. ÍNDICE DE DESEMPENHO DE SISTEMAS Utilização de equipamentos (u) (para r máquinas)u= tempo Real Trabalhado Capacidade instalada
    • 58. ÍNDICE DE DESEMPENHO SISTEMAS Produtividade (P)P= e.u = Σ Tempo Padrão Capacidade Instalada
    • 59. INDICE DE PRODUTIVIDADE DE SISTEMAS(OEE) OEE ( Overall Equipment Effectiveness)OEE = % UTILIZAÇÃO x % EFICIÊNCIA x % QUALIDADE Ex.: % utilização = 90% % eficiência= 90% 0,9x0,9x0,95= 0,7695 % qualidade= 95% ≈ (77%)
    • 60. Métodos para a Geração de Idéias• Brainstorming ;• TAG ( Times Auto Gerenciáveis) ;• Entrevistas ;• Benchmarking ;• 5W2H.
    • 61. BRAINSTORMING Tempestade CerebralÉ a técnica de estimular a produção de idéias utilizando-sede um grupo de pessoas.Regras Básicas• Eliminar qualquer crítica - Suspensão do Julgamento .• Combinar e melhorar as idéias já existentes -Princípio daCarona .• Externar as idéias tal qual elas aparecem - Princípio daRoda Livre .
    • 62. BRAINSTORMINGOrganização• Fazer o convite formalmente antecipando o assunto a ser debatido.• Papel do facilitador Evitar o julgamento das idéias. Conduzir a sessão com neutralidade. Motivar o grupo na dinâmica de grupo• Quantidade de participantes : +/- 6 pessoas.• Primeira fase (1/3 do tempo) - Criar sem ajuizamento.• Papel do secretário - Registrar as idéias em um quadro ou “ Flipchart” .• Segunda fase (2/3 do tempo) - Escolher as melhores idéias , discuti-las e aperfeiçoá-las.•.Perfil do grupo : Mínimo com 50 % de pessoas diretamente envolvidas .
    • 63. Você está sendo convocado a participar de um “brainstorming”na próxima terça feira as 10:00 horas na sala de conferências para gerar idéias do seguinte tópico:como reduzir a violência no estado de São Paulo ...

    ×