• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
GAC-RA: Ria de Aveiro - Ambiente e economia sutentável
 

GAC-RA: Ria de Aveiro - Ambiente e economia sutentável

on

  • 700 views

 

Statistics

Views

Total Views
700
Views on SlideShare
700
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
6
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    GAC-RA: Ria de Aveiro - Ambiente e economia sutentável GAC-RA: Ria de Aveiro - Ambiente e economia sutentável Document Transcript

    • GAC Grupo de Ação CosteiraRia de Aveiroambiente e economia sustentável
    • 2 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO ESTRATÉGIA E PARCERIA
    • Grupo de Ação Costeira da Região de Aveiro
    • 4 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO ESTRATÉGIA E PARCERIAA Ria de Aveiro é o principal elemento natural da Região de Aveiro. Trata-se deum estuário com características ambientais, culturais e socioeconómicas únicasque tem sido o suporte e palco de muitas atividades, como a produção de sal, aapanha de algas e de moluscos, a pesca, a aquacultura, a agricultura, a construçãonaval e a náutica de recreio.Aveiro region is characterized by the “Ria de Aveiro” presence, an estuary withunique environmental, cultural and socio-economic features, which has been,since ancient times, the support of many activities. These include salt production,seaweed harvesting, shellfish gathering, fishing, aquaculture, agriculture, shipbuilding and recreational boating.O Grupo de Ação Costeira da Região de Aveiro (GAC-RA) With the onset of the Axis 4 initiative, in the Europeané uma parceria que visa mobilizar as entidades locais e Fisheries Fund (EFF) financial frame (2007-2013), foras comunidades piscatórias, para o processo de desen- the sustainable development of fisheries areas, localvolvimento sustentável da respetiva área costeira de partnerships were established and encouraged tointervenção, de acordo com o definido no Eixo 4 – De- take a stronger role in regional development. Thesesenvolvimento Sustentável das Zonas de Pesca do Pro- partnerships are the Fisheries Local Action Groupsgrama Operacional Pesca 2007-2013 – PROMAR. (FLAG’s). The FLAG partnership in the Aveiro region involves 14 entities that assure new capabilities to en-O GAC-RA tem por função dinamizar, receber, avaliar gage in integrated efforts towards competitiveness,e propor projetos para aprovação e acompanhar e diversification, employment and development in itsverificar a sua execução. Os destinatários, diretos ou fishery area, through a recognized strategy.indiretos, destas ações são os profissionais do setordas pescas e suas famílias. FLAG Região de Aveiro role is to promote the devel- opment strategy and accept, evaluate and presentA constituição do GAC-RA e a sua estratégia têm por projects for approval. Follow-up and verification ofobjetivo intervir na região de modo a promover o de- project execution are also FLAG functions. The directsenvolvimento sustentável da Ria de Aveiro e da zona or indirect beneficiaries of the approved projects arecosteira adjacente, num território que abrange os fishermen and other fisheries professionals and theirmunicípios de Ovar, Murtosa, Aveiro, Ílhavo e Vagos. families. The intervention area of the FLAG Região de Aveiro includes 16 communities distributed by 5 municipalities: Ovar, Murtosa, Aveiro, Ílhavo, Vagos.
    • ESTRATÉGIA E PARCERIA GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 5O parceiro gestor da operação, a Comunidade In- The FLAG Região de Aveiro leader is Aveiro Regiontermunicipal da Região de Aveiro — Baixo Vouga Intermunicipal Community (CIRA), who’ s mission is(CIRA) é uma associação de municípios que visa a to pursue the sustainable development of the regionrealização dos seus interesses comuns constituída by achieving common goals and visions of the mu-por Águeda, Albergaria-a-Velha, Anadia, Aveiro, nicipalities involved, namely Águeda, Albergaria-Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, a-Velha, Anadia, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Murtosa,Sever do Vouga e Vagos. Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos.Com uma aposta forte na promoção de uma estratégia CIRA has a strong focus on the promotion of an inte-regional de desenvolvimento integrado, sustentável e grated, sustainable and inclusive regional develop-participativo, a CIRA, através do GAC-RA, tem uma par- ment strategy. Through the FLAG Região de Aveiro,ticipação ativa na dinamização do setor marítimo e no CIRA actively participates in the development ofapoio à economia do mar e das suas comunidades. the local marine cluster, supporting the marine economy and improving living standards of fisheriesNa parceria constituída para implementar esta es- dependent communities.tratégia estão representados os setores público,privado e associativo, abrangendo entidades da ad- The FLAG Região de Aveiro partnership membersministração central, regional e local, instituições com represent the public, private and associative sector,responsabilidades na qualificação profissional e na including central, regional and local public institu-produção de inovação e conhecimento, organizações tions, skills acquisition and knowledge and inno-de produtores e associações profissionais, entidades vation institutions, producer’s organizations andcom atividades industriais de pesca e transformação professional associations, fishing, aquaculture andde produtos e os pequenos produtores locais. processing companies. PARCEIRO GESTOR CIRA - COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DA REGIÃO DE AVEIRO PARCEIROS UA – Universidade de Aveiro FOR-MAR – Centro de Formação Profissional das Pescas e do Mar APARA – Associação de Pesca Artesanal da Região de Aveiro ADAPI – Associação de Armadores da Pesca Industrial AIB – Associação dos Industriais do Bacalhau MATERáQUA – Criação e Comercialização de Peixes, Lda. David Casqueira Ramos (Mariscador) APA – Administração do Porto de Aveiro DOCAPESCA – Delegação de Aveiro Associação de Produtores e Marnotos da Ria de Aveiro Mútua dos Pescadores – Mútua de Seguros, CRL DPB – Depuradora Portuguesa de Bivalves, S. A. COMUR – Fábrica de Conservas da Murtosa, Lda.
    • 6 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO ESTRATÉGIA E PARCERIAO GAC-RA tem por objetivo específico dinamizar can- The FLAG Região de Aveiro specific duty is to pro-didaturas que se enquadrem nas seguintes ações: mote projects that fit the following objectives:Reforço da competitividade das zonas de pesca Improve competitiveness and adding valuee valorização dos produtos, diminuindo a distân- to fisheries products, shortening the distancecia entre produtores e pescadores dos consumidores between fishermen or producers and consumers,finais, melhorando as condições de comercialização e improving their relations and the market conditions.as relações entre os intervenientes. Os projetos devem Projects should seek innovative solutions, throughcentrar-se em soluções inovadoras e de valor acres- small initiatives with growth potential.centado, dirigidas a pequenos empreendimentos ecom potencial de crescimento. Diversification and restructuring of economic and social activities, contributing to diversify intoDiversificação e reestruturação das atividades fisheries related activities and promoting links witheconómicas e sociais, contribuindo para a diver- other sectors like tourism. In this context, projects notsificação das atividades do setor das pescas promo- related to the fisheries sector, like those with environ-vendo relações com outros setores, nomeadamente mental or social scopes, will also be supported.com o setor turístico. Neste contexto, serão tambémapoiadas iniciativas sem ligação direta ao setor Promoting and improving coastal environ-como sejam as de natureza ambiental e social. mental quality and its communities, valuing the environmental, cultural and social dimensionsPromoção e valorização da qualidade do am- so that new opportunities may arise in the longbiente costeiro e das comunidades, promoven- term. These initiatives, usually “non productive”,do as componentes ambientais, culturais e sociais, show the importance of improving the human andde forma a criar novas oportunidades a prazo. Estas environmental conditions in the development of lo-iniciativas, geralmente “não produtivas”, refletem a cal communities.importância da melhoria das condições físicas e hu-manas necessárias ao processo de desenvolvimentodas comunidades locais.
    • ESTRATÉGIA E PARCERIA GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 7Do conjunto das 29 candidaturas apresentadas ao 1º From the 29 proposals submitted to the first callconcurso do GAC-RA, 17 foram aprovadas e subme- for tender, 17 were approved by the FLAG Regiãotidas ao PROMAR, representando um investimento de Aveiro and submitted to the national Managingtotal elegível de 3.085.256,75€ com uma comparti- Authority. The 17 proposals approved imply a totalcipação de 2.311.786,94€ (75%). investment of 3.085.256,75€ and a financial support of 2.311.786,94€ (75%).Alguns projetos têm grande impacto sobre o terri-tório, promovendo a sua atratividade em termos Some projects have a major influence on the terri-turísticos e a visibilidade e consumo de produtos e tory, promoting the tourism potential and increas-serviços de origem local relacionados com a zona ing the visibility and demand for local productscosteira. Outros projetos têm impacto direto sobre and services related with the coastal zone. Otheras comunidades piscatórias melhorando as suas projects have a direct impact on fishing communi-condições de trabalho ou as suas condições sociais, ties, improving their working or social conditionsatravés da reabilitação, construção de infraestrutu- through infrastructure construction or mainte-ras ou aquisição de equipamentos e ainda de pro- nance, equipment acquisition and managementcessos inovadores de gestão e dinamização. Alguns innovation. Some initiatives use the natural andprojetos propõem ainda de forma direta ou indireta cultural resources of the lagoon and coastal zone, ei-o aproveitamento dos recursos naturais e culturais ther directly or indirectly, for tourism, education andda área lagunar e da zona costeira para atividades leisure. Implementation of the projects has startedturísticas, de lazer e educativas. A execução dos pro- in late 2011 and their conclusion is scheduled forjetos teve início nos finais de 2011 e prevê-se estar December 2013.concluída até dezembro de 2013.
    • 8 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO REFORÇO DA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS E PARCERIA ESTRATÉGIA PRODUTOS
    • REFORÇO DAE PARCERIAESTRATÉGIA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS PRODUTOS GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 9 Reforço da competitividade das zonas de pesca e valorização dos seus produtos
    • 10 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO REFORÇO DA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS E PARCERIA ESTRATÉGIA PRODUTOSApoio à Arte Xávegana Praia da Vagueira Esta ação está articulada com a construção do postoA intervenção vai requalificar os 4 armazéns degra- de vendagem da Praia da Vagueira, projeto igual-dados de apoio à companha de arte xávega exis- mente aprovado ao abrigo da estratégia do GAC-RA,tentes na Praia da Vagueira, através da sua demo- tendo em vista a requalificação integrada da frentelição e substituição por dois edifícios modernos com marítima da Praia da Vagueira e que envolve ainda20mx10m cada, a serem construídos em madeira outras intervenções.de pinho tratada e revestidos a réguas de madeirade pinho de modo a manter o caráter dos palheirostradicionais. Para além do apoio direto às duas com- PROMOTOR Município de Vagospanhas existentes, permitindo conservar embarca- LOCALIZAÇÃO Praia da Vagueirações e aprestos em boas condições, a intervenção Gafanha da Boa Hora/Vagosprevê igualmente diversas ações de sensibilização PRAZO DE EXECUÇÃO 7 mesesambiental. A cedência dos apoios de arte xávega às PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.11.2011 a 01.05.2012companhas da Praia da Vagueira será efetuada atra- INVESTIMENTO 169.600,00€vés de contratos de comodato. FINANCIAMENTO PROMAR 127.200,00€
    • REFORÇO DAE PARCERIAESTRATÉGIA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS PRODUTOS GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 11Apoio à Arte Xávega e 3ª fase dos Passadiçosnas Praias do Areão e do Labrego A construção de 300m de passadiços, sobreeleva- dos, em madeira de pinho com 2,40m de largura, destina-se a completar os passadiços existentes,A intervenção vai requalificar o degradado armazém tendo em vista a melhoria das acessibilidades à praiade apoio à companha de arte xávega existente na e o seu uso sustentável. Esta ação visa concluir a re-Praia do Areão, através da sua demolição e subs- qualificação das Praias do Areão e Labrego iniciadatituição por um edifício moderno com 20mx10m, em 2008.construído em madeira de pinho tratada e revestidoa réguas de madeira de pinho de modo a manter ocaráter tradicional do palheiro existente. Para além PROMOTOR Município de Vagosdo apoio direto à companha, permitindo conservar LOCALIZAÇÃO Praia do Areão/Praia do Labregoembarcações e aprestos em boas condições, a in- Gafanha da Boa Hora/Vagostervenção prevê igualmente diversas ações de sen- PRAZO DE EXECUÇÃO 7 mesessibilização ambiental. A cedência do apoio de arte PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.11.2011 a 01.05.2012xávega à companha da Praia do Areão será efetuada INVESTIMENTO 138.860,00€através de contrato de comodato. FINANCIAMENTO PROMAR 104.145,00€
    • 12 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO REFORÇO DA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS E PARCERIA ESTRATÉGIA PRODUTOSConstrução do Posto de Vendagemna Praia da VagueiraEsta intervenção vai dignificar a 1ª venda do peixecapturado pelas companhas da Arte Xávega da Praiada Vagueira, a qual é efetuada atualmente em ins-talações precárias. O edifício a construir terá umaárea de 220m2, desenvolvendo-se em dois pisos e Esta ação será articulada com a construção de doisserá construído em estrutura de madeira de pinho apoios à Arte Xávega na Praia da Vagueira, projetotratada em autoclave, cobertura em dupla chapa de também aprovado ao abrigo da estratégia do GAC-alumínio termolacado e paredes revestidas exterior- RA, tendo em vista a requalificação integrada damente a painéis de compostos fenólicos. frente marítima da Praia da Vagueira e que envolve ainda outras intervenções.O piso térreo é destinado à instalação do Posto deVendagem da Praia da Vagueira o qual será providodas condições funcionais e higio-sanitárias obriga-tórias e necessárias à recepção e venda de pescado. PROMOTOR Município de VagosO piso térreo disporá também de instalações sani- LOCALIZAÇÃO Praia da Vagueiratárias, funcionalmente independentes do Posto de Gafanha da Boa Hora/VagosVendagem, para apoio aos utentes da praia. O 1º PRAZO DE EXECUÇÃO 10 mesespiso destina-se à instalação de um espaço de ex- PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.11.2011 a 31.08.2012posição permanente da arte xávega e das vivências INVESTIMENTO 190.800,00€associadas a esta tradição agro-marítima. FINANCIAMENTO PROMAR 143.100,00€
    • REFORÇO DAE PARCERIAESTRATÉGIA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS PRODUTOS GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 13Preservar Qualidadee Ganhar CompetitividadeO projeto da APARA, preservar qualidade e ganhar com a Docapesca. Estes investimentos permitem acompetitividade, apresenta duas vertentes de in- melhoria da qualidade do pescado a comercializar evestimento, uma, de caráter logístico, centra-se prolongam a vida útil dos equipamentos de apoio àsna melhoria das condições de acondicionamento e operações de descarga.transporte do pescado capturado pelos associados ena infraestrutura de apoio às operações de descarga, A capacitação institucional inclui a aquisição de pro-e outra vertente dirigida para a capacitação institu- gramas informáticos, uma fotocopiadora digital, umcional da própria entidade. videoprojector e ainda um painel publicitário para au- mentar a visibilidade e projetar a imagem da APARA.Os investimentos de caráter logístico incluem aaquisição de 1000 cabazes de pesca para acondicio-namento do pescado imediatamente após a captura,uma máquina de lavar à pressão para higienização e PROMOTOR APARA – Associação de Pescaa construção de uma garagem, com oficina integra- Artesanal da Região de Aveiroda, no Porto de Pesca Costeira de Aveiro para abrigo LOCALIZAÇÃO Gafanha da Nazaré/Ílhavoe manutenção dos empilhadores de apoio à descar- PRAZO DE EXECUÇÃO 12 mesesga. A garagem será devidamente infraestruturada PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.06.2011 a 31.05.2012e os impactes ambientais da oficina acautelados, INVESTIMENTO 44.734,93€sendo a sua construção efetuada em coordenação FINANCIAMENTO PROMAR 44.734,93€
    • 14 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO REFORÇO DA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS E PARCERIA ESTRATÉGIA PRODUTOSImplementação do Plano de Gestãodo Cais dos Pescadores da Costa NovaO cais dos pescadores da Costa Nova, ativado em2001, melhorou muito as condições de trabalho da estarão presentes mulheres, permitirá um acompa-comunidade piscatória local. O cais tem cumprido a nhamento atento e permanente do funcionamen-sua missão, contribuindo de forma muito significa- to do cais, o cumprimento pelos utilizadores dastiva para o sustento de dezenas de famílias. O Pla- normas do respetivo regulamento, a intervençãono de Gestão dá um importante contributo para o atempada ao nível da manutenção da infraestru-futuro da pesca local, tanto no plano material como tura e a interação eficaz da comunidade com outrasimaterial. entidades. Estes são objetivos da intervenção que promoverão a participação cívica, o sentido comuni-A componente material da intervenção inclui a tário individual e coletivo e a sua responsabilização emelhoria das condições dos armazéns de aprestos ainda a integração da comunidade com a envolventeexistentes no cais, a execução de uma dragagem de económico-social.limpeza de forma a possibilitar a utilização do caisem qualquer condição de maré, a construção deuma rampa de manobra com guincho para repara- PROMOTOR Município de Ílhavoção e manutenção das embarcações e a instalação LOCALIZAÇÃO Costa Nova do Prado/Gafanha dade vedações e portões de acesso ao cais. Encarnação/Ílhavo PRAZO DE EXECUÇÃO 14 mesesA criação da Comissão de Gestão do cais, a compo- PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.01.2012 a 28.02.2013nente imaterial do projeto, integrando representan- INVESTIMENTO 301.596,00€tes dos pescadores e da câmara municipal, e no qual FINANCIAMENTO PROMAR 226.197,00€
    • REFORÇO DAE PARCERIAESTRATÉGIA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS PRODUTOS GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 15Desenvolvimento e Implementaçãode Campanha PromocionalEsta ação tem por objetivo desenvolver uma cam-panha promocional para os produtos da pesca,aquicultura e salgado da Ria de Aveiro, bem como A campanha será associada a produtos “âncora” dedos serviços turísticos, culturais e de lazer a ela as- reconhecida qualidade com origem local como osociados. A campanha proporciona um elemento berbigão, a amêijoa, a ostra, o mexilhão, a enguia,identificador dos produtos que utilizam a Ria de o linguado, o robalo, ou a dourada, quer sejam pro-Aveiro como recurso, permitindo a divulgação da venientes do meio natural ou de cultivos, e outrossua qualidade e a sua valorização, e promovendo o produtos locais como o sal, a flor de sal e a salicórnia.desenvolvimento regional responsável e economi- Ao nível dos serviços e atividades artesanais devemcamente sustentável. É uma campanha coletiva que também ser selecionados serviços/produtos “ânco-poderá ser utilizada por diversos atores, indepen- ra”, como por exemplo os passeios na ria, especiali-dentemente da sua dimensão. dades da gastronomia local ou o modelismo naval.O desenvolvimento da estratégia de implementaçãoe do seu modelo de gestão conta com a participa- PROMOTOR CI Região de Aveiroção ativa dos parceiros do Grupo de Ação Costeira LOCALIZAÇÃO Região de Aveiroda Região de Aveiro, bem como de outros agentes PRAZO DE EXECUÇÃO 12 mesese entidades locais que sejam potenciais utilizadores, PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.01.2012 a 31.12.2012tendo em conta o papel fundamental da mobiliza- INVESTIMENTO 333.514,50€ção da comunidade local para o sucesso da iniciativa. FINANCIAMENTO PROMAR 250.135,88€
    • 16 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO REFORÇO DA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS E PARCERIA ESTRATÉGIA PRODUTOSVamos ao Mercado!Esta ação implica a reabilitação do espaço interior eexterior do Mercado José Estevão, a popular “Praçado Peixe”, no centro do bairro da beira-mar em Avei-ro, local que constitui um dos pontos de interesseturístico da cidade. Tem por objetivo a sua adapta-ção às novas regras de conservação dos produtos da O investimento completa-se com a aquisição e insta-pesca, higiene e segurança no trabalho e acessibili- lação de contentores subterrâneos para recolha se-dades, e em simultâneo torná-lo mais agradável e letiva de resíduos sólidos urbanos e com a aquisiçãoatrativo para o visitante frequente ou ocasional. de um palco móvel, a ser utilizado tanto no interior como no exterior do mercado, para apoio à dinami-No interior do mercado a intervenção envolve a zação de diversas atividades o que se interliga com osubstituição de pavimentos, o tratamento da co- projeto Vamos ao Mercado – dinamização, promovi-bertura, a recolha e utilização de águas pluviais, a do pela Associação Comercial de Aveiro.renovação das instalações sanitárias e a introduçãode iluminação mais eficiente. No exterior, serãosubstituidos alguns pavimentos com remodelação PROMOTOR Município de Aveiroda rede de drenagem de águas pluviais e de infra- LOCALIZAÇÃO Vera Cruz/Aveiroestruturas elétricas, será introduzida tecnologia LED PRAZO DE EXECUÇÃO 6 mesesna iluminação pública, e proceder-se-á à plantação PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.01.2012 a 30.06.2012de árvores (castanheiros-da-índia) com novos ali- INVESTIMENTO 260.047,32€nhamentos paisagísticos. FINANCIAMENTO PROMAR 195.035,49€
    • REFORÇO DAE PARCERIAESTRATÉGIA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS PRODUTOS GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 17Vamos ao MercadoDinamização!Com esta ação dinamiza-se o espaço da “Praça doPeixe”, o mercado José Estevão, através do apoio àrealização do Festival da Enguia e dos Ovos moles,na sua edição de 2012. O festival surge da necessida-de de animar com um evento de marca muito forte Com esta ação, estreitamente articulada com a rea-o tradicional mercado do peixe e toda a área envol- bilitação do mercado José Estevão – Vamos ao Mer-vente, localizado numa das zonas tradicionais e mais cado!, pretende-se aumentar a afluência de públicotípicas de Aveiro, a Beira-mar. Esta é a zona com e a visibilidade dos mercado tradicionais, promovermaior procura turística da cidade, sendo o evento o consumo de produtos locais e reforçar a importân-fator de afirmação no panorama turístico regional, cia do peixe na nossa alimentação.promovendo Aveiro, a ria, os seus costumes e pala-dares tradicionais e a sua cultura.Para além do festival, o qual conta com a participa- PROMOTOR Associação Comercial Aveiroção de diversos restaurantes locais, a ação envolve LOCALIZAÇÃO Vera Cruz/Aveirooutras atividades como animação de rua itinerante, PRAZO DE EXECUÇÃO 12 mesesateliers para crianças, insufláveis, aulas de ginásti- PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.01.2012 a 31.12.2012ca, desfile de moda, atuação de grupos folclóricos e INVESTIMENTO 30.331,44€bailado clássico. FINANCIAMENTO PROMAR 30.331,44€
    • 18 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO REFORÇO DA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS E PARCERIA ESTRATÉGIA PRODUTOSPRORia - Implementação doPólo de Marca Turística da Ria de AveiroA implementação do Pólo de Marca Turística da Riade Aveiro é o grande objetivo do PRORia, uma parce- 2. Dinamização da atividade turística e cooperaçãoria entre a Turismo do Centro de Portugal e a Comu- com os agentes locais: integra a dinamização de fei-nidade Intermunicipal da Região de Aveiro. ras, workshops, encontros e eventos da Ria de AveiroO conjunto de ações em execução, que se articula numa lógica e a criação e desenvolvimento de uma rede de agen-de desenvolvimento regional, procura aumentar a visibilidade tes turísticos “Ria de Aveiro”.dos produtos turísticos da Ria de Aveiro, promover a valoriza- 3. Campanha promocional do Pólo de Marca Turísticação dos recursos e produtos com génese nas comunidades da “Ria de Aveiro”: inclui a divulgação e promoção docosteiras, contribuir para o aumento da sustentabilidade da destino, tendo por base os recursos e produtos da Riaatividade das empresas do setor, instituir uma cultura “Ria de de Aveiro e o reforço da incorporação da Marca Ria deAveiro” entre os agentes locais, contribuir para a qualificação Aveiro na promoção do destino Centro de Portugal.da oferta dos recursos e equipamentos da Região de Aveiro epromover a oferta turística da Ria de Aveiro.O projeto prevê a implementação de ações de acordo PROMOTOR Entidade Regional decom três linhas de intervenção: Turismo do Centro de Portugal1. Recursos e produtos turísticos da Ria de Aveiro: in- LOCALIZAÇÃO Região de Aveiroclui a identificação de recursos com génese na comu- PRAZO DE EXECUÇÃO 24 mesesnidade piscatória da Ria de Aveiro com potencial tu- PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.09.2011 a 31.08.2013rístico e inclusão no sistema de produtos turísticos do INVESTIMENTO 487.695,00€Centro de Portugal com os recursos da Ria de Aveiro. FINANCIAMENTO PROMAR 365.771,25€
    • REFORÇO DAE PARCERIAESTRATÉGIA COMPETITIVIDADE DAS ZONAS DE PESCA E VALORIZAÇÃO DOS SEUS PRODUTOS GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 19Enguias na Ria de Aveiro, um ex-libris a preservar:Biologia, Sanidade e PescaA enguia constitui uma grande divisa da Ria de Aveiro.A reputação desta espécie de peixe advém da sua quali- • Elaborar propostas de ação fundamentadas e sus-dade gastronómica, que dá origem à famosa caldeirada tentadas, que contribuam para a preservação e va-de enguias e outras especialidades, sendo também lorização da enguia enquanto produto endógenomatéria-prima para a produção de conservas únicas potenciador de desenvolvimento local.que levam o nome da Região de Aveiro a todo o mundo. A ação tem uma duração de 2 anos, sendo o primei-Atentos ao declínio da abundância da enguia, ao ro dedicado à amostragem biológica numa rede decontexto regulamentar comunitário para a recu- estações que engloba toda a Ria de Aveiro, a reco-peração desta espécie e aos interesses cultural, lha de dados históricos sobre capturas na laguna eeconómico e científico da enguia na Ria de Aveiro, a compilação de informação científica pertinente. Oa Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro segundo ano de execução do projeto inclui a análisepromove um estudo, em execução pela Universida- biológica e toxicológica das amostras, o estudo dode de Aveiro, que visa, no contexto ecológico desta crescimento e a avaliação da gestão sustentada dalaguna, a sua preservação e responder à necessidade espécie e das questões de segurança alimentar. Ada sua exploração sustentada. elaboração de relatórios de progresso e final, a di- vulgação de resultados e a elaboração de propostasSão eixos centrais do projeto: de ação futura completam as atividades do projeto.• Avaliar a tendência do estado do recurso numa es- cala temporal significativa; PROMOTOR CI Região de Aveiro• Determinar a capacidade produtiva lagunar da espécie; LOCALIZAÇÃO Região de Aveiro• Conhecer, com o rigor possível, a influência da pres- PRAZO DE EXECUÇÃO 24 meses são pesqueira sobre a espécie; PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.01.2012 a 31.12.2013• Determinar a qualidade ambiental abiótica do sistema; INVESTIMENTO 57.720,00€• Apreciar a qualidade sanitária da enguia; FINANCIAMENTO PROMAR 43.290,00€
    • 20 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO DIVERSIFICAÇÃO E REESTRUTURAÇÃO DAS ATIVIDADES ESTRATÉGIA E PARCERIA ECONÓMICAS E SOCIAIS
    • DIVERSIFICAÇÃO E REESTRUTURAÇÃO DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS E SOCIAISESTRATÉGIA E PARCERIA GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 21 Diversificação e reestruturação das atividades económicas e sociais
    • 22 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO DIVERSIFICAÇÃO E REESTRUTURAÇÃO DAS ATIVIDADES ESTRATÉGIA E PARCERIA ECONÓMICAS E SOCIAISSaliculturaPassado, Presente e FuturoA promoção da salicultura e do salgado de Aveiro éo principal objetivo desta intervenção. A ação prin-cipal é a implementação de um percurso pedonalque permite ao visitante percorrer a paisagem ca-racterística do salgado de Aveiro. A ação compre-ende ainda a sinalização do percurso e a difusão de Este investimento integra o CMIA com o Ecomuseuinformação específica utilizando novas tecnologias Marinha da Troncalhada e o percurso pedonal a criar,de comunicação multimédia, permitindo a receção com o objetivo de estabelecer ligações e sinergiasda informação em dispositivos móveis. entre estes três vetores de dinamização do potencial turístico e cultural do salgado de Aveiro.O investimento é complementado pela aquisiçãode um ecrã multi-touch, que permite a interaçãode vários utilizadores através do toque e do gesto,a ser instalado no Centro de Monitorização e Inter- PROMOTOR Município de Aveiropretação Ambiental (CMIA) do Salgado de Aveiro, o LOCALIZAÇÃO Vera Cruz/Aveiroqual funciona como quiosque informativo sobre a PRAZO DE EXECUÇÃO 8 mesesprodução de sal, plataforma de acesso a câmaras ex- PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.01.2012 a 31.08.2012teriores e bancos de imagens da Ria, e disponibiliza INVESTIMENTO 62.730,11€ainda visitas virtuais ao salgado. FINANCIAMENTO PROMAR 47.047,58€
    • DIVERSIFICAÇÃO E REESTRUTURAÇÃO DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS E SOCIAISESTRATÉGIA E PARCERIA GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 23Promoção dos Recursos Endógenos da RiaConhecer, Usufruir e PreservarA Murtosa é o município, enquadrado no GAC-RA,que possui a comunidade piscatória mais significa- O eixo 2 inclui a dinamização de 5 eventos e festivaistiva e dedicada exclusivamente à pesca artesanal no gastronómicos centrados na degustação do pescadoespaço lagunar, o que aliado à posição central deste local, através do apoio direto à sua organização emconcelho na Ria de Aveiro conduziu à adoção do lema: colaboração com associações locais, em particularMurtosa – “Coração da Ria de Aveiro”. Valorizar os re- com a Confraria Gastronómica “O Moliceiro”.cursos próprios e o saber das comunidades locais parapromover o seu desenvolvimento sustentável é uma O eixo 3 utilizará a informação produzida pelo eixonecessidade, nomeadamente através da promoção do 1 e os saberes tradicionais aplicados no eixo 2 paraecoturismo e da diversificação das atividades. a produção de materiais de divulgação multimédia, livros, brochuras ou outros que incluam roteiros,O projeto de promoção dos recursos endógenos da guias, atlas, receitas, etc.ria no município da Murtosa inclui um conjunto deatividades diversificado, maioritariamente de cará-ter imaterial que se estruturam em três eixos. PROMOTOR Município de MurtosaO eixo 1 centra-se na avaliação do potencial dos LOCALIZAÇÃO Murtosarecursos naturais e culturais da ria, a qual inclui o PRAZO DE EXECUÇÃO 24 mesesestudo da biodiversidade dos peixes, do património PERÍODO DE EXECUÇÃO 03.10.2011 a 02.10.2013cultural piscatório e propostas para o usufruto do INVESTIMENTO 240.870,00€património natural do “Coração da Ria de Aveiro”. FINANCIAMENTO PROMAR 180.652,50€
    • 24 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO PROMOÇÃO E VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DO AMBIENTE COSTEIRO E DAS COMUNIDADES ESTRATÉGIA E PARCERIA
    • PROMOÇÃO E VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DO AMBIENTE COSTEIRO E DAS COMUNIDADESESTRATÉGIA PARCERIA GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 25 Promoção e valorização da qualidade do ambiente costeiro e das comunidades
    • 26 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO PROMOÇÃO E VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DO AMBIENTE COSTEIRO E DAS COMUNIDADES ESTRATÉGIA E PARCERIASal do SolAprender para SaberO turismo-natureza e cultural tem vindo a crescer sig- produção de energia elétrica para abastecimento das ins-nificativamente nos últimos anos na Região de Aveiro talações com recurso a fontes renováveis (solar e eólica)o que se traduziu em solicitações crescentes à Canal é outra das vertentes do investimento. A produção dedo Peixe para visitar a Ilha dos Puxadoiros, quer para um filme sobre o sal e o salgado de Aveiro, a aquisição dedar a conhecer o ciclo do sal e a produção extensiva material informático para a sua projeção e apoio à gestão,e semi-intensiva aquícola, como para atividades de bem como a aquisição de equipamento de proteção am-educação ambiental, bird-watching e pesca lúdica. biental completam os investimentos em curso.Tendo em consideração que a efetivação de visitas ne-cessita de condições para receber, acolher e informargrupos de visitantes, a Canal do Peixe decidiu realizarinvestimentos que colmatem estas necessidades nas PROMOTOR Canal do Peixesuas vertentes material e imaterial. Actividades Piscícolas, Lda. LOCALIZAÇÃO Ilha do PuxadoirosA intervenção na Ilha dos Puxadoiros inclui a instalação de Vera Cruz/Aveiroum cais para permitir o acesso seguro a visitantes, a insta- PRAZO DE EXECUÇÃO 12 meseslação de passadiços em madeira para facilitar deslocações PERÍODO DE EXECUÇÃO 28.12.2011 a 31.12.2012e permitir o acesso a pessoas com mobilidade reduzida INVESTIMENTO 196.698,10€e a construção de dois edifícios de apoio, em madeira. A FINANCIAMENTO PROMAR 118.018,87€
    • PROMOÇÃO E VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DO AMBIENTE COSTEIRO E DAS COMUNIDADESESTRATÉGIA PARCERIA GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 27Valorização Social através do DesportoComunidade Piscatória de S. Jacinto A Associação Cultural e Desportiva de S. Jacinto asse- gurará a utilização regular do espaço para a práticaA freguesia de S. Jacinto apresenta uma comunidade desportiva (futsal, ginástica localizada, kickboxing)piscatória significativa que vive um isolamento geo- e a organização de torneios desportivos entre comu-gráfico relativo pelo que a população está distante nidades vizinhas. A EB1 de S. Jacinto, o Infantário dedas principais estruturas concelhias. De forma a mi- S. Jacinto e o Centro Social e Paroquial de S. Jacintonimizar esta limitação e atendendo ao importante serão instituições que também beneficiarão destepapel da prática desportiva na promoção de estilos investimento na promoção social da comunidadede vida saudáveis, do associativismo local e da coe- através da organização de programas desportivos esão social, a Junta de Freguesia decidiu reabilitar o de ocupação dos tempos livres.Pavilhão Polidesportivo de S. Jacinto. Esta interven-ção proporcionará um local com condições para aprática desportiva regular durante todo o ano, acau-telando futuros investimentos no apetrechamento PROMOTOR Junta de Freguesia S. Jacintodo pavilhão. O investimento permitirá melhorar a LOCALIZAÇÃO São Jacinto/Aveiroqualidade de vida da comunidade local através do PRAZO DE EXECUÇÃO 7 mesesdesporto, constituindo esta infraestrutura a única PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.05.2012 a 30.11.2012dedicada a este fim nesta freguesia de reduzidas INVESTIMENTO 60.090,00€dimensões (cerca de 1000 habitantes). FINANCIAMENTO PROMAR 45.067,50€
    • 28 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO PROMOÇÃO E VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DO AMBIENTE COSTEIRO E DAS COMUNIDADES ESTRATÉGIA E PARCERIAValorização Social através do DesportoComunidade Piscatória da Costa Nova O parque desportivo proporciona as condiçõesA comunidade piscatória da Costa Nova apresenta para a dinamização de um conjunto de iniciativascaracterísticas sócio-económicas únicas, associadas vocacionadas para a comunidade entre as quais sea práticas ligadas à economia informal e sazonal, incluem o programa desportivo e de ocupação dosque determinam uma vulnerabilidade acrescida a tempos livres para crianças dos 4 aos 15 anos – Fé-problemáticas sociais. Esta comunidade apresenta rias divertidas; programa “Desporto para todos”;também um sentimento de pertença muito vincado, participação da EB1 da Costa Nova na iniciativaque conduz a sua população a não usufruir de outros “Olimpílhavo” (espaço para treinos e de realizaçãoespaços e equipamentos concelhios fora do seu perí- de provas); dinamização de torneios em parceriametro de influência. com os escuteiros, associação de pais da EB1 local e instituições de solidariedade social; organização deDe forma a alterar estas características e atendendo torneios de Boccia, Petanca e de Jogos Tradicionais.ao importante papel da prática desportiva na promo-ção de estilos de vida saudáveis, do associativismolocal e da coesão social, o Município de Ílhavo decidiu PROMOTOR Município de Ílhavoqualificar e dinamizar o parque desportivo do bair- LOCALIZAÇÃO Costa Nova do Prado/ro dos pescadores da Costa Nova. Esta intervenção Gafanha da Encarnação/Ílhavoproporciona um conjunto de infraestruturas para a PRAZO DE EXECUÇÃO 24 mesesprática desportiva regular, constituído por um campo PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.01.2012 a 31.12.2013de futebol, um campo polidesportivo, áreas verdes INVESTIMENTO 313.500,00€exteriores e um edifício de apoio com cerca de 100m2. FINANCIAMENTO PROMAR 235.125,00€
    • PROMOÇÃO E VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DO AMBIENTE COSTEIRO E DAS COMUNIDADESESTRATÉGIA PARCERIA GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 29Vem “PROMAR”apanhar ondasA ação promove a atividade física e desportiva atra-vés de aulas de iniciação ao surf para os jovens dascomunidades piscatórias em 8 praias da Região deAveiro (Esmoriz, Cortegaça, Furadouro, Torreira, S.Jacinto, Barra, Costa Nova e Vagueira), sendo dedi-cado um dia a cada uma. As atividades são divulgadas antecipadamente jun-A atividade desportiva será complementada em to da comunidade piscatória, através das escolas ecada ocasião com palestras sobre segurança maríti- coletividades, de modo a garantir o maior númeroma e a importância da preservação da zona costeira de participantes possível.e da qualidade ambiental e ainda com a distribuiçãode folhetos alusivos aos temas abordados. Toda acomunidade piscatória é convidada a participar, ao PROMOTOR Associação de Surf de Aveirofinal do dia, no visionamento do filme e fotografias a LOCALIZAÇÃO Praias de Esmoriz, Cortegaça,serem efetuados em cada praia. Furadouro, Torreira, S. Jacinto, Barra, Costa Nova, VagueiraA realização do projeto conta com o apoio das entida- PRAZO DE EXECUÇÃO 3 mesesdes locais (câmaras municipais, juntas de freguesia) PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.05.2012 a 31.07.2012na cedência de locais para entrega dos diplomas de INVESTIMENTO 34.330,00€participação e visionamento do filme e fotografias. FINANCIAMENTO PROMAR 34.330,00€
    • 30 GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO PROMOÇÃO E VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DO AMBIENTE COSTEIRO E DAS COMUNIDADES ESTRATÉGIA E PARCERIAPescaturPlano de Formação em Pesca-Ambiente-TurismoAs atividades humanas e económicas recentes na Ria função do diagnóstico de competências inicial dosde Aveiro permitem identificar práticas consistentes participantes, incluindo apenas unidades de forma-com a construção de um novo futuro baseado em ção que resultem das suas necessidades específicas.novas oportunidades transversais à pesca e ao turis-mo. No entanto, a expansão da atividade marítimo- O projeto contribui para o aproveitamento das valênciasturística tem sido feita sem o enquadramento legal estratégicas do Mar e da Ria, bem como das atividadesdos profissionais, embora beneficie das competên- económicas com elevado potencial de desenvolvimentocias adquiridas, maioritariamente, no âmbito da na região, constituindo um elemento aglutinador, inte-pesca e produção de sal. Assim, importa qualificar grador e estruturador das atividades pesca, turismo eos profissionais do setor para o exercício pleno da ambiente através da formação profissional.sua atividade e dotá-los de conhecimentos que lhespermitam enquadrar a sua atividade no âmbito maisglobal da Pesca-Ambiente-Turismo. PROMOTOR FOR-MAR Centro de Formação ProfissionalO projeto inclui a realização de doze ações de for- das Pescas e do Marmação para os agentes do setor num total previsto LOCALIZAÇÃO Região de Aveirode 144 formandos, numa perspetiva de valorização PRAZO DE EXECUÇÃO 22 mesese progressão profissional através da aquisição de PERÍODO DE EXECUÇÃO 01.01.2012 a 31.10.2013novas competências e do reforço das adquiridas an- INVESTIMENTO 198.985,80€teriormente. O plano de formação é estabelecido em FINANCIAMENTO PROMAR 149.239,35€
    • ESTRATÉGIA E PARCERIA GRUPO DE AÇÃO COSTEIRA DA REGIÃO DE AVEIRO 31 Imagem cedida pela POLIS LITORAL RIA DE AVEIRO, S.A.
    • Grupo de Ação Costeira da Região de AveiroRua do Carmo, 20 - R/CApartado 5893800-127 AveiroT +351 234 377 650F +351 234 377 659gac@regiaodeaveiro.ptwww.regiaodeaveiro.pt/gac-raPARCEIRO GESTOR CO-FINANCIAMENTO