Arte na linha do tempo

3,040 views

Published on

uma breve viagem

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,040
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
33
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Arte na linha do tempo

  1. 1. Arte na Linha do Tempo PANORAMA
  2. 2. Artista Polykleitos or Kresilas?Wounded Amazon of the Antiguidade ClássicaCapitol-Sosikles.Marble. O Doríforo, de Policleto, paradigma do cânone clássico masculino A arte grega por excelência foi a escultura: os gregos desenvolveram-na de forma impressionante, considerados os exemplares de outras culturas do mesmo período. A busca pelas relações naturais perfeitas levou também a que a estatuária grega estabelecesse determinados padrões de beleza que a tornavam, ainda que absolutamente naturalista, distante da realidade cotidiana. As proporções dos corpos humanos ideais seguiam normas rígidas, de forma que a produção escultórica fosse uma busca e uma consequência destes padrões: como exemplo, a altura do corpo masculino deveria possuir aproximadamente sete vezes e meia a altura da cabeça
  3. 3. Arte Medieval Literatura:Trovadorismo Durante a Idade Média a arte esteve predominantemente comprometida com o projeto de difusão e propaganda do Cristianismo europeu. Durante este período, visto que a vasta maioria dos camponeses era iletrada, as artes visuais eram o principal método para comunicar as ideias religiosas aos fiéis, juntamente da apresentação de sermões. A Igreja Católica era uma das poucas instituições ricas o suficiente para remunerar a obra dos artistas, e Artista: Cimabue (1250-1302) portanto a maior parte das obras Título: Thronende Madonna eram de natureza religiosa mit acht Engeln undCavaleiros de Cristo, por (condicionando o que se conhece vier Propheten Jan van Eyck, (1432) por arte sacra).
  4. 4. Renascimento Classicismo Renascimento - Portugal MonalisaLeonardo Da Vinci À medida que a Renascença emerge, o Retrato de Cecília Gallerani, foco dos artistas descola-se para o Dama com Arminho passado clássico, buscando influências na Leonardo Da Vinci Grécia e Roma antigas.
  5. 5. Quinhentismo Carta de Pero Vaz de Caminha – Literatura Brasileira Victor Meirelles Primeira Missa no Brasil 1861 O Romantismo inspirou-se em textos da Literatura Informativapara representar nosso passado.
  6. 6. Barroco Brasileiro Seiscentismo Aleijadinho O Barroco originou uma vasta produção de estatuária sacra, disseminada por todo o litoral e em algumas regiões do interior do Brasil. Parte integral da prática religiosa, a estatuária devocional encontrava espaço tanto no templo como no domicílio privado. As primeiras peças barrocas do país eram de importação portuguesa, e vieram com os missionários
  7. 7. Neoclassicismo Arcadismo na LiteraturaA Flagelação de Cristo – Victor MeirellesNa pintura, a influência neoclássica estásubmetida ao romantismo. A composição e odesenho seguem os padrões de sobriedade eequilíbrio, mas o colorido reflete adramaticidade romântica. Um exemplo éFlagelação de Cristo, de Vítor Meirelles Escultura (1832-1903). clássica grega
  8. 8. Romantismo Artista Rodolfo Amoedo (1857–1941) brasileiro, baiano. Título Último TamoioIndependência ou Morte Pedro Américo
  9. 9. Já se discutiu muito sobre os motivos que teriam levadoCourbet a escolher os trabalhadores como tema. De fato, os Realismohomens de seus quadros não expressam nenhuma emoção emais parecem parte de uma paisagem do que seuspersonagens. Courbet se manteve, nesta etapa realista, muitolonge do colorismo romântico Os cortadores de pedras Gustave CourbertMulheres peneirando trigoMus. de Belas-ArtesNantes G. Courbet
  10. 10. Realismo Brasileiro Almeida JuniorCaipira picando fumo O VioleiroFoi certamente o pintor que melhor assimilou o legado do Realismo de Gustave Courbet.Almeida Júnior é considerado um importante "pintor do nacional" por uma parcela da críticabrasileira, por retratar em muitas de suas obras o caipira paulista. Também a forma comotrata seus temas, distanciando-se das alegorias românticas ou do ufanismo nacionalistahistórico dos pintores da Academia, aproximando-se do ser humano comum, leva algunscríticos a traçarem uma semelhança de sua obra com a do pintor francês Gustave Courbet,artista cuja obra Almeida Júnior teria visto em suas viagens para a Europa.
  11. 11. Fonte: Wikipédiahttp://pt.wikipedia.org Regina Ferreira

×