Pesquisa GEM 2011 - por Alice Sosnowski

8,531 views
8,641 views

Published on

Apresentação sobre a Pesquisa GEM 2011, que traça o perfil dos empreendedores brasileiros, realizada por Alice Sosowski durante o café Mulheres Empreendedoras.

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
8,531
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7,919
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pesquisa GEM 2011 - por Alice Sosnowski

  1. 1. Destaques da Pesquisa GEM 2011
  2. 2. O PULO DOGATO Empreendedorismo, inovação, inspiração Palestrante: Alice Sosnowski • Jornalista graduada na UFMG • Especialização na PUC-SP • Participante do programa “10.000 Mulheres”, promovido pela FGV-SP e Goldman Sachs • Autora do blog www . opulodogato . org • Cofundadora da Rede Mulher Empreendedora • Atua com produção editorial, projetos de inovação, pesquisa e mídias sociais e reportagens sobre empreendedorismo • Especialista em empreendedorismo entrevistada para a pesquisa GEM 2011 (Global Entrepreneurship Monitor)
  3. 3. Empreendedorismo no Brasil Popularizou-se a partir da década de 1990 Fortalecimento 2007Lei Geral da Micro e Pequena Empresa 2008Lei do Mapa das MPEs Microempreendedor Individual 20% do PIB 98% das empresas 60% dos empregos Fonte: IBGE, Dieese, Sebrae Nacional
  4. 4. Global Entrepreneurship Monitor (GEM): Pesquisa internacional • 12 anos no Brasil • em mais de 50 países. • Mede evolução do empreendedorismo • Identifica fatores favoráveis e inibidores da iniciativa empreendedora.
  5. 5. Empreendedorismo no BrasilDESTAQUES 2011:• Brasil é o terceiro país com maior número de empresas;• 27 milhões de pessoas (um quarto da população) possuemum negócio ou estão envolvidas na criação de um;• Atualmente, os donos de micro e pequenas empresasbuscam conhecimento para iniciar e gerenciar negócios.• Quanto mais informação, mais competitividade
  6. 6. 27 milhões de empreendedores entre 18 e 64 anos 3,4 milhões têm até 24 anosMaioria é jovem 14,4 milhões têm entre 25 e 44 anos(entre 25 e 34 anos) (mais da metade) 6 milhões estão na faixa de 45 a 54 anos 3,3 milhões têm mais de 55 anos E está envolvido com a criação de novos negócios: 14,9% estão em estágio inicial (TEA) ⇒15 milhões de pessoas 12,2% estão estabelecidos (> 3 anos) => 12 milhões de pessoas
  7. 7. GEM: três grupos de desenvolvimento econômico* Países impulsionados por FATORES pela EFICIÊNCIA pela INOVAÇÃO Características: Características: Características: • Agricultura de • Industrialização, • Negócios intensivos subsistência • Ganhos em em conhecimento • Negócio extrativista economias de escala • Setor de serviços Exemplos: Exemplos: Exemplos: • Argélia • Brasil • Alemanha • Jamaica • China • Austrália • Venezuela • Argentina • Portugal • Bangladesh • África do Sul • Estados Unidos • Rússia • França* Classificação baseada no Relatório de Competitividade Global (Global Report 2010)
  8. 8. Fatores favoráveis para empreender no Brasil Opinião dos especialistas entrevistados:Normas e culturas sociais “A criatividade do brasileiro e sua adaptabilidade às diversas situações fazem com que ele seja capaz de sobreviver a qualquer crise e supere os obstáculos que a atividade empreendedora oferece” Oportunidade e capacidade empreendedoraAcesso ao mercado “Pessoas mais qualificadas “As oportunidades existentes para enxergar oportunidades e empreender” no país são os principais atrativos a atividades empreendedoras, graças Clima econômico às diferenças “A economia regionais e de classe encontra-se aquecida social no país” e favorece a criação de novos negócios”
  9. 9. Mas ainda precisa melhorar… O empreendedorismo brasileiro é carente de INOVAÇÃO O país possui o menor percentual de INTERNACIONALIZAÇÃO CUSTO BRASIL, burocracia, tributos: diminuem a competitividade CAPACITAÇÃO, habilidade e experiência para gestão de negócios
  10. 10. GEM revela outros aspectos: A MOTIVAÇÃO PARA EMPREENDER (oportunidade x necessidade) RENDAESCOLARIDADE O DESEMPENHO DAS OTIMISMO DO MULHERES EMPREENDEDOR
  11. 11. Oportunidade xnecessidade:Em 2011, para cada empreendedor pornecessidade havia outros 2,24 queempreenderam por oportunidade.Este valor é semelhante à média dospaíses que participaram do estudo,que foi de 2,2 oportunidade necessidadeIsto significa que os negócios são iniciadosporque os empreendedores detectam umaoportunidade de negócio no mercado.
  12. 12. Renda e escolaridade:1. Empreende-dorismo pornecessidade2. Alta demandade mão de obraqualificada3. Baixo nível deescolaridade
  13. 13. Somos mais otimistas do que a média da população? Siiimm m Apenas 21% dos empreendedores dizem que o medo de fracassar impediria que começassem58% dos empreendedores percebem um novo negóciopara os próximos seis mesesboas oportunidadespara começar um negócio
  14. 14. Empreendedores segundo ogênero: A mulher brasileira é historicamente uma das que mais empreende no mundo. Entre os empreendedores iniciais (TEA): • 51% são homens • 49% mulheres BR é a quarta maior proporção entre os países pesquisados • beleza • alimentação Elas preferem negócios como • moda • estética
  15. 15. Empreendedorismo como opção de carreira por causa da:  Flexibilidade … mas elas  Facilidade de conciliar horários trabalham  “Teto de vidro” no mundo corporativo mais!!!  Independência  Mulheres têm mais anos de estudo Estudo da OIT* mostra que as mulheres têm uma jornada de ** cerca de cinco horas a mais por semana do que os homens 58 horas semanais = 36, mercado formal = 22, em casa.*Organização Internacional do Trabalho, 2009
  16. 16. Charge do Lute para o jornal Hoje em Dia 22/07/2012De: Lute Cartunista
  17. 17. OBRIGADA!www.opulodogato.org alice@objecta.com.brwww.objecta.com.br twitter: @alicesalvohttp://br.linkedin.com/in/alicesosnowski Facebook: O pulo do gato/groups/Inovação-empreendedores

×