Palestra Fundação Francisca Franco

725 views
668 views

Published on

Palestra apresentada na Conferência Internacional do Voluntariado em dezembro de 2011, em SP.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
725
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra Fundação Francisca Franco

  1. 1. FUNDAÇÃO FRANCISCA FRANCORua Nestor Pestana 136 – 6º. Andar – São Paulo – SPwww.franciscafranco.org.brTelefone : 11 – 31 20 23 42E-mail – contato@franciscafranco.org.brPalestrante - GILSON MOREIRA
  2. 2. TRABALHO VOLUNTÁRIO EM ABRIGOS INSTITUCIONAISI - INTRODUÇÃOII - PANORAMA DO VOLUNTARIADOIII - AMBIENTE DE TRABALHO – CASAS , PROJETOSIV - O QUE MOTIVA UM TRABALHO VOLUNTÁRIOV - O QUE REPRESENTA PARA O VOLUNTÁRIOVI- EXEMPLOS, TESTEMUNHO DE VOLUNTÁRIOS E ENTIDADESVII - CONCLUSÃO
  3. 3. GILSON MOREIRA ENGENHEIRO CIVIL E ADMINISTRADOR DE EMPRESAS – UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Experiência Profissional : FUNDAÇÃO FRANCISCA FRANCO – VOLUNTÁRIO –PRESIDENTE – 1997 A 2007 MEMBRO CONSELHO FISCAL DA APF -Associação Paulista de Fundações 2008 A 2011. MEMBRO CONSELHO DE CURADORES DA FUNDAÇÃO CERQUEIRA LEITE- 1998 A 2001 PALESTRA 1º SEMINARIO CULTURA DA MODA - SALVADOR – MODA E SUSTENTABILIDADE - 2010 ESCOLA INTERNACIONAL DE NEGOCIOS – FCG –PALESTRA GESTÃO E PARCERIAS EM ORGANIZAÇÕES DO º SETOR – NOV. 2011 FUNDAÇÃO MARY HARRIET SPEERS-ASSESSOR TECNICO ATIVIDADES MEIO FGV – CVcets - SEMINÁRIO COMUNICAÇÃO SOCIAL – FERRAMENTAS COMUNICAÇÃO. IATS – CURSO MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS
  4. 4. I – INTRODUÇÃOA FUNDAÇÃO FRANCISCA FRANCO é uma entidade assistencial fundada em 1954, como objetivo principal de atender pessoas em situação de vulnerabilidade social epessoal. Seu trabalho é focado na base da pirâmide social e tem como missão resgatare capacitar esse público ao exercício de cidadania, inserindo-o de forma produtiva asociedade.II – PANORAMATemos um enorme numero de informações sobre o voluntariado: conceito, valores,princípios, forma de contrato, entidades, filmes, livros, literatura farta e de qualidade.Exemplos de pessoas e entidades de prestigio que atuam neste segmento não faltamcitando alguns: organizações –Rotary , Cruz Vermelha, Médicos Sem Fronteiraspessoas físicas – Antonio Ermírio de Morais, Guga , Ana Botafogo e muito e muitosoutros nomes conhecidos , fora os anônimos, que silenciosamente exercem essa nobremissão.III – AMBIENTE DE TRABALHO VOLUNTARIO NA FUNDAÇÃO FRANCISCA FRANCOTRANSPARENCIAS
  5. 5. IV – O QUE MOTIVA UM VOLUNTARIOVários motivos influenciam a decisão de tornar-se voluntário, mas entre a razão e asensibilidade prevalece esta. São aspectos psicológicos do vazio existencial e dasatisfação pessoal. As ações realmente verdadeiras passam primeiro pelo sentimento(coração), pelos olhos e dai para as mãos, quando ocorre a ação e a cristalização davontade.V – O QUE REPRESENTA PARA O VOLUNTARIOUma vez lançada a semente da visão para o social, virá o aprendizado, oenriquecimento do currículo para sua carreira, sua vida, de tal forma que quando umjovem tiver sua empresa, seu trabalho terá sempre essa referencia, podendocontribuir de forma efetiva, com sentimento para a área social, ambiental e outrasações de interesse social/coletivo, visto já ter passado por uma experiência real.VI – EXEMPLO, TESTEMUNHO DE VOLUNTÁRIOS E ENTIDADESProfissionais liberais, cidadãos comuns, corporativos. arte educação, palestras, rodasde conversa, esporte, festas, teatros, parques, cinemas igrejas, corporações, penasalternativas, dias específicos (dia das mães, da criança, natal, dia internacional damulher).. - depoimentos ............VII - CONCLUSÃOFalamos no inicio o que motiva um voluntário, mas que o que fica, o que permaneceda sua atuação?! Aparentemente difícil de mensurar, mas possível de sentir.Percebemos a mudança no ambiente interno das organizações, o encontro do sentidoda vida para muitos, o preenchimento do vazio existencial para outros, o encontro dasua vocação, do seu trabalho, o sentir-se útil, viver a realidade em contraponto com omundo virtual, filmes, TV, novelas, noticiário, tornar o viver tangível. Tais fatores, comcerteza retornam de uma forma muito positiva tanto para as entidades, empresas eprincipalmente para quem foi ou será voluntário.

×