Espaço agrário mundial

  • 18,160 views
Uploaded on

Slide sobre "O Espaço agrário mundial"

Slide sobre "O Espaço agrário mundial"

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Olá, Lavinia! Tudo ótimo, e você?
    Bom, todo meu trabalho foi baseado em um livro que eu tirei da biblioteca da minha escola, mas podes pesquisar na internet que tenho certeza que encontrará sites e autores que falam mais detalhadamente sobre esse assunto. Procure mais pela área da biologia, em um assunto chamado Ecologia.
    Espero ter ajudado! ^^
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Oie Rayanna, tudo bem? O seu trabalho é muito importante para o que eu estou pesquisando, e eu estou precisando de saber quais fontes 'referencias' vocês utilizou para fazer?? De onde vc tirou essa parte: 2. 2 – As conseqüências da modernização da agricultura. A expansão da área produtiva a partir de uma modernização introduz novas maneiras de se produzir no campo, pois equipamentos antes restritos às cidades chegam ao espaço rural, e a partir de então começam a dar uma dinamização mais acentuada ao espaço rural? Assim eu poderei olhar direito! Obrigada
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
18,160
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
229
Comments
2
Likes
11

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. 1 - Espaço agrário no mundo1.1 – Nos países desenvolvidos:O espaço agrário apresenta-se diferente enquanto a forma e funcionamento, pois suas formas de cultivo são geralmente utilização de grandes levas de tecnologia e recursos financeiros, aliado a pouca utilização de mão de obra.1.2 – Nos países sub-desenvolvidos:O espaço agrário apresenta-se com grandes marcas deixadas pelos colonizadores, como a forte presença de uma concentração fundiária, e a produção voltada para o mercado externo.
  • 2. 2 – As conseqüências da modernização daagriculturaA expansão da área produtiva a partir de uma modernização introduz novas maneiras de se produzir no campo, pois equipamentos antes restritos às cidades chegam ao espaço rural, e a partir de então começam a dar uma dinamização mais acentuada ao espaço rural.
  • 3. 3 – Reforma Agrária3.1 – Corresponde a uma série de medidas, cujo objetivos é a introdução de transformações na estrutura fundiária de um país ou região. Modificando o regime de posse e uso da terra a fim de atender aos princípios da justiça social• Seus principais objetivos são:- Diminuição dos conflitos fundiários;- Diminuição do êxodo rural;- Aumento da produção de alimentos;- Amenização dos problemas sociais urbanos;- Combater o fenômeno da fome.
  • 4. 3.2 – A questão de conflitos fundiáriosMuitos dos conflitos no mundo atual têm como fator desencadeador a posse da terra, principalmente nos países sub- desenvolvidos, onde a concentração fundiária e de renda é muito evidente, o que acaba por gerar uma sangrenta batalha no campo, seja ela em países desenvolvidos ou sub-desenvolvidos.
  • 5. 4 – As relações de trabalho na zona rural• Trabalho familiar: predomina a utilização de mão-de-obra familiar em pequenas e médias propriedades;• Trabalhos temporários: são trabalhos diaristas, sem vínculos trabalhistas e empregatícios com seu local de trabalho;• A estrutura fundiária distorcida;• Trabalho assalariado: corresponde aos trabalhadores que ganham um salário e possuem a carteira assinada;• Parceria e arrendamento: alugam terras para cultivar alimentos ou criar gados, se pago com parte do que for produzido;• Escravidão por dívida: trata-se do aliciamento da mão-de-obra (mais conhecido como aviamento, muito comum na Amazônia).
  • 6. 5 – A Revolução VerdeConcebida nos EUA, seu objetivo é combater a fome e a miséria nos países mais pobres, por meio da introdução, usa de fertilizantes, defensivos agrícolas e sementes selecionadas, que acabou gerando um aumento da produtividade e graves agressões ao meio ambiente.• Conseqüências:- Aumento de áreas de produção;- Redução dos preços de determinados produtos;- Avanço tecnológico (biotecnologia);- Impactos ambientais no campo.
  • 7. 6 – Tecnologia e Agricultura: TransgênicosEsses produtos são obtidos a partir da • Meio ambiente ameaçado inserção de certos genes em Os herbicidas usados em grandes variedades vegetais, a fim de torná- las resistentes a ação destrutivas de quantidades contaminam os lençóis insetos ou de um herbicida freáticos e os solos. A diversidade de considerado necessário ao cultivo sementes também está em risco. A desse produto. Hoje é praticada campanha pela liberação de com mais intensidade na agricultura transgênicos dizia que as plantações com o fim de criar alimentos fortes seriam mais econômicas, pois as que resistam aos herbicidas, pragas, e ao clima, e também para deixá-los sementes seriam mais resistentes a mais nutritivos. certos herbicidas. Mas na prática elas desenvolvem imunidade, exigindo doses mais fortes, prejudicando mais o meio ambiente e levando a uma uniformização das sementes que terão cada vez mais as mesmas características.
  • 8. 7 – As relações de trabalho no campo7.1 – Diminuição do sistema de parceria: Tipos de propriedadesCom a capitalização do campo, as relações agropecuárias: de trabalho tradicionais vão desaparecendo porque são substituídas • Minifúndios; pelo trabalho assalariado, ou porque o • Empresas rurais; proprietário prefere deixar a terra ociosa • Latifúndio por exploração; á espera de valorização. • Latifúndio por dimensão.7.2 – Expansão de um regime associativo:Com a capitalização do campo, as relações de trabalho tradicionais tendiam a desaparecer mais, porque são substituídas pelo trabalho assalariado, no entanto, para diminuir custo e encargos, as grandes empresas desenvolveram uma nova forma de trabalhar no campo, incentivando o pequeno e o médio produtor a produzir para eles.
  • 9. 8 – O espaço agrário mundial: Sistemas agrícolas9.1 – Intensivos:São propriedades que utilizam modernas técnicas de preparo do solo, cultivo e colheita, apresentando elevados índices de produtividade por utilizarem técnicas avançadas e prolongar a utilização da terra por um tempo considerável. Isso ocorre com maior freqüência nos países desenvolvidos.9.2 – Extensivos:São propriedades que utilizam uma agricultura tradicional aliadas a técnicas rudimentares, que em geral apresentam baixos índices de produtividade e elevado padrão de exploração da terra.
  • 10. 9 – Os sistemas agrícolas9.1 – Agricultura itinerante:Envolve o emprego de técnicas primitivas e instrumentos rudimentares, voltado para a subsistência.9.2 – Agricultura de jardinagem:Nesse sistema a irrigação é de fundamental importância, e necessita de uma numerosa mão-de-obra.
  • 11. 9.3 – O sistema de plantations:Esse sistema utiliza grandes propriedades e não apresenta grandes volumes de produção se comparado com as áreas utilizadas para desenvolvimento de uma atividade agrícola.9.4 – Agricultura moderna e as empresas agrícolas:Sistema agrícola originado nos países desenvolvidos, que temendo os intempéries da natureza e as dependências alimentares em relação aos países subdesenvolvidos, passaram a desenvolver técnicas aprimoradas de plantio e de pecuárias, o que acabou gerando um aumento da produtividade e uma otimização do espaço rural, sendo por isso logo incorporado ao sistema capitalista.