• Like
  • Save
Resumo: Ácidos e Bases
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Resumo: Ácidos e Bases

on

  • 8,399 views

Resumo do conteúdo ácidos e bases

Resumo do conteúdo ácidos e bases

Statistics

Views

Total Views
8,399
Views on SlideShare
7,920
Embed Views
479

Actions

Likes
1
Downloads
75
Comments
0

2 Embeds 479

http://ciensinandobiologia.com 478
http://webcache.googleusercontent.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

CC Attribution-ShareAlike LicenseCC Attribution-ShareAlike License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Resumo: Ácidos e Bases Resumo: Ácidos e Bases Document Transcript

    • Funções Inorgânicas: Ácidos Conceitos Básicos  Ionização: É o processo em que os íons positivos e negativos individuais são produzidos a partir de um composto molecular, que é dissolvido em solução.  Ex.:  Dissociação Iônica: É o processo em que os íons positivos e negativos individuais são libertados a partir de um composto iónico que é dissolvido em solução.  Ex.: Conceitos Básicos – ÁCIDOS de Arrhenius  Um ácido é uma substância que contém hidrogênio e produz (sofre ionização) H+ em aquosa solução.  Ex.:  Ex.:  Ex.: Classificação – ÁCIDOS de Arrhenius  Quanto ao número de elementos:  Binários – formados por dois elementos;  EX.: HCl, HF, H2S  Ternários – formados por três elementos;  EX.: H2SO4, HNO3, HClO Esta imagem (ou ficheiro) está no domínio público porque os respectivos direitos de autor expiraram. Online: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Arrhenius2.jpg Licença: http://creativecommons.org/publicdomain/mark/1.0/deed.pt
    •  Quaternários – formados por quatro elementos;  EX.: H4Fe(CN)6, HOCN  Quanto ao H+ ionizáveis:  Monoácidos (monopróticos) –1 H+ ionizável.  EX.: HCl, HCN, HClO, H2PO3  Diácidos (dipróticos) – 2 H+ ionizáveis.  EX.: H2S, H2SO4, H3PO3  Triácidos – 3 H+ ionizáveis.  EX.: H3PO4, H3BO3  Tetrácidos – 4 H+ ionizáveis.  EX.: H4SiO4, H4P2O7  Quanto a presença de oxigênio:  Hidrácidos – Ácidos sem oxigênio em sua composição.  EX.: HCl, HCN, H2S  Oxiácidos – Ácidos com oxigênio em sua composição.  EX.: H2SO4, HNO3, HClO  Quanto ao grau de ionização (α) – força de um ácido:  Ácidos fortes – α> 50%  Ácidos moderados - 5% ≤ α≤ 50%  Ácidos fracos - α< 5% 2 H ionizáveis 2 H ionizáveis 2 H não-ionizáveis 2 H não-ionizáveis 1 H ionizável Ácido sulfúrico Ácido fosforoso Ácidohipofosforoso Cálculo do grau de ionização Questão.01- Classifique os ácidos em forte, fraco ou moderado. HF α= 8%(moderado) HCN α= 0,0008%(fraco) HCl α= 92%(forte) H3 PO4 α= 27%(moderado) Questão.02 – Calcule o grau de ionização de um ácido cujo o número de moléculas dissolvidos é 940 e o número de moléculas ionizadas é 376. Qual a força deste átomo? 0,4 0,4 x 100 = 40% Moderado. Os hidrogênios ionizáveis são aqueles ligados diretamente aos átomos de oxigênio.
    •  Força de um ácido (hidrácidos e oxiácidos);  Hidrácidos fortes: HCl, HBr, HI  Hidrácidos moderados: HF  Hidrácidos fracos: H2S, HCN  Se y-x ≥ 2 ácido forte (HClO4, HNO3 e H2SO4)  Se y-x = 1 ácido moderado (H3PO4, HNO2, H2SO3)  Se y-x = 0 ácido fraco (HClO, H3BO3 Exceção: H2CO3) Nomenclatura – ÁCIDOS de Arrhenius  Hidrácidos:  Ácido + radical do ânion + ídrico  EX.: HCl  Ácidoclorídrico HI  Ácidoiodídrico H2S  ÁcidoSulfídrico* Hidrácidos – Fórmula genérica = Hx Ay ONDE: H=hidrogênio; x=n° de hidrogênios; A=elemento químico; y=n° de átomos; Oxiácidos – Fórmula genérica = Hx AOy ONDE: H=hidrogênio; x=n° de hidrogênios; A=elemento químico; O=Oxigênio; y=n° de oxigênio;
    • *o nome enxofre é original do latim sulphur.  Oxiácidos  Há mais de uma forma de se determinar os nomes dos oxiácidos: método por ácido padrão e método por Nox. MÉTODO POR ÁCIDO PADRÃO É o método que considera 5 ácidos como padrão e que a partir deles é possível nomear outros. Ácidos Padrão Fórmula Ácido + radical do elemento + ico HClO3 Ácido Clórico H2SO4 Ácido Sulfúrico HNO3 Ácido Nítrico H3PO4 Ácido Fosfórico H2CO3 Ácido Carbônico FORMAÇÃO - NOMENCLATURA OXIGÊNIOS EM RELAÇÃO AO ÁCIDO PADRÃO Ácido + PER + radical do elemento + ICO 1 átomo de oxigênio a mais que o ácido padrão Ácido padrão (sufixo ICO) 0 Ácido + radical do elemento + OSO 1 átomo de oxigênio a menos que o ácido padrão Ácido + HIPO + radical do elemento + OSO 2 átomos de oxigênios a menos que o ácido padrão  E X. : FORMAÇÃO - NOMENCLATURA Ácido Nome do ácido Ácido + PER + clor + ICO HClO4 Ácido perclórico Ácido clórico (ácido padrão) HClO3 Ácido clórico Ácido + clor + OSO HClO2 Ácido cloroso Ácido + HIPO + clor + OSO HClO Ácido hipocloroso FORMAÇÃO - NOMENCLATURA Ácido Nome do ácido Com a variação do número de átomos de oxigênio dos ácidos, obtém-se novos ácidos.
    •  E X . : MÉTODO POR Nox Através do número de oxidação é possível nomear os ácidos. Ácidos Padrão Nome do ácido Nox Ácido + PER + radical do elemento + ICO +7 Ácido padrão (sufixo ICO) +5, +6 Ácido + radical do elemento + OSO +3, +4 Ácido + HIPO + radical do elemento + OSO +1  EX.: HClO3 H Cl O3 (+1) + x + (-2).3 = 0 (+1) + x + (-6) = 0 x = +5 Nox = +5  Ácido clórico  EX.: H3PO4 H3 P O2 (+1).3 + x + (-2).2 = 0 (+3) + x + (-4) = 0 X = +1 Nox = +1 Ácido hipofosforoso Funções Inorgânicas: Bases Conceitos Básicos – Bases de Arrhenius - - - Ácido fosfórico (ácido padrão) H3PO4 Ácido fosfórico Ácido + fosfor + OSO H3PO3 Ácido fosforoso Ácido + HIPO + fosfor + OSO H3PO2 Ácido hipofosforoso
    •  Uma base é uma substância que contém o OH- e produz (sofre dissociação iônica) H+ em aquosa solução. Ex.: Ex.: Ex.: *o NH4OH é uma bases que em só existe em meio aquoso e que sofre ionização. Classificação – ÁCIDOS de Arrhenius  Quanto ao OH+ ionizáveis: Monobases – OH+ ionizável.  EX.: NaOH, LiOH, KOH Dibases – 2 OH+ ionizáveis.  EX.: Ca(OH)2, Mg(OH)2  Triácidos – 3 OH+ ionizáveis.  EX.: Al(OH)3, Fe(OH)3 Tetrabases– 4 OH+ ionizáveis.  EX.: Sn(OH)4, Pb(OH)4   Quanto ao grau de dissociação (α) – força de uma base; Bases fortes – α> 50% Bases fracos - 5% ≤ α ≤ 50% Bases fracos - α< 5% Ca A Esta imagem (ou ficheiro) está no domínio público porque os respectivos direitos de autor expiraram. Online: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Arrhenius2.jpg Licença: http://creativecommons.org/publicdomain/mark/1.0/deed.pt Cálculo do grau de dissociação
    •  Força de uma base  Bases Fortes: Todas as bases de metais alcalinos.  Ex.: NaOH, LiOH, KOH  Bases Moderadas: Todas as bases de metais alcalinos-terrosos.  Ex.: Ca(OH)2, Ba(OH)2, Sr(OH)2 Exceção: Mg (OH)2 – Base Fraca  Hidrácidos fracos:  Ex.: Al(OH)3, Fe(OH)3  Solubilidade de uma base – Bases fortes são muito solúveis, bases moderadas e o MgOH)2 são pouco solúveis, as demais bases são insolúveis.  Bases muito solúvel: Todas as bases de metais alcalinos.  Ex.: NaOH, LiOH, KOH  Bases pouco solúveis: Todas as bases de metais alcalinos- terrosos.  Ex.: Ca(OH)2, Ba(OH)2, Sr(OH)2  Bases insolúveis: As demais bases são insolúveis;  Ex.: Al(OH)3, Fe(OH)3  Elementos que formam apenas uma base  Elemento que forma duas bases diferentes: Hidróxido de + nome do elemento ou  Ex.: NaOH  Hidróxido de sódio;  Ex.: Ca(OH)2 Hidróxido de cálcio;  Ex.: Al(OH)3 Hidróxido de alumínio;  Hidróxido de + nome do elemento seguido da quantidade de hidroxilas em algarismo romano.  Ex.: Fe(OH)2 Hidróxido de ferro II;  Ex.: Fe(OH)3 Hidróxido de ferro III
    •  Ou hidróxido de + radical do elemento + ICO para a base que contiver mais OH e hidróxido de + radical do elemento + OSO para a base que contiver menos OH.  Ex.: Fe(OH)2 Hidróxido de ferroso II;  Ex.: Fe(OH)3 Hidróxido de férrico III Funções Inorgânicas: Ácidos e Bases  Características dos ácidos e das Bases Ácidos Bases Sabor azedo Sabor adstringente Em água conduzem corrente elétrica Em água conduzem corrente elétrica pH≥0 e pH<7 pH>7 e pH≤14 Incolor em fenolftaleína Rosa em fenolftaleína  PH (potencial hidrogeniônico) – Indica acidez, neutralidade e basicidade de uma solução aquosa.  Indicadores ácido-base– São substâncias que ao entrar em contato com uma solução aquosa podem ter sua cor modificada, de forma que o contato com uma solução ácida lhe confere uma cor
    • diferente de uma solução aquosa. Observe o quadro abaixo e veja alguns exemplos de indicadores e suas respectivas alterações de cores em soluções de ácidos e bases. Indicador pH ácido pH básico pH Neutro Repolho-roxo Vermelha Verde Roxa Hibisco rosa Vermelha-alaranjada Verde Rosa Fenolftaleína Incolor Rosa Incolor Azul de tornassol Vermelha Azul-arroxeada Arroxeada Experiência (em casa ou na escola) Folhas de hibisco rosa (figura ao lado), umas 20 pétalas ou um pedaço de repolho roxo. Liquidificador. 1 copo com água; Vinagre (transparente); Água sanitária; Solução de água com sal; Coloque as folhas de hibisco ou o pedaço de repolho roxo no e o copo de água no liquidificador e triture. Filtre a solução (use um pano) separando apenas a solução rósea de hibisco ou a solução roxa de repolho, os resíduos podem ser jogados fora. Separe a solução em três copos diferentes. Em cada copo coloque algumas gotas de cada substância separada (vinagre, água sanitária e solução de água com sal) e veja o que ocorre. DADOS: O vinagre é ácido; A água sanitária é básica; Água com sal é neutra; Outras substâncias podem ser testadas: suco de limão, detergente e substância de limpeza. Dê preferência as substâncias incolores, assim não haverá problemas com corantes que podem alterar a cor visualizada. Lestat (Jan Mehlich). Via Wikipedia. Licença: http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.pt Hibiscus rosa-sinensis L.
    •  Reação de Neutralização - Ácidos e bases reagem formando sal e água. O cátion da base se liga ao ânion do ácido, formando o sal, enquanto que o H+ reagem com OH- formando H2O.  EX.:  HCl + NaOH  NaCl + H2O  H2SO4 + Mg(OH)2 MgSO4 + 2H2O  H2CO3 + Ca(OH)2 CaCO3 + 2H2O