Slides            - O governo E. G.                 O                 O                      before 1st            MÉDICI ...
DITADURA MILITAR NO BRASIL          PARTE II
5 - O governo E. G. MÉDICI (Linha Dura 1969 –   1974):• Auge da ditadura.• Binômio SEGURANÇA          X          Exército ...
• Prisões, torturas,        Pau de arara  assassinatos  (“desaparecidos”).• Repressão intensa e  eliminação da guerrilha  ...
Carlos Lamarca assassinado                               Repressão a qualquer                             manifestação ant...
• Popularidade: censura e propaganda.• Slogans ufanistas e otimistas:
Eu te amo meu BrasilDon & Ravel
A IMPRENSA VIGIADA:
• Valorização de conquistas esportivas:  futebol e automobilismo (associação  de vitórias com o sucesso do  governo).     ...
• Milagre Econômico (1969 –  1974):   – Delfim Netto (Ministro da     economia).   – Crescimento de 10% ao     ano.   – Fa...
DÍVIDA EXTERNA                 DESVALORIZAÇÃO SALARIAL
• Obras faraônicas:  – Rodovia    Transamazônic    a (jamais    concluída).  – Rodovia Rio-    Santos.             Rio-Nit...
• Crise do petróleo (73 – 74) abala  crescimento do “Milagre”.
6 - O governo ERNESTO GEISEL (Sorbonne   1974 – 1979):• Abertura “lenta, gradual e segura”.• Crise econômica.• Programa PR...
• Mais obras faraônicas ou  projetos de utilidade  questionável:   – Usinas siderúrgicas de     Tubarão (ES) e Açominas   ...
• Eleições parlamentares (1974):  vitória do MDB.• Fim da censura prévia aos meios  de comunicação (1975).• OUT/1975:     ...
Assista!!!• ABR/77: Pacote de Abril:   – Fechamento do Congresso.   – Mandato presidencial de 6 anos.   – Criação dos “sen...
6 - O governo JOÃO  BAPTISTA  FIGUEIREDO (1979 –  1985):• Conclusão do processo  de abertura política.• Crise econômica  p...
• AGO/1979: Lei da Anistia.  – Exceto para envolvidos com luta    armada e atos terroristas.  –Retorno de exilados polític...
• NOV/1979: Pluripartidarismo                     PDS (Partido Democrático Social)    ARENA            1984               ...
• Reação da “Linha Dura” do  exército à abertura política:   – Atentados terroristas em     bancas de revistas,     contra...
• 1982: Eleições diretas para  governador (vitória de candidatos  oposicionistas em 10 estados,  incluindo SP, RJ e MG).• ...
• JAN/85: Eleições indiretas para presidente:          PDS                        ALIANÇA                                 ...
• 21/04/1985: Tancredo Neves morre.  – José Sarney (vice), assume    definitivamente a presidência.                       ...
Aula de historia   ditadura militar Parte II 64 pérysson
Aula de historia   ditadura militar Parte II 64 pérysson
Aula de historia   ditadura militar Parte II 64 pérysson
Aula de historia   ditadura militar Parte II 64 pérysson
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Aula de historia ditadura militar Parte II 64 pérysson

1,558

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,558
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula de historia ditadura militar Parte II 64 pérysson

  1. 1. Slides - O governo E. G. O O before 1st MÉDICI (Linha CHUMB g g o o v v e Section Dura 1969 – O Divider e r r n n o o 1974): GROSSO O “ T M A E A N N E DITADURA J R O N Ã Auge da I T E MILITAR NO O U L T A O M D G P A C O P O V D A R / O M O A O S T B O ditadura. BRASIL D IR R D D 1 A E R O L S A IA E S V EA A 9 F P E G A S C A N 7 F IP T R E M G A Q S Ó O G NQ D 9 O ME I Á I U R U E N A ÃU O :“ R N S S N E E R M O R OE M DI T Q E D A A M D P A OT A U O E B I IL C FT lT OE QÊ E CO U S AF O u FR M UN ( P O D ID M E N M r ET IC E U R I A S O IO iU L LI G o R Ô M EU A P L p IR IA A O r D MI I A AE S A A a ZA G A R b O IS S LI R G r E” R M A o A C M A D O U S O R t S S iO E V E E A R n E V n “OS O ? Z D d A D T A O – I I P a A r B ! R e O I ? O TERRORISTAS” N D R I 1 Ç O i A ( 9 A A S M s R ? 1 7 DIÁLOGO A S m S 9 4 É 7 o E M 9 ! M – ” P IMPRENSA R – 1 E 9 1 7 9 9 VIGIADA: 8 ) 5 : ) :ORGULHO DE SER BRASILEIRO ALIENAÇÃO
  2. 2. DITADURA MILITAR NO BRASIL PARTE II
  3. 3. 5 - O governo E. G. MÉDICI (Linha Dura 1969 – 1974):• Auge da ditadura.• Binômio SEGURANÇA X Exército DESENVOLVIMENTO Tecnocratas
  4. 4. • Prisões, torturas, Pau de arara assassinatos (“desaparecidos”).• Repressão intensa e eliminação da guerrilha de esquerda (SNI, DOI- CODI, OBAN, DOPS...)
  5. 5. Carlos Lamarca assassinado Repressão a qualquer manifestação anti-governista
  6. 6. • Popularidade: censura e propaganda.• Slogans ufanistas e otimistas:
  7. 7. Eu te amo meu BrasilDon & Ravel
  8. 8. A IMPRENSA VIGIADA:
  9. 9. • Valorização de conquistas esportivas: futebol e automobilismo (associação de vitórias com o sucesso do governo). Carlos Alberto, Presidente Médici e Zagallo SELEÇÃO TRICAMPEÃ MUNDIAL (1970) Assista!!!
  10. 10. • Milagre Econômico (1969 – 1974): – Delfim Netto (Ministro da economia). – Crescimento de 10% ao ano. – Facilidades de crédito (bens de consumo duráveis). – Arrocho salarial. – Investimentos externos (favorecimento do governo). – Grandes empréstimos.
  11. 11. DÍVIDA EXTERNA DESVALORIZAÇÃO SALARIAL
  12. 12. • Obras faraônicas: – Rodovia Transamazônic a (jamais concluída). – Rodovia Rio- Santos. Rio-Niterói – Ponte Rio- Niterói. – Ponte Colombo- Salles (SC). – Hidrelétricas de Solteira (SP) e Passo Fundo(RS). Colombo-Salles Transamazônica
  13. 13. • Crise do petróleo (73 – 74) abala crescimento do “Milagre”.
  14. 14. 6 - O governo ERNESTO GEISEL (Sorbonne 1974 – 1979):• Abertura “lenta, gradual e segura”.• Crise econômica.• Programa PROÁLCOOL.• 2º PND (Plano Nacional de Desenvolvimento): – Manutenção de modelo anterior. – Novos empréstimos – Mais importações. – Busca de novos mercados para exportação. – Tentativa de substituir importações.
  15. 15. • Mais obras faraônicas ou projetos de utilidade questionável: – Usinas siderúrgicas de Tubarão (ES) e Açominas (MG). – Ferrovia do Aço (MG) – interrompida em 1979. – Usinas hidrelétricas de Itaipu (PR), Tucuruí (PA), e Sobradinho (BA). – Acordo nuclear com ALE para construção de 8 usinas nucleares (apenas uma realmente começou a funcionar – ANGRA I).
  16. 16. • Eleições parlamentares (1974): vitória do MDB.• Fim da censura prévia aos meios de comunicação (1975).• OUT/1975: assassinato do jornalista Wladimir Herzog sob tortura.• JAN/1976: assassinato do operário Manoel Fiel Filho, também torturado. – Demissão de Ednardo D’Ávila Filho (comandante do 2º Wladimir Herzog Exército).• Lei Falcão (1976): limitação da propaganda política.
  17. 17. Assista!!!• ABR/77: Pacote de Abril: – Fechamento do Congresso. – Mandato presidencial de 6 anos. – Criação dos “senadores biônicos”.• OUT/78: Fim do AI – 5.• Início das greves dos sindicatos do ABC paulista (Lula).
  18. 18. 6 - O governo JOÃO BAPTISTA FIGUEIREDO (1979 – 1985):• Conclusão do processo de abertura política.• Crise econômica permanente (inflação, desemprego, empréstimos com altos juros). – Desgaste do governo.
  19. 19. • AGO/1979: Lei da Anistia. – Exceto para envolvidos com luta armada e atos terroristas. –Retorno de exilados políticos : Brizola, Prestes, Miguel Arraes... Retorno de Brizola
  20. 20. • NOV/1979: Pluripartidarismo PDS (Partido Democrático Social) ARENA 1984 PFL (Partido da Frente Liberal) PP (Partido Popular) – Tancredo Neves 1982 PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) MDB – Ulysses Guimarães PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) – Ivete Vargas PDT (Partido Democrático Trabalhista) – Leonel Brizola 1980: PT (Partido dos Trabalhadores) – sindicatos paulistas
  21. 21. • Reação da “Linha Dura” do exército à abertura política: – Atentados terroristas em bancas de revistas, contra a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). – Atentado do Riocentro (30/04/1981). – Desmoralização da “Linha Dura”
  22. 22. • 1982: Eleições diretas para governador (vitória de candidatos oposicionistas em 10 estados, incluindo SP, RJ e MG).• MAR/84: Emenda Dante de Oliveira (PMDB – MT): – Eleições diretas para Presidente da República. – Mobilização nacional – campanha das “Diretas Já” – Vetada pelo congresso por 22 votos de diferença.
  23. 23. • JAN/85: Eleições indiretas para presidente: PDS ALIANÇA DEMOCRÁTICA*Paulo Maluf – presidente X (PMDB + PFL)Mário Andreazza - vice Tancredo Neves – presidente José Sarney - vice Paulo Maluf Tancredo Neves
  24. 24. • 21/04/1985: Tancredo Neves morre. – José Sarney (vice), assume definitivamente a presidência. Funeral de Tancredo Neves SE APOSENTA SARNEY, ATE O José Sarney RONALDO GORDO SE APOSENTOU!

×