Textos em diálogo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Textos em diálogo

on

  • 1,077 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,077
Views on SlideShare
1,077
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Textos em diálogo Textos em diálogo Presentation Transcript

  • Textos em Diálogo Exercício de INTERTEXTUALIDADE http://lerescrevernet.blogspot.com/search/label/Intertextualidade%20....%20O%20Sonho Textos A Textos B Textos C Textos D Textos EDisciplina de Língua Portuguesa Disciplina de História Disciplina de Inglês Disciplina de Geografia Disciplina de Educação VisualREINO DA HELÌRIA “O cidadão não é apenas por habitar numActo II, cena IV certo território, visto que metecos e A Guerra do véu“Rei: Em toda a parte há dor, ingratidão, miséria…” escravos também habitam nesse território. O uso do véu e do lenço islâmicos (…) Um cidadão define-se pelo facto de ter“Rei: em toda a parte há ódio, privações e ciúme…” direito de votar nas assembleias e de nas escolas oficiais está a agitar a participar no exercício do poder público”. França como nunca“Bobo: Batem-te muito?” Aristóteles – Política“Rei: Em toda a parte há morte, ambição, loucura…”“Bobo: (…) não te amarram ao pelourinho para te Depois de definir cidadão, Aristóteles Actualmente, cabe às escolaschibatarem?” discute as formas de adquirir a cidadania. A autorizar ou não o uso do lenço“Rei: Em toda a parte há medo, conspirações, forma mais generalizada baseia-se nos laços islâmico, situação a que o Estadointrigas…” de sangue. A cidadania adquire-se pelo francês quer pôr termo, fixando a“Rei: Em toda a parte há fome, traições, vinganças…” nascimento em Atenas mas só para filhos sua proibição e a de outros símbolos religiosos “ostensivos”, de pai e mãe ateniense.“Rei: Em toda a parte há grades, ciladas, injustiças…” como a kippa judaica ou os Para os Atenienses, escravos, mulheres, In Leandro, rei da Helíria, Alice Vieira crucifixos cristãos de grandes crianças e residentes estrangeiros não dimensões. cumpriam os requisitos necessários para A lei que proíbe o uso de símbolos serem considerados cidadãos. As mulheres religiosos “ostensivos” nasREINO DE REGINALDO E VIOLETA escolas públicas poderá acentuar e as crianças não cumpriam o requisito doActo II, cena IV domínio das competências necessárias para os antagonismos na sociedade,“Pastor: Bater? No meu reino ninguém bate em o exercício da cidadania, quer por falta de ao dar a impressão de que o Estadoninguém!” maturidade intelectual quer por falta de é contra a religião – e contra o“Pastor: (…) No meu reino não há escravos. No meu Islão em particular.reino somos todos homens livres.” conhecimentos. Os escravos, por A interdição do lenço islâmico executarem as tarefas servis, não tinham“Pastor: (…) poder andar por toda a parte, dizer o que parece ser uma “lei do medo”,está na nossa cabeça…” tempo livre necessário ao exercício da vida medo que uma nova religião se“Pastor: Nem sei o que é pelourinho!... Nunca vi nenhum política. Por outro lado, não sendo livres, instale na França. (…)no meu reino. E chibata, nem para os animais! (…)” não podiam governar nem exercer magistraturas. Os estrangeiros residentes“Pastor: Nunca vi maçãs mais vermelhas do que as que Visão, 12/02/2004 (adaptado) dedicavam-se, regra geral, ao comércio e aoaparecem no mercado aos domingos, nem conheço carnemais macia do que as nossas vitelas, ou leite mais doce artesanato, pelo que não dispunham,do que o das nossas cabras…” também, de tempo livre para o exercício da In Leandro, rei da Helíria, Alice Vieira cidadania.
  • Relações de Intertextualidade /Pontos de relação entre os Metas da atividadetextosIntertextualidade Formal - Aplicar a articulação horizontal de TIPOLOGIA TEXTUAL ( CARATERÍSTICAS) conhecimentos de várias disciplinas A nas turmas de 7º ano, de acordo com o tema do Projecto Educativo da Escola B “A Minha Escola Contra a Discriminação”; C - Usar informação gráfica para D comprovar a compreensão do que se lê; E - Saber ler imagens; - Identificar rede de significados - campo semântico e campo lexical - e usos das palavras polissémicas; - Usar técnicas de esquematização da Pontos de relação semelhantes e diferentes: informação; ____________________________________________________________________________________________________ - Reconhecer e aplicar conteúdos; ____________________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________________ - Desenvolver competências essenciais ____________________________________________________________________________________________________ da Língua Portuguesa. Intertextualidade Temática
  • A B C D EPontos de relação semelhantes e diferentes:____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________