Rio NiloO rio Nilo e seu delta: como pode ser visto a partir da Estação EspacialInternacional. A área metropolitana do Cai...
Soberano do Baixo Egito:      cor vermelha
Representação daunificação através das        coroas
As embarcaçõesOs barcos eram dirigidos por meio de remos especiais à proa. Os tamanhos dasembarcações iam desde os pequeno...
Estátua em calcário do escriba Amen-hotep,  filho   de   Nebiri    Museude Brooklyn, Estados Unidos.
 O   vestuário dos egípcios restringia-se a poucas peças,  basicamente saia, blusa e túnica, com leve drapeado ou  pregue...
LinhoO fio de linho, cultivado nas margens do Nilo, costuma ser empregadopara a fabricação de vestimentas em geral, além d...
Vestuário Feminino As   roupas masculinas eram         As mulheres egípcias usavam feitas basicamente por um saiote     ...
As sandáliasAs sandálias, por outro lado, não eramusadas propriamente para o ir e vir,mas     apenas      nos      momento...
Processo de Mumificação           Mumificação é o nome do processo           aprimorado pelos egípcios em que           re...
O cérebro é tirado pelas narinas,através de um instrumento curvo,mexe-se no cérebro que é umamassa mole, e este se liquefa...
É aberta uma incisão no abdômene todos os órgãos internos, excetoo     coração,   são    retirados,embalsamados e colocado...
Após os 70 dias o corpo eralavado com água do Nilo.Depois era coberto comóleos    aromáticos     paramanter a pele elástic...
Muitos anos depois a prática deembalsamamento foi mudada e osembalsamadores começaram a recolocaros órgãos no corpo do fal...
Vaso     canopo     era   umrecipiente utilizado no AntigoEgito para colocar os órgãosretirados do morto durante oprocesso...
Tribunal deOsírisReparem na balança.Na imagem o DeusAnúbis, o deus dosmortos, manipula abalança da justiça.Importante:    ...
 Os exames feitos nas múmias podem esclarecer dúvidas sobre a  vida dos antigos egípcios, sua alimentação, doenças, relaç...
 Das cem pirâmides conhecidas no Egito, a maior (e mais famosa) é a  de Quéops, única das sete maravilhas antigas que res...
Cerca de 2,3 milhões de blocos ajudaram a botar de pé a                    pirâmide de QuéopsAs pedras foram o começo de t...
A proeza de transportar os blocos gigantes é tãocomplexa que até hoje não existe consenso. Issopode ter sido feito com cor...
Livro:   BRAICK. Patricia. História das Cavernas ao Terceiro Milênio. (6º ano) São Paulo: Editora Moderna,    2006.Sites:...
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Egito antigo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Egito antigo

2,076

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,076
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Egito antigo

  1. 1. Rio NiloO rio Nilo e seu delta: como pode ser visto a partir da Estação EspacialInternacional. A área metropolitana do Cairo forma uma base particularmentebrilhante da flor. As pequenas cidades no delta do Nilo, tendem a ser difíceis dever em meio à densa vegetação agrícola durante o dia. No entanto, estas áreasde assentamento e as estradas de ligação entre elas se tornam visíveis à noite. Damesma forma, as regiões urbanizadas e infra-estrutura ao longo do rio Nilo setorna aparente. Esta fotografia foi tirada pelo astronauta a tripulação daExpedição 25 em 28 de outubro de 2010.
  2. 2. Soberano do Baixo Egito: cor vermelha
  3. 3. Representação daunificação através das coroas
  4. 4. As embarcaçõesOs barcos eram dirigidos por meio de remos especiais à proa. Os tamanhos dasembarcações iam desde os pequenos barcos de junco até os grandes barcosmercantes de guerra. As barcaças elegantes fabricadas para o rei,e para os nobres,oupara transportar estátuas de deuses,eram pintadas com cores alegres e enfeitadascom ouro.Tinham confortáveis cabines e velas de cores berrantes
  5. 5. Estátua em calcário do escriba Amen-hotep, filho de Nebiri Museude Brooklyn, Estados Unidos.
  6. 6.  O vestuário dos egípcios restringia-se a poucas peças, basicamente saia, blusa e túnica, com leve drapeado ou pregueado diagonal, em geral confeccionadas em tecidos brancos, leves e transparentes, de algodão ou linho. A roupa era um divisor das classes sociais. Para as classes mais altas, a roupa era muito mais luxuosa, enquanto as menos favorecidas, muita das vezes andavam nus. Os pastores e barqueiro geralmente usavam só uma faixa na cintura com tiras penduradas na frente. As bailarinas usavam vestidos transparentes. E as criadas andavam geralmente nuas ou com apenas uma tira de couro entre as pernas.
  7. 7. LinhoO fio de linho, cultivado nas margens do Nilo, costuma ser empregadopara a fabricação de vestimentas em geral, além de peças de cama ebandagens de múmia. Isso acontecia porque o linho era um dosprincipais produtos agrícolas do país.
  8. 8. Vestuário Feminino As roupas masculinas eram  As mulheres egípcias usavam feitas basicamente por um saiote uma camisa muito fina e, sobre a curto e uma ou várias pulseiras, mesma, um vestido branco, um anel e um gorjal. Também plissado e transparente como o usavam pingentes de jade ou de dos homens. As mangas dos cornalina suspenso a um vestidos eram enfeitadas com comprido cordão. Esse vestuário franjas e os antebraços ficavam deixava o egípcio apresentável descobertos. Os pulsos para visitar suas terras, receber femininos exibiam pulseiras que negociantes ou se dirigir para podiam ser rígidas, ou formadas qualquer repartição. Mas ele por duas placas de ouro tinha a alternativa de substituir trabalhado unidas por duas o pequeno saio por uma saia charneiras. Também usavam tufada e calçar sandálias. anéis.
  9. 9. As sandáliasAs sandálias, por outro lado, não eramusadas propriamente para o ir e vir,mas apenas nos momentosconvenientes.O homem do povo levava suassandálias na mão ou penduradas emum cajado, e só se calçavam quandochagava ao seu destino.Até o faraó, às vezes, andava descalço eum dos seus criados de sua escoltacarregava-lhe as sandálias. Taiscalçados eram feitos de papirotransado, de couro ou até mesmo comsolado e correias de ouro.
  10. 10. Processo de Mumificação Mumificação é o nome do processo aprimorado pelos egípcios em que retiram-se os principais órgãos, além do cérebro do cadáver, dificultando assim a sua decomposição. Geralmente, os corpos são colocados em sarcófagos e envoltos por faixas de algodão ou linho. Após o processo ser concluído são chamadas de múmias Primeiro, o corpo era levado para um local conhecido como ibu ou o lugar da purificação. Lá os embalsamadores lavavam o corpo com essências aromáticas, e com água do Nilo.
  11. 11. O cérebro é tirado pelas narinas,através de um instrumento curvo,mexe-se no cérebro que é umamassa mole, e este se liquefaz.Injeta-se vinho de tâmara,ajudando a dissolver mais océrebro. Vira-se o morto e o cérebroescorre pelas narinas;
  12. 12. É aberta uma incisão no abdômene todos os órgãos internos, excetoo coração, são retirados,embalsamados e colocados emjarros chamados de canopos.Em seguida, o corpo é enchidocom saquinhos de sal (Natrão) emergulhado em uma espécie debacia um pouco inclinada com umfuro de um lado, para que seuslíquidos escorram.Após isso, a múmia é literalmenteenterrada por cerca de 70 dias. Osal absorve todo o líquido docorpo;
  13. 13. Após os 70 dias o corpo eralavado com água do Nilo.Depois era coberto comóleos aromáticos paramanter a pele elástica.No passado, os órgãosinternos retirados dasmúmias eram armazenadosem jarras canópicas.
  14. 14. Muitos anos depois a prática deembalsamamento foi mudada e osembalsamadores começaram a recolocaros órgãos no corpo do falecido após teremsido desidratados em natro.Cada um deles representava umDeus,que velava os órgãos da Múmia.São eles:Imsety o deus com cabeça de humanovelava pelo fígado.Hapy o deus com cabeça de babuínoguardava os pulmões.Duamutef o deus com cabeça de chacaltomava conta do estomago.Qebehsenuef o deus com cabeça defalcão vigiava os intestinos. 
  15. 15. Vaso canopo era umrecipiente utilizado no AntigoEgito para colocar os órgãosretirados do morto durante oprocesso de mumificação.A forma destes recipientesvariou ao longo da história doAntigo Egito, bem como osmateriais em que estes foramfeitos, que incluíram amadeira, a pedra, o barro e oalabastro.Os egípcios acreditavam quea preservação desses órgãosera fundamental paraassegurar uma vida no Além.
  16. 16. Tribunal deOsírisReparem na balança.Na imagem o DeusAnúbis, o deus dosmortos, manipula abalança da justiça.Importante: Otribunal de Osírisrelaciona-se com oprocesso demumificação.
  17. 17.  Os exames feitos nas múmias podem esclarecer dúvidas sobre a vida dos antigos egípcios, sua alimentação, doenças, relações familiares, etc. No caso das múmias reais, estas podem também melhorar nossa compreensão da cronologia egípcia. A múmia de Ramsés II, abrigada no Museu Egípcio do Cairo, revela um homem de rosto longo, fino e nariz aquilino. Raios X demonstraram que, para manter o característico nariz curvo deste faraó, os embalsamadores colocaram dentro dele grãos de pimenta escorados por um minúsculo osso de animal. Ele tinha provavelmente uns 90 anos quando morreu e tinha suas costas curvadas a tal ponto, que os embalsamadores tiveram que quebrar sua espinha para endireitar seu corpo. Abscessos notados em seu maxilar devem ter lhe causado muita dor. O rei também sofria de problemas de circulação sanguínea, artrite, uma ferida no ombro e foram descobertos sinais de uma fratura cicatrizada no dedo do pé.
  18. 18.  Das cem pirâmides conhecidas no Egito, a maior (e mais famosa) é a de Quéops, única das sete maravilhas antigas que resiste ao tempo. Datada de 2.550 a.C. Khufu (ou Quéops, seu nome em grego), que encomendou a grande pirâmide, era filho de Snefru, que já tinha feito sua pirâmidezinha. O conhecimento passou de geração em geração, e Quéfren, filho de Quéops, e Miquerinos, o neto, completaram o trio das pirâmides de Gizé. Para botar de pé os monumentos, que nada mais eram que tumbas luxuosas para os faraós, estima-se que 30 mil egípcios trabalharam durante 20 anos. "Esses trabalhadores eram trocados a cada três meses. A maioria trabalhava no corte e transporte dos blocos", diz Antonio Brancaglion Jr., egiptólogo do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Além do pessoal que pegava pesado, havia arquitetos, médicos, padeiros e cervejeiros. Tudo indica que esses homens eram livres (e não escravos), pagos com cerveja e alimentos. Mas há controvérsias. Alguns apostam em 100 mil trabalhadores!
  19. 19. Cerca de 2,3 milhões de blocos ajudaram a botar de pé a pirâmide de QuéopsAs pedras foram o começo de tudo - cada bloco pesavaem média 2,5 toneladas, mas isso variava: o tamanhodiminuía de acordo com a altura, e em lugaresespecíficos, como a câmara do rei, havia pedrasgigantes, estimadas em até 80 toneladas.Depois de cortados nas pedreiras, os blocos eramlixados e catalogados: escrevia-se o nome do faraó e o dogrupo de trabalhadores responsáveis.No total, 2,3 milhões de blocos teriam sido usados naconstrução da pirâmide de Queóps. Veja os infográficosa seguir:
  20. 20. A proeza de transportar os blocos gigantes é tãocomplexa que até hoje não existe consenso. Issopode ter sido feito com cordas; com uma espécie detrenó de troncos de madeira cilíndricos, sobre osquais as pedras deslizavam; ou com a ajuda detafla, um tipo de barro que, molhado, ficaescorregadio e ajuda a deslizar os blocos. Depois deassentados, os blocos eram cortados em um ângulode 51º, o que deixava a face da pirâmide lisa.Mais infográficos:
  21. 21. Livro: BRAICK. Patricia. História das Cavernas ao Terceiro Milênio. (6º ano) São Paulo: Editora Moderna, 2006.Sites: http://ciencia.hsw.uol.com.br/piramide2.htm http://professor-rogerio.blogspot.com/2011/04/como-foram-erguidas-as-piramides-do.html http://domfernando.wordpress.com/2009/03/24/mumificacao/ http://www.khanelkhalili.com.br/egiptologia02.htm http://www.egito-turismo.com/mapas/nilo-imagem.htm http://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/galeria+a+terra+vista+de+cima/n1300094619287.html http://histemoda.blogspot.com/2009/07/antigo-egito.html http://egipcioscuriosidades.blogspot.com/2010/08/prova-virtual-de-historia.html http://www.starnews2001.com.br/mum1emb.htm http://osfilhosdonilo.blogspot.com/2010_07_01_archive.html http://hidrografia.atspace.com/galfotos.html
  1. ¿Le ha llamado la atención una diapositiva en particular?

    Recortar diapositivas es una manera útil de recopilar información importante para consultarla más tarde.

×