Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
www.professo...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
A dinâmica das massasA dinâmica das massas
de ar e ode ar e o
““Cic...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Massas de ar são volumes de
atmosfera, comparáveis a
grandes bolsõe...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
As massas de ar representam
um dos principais fatores
definidores d...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
No deslocamento das massas
de ar formam-se frentes, que
são linhas ...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Formação de frente fria
A massa fria empurra a massa quente para ci...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Formação de frente quente
A massa quente se sobrepõe à massa fria.
...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Entenda o fenômenoEntenda o fenômeno
O fenômeno que atingiu o SulO ...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Segundo o INMET – InstitutoSegundo o INMET – Instituto
Nacional de ...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
É o nome genérico para ventos
Circulares. Caracteriza-se por uma
te...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Segundo a Nasa- Agência
espacial Norte americana – e
o Centro Integ...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Vento circular forte, com velocidade
igual ou superior a 108 km/h. ...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Região atingidaRegião atingida
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
As regiões brasileiras localizadas
abaixo da linha do Trópico de
Ca...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
As regiões de médias
latitudes, como as do Sul do
Brasil, estão suj...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Nesta imagem de
satélite é possível
visualizar o
ciclone formado
em...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Imagem 3D do cicloneImagem 3D do ciclone
LitoralLitoral
dede
SantaS...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
3 dias antes do evento, o tempo3 dias antes do evento, o tempo
cara...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
2 dias antes do evento, observa-se o2 dias antes do evento, observa...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
1 dias antes, atrás da frente fria chega uma1 dias antes, atrás da ...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Nesta imagem percebe-se a chegada doNesta imagem percebe-se a chega...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Observa-se oObserva-se o ciclone na região do Prataciclone na regiã...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
A presença do ciclone próximo ao litoral doA presença do ciclone pr...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Na imagem é possível ver a dissipação doNa imagem é possível ver a ...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Dissipação do cicloneDissipação do ciclone
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Imagens da destruição
provocadas pelo “Catarina”.
•26 municípios af...
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini www.territorio.pro.brProfessor Hercules ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Ciclone Catarina

2,161

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,161
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Ciclone Catarina"

  1. 1. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini www.professorhercules.blogspot.comwww.professorhercules.blogspot.com territoriovirtual@gmail.comterritoriovirtual@gmail.com
  2. 2. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini A dinâmica das massasA dinâmica das massas de ar e ode ar e o ““Ciclone Catarina”.Ciclone Catarina”.
  3. 3. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Massas de ar são volumes de atmosfera, comparáveis a grandes bolsões de ar, que possuem características próprias de temperatura, umidade e pressão.
  4. 4. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini As massas de ar representam um dos principais fatores definidores do clima de uma região. Seu deslocamento ocorre sempre de uma área de baixa pressão(BP) ou ciclonal para uma área de alta pressão(AP) ou anticiclonal.
  5. 5. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini No deslocamento das massas de ar formam-se frentes, que são linhas de instabilidade atmosférica na região de encontro entre duas massas de ar.
  6. 6. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Formação de frente fria A massa fria empurra a massa quente para cima onde ocorre a condensação do vapor d’água e a precipitação da umidade atmosférica.
  7. 7. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Formação de frente quente A massa quente se sobrepõe à massa fria. Linha de instabilidade. É nesta região que ocorre a precipitação da água (chuva frontal) e a ventania.
  8. 8. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Entenda o fenômenoEntenda o fenômeno O fenômeno que atingiu o SulO fenômeno que atingiu o Sul do Brasil é raro e causoudo Brasil é raro e causou divergências entre osdivergências entre os meteorologistas.meteorologistas.
  9. 9. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Segundo o INMET – InstitutoSegundo o INMET – Instituto Nacional de Meteorologia - oNacional de Meteorologia - o fenômeno que atingiu Santafenômeno que atingiu Santa Catarina e o Rio Grande doCatarina e o Rio Grande do Sul foi umSul foi um CICLONE EXTRATROPICAL.CICLONE EXTRATROPICAL.
  10. 10. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini É o nome genérico para ventos Circulares. Caracteriza-se por uma tempestade violenta que ocorre em regiões tropicais ou subtropicais, produzida por grandes massas de ar em alta velocidade de rotação. Evidencia-se quando os ventos superam 50 km/h. 500Km500Km
  11. 11. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Segundo a Nasa- Agência espacial Norte americana – e o Centro Integrado de meteorologia e Recursos Hídricos (Climerh-SC) o fenômeno foi um FURACÃO.
  12. 12. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Vento circular forte, com velocidade igual ou superior a 108 km/h. Os furacões são os ciclones que surgem no mar do Caribe (oceano Atlântico) ou nos EUA. Giram no sentido horário (no hemisfério Sul) ou anti-horário (no hemisfério Norte) e medem de 200 km a 400 km de diâmetro. Sua curva se assemelha a uma parabólica.
  13. 13. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Região atingidaRegião atingida
  14. 14. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini As regiões brasileiras localizadas abaixo da linha do Trópico de Capricórnio possuem o tipo climático Subtropical. São influenciadas ao longo do ano por duas massas de ar principais: •Massa Tropical atlântica. •Massa Polar Atlântica.
  15. 15. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini As regiões de médias latitudes, como as do Sul do Brasil, estão sujeitas a uma maior variabilidade de sistemas climáticos em função da influência de massas tropicais e polares. (CPTEC)
  16. 16. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Nesta imagem de satélite é possível visualizar o ciclone formado em alto mar. Observe o formato espiralado do sistema.
  17. 17. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Imagem 3D do cicloneImagem 3D do ciclone LitoralLitoral dede SantaSanta CatarinaCatarina
  18. 18. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini 3 dias antes do evento, o tempo3 dias antes do evento, o tempo caracterizava-se por uma constante área decaracterizava-se por uma constante área de instabilidade que proporcionou nuvens queinstabilidade que proporcionou nuvens que cobriam em muitos casos 100% do céu no Sulcobriam em muitos casos 100% do céu no Sul do país.do país.
  19. 19. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini 2 dias antes do evento, observa-se o2 dias antes do evento, observa-se o deslocamento da frente fria pelo território,deslocamento da frente fria pelo território, esta, por sua vez provocou chuvas eesta, por sua vez provocou chuvas e trovoadas isoladastrovoadas isoladas e tempo nublado.e tempo nublado.
  20. 20. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini 1 dias antes, atrás da frente fria chega uma1 dias antes, atrás da frente fria chega uma massa de ar atlântica que chegaria a Santamassa de ar atlântica que chegaria a Santa Catarina. Esta massa é impedida pela frenteCatarina. Esta massa é impedida pela frente fria e fica sob o oceano onde forma-se ofria e fica sob o oceano onde forma-se o ciclone.ciclone.
  21. 21. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Nesta imagem percebe-se a chegada doNesta imagem percebe-se a chegada do ciclone no Sul e ampla movimentação sob ociclone no Sul e ampla movimentação sob o oceano.oceano.
  22. 22. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Observa-se oObserva-se o ciclone na região do Prataciclone na região do Prata deslocava-se no direção SO – NE.deslocava-se no direção SO – NE.
  23. 23. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini A presença do ciclone próximo ao litoral doA presença do ciclone próximo ao litoral do RS que trouxe ventos fortes com rajadas deRS que trouxe ventos fortes com rajadas de até 70 km/h na direção S a SE no períodoaté 70 km/h na direção S a SE no período vespertino. Com o vento forte, a temperaturavespertino. Com o vento forte, a temperatura e a sensação térmica caíram e o tempo ficoue a sensação térmica caíram e o tempo ficou parcialmente nublado.parcialmente nublado.
  24. 24. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Na imagem é possível ver a dissipação doNa imagem é possível ver a dissipação do ciclone.ciclone.
  25. 25. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Dissipação do cicloneDissipação do ciclone
  26. 26. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini Imagens da destruição provocadas pelo “Catarina”. •26 municípios afetados. •15 mil pessoas desalojadas em SC. •35 mil imóveis destruídos ou danificados. •4 pessoas mortas.
  27. 27. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
  28. 28. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
  29. 29. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
  30. 30. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
  31. 31. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
  32. 32. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini
  33. 33. Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini www.territorio.pro.brProfessor Hercules Avancini www.territorio.pro.br Professor Hercules AvanciniProfessor Hercules Avancini www.professorhercules.blogspot.comwww.professorhercules.blogspot.com territoriovirtual@gmail.comterritoriovirtual@gmail.com

×