Modernismo Novo

6,694 views
6,596 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,694
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
18
Actions
Shares
0
Downloads
166
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Modernismo Novo

  1. 2. Modernismo <ul><li>Vanguardas Europeias – século XX </li></ul><ul><ul><li>EXPRESSIONISMO </li></ul></ul><ul><ul><li>FUTURISMO </li></ul></ul><ul><ul><li>CUBISMO </li></ul></ul><ul><ul><li>DADAÍSMO </li></ul></ul><ul><ul><li>SURREALISMO </li></ul></ul>
  2. 3. SEMANA DA ARTE MODERNA <ul><li>Descobertas tecnológicas, Primeira Guerra Mundial ( 1914) – influência nas ideias culturais </li></ul><ul><li>Velho X Novo – revolta – transformação - de viver freneticamente – incerteza. </li></ul><ul><li>Progresso – Invenções( Telégrafo, automóvel, lâmpada, cinema, avião e telefone) </li></ul><ul><li>Brasil – Greves operárias, Revolução de 30 – reestruração política </li></ul>
  3. 4. SEMANA DE 1922 <ul><li>Atividades artísticas – São Paulo – Fevereiro de 1922 </li></ul><ul><li>Objetivo – Inovar, provocar escândalo , superar padrões estéticos determinantes </li></ul><ul><li>Organização: Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Menotti del Picchia, Manuel Bandeira, Tarsila do Amaral, Villa-Lobos, entre outros </li></ul><ul><li>Encontro de várias tendências modernas </li></ul><ul><li>Ruptura – Velho e Novo / Antigo e Moderno </li></ul><ul><li>Inovações na linguagem </li></ul>
  4. 5. REVISTAS E MANIFESTOS <ul><li>Surgimento revistas e manifestos – divulgação de novas ideias: </li></ul><ul><ul><li>KLAXON – Primeira revista modernista em 1922. Circulou até 1923 </li></ul></ul><ul><ul><li>A REVISTA – Minas Gerais. Circulou entre 1925 e 1926. Carlos Drummond de Andrade </li></ul></ul><ul><ul><li>FESTA – Rio de Janeiro – Cecília Meireles. </li></ul></ul><ul><ul><li>REVISTA DE ANTROPOFAGIA – Circulou entre 1928 e 1929. </li></ul></ul><ul><ul><li>MANIFESTO DA POESIA PAU-BRASIL – Fatos históricos, 1925. </li></ul></ul><ul><ul><li>MANIFESTO VERDE – AMARELO – 1929 – Nacionalismo não-crítico </li></ul></ul>
  5. 6. FASES DO MODERNISMO <ul><li>PRIMEIRA – 1922/ 1930 </li></ul><ul><li>SEGUNDA- 1930/ 1945 </li></ul><ul><li>TERCEIRA – 1945/.... </li></ul>
  6. 7. PRIMEIRA FASE DO MODERNISMO <ul><li>Uso de versos brancos ( sem rimas) e livres ( sem regularidade métrica) </li></ul><ul><li>Rompimento com estruturas do passado </li></ul><ul><li>Ironia </li></ul><ul><li>Inovações na linguagem </li></ul><ul><li>Linguagem coloquial </li></ul><ul><li>Humor, irreverência </li></ul><ul><li>Nacionalismo crítico </li></ul><ul><li>Aproximação da prosa </li></ul><ul><li>Valorização do cotidiano </li></ul>
  7. 8. Principais autores <ul><li>Mário de Andrade – VANGUARDA E TRADIÇÃO </li></ul><ul><li>Oswald de Andrade - ANTROPÓFAGO DO MODERNISMO </li></ul><ul><li>Manuel Bandeira – O RESGATE LÍRICO </li></ul><ul><li>Cassiano Ricardo </li></ul><ul><li>Raul Bopp </li></ul><ul><li>Alcântara Machado </li></ul>
  8. 9. Mário de Andrade ( 1893-1945) <ul><li>Nasceu e morreu em São Paulo </li></ul><ul><li>Exerceu vários cargos de interesse cultural </li></ul><ul><li>Participação: Semana da arte moderna e movimento modernista brasileiro </li></ul><ul><li>Ideologia: Rever o passado, sem negá-lo </li></ul><ul><li>Conciliar lições do passado com as conquistas do presente </li></ul><ul><li>Temática: Canto de amor à sua cidade – São Paulo </li></ul><ul><li>PRINCIPAIS OBRAS: </li></ul><ul><ul><li>Poesia: Pauliceia desvairada </li></ul></ul><ul><ul><li>Prosa: Amar, verbo intransitivo, Macunaíma, o herói sem nenhum caráter </li></ul></ul>
  9. 10. OSWALD DE ANDRADE( 1890- 1954) <ul><li>Nasceu e morreu em São Paulo </li></ul><ul><li>DIREITO – São Paulo </li></ul><ul><li>Renovação cultural </li></ul><ul><li>Participou da organização da Semana da arte moderna </li></ul><ul><li>Poemas e textos teatrais, manifestos. </li></ul><ul><li>Influenciou a produção artística até hoje </li></ul><ul><li>Estilo: Telegráfico – frases curtas, às vezes sem verbo </li></ul><ul><li>Textos: Vigorosos e expressivos </li></ul>
  10. 11. MANUEL BANDEIRA( 1886-1968) <ul><li>Não participou diretamente da SAM </li></ul><ul><li>Os sapos - abertura </li></ul><ul><li>Nasceu em Recife </li></ul><ul><li>Trabalho crítico sobre a literatura brasileira </li></ul><ul><li>Isolamento – TEMA: paixão pela vida, morte, amor, angústia existencial, solidão e a infância </li></ul><ul><li>PRINCIPAIS OBRAS </li></ul><ul><ul><li>A cinza das horas </li></ul></ul><ul><ul><li>Libertinagem </li></ul></ul><ul><ul><li>Estrela da manhã </li></ul></ul><ul><ul><li>Estrela da vida inteira </li></ul></ul><ul><ul><li>O ritmo dissoluto </li></ul></ul>
  11. 12. ALCÂNTARA MACHADO( 1901 – 1935) <ul><li>Antônio de Alcântara Machado </li></ul><ul><li>Paulista </li></ul><ul><li>Contista </li></ul><ul><li>TEMAS: universo dos bairros de imigrantes italianos em São Paulo </li></ul><ul><li>PRINCIPAIS OBRAS: </li></ul><ul><ul><li>Brás, Bexiga e Barra Funda </li></ul></ul>
  12. 13. MODERNISMO – SEGUNDA FASE A PROSA E A POESIA <ul><li>Nacionalismo </li></ul><ul><li>Reflexos – crise – NY – 1930 </li></ul><ul><li>Crise cafeeira- Revolução de 30 </li></ul><ul><li>Segunda Guerra Mundial ( 1939-45) </li></ul><ul><li>Posição ideológica - Engajamento espiritual </li></ul><ul><li>Rompimento com forma tradicional de contar histórias </li></ul><ul><li>Linguagem cinematográfica – síntese – paródia- mistura de gêneros, entre outros </li></ul><ul><li>Linguagem mais brasileira – temas nacionais e vida cotidiana – problemas de sua realidade imediata </li></ul><ul><li>Literatura Regional: Denúncia social ( Seca) : A bagaceira ( 1928) José Américo de Almeida </li></ul><ul><li>Graciliano Ramos, Jorge Amado me José Lins do Rego ( cangaço, fanatismo religioso) </li></ul><ul><li>SAM - Renovação na Literatura Brasileira </li></ul><ul><li>POESIA – Fase de amadurecimento estético e comprometimento com momento atual. </li></ul><ul><li>PROSA – Ficção Regionalista e romance introspectivo. </li></ul>
  13. 14. Modernismo – Segunda Fase <ul><li>CARACTERÍSTICAS a) Amadurecimento e solidificação da poesia modernista. b) Mistura do verso livre com formas tradicionais de compor poemas. c) Mistura da temática cotidiana com temática histórico-social. d) Revalorização da poesia simbolista. </li></ul>
  14. 15. <ul><li>Nascimento - Itabira do Mato Dentro (MG), em 31 de outubro de 1902. Morre - no Rio de Janeiro, em 17 de agosto de 1987 </li></ul><ul><li>Em 1925 - A Revista ( propagação de ideais modernistas) </li></ul><ul><li>1934 – Serviço público ( Ministério da Educação e Serviço do Patrimônio Histórico e artístico Nacional) </li></ul><ul><li>Cronista – Correio da Manhã e Jornal do Brasil </li></ul><ul><ul><ul><li>PRINCIPAIS OBRAS </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Alguma Poesia – Brejo das almas – Sentimento do mundo - Claro Enigma - Corpo </li></ul></ul></ul></ul>Principais Autores Carlos Drummond de Andrade
  15. 16. Vinicius de Moraes( 1913- 1980) <ul><li>Nasceu no RJ </li></ul><ul><li>Letras e Direito </li></ul><ul><li>Jornalismo – cronista / Cinema – crítico </li></ul><ul><li>1960 – música </li></ul><ul><li>PRINCIPAIS OBRAS </li></ul><ul><ul><li>O caminho para a distância </li></ul></ul><ul><ul><li>Forma e exegese </li></ul></ul><ul><ul><li>Ariana, a mulher </li></ul></ul>
  16. 17. Cecília Meireles ( 1901-1964) <ul><li>Nasceu no RJ </li></ul><ul><li>Professora e Educadora ( Renovação educacional) </li></ul><ul><li>1934 – Primeira biblioteca infantil </li></ul><ul><li>Aos 18 anos – livro de poemas ( 1919) Espectros </li></ul><ul><li>Poesia: Fundo filosófico, musicalidade, liberdade métrica e equilíbrio clássico. </li></ul><ul><li>Temas: Transitoriedade da vida, fugacidade dos bens materiais, solidão, natureza. </li></ul><ul><ul><li>PRINCIPAIS OBRAS : </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Espectros </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Nunca mais ... </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Poema dos poemas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Viagem </li></ul></ul></ul>
  17. 18. Murilo Mendes( 1901 – 1975) <ul><li>Nasceu em Minas Gerais </li></ul><ul><li>Professor de Literatura Brasileira na Europa, em 1930 </li></ul><ul><li>Obra: Fé religiosa, contradições humanas, preocupação social e a exploração do inconsciente. </li></ul>

×