A era-vargas-e-o-populismo-no-brasil

30,448 views
30,274 views

Published on

4 Comments
9 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
30,448
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
31
Actions
Shares
0
Downloads
702
Comments
4
Likes
9
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A era-vargas-e-o-populismo-no-brasil

  1. 1. A ERA VARGAS E OA ERA VARGAS E O POPULISMO NO BRASILPOPULISMO NO BRASIL Prof.Prof. DieiksonDieikson de Carvalhode Carvalho
  2. 2. O Mito GetO Mito Getúúlio Vargaslio Vargas Eleito por mais de 200 pessoas (intelectuais, políticos e jornalista) em 2007 como o principal brasileiro do século XX pela Folha de São Paulo.
  3. 3. RevoluRevoluçção de 30: uma simples trocaão de 30: uma simples troca de elite no poder do Brasil?de elite no poder do Brasil? •• Historiadores que defendem que o movimento nãoHistoriadores que defendem que o movimento não passou de uma troca de elite no poder:passou de uma troca de elite no poder: •• As elites agrAs elites agráárias continuaram explorando osrias continuaram explorando os operoperáários rurais.rios rurais. •• Os industriais tomaram o lugar da elite cafeeiraOs industriais tomaram o lugar da elite cafeeira no governo de Getno governo de Getúúlio Vargas.lio Vargas. •• As estruturas de exclusão e de controle popularAs estruturas de exclusão e de controle popular continuaram a ser mantidas, embora de maneiracontinuaram a ser mantidas, embora de maneira mais discretamais discreta
  4. 4. RevoluRevoluçção de 30: uma simples trocaão de 30: uma simples troca de elite no poder do Brasil?de elite no poder do Brasil? •• Historiadores que defendem um governo revolucionHistoriadores que defendem um governo revolucionáário:rio: •• Ele pôs fim ao domEle pôs fim ao domíínio da oligarquia agrnio da oligarquia agráária,ria, sobretudo paulista.sobretudo paulista. •• Nenhum dos grupos tinha forNenhum dos grupos tinha forçça suficiente paraa suficiente para ocupar o lugar das oligarquias cafeeiras, ondeocupar o lugar das oligarquias cafeeiras, onde ficou umficou um ““vazio no podervazio no poder””, ocupado por Get, ocupado por Getúúliolio VargasVargas •• Ele atendeu parcialmente todos os grupos que oEle atendeu parcialmente todos os grupos que o apoiavamapoiavam
  5. 5. A REVOLUA REVOLUÇÇÃO DE 1930ÃO DE 1930 •• Oligarquias dissidentes:Oligarquias dissidentes: queriam participar do Governo,queriam participar do Governo, mas sem mudanmas sem mudançças radicais.as radicais. •• Burguesia Industrial:Burguesia Industrial: queria ampliar a industrializaqueria ampliar a industrializaçção,ão, mas controlando os opermas controlando os operáários.rios. •• As classes mAs classes méédias e os tenentes:dias e os tenentes: defendiam o fim dadefendiam o fim da corrupcorrupçção, voto secreto e universal e uma novaão, voto secreto e universal e uma nova mudanmudançça na pola na políítica e na economia.tica e na economia. •• OperOperáários:rios: queriam melhores condiqueriam melhores condiçções de vida e deões de vida e de trabalho e poder participar da poltrabalho e poder participar da políítica do patica do paíís.s. Interesses dos diversos grupos da Aliança Liberal
  6. 6. Governo ProvisGoverno Provisóório 1930rio 1930--19341934 •• CriaCriaçção do Ministão do Ministéério do Trabalho.rio do Trabalho. •• Promulga as leis trabalhistas (jornadas dePromulga as leis trabalhistas (jornadas de trabalho, ftrabalho, féérias, descanso remunerado,rias, descanso remunerado, aposentadoria).aposentadoria). •• Demora em convocar a Constituinte motiva aDemora em convocar a Constituinte motiva a RevoluRevoluçção Constitucionalista contra Vargas.ão Constitucionalista contra Vargas. •• Pressionado pela campanha paulista, VargasPressionado pela campanha paulista, Vargas convoca eleiconvoca eleiçções para a Assemblões para a Assemblééia Constituinte.ia Constituinte.
  7. 7. Apoio e ReprovaApoio e Reprovaçção de Vargasão de Vargas A Coluna Prestes de Luís Carlos Prestes tinha ganhado apoio no Brasil inteiro
  8. 8. Movimentos contrMovimentos contráários a GVrios a GV
  9. 9. Governo Constitucional 1934Governo Constitucional 1934 -- 19371937 •• Promulgada a ConstituiPromulgada a Constituiçção de 1934, onde sãoão de 1934, onde são aprovados:aprovados: •• EleiEleiçções diretas (municipais, estaduais e federais)ões diretas (municipais, estaduais e federais) •• Voto secreto e voto feminino.Voto secreto e voto feminino. •• Ensino primEnsino primáário gratuito e obrigatrio gratuito e obrigatóório.rio. •• ProibiProibiçção das diferenão das diferençças salariais (sexo, idade,as salariais (sexo, idade, estado civil e nacionalidade.)estado civil e nacionalidade.) •• A AssemblA Assemblééia Constituinte elege Vargasia Constituinte elege Vargas Presidente do Brasil atPresidente do Brasil atéé 19381938
  10. 10. Estado Novo de 1937Estado Novo de 1937--19451945 •• Vargas não podia concorrer as eleiVargas não podia concorrer as eleiçções de 1937, por isso,ões de 1937, por isso, seus auxiliares criaram o Plano Cohen queseus auxiliares criaram o Plano Cohen que intencionavaintencionava uma tomada de poder dos comunistas para justificar a suauma tomada de poder dos comunistas para justificar a sua permanência no poder,permanência no poder, •• Vargas outorga a ConstituiVargas outorga a Constituiçção de 1937 e passa aão de 1937 e passa a governar com pleno poderesgovernar com pleno poderes –– instaurando umainstaurando uma ditadura.ditadura. •• CriaCriaçção do DIP (Departamento de Imprensa eão do DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda).Propaganda). •• O Brasil entra na Guerra ao lado dos aliados.O Brasil entra na Guerra ao lado dos aliados. •• Vargas decreta a criaVargas decreta a criaçção da CLT.ão da CLT. •• Com o fim da 2Com o fim da 2ªª Guerra Mundial, VargasGuerra Mundial, Vargas éé tirado dotirado do poder.poder.
  11. 11. Conceito de PopulismoConceito de Populismo •• PrPráática Poltica Políítica na qual o governantetica na qual o governante estabelece uma relaestabelece uma relaçção direta e emocionalão direta e emocional com as massas (camadas menos favorecidascom as massas (camadas menos favorecidas da populada populaçção), sobretudo as urbanas,ão), sobretudo as urbanas, procurando atender suas necessidades maisprocurando atender suas necessidades mais imediatas de maneira paternalista, ou seja,imediatas de maneira paternalista, ou seja, como se fosse umcomo se fosse um ““paipai””, bondoso e, bondoso e complacente.complacente.
  12. 12. Como funcionava o mecanismoComo funcionava o mecanismo populista de Getpopulista de Getúúlio Vargas.lio Vargas. •• Controlava a maior parte das organizaControlava a maior parte das organizaççõesões populares (Federapopulares (Federaçção Brasileira para o Progressoão Brasileira para o Progresso Feminino, Liga Eleitoral CatFeminino, Liga Eleitoral Catóólica, Escolas delica, Escolas de Samba do RJ).Samba do RJ). •• Desmontou os antigos sindicatos e colocouDesmontou os antigos sindicatos e colocou pessoas de sua confianpessoas de sua confiançça para lidera para lideráá--los.los. •• Apresentava benefApresentava benefíícios conquistados pelo povocios conquistados pelo povo como concessão de sua bondade para acomo concessão de sua bondade para a sociedade.sociedade.
  13. 13. Como funcionava o mecanismoComo funcionava o mecanismo populista de Getpopulista de Getúúlio Vargas.lio Vargas. •• Criava a impressão de que era o protetor dos gruposCriava a impressão de que era o protetor dos grupos populares, chamados depopulares, chamados de ““Pai do pobresPai do pobres”” ouou ““PaiPai dos trabalhadoresdos trabalhadores”” •• Criou a DIP para controlar a divulgaCriou a DIP para controlar a divulgaçção de suasão de suas benfeitorias em jornais, rbenfeitorias em jornais, ráádios, cinemas edios, cinemas e cartilhas distribucartilhas distribuíídas em escolas e em eventosdas em escolas e em eventos organizados para celebrar datas especiais.organizados para celebrar datas especiais. •• As elites se sentiam atendidas pelo governoAs elites se sentiam atendidas pelo governo Vargas, jVargas, jáá que o povo era mantido sob controle.que o povo era mantido sob controle.
  14. 14. O populismo de VargasO populismo de Vargas
  15. 15. O populismo de VargasO populismo de Vargas Getúlio Vargas visitando escolas de crianças Sindicalistas mostrando total apoio a Vargas
  16. 16. Populismo e ditaduraPopulismo e ditadura xx Cidadania e democraciaCidadania e democracia •• Um governo populista pressupõe:Um governo populista pressupõe: •• A concentraA concentraçção de poder nas mãos do governante.ão de poder nas mãos do governante. •• A populaA populaççãoão éé desrespeitada pelo governodesrespeitada pelo governo populista, pois esta não atua como agente polpopulista, pois esta não atua como agente políítica.tica. •• Desmobilizou os grupos de organizaDesmobilizou os grupos de organizaçção sindical eão sindical e popular, incentivou a passividade do povo,, impôspopular, incentivou a passividade do povo,, impôs sua vontade pessoal como sendo da populasua vontade pessoal como sendo da populaççãoão •• Perseguiu e puniu quem discordava dele , instituiuPerseguiu e puniu quem discordava dele , instituiu uma feroz ditadura.uma feroz ditadura.
  17. 17. Populismo e ditaduraPopulismo e ditadura xx Cidadania e democraciaCidadania e democracia •• Um governo democrUm governo democráático pressupõe:tico pressupõe: •• A existência de leis que garantam os indivA existência de leis que garantam os indivííduosduos de terem os seus direitos preservados.de terem os seus direitos preservados. •• O Poder Legislativo independente e escolhidoO Poder Legislativo independente e escolhido pelo povo atravpelo povo atravéés de eleis de eleiçções para elaborar leisões para elaborar leis de interesse de toda a populade interesse de toda a populaçção.ão. •• Governantes que sejam eleitos pelo povo eGovernantes que sejam eleitos pelo povo e respeitem a Constituirespeitem a Constituiçção.ão. •• Cultura de participaCultura de participaçção polão políítica do povo na vidatica do povo na vida em sociedadeem sociedade
  18. 18. A Economia na Era VargasA Economia na Era Vargas •• A principal caracterA principal caracteríística foi o apoio oficialstica foi o apoio oficial dadodado àà industrializaindustrializaçção.ão. •• O cafO caféé tambtambéém continuou crescendo, mas comm continuou crescendo, mas com intervenintervençção estatal.ão estatal. •• Incentivou a agricultura dos grupos dissidentes.Incentivou a agricultura dos grupos dissidentes. •• A tese daA tese da ““vocavocaçção agrão agríícolacola”” do Brasil, cedeudo Brasil, cedeu lugar a modernizalugar a modernizaçção e ao discurso nacionalista.ão e ao discurso nacionalista. •• Surgimento das grande empresas estatais doSurgimento das grande empresas estatais do Brasil.Brasil.
  19. 19. Taxa anuais de crescimento daTaxa anuais de crescimento da economia brasileira em %economia brasileira em % 5,45,41,71,719391939 -- 19451945 11,211,21,71,719331933 -- 19391939 2,82,84,14,119201920 -- 19291929 INDINDÚÚSTRIASTRIAAGRICULTURAAGRICULTURAPERPERÍÍODOODO
  20. 20. A economia do Brasil passa a crescer com os investimentos norte-americano, onde o Presidente Franklin Roosevelt, visitou o Brasil e fez parceria com Getúlio Vargas. Os EUA emprestava o dinheiro e o Brasil entrava na Guerra ao lado dos aliados. Visita em 1942.
  21. 21. Companhia SiderCompanhia Siderúúrgica Nacionalrgica Nacional Produtora de aço, foi fundada em 30 de janeiro de 1941, no Rio de Janeiro, graças a um empréstimo de 20 milhões de dólares obtido junto ao governo americano
  22. 22. Companhia do Vale do Rio DoceCompanhia do Vale do Rio Doce Fundada em 1942, no Estado de MG, onde extraía e processava minerais como bauxita, alumínio e carvão
  23. 23. CriaCriaçção da Petrobrão da Petrobrááss Vargas com a mão manchada de Óleo Diesel, em Mataripe (BA), em 1952, antes da criação da Petrobrás Vargas cria o grande lema de sensibilidade nacional: “O PETRÓLEO É NOSSO”
  24. 24. Fim do Estado NovoFim do Estado Novo •• O Estado Novo, desgastouO Estado Novo, desgastou--se por causa da repressãose por causa da repressão policial, mas essa situapolicial, mas essa situaçção foi alterada com a entrada doão foi alterada com a entrada do Brasil na segunda guerra mundial, ao lado dos aliados. OBrasil na segunda guerra mundial, ao lado dos aliados. O Brasil envia para aBrasil envia para a ItaliaItalia a FEB, Fora FEB, Forççaa ExpedicionariaExpedicionaria Brasileira.Brasileira. •• Com a vitCom a vitóória dos aliados na Europa, o regime de Getria dos aliados na Europa, o regime de Getúúliolio Vargas estava absolutamente deslocado da realidadeVargas estava absolutamente deslocado da realidade mundial.mundial. •• Os militares, temendo que a pressão popular e populistaOs militares, temendo que a pressão popular e populista pudesse impedir o curso das reformas e mudanpudesse impedir o curso das reformas e mudançças doas do regime para a democratizaregime para a democratizaçção realizaram um movimentoão realizaram um movimento que removeu Getque removeu Getúúlio Vargas da presidência em 29 delio Vargas da presidência em 29 de Outubro de 1945.Outubro de 1945.
  25. 25. Vargas Eleito Presidente em 1950Vargas Eleito Presidente em 1950 •• Eleito, Vargas recebeu apoio de grupos deEleito, Vargas recebeu apoio de grupos de esquerda e atesquerda e atéé dos comunistas. Enfrenta ados comunistas. Enfrenta a oposioposiçção de parte das elites econômicas eão de parte das elites econômicas e acentua o caracentua o carááter nacionalista e popular deter nacionalista e popular de seu governo.seu governo. •• Pressionado por denPressionado por denúúncias de corrupncias de corrupçção,ão, atentados a opositoresatentados a opositores (Carlos Lacerda)(Carlos Lacerda) ee ameaameaçça de golpe militar,a de golpe militar,
  26. 26. Principal motivo para o suicPrincipal motivo para o suicíídio de Vargasdio de Vargas Carlos Lacerda era jornalista e o maior crítico do sistema político de Getúlio Vargas, em um atentado a sua pessoa, organizada pelos apoiadores de Getúlio Vargas, Lacerda acabou sendo atingido por um tiro e um dos seguranças de Getúlio Vargas acabou morrendo. Então Getúlio passou a ser responsável pelo atentado e foi descoberto vários indícios de corrupção do seu governo. Com a pressão popular e militar para que renunciasse, acabou se suicidando.
  27. 27. SuicSuicíídio de Getdio de Getúúlio Vargaslio Vargas Na madrugada do dia 24 de agosto de 1954, Getúlio Vargas se suicida com um tiro no peito, cumprindo a sua promessa que dizia: “Só saio do Catete morto”. Essa frase descartava qualquer possibilidade de renúncia de Getúlio Vargas. Na sua carta de testamento ele termina dizendo: “saio da vida para entrar na história”
  28. 28. Parte da carta testamento de GetParte da carta testamento de Getúúlio Vargaslio Vargas
  29. 29. A saga de Vargas no poder do BrasilA saga de Vargas no poder do Brasil

×