Your SlideShare is downloading. ×
0
Grandezas e Medidas
GRANDEZA <ul><li>Grandeza é tudo aquilo que envolva medidas. Medir significa comparar quantitativamente uma grandeza físic...
Questões iniciais <ul><li>Você mediu alguma coisa hoje? O quê? </li></ul><ul><li>Quais são as grandezas que você faz mais ...
Medições no dia-a-dia Potência da lâmpada Temperatura da geladeira Volume de leite Tempo de cozimento Velocidade do automó...
Importância de medir <ul><li>&quot;O conhecimento amplo e satisfatório sobre um processo ou fenômeno somente existirá quan...
O que é medir? <ul><li>Medir  é o procedimento experimental através do qual o valor momentâneo de uma grandeza física (men...
Exemplo de medição 1 2,40 unidades mensurando instrumento de medição 0 1 2 3 4 indicação unidade
Exemplo de medição 2
Exemplo de medição 3
Medir para que? <ul><li>Monitorar </li></ul><ul><ul><li>Observar passivamente grandezas </li></ul></ul><ul><li>Controlar <...
Medir para monitorar... <ul><li>Compra e venda de produtos e serviços: </li></ul><ul><ul><li>consumo de água, energia elét...
Medir para monitorar... Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 -  (slide  /30)
Medir para controlar... Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 -  (slide  /30)
Medir para controlar... Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 -  (slide  /30) pressão altitude te...
Medir para investigar...
Medir para investigar... Pequenas diferenças nas medidas podem levar a conclusões completamente diferentes.
Medir para investigar... <ul><li>Compreender </li></ul><ul><ul><li>Descobertas científicas, estudar fenômenos </li></ul></...
O homem como medida  das coisas <ul><li>Antigamente o homem usava determinadas partes do corpo como padrão para medir. </l...
Grandezas e Medidas <ul><li>Alguns desses padrões  continuam a ser usados  até hoje:  </li></ul><ul><li>1 polegada = 2,54 ...
Grandezas e Medidas <ul><li>Foi na Revolução Francesa que se tomou a iniciativa de unificar, em nível mundial, os padrões ...
<ul><li>Em 1790 a Academia de Ciências de Paris criou uma comissão que incluía matemáticos para resolver o problema. </li>...
EXATIDÁO E PRECISÁO <ul><li>a expressão  os resultados da medição são exatos  significa resultados próximos do valor verda...
EXATIDÁO E PRECISÁO
EXATIDÄO E PRECISÄO <ul><li>Em (a) os resultados são exatos porque, em média, estão próximos do valor verdadeiro, mas não ...
EXATIDÁO E PRECISÁO <ul><li>Em (b) a situação ideal (precisos e exatos) e, em (c), a pior situação, isto é, nem precisos n...
Medir volumes de líquidos <ul><li>Para medições rigorosas usam-se  pipetas, buretas ou balões volumétricos.  </li></ul><ul...
Qualquer um destes instrumentos tem inscritas algumas informações importantes, tais como: ·    Volume máximo (capacidade);...
ERRO <ul><li>Erro é a diferença entre o valor encontrado em uma medida e o valor real desta medida. O valor verdadeiro, en...
Erros de paralaxe   –  Erros associados  à  incorrecta posi ç ão do observador. A leitura dever á  ser feita de modo a que...
INSTRUMENTOS DE MEDIDAS DE VOLUME
Leitura correta de volume de líquidos - Meniscos Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 -  (slide ...
Menisco inferior Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 -  (slide  /30)
Leitura do volume de líquidos Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 -  (slide  /30)
Referências <ul><li>http://www.ipem.sp.gov.br/museu.asp </li></ul><ul><li>http://www.mspc.eng.br/tecdiv/med100.shtml </li>...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Medidas 2012

1,372

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,372
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
36
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Medidas 2012"

  1. 1. Grandezas e Medidas
  2. 2. GRANDEZA <ul><li>Grandeza é tudo aquilo que envolva medidas. Medir significa comparar quantitativamente uma grandeza física com uma unidade através de uma escala pré-definida. Nas medições as grandezas sempre devem vir acompanhadas de unidades. Exemplos de grandezas: comprimento, massa, temperatura, velocidade. </li></ul>
  3. 3. Questões iniciais <ul><li>Você mediu alguma coisa hoje? O quê? </li></ul><ul><li>Quais são as grandezas que você faz mais medições? Quais as unidades mais utilizadas? </li></ul>
  4. 4. Medições no dia-a-dia Potência da lâmpada Temperatura da geladeira Volume de leite Tempo de cozimento Velocidade do automóvel Pressão dos pneus Volume de combustível Quantidade de arroz Consumo de energia Tamanho do peixe Dimensões das peças Rotação do motor Horário do despertador Comprimento da calça
  5. 5. Importância de medir <ul><li>&quot;O conhecimento amplo e satisfatório sobre um processo ou fenômeno somente existirá quando for possível medi-lo e expressá-lo através de números&quot;. </li></ul>Lord Kelvin, 1883
  6. 6. O que é medir? <ul><li>Medir é o procedimento experimental através do qual o valor momentâneo de uma grandeza física (mensurando) é determinado como um múltiplo e/ou uma fração de uma unidade , estabelecida por um padrão, e reconhecida internacionalmente . </li></ul>Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 - (slide /30)
  7. 7. Exemplo de medição 1 2,40 unidades mensurando instrumento de medição 0 1 2 3 4 indicação unidade
  8. 8. Exemplo de medição 2
  9. 9. Exemplo de medição 3
  10. 10. Medir para que? <ul><li>Monitorar </li></ul><ul><ul><li>Observar passivamente grandezas </li></ul></ul><ul><li>Controlar </li></ul><ul><ul><li>Observar, comparar e agir para manter dentro das especificações. </li></ul></ul><ul><li>Investigar </li></ul><ul><ul><li>Descobrir o novo, explicar, formular. </li></ul></ul>
  11. 11. Medir para monitorar... <ul><li>Compra e venda de produtos e serviços: </li></ul><ul><ul><li>consumo de água, energia elétrica, taxímetro, combustíveis, etc. </li></ul></ul><ul><li>Sinais vitais: </li></ul><ul><ul><li>pressão arterial, temperatura, </li></ul></ul><ul><ul><li>nível de colesterol </li></ul></ul><ul><li>Atividades desportivas: </li></ul><ul><ul><li>desempenho, recordes </li></ul></ul>
  12. 12. Medir para monitorar... Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 - (slide /30)
  13. 13. Medir para controlar... Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 - (slide /30)
  14. 14. Medir para controlar... Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 - (slide /30) pressão altitude temperatura rota velocidade
  15. 15. Medir para investigar...
  16. 16. Medir para investigar... Pequenas diferenças nas medidas podem levar a conclusões completamente diferentes.
  17. 17. Medir para investigar... <ul><li>Compreender </li></ul><ul><ul><li>Descobertas científicas, estudar fenômenos </li></ul></ul><ul><li>Dominar </li></ul><ul><ul><li>Validar, know-how </li></ul></ul><ul><li>Evoluir </li></ul><ul><ul><li>Melhorar continuamente, expandir limites </li></ul></ul><ul><li>Inovar </li></ul>
  18. 18. O homem como medida das coisas <ul><li>Antigamente o homem usava determinadas partes do corpo como padrão para medir. </li></ul><ul><li>Foi assim que surgiram: </li></ul><ul><li>- a polegada - a jarda </li></ul><ul><li>- o palmo - a braça </li></ul><ul><li>- o pé - o passo </li></ul>
  19. 19. Grandezas e Medidas <ul><li>Alguns desses padrões continuam a ser usados até hoje: </li></ul><ul><li>1 polegada = 2,54 cm </li></ul><ul><li>1 pé = 30,48 cm </li></ul><ul><li>1 jarda = 91,44 cm </li></ul><ul><li>1 pé = 12 polegadas </li></ul><ul><li>1 jarda = 3 pés </li></ul>
  20. 20. Grandezas e Medidas <ul><li>Foi na Revolução Francesa que se tomou a iniciativa de unificar, em nível mundial, os padrões de medida. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Em 1790 a Academia de Ciências de Paris criou uma comissão que incluía matemáticos para resolver o problema. </li></ul><ul><li>Foi daí que veio o metro. A palavra vem do grego métron que significa que mede. </li></ul>
  22. 22. EXATIDÁO E PRECISÁO <ul><li>a expressão os resultados da medição são exatos significa resultados próximos do valor verdadeiro. a expressão os resultados da medição são precisos significa resultados próximos entre si. </li></ul>
  23. 23. EXATIDÁO E PRECISÁO
  24. 24. EXATIDÄO E PRECISÄO <ul><li>Em (a) os resultados são exatos porque, em média, estão próximos do valor verdadeiro, mas não são precisos porque há certa dispersão. Em (d) os resultados são precisos porque estão próximos entre si, mas não são exatos porque estão distantes do valor verdadeiro. </li></ul>
  25. 25. EXATIDÁO E PRECISÁO <ul><li>Em (b) a situação ideal (precisos e exatos) e, em (c), a pior situação, isto é, nem precisos nem exatos. Comparando (d) com a situação ideal (b), é possível concluir que o atirador deve ser habilidoso, mas a mira da arma deve estar desregulada. E, na comparação de (a) com (d), deduz-se que a mira da arma está em ordem, mas o atirador não tem a necessária habilidade. </li></ul>
  26. 26. Medir volumes de líquidos <ul><li>Para medições rigorosas usam-se pipetas, buretas ou balões volumétricos. </li></ul><ul><li>Para medições menos rigorosas utilizam-se as provetas. </li></ul>
  27. 27. Qualquer um destes instrumentos tem inscritas algumas informações importantes, tais como: ·    Volume máximo (capacidade); ·    Graduação da sua escala, normalmente em mililitros; ·    Tolerância (limite máximo do erro); ·    Traço de referência, no caso de pipetas ou balões volumétricos; ·    Temperatura de calibração (temperatura a que deve ser feita a medição e que é, normalmente, 20˚C).
  28. 28. ERRO <ul><li>Erro é a diferença entre o valor encontrado em uma medida e o valor real desta medida. O valor verdadeiro, entretanto nem sempre é conhecido. </li></ul><ul><li>O erro pode vir especificado no instrumento ou pode ser calculado: </li></ul><ul><li>erro = menor divisão ÷ 2 </li></ul>
  29. 29. Erros de paralaxe – Erros associados à incorrecta posi ç ão do observador. A leitura dever á ser feita de modo a que a direc ç ão do olhar coincida com a linha tangente à parte interna do menisco se este for côncavo (ex: á gua), ou à parte externa do menisco se este for convexo (ex: merc ú rio).  
  30. 30. INSTRUMENTOS DE MEDIDAS DE VOLUME
  31. 31. Leitura correta de volume de líquidos - Meniscos Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 - (slide /30) quantidade a medir e do tipo de líquido). Já dentro da proveta, a superfície do líquido assume uma forma curva, a que chamamos menisco (observar na figura ao lado). A medida correta é efetuada pela parte de baixo do menisco ( menisco imferior) . Se olharmos para a figura ao lado, colocando os nossos olhos ao nível do menisco, podemos fazer uma leitura de 18 ml.
  32. 32. Menisco inferior Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 - (slide /30)
  33. 33. Leitura do volume de líquidos Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial - Capítulo 1 - (slide /30)
  34. 34. Referências <ul><li>http://www.ipem.sp.gov.br/museu.asp </li></ul><ul><li>http://www.mspc.eng.br/tecdiv/med100.shtml </li></ul>http://www.explicatorium.com/Laboratorio-Proveta.php
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×