Jogos e atividades para Autista

146,839 views
145,723 views

Published on

Orientação de Jogos Educativos para Autista por: Dra. LÍLIA MAÍSE DE JORGE

Published in: Health & Medicine
4 Comments
95 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
146,839
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
670
Actions
Shares
0
Downloads
3,284
Comments
4
Likes
95
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jogos e atividades para Autista

  1. 1. Dra. LÍLIA MAÍSE DE JORGECRP/06 - 17953
  2. 2.  Considerados atividades lúdicas. Ludus (latim) = jogo, diversão. Presentes em todas as fases dodesenvolvimento humano. Indispensáveis no relacionamento entre aspessoas. Fontes importantes de desenvolvimento e deaprendizagem.
  3. 3.  Promover:• Interação social• Expressão afetiva• Desenvolvimento da linguagem• Desenvolvimento cognitivo• Experimentação de possibilidades motoras• Apropriação de regras sociais• Imersão no universo cultural
  4. 4.  Estimulam o raciocínio Desenvolvem habilidades Estimulam a construção de novosconhecimentos Ensinam a lidar com os resultados Desafiam a produção de soluções parasituações-problema
  5. 5.  Torna a aprendizagem significativa e dinâmica. Tem como objetivo ensinar divertindo e interagindo com ooutro. Jogo educativo• Aquele que tem função pedagógica, desde que contemple o estágiode desenvolvimento, o interesse e o prazer da criança em realizaraquela atividade.• Professor e aluno devem estar engajados na atmosfera lúdica.• Experimentação, descoberta, criatividade são aspectos que devemser respeitados.
  6. 6.  Permite trabalhar ao mesmo tempo forças efraquezas.• Por meio do que elas têm mais desenvolvido (habilidade compistas visuais), é possível motivá-las para treinar os aspectosmais comprometidos. É a melhor forma de aproximá-las de outrascrianças. No começo, é preciso garantir marcos básicos dodesenvolvimento:• Busca – intenção e propósito• Representação mental – imagem e conceito• Constância perceptiva e objeto permanente – tempo e espaço• Relação tri-bidimensional – volume e planos
  7. 7.  Esconde-esconde Pega-pega Boliche Bola ao cesto Disco Amarelinha Túnel Encaixes Montagens PescariaObjetivando: Consciência corporal Vínculo afetivo Intencionalidade daação Compartilhamento Funcionalidade manual Compreensão deinstrução Início de compreensãode regras
  8. 8. Com o tempo, podem ser inseridos jogosque trabalhem mais especificamente asoperações mentais:• Comparação• Classificação• Seriação• Associação• Discriminação• Etc...
  9. 9.  Criativo / Formas e cores / Categorias -opostos
  10. 10.  Bingos / Memórias (S’match)
  11. 11. Exploração ampla da capacidade visualpara o desenvolvimento do raciocínio:• Jogos com desafios gradativos• Jogos que exigem poder de decisão• Jogos que envolvem escolha
  12. 12. Colour Code
  13. 13.  Faça a Face
  14. 14. Cartoon
  15. 15. Doodle Dice
  16. 16. Swish
  17. 17. Jogos Boole
  18. 18. Cara a cara
  19. 19. Sudoku
  20. 20. Chocolate fix
  21. 21. Logix
  22. 22. Camelot Jr.
  23. 23. Camouflage
  24. 24. Clever castle
  25. 25. Blink
  26. 26. Whac-a-mole
  27. 27. Lince cartas
  28. 28. Melocoton
  29. 29. Story cubes
  30. 30. View master
  31. 31. História sem Fim
  32. 32.  Feche a caixa  Pass the pigs
  33. 33. Boogle slam
  34. 34. Vira letras
  35. 35. Loto de letras
  36. 36. Geralmente os autistas são bons nisso,mas fazem sempre os mesmos.É importante ir modificando o grau dedificuldade e exigindo mais flexibilidade namontagem.• QC ocos• QC 3D
  37. 37. • Tan-gran – (junto com o livro da IngridBellinghausen)
  38. 38. Legos• Sequência de montagem bem minuciosa
  39. 39.  Apresento o material. Deixo a criança explorar sensorialmente eobservando as pistas contidas nas caixas e nosmanuais. Começo a organizar o jogo. A criança me observa e eu vou aos poucosmostrando como joga, não com instruções verbais,mas jogando mesmo. Quando a criança aprende eu chamo os pais paraassistirem.
  40. 40.  Geralmente os pais olham a primeira vez e jogamtambém, em seguida. Empresto o jogo para a criança levar para a casa etreinar. Peço que os pais mostrem o jogo na escola para que acriança jogue com os colegas. Há um dia na semana em que as crianças podem levarjogos e brinquedos na escola. Quando eu mesma mostro na escola, há professores quereproduzem os jogos, e criam em cima da ideia.
  41. 41.  Costumo também convidar os professores,coordenadores, orientadores, para assistiremuma sessão.• Normalmente eles se espantam ao ver o que a criança écapaz de fazer.• É comum dizerem que trabalhar com uma criança é maisfácil do que trabalhar com a sala inteira.• Mas os outros alunos poderiam também se beneficiar dosjogos trabalhados com os autistas.• Nos jogos, muitos autistas se igualam aos neurotípicos.• É preciso explorar o que eles apresentam de habilidade.
  42. 42.  O manuseio dos materiais e o auxílio das pistas visuaisdos jogos escolhidos mantém a atenção dos autistassobre o que lhes está sendo apresentado. Se houver recusa ou desinteresse, não deve havercontinuidade daquele jogo. Pode ser apresentadonovamente em outra ocasião. Eles demonstram alegria quando vencem um desafio. Eles solicitam ajuda do adulto, muitas vezes com oolhar, demonstrando fazer compartilhamento e saberque aquele adulto pode lhes auxiliar (confiança).
  43. 43.  São simples:• Pistas visuais Com palavras Com diagramas• Tabuleiros com locais marcados• Placares• Ábaco para contagem de pontos• Setas e marcadores coloridos• Noções explícitas dos turnos EU / VOCÊ ESPERE / JOGUE
  44. 44.  Toda criança tem o direito de brincar. Com os jogos, os autistas podem demonstrar termais habilidades do que se possa imaginar. Espero que cada um de vocês possa também jáestar imaginando várias formas de ensinar diferentesjogos aos seus autistas.Obrigada pela atenção!liliamaise@uol.com.brliliamaise@gmail.com

×